Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts na categoria "Raio-x do alimento"

Descubra os benefícios da farinha de coco, que ajuda a emagrecer

15 de abril de 2014 1

10259623_10152049774287361_2122670691_n
Foto: Aline Mendes

Já ouviram falar na farinha de coco? É riquíssima em fibras e tem o poder de manter a saciedade por mais tempo. Quer saber outros benefícios e cuidados? Então vem ver as dicas da nutricionista Bárbara Riboldi.

Leia mais
10 alimentos recomendados para quem quer ganhar massa magra
Descubra 10 motivos para incluir a goji berry na sua dieta
Descubra os 10 benefícios da batata doce
Conheça os benefícios do chá de hibisco, que auxilia no emagrecimento
Personal trainer ensina 12 exercícios para definir o abdômen
Nutricionista tira dúvidas sobre a chia e a linhaça, grãos que ajudam a emagrecer
Conheça os sete benefícios da aveia, que ajuda na perda de peso
Nutricionista ensina três receitas com batata doce

FARINHA DE COCO
É semelhante em cor e textura à farinha de trigo, mas contém uma quantidade bem maior de fibra (100 gramas tem 60 gramas de fibras – 56g solúvel e 4g insolúvel).

COMO FAZER EM CASA
Pode ser feita em casa, mas não ficará na mesma consistência fina da industrializada.

Receita
Coloque 1 xícara de polpa/bagaço de coco em uma forma untada com papel manteiga e leve ao forno (200ºC) por 70 minutos. A cada 20 minutos, retire a forma do forno, misture e retorne para forno para continuar assando. Após esse período, deixe esfriar por 10 minutos e bata no processador. E ela estará pronta para consumo.

GOSTO
Tem um gosto levemente adocicado, lembrando o sabor do coco desidratado.

972870_10152049774302361_145015194_n
Foto: Aline Mendes

BENEFÍCIOS

1 – Não contém glúten - Ótima para incluir na dieta de quem não pode/não quer consumir o glúten da farinha de trigo e centeio.

2 – Melhora do trânsito intestinal - Por ser rica em fibras, se consumida junto com a quantidade de água recomendada por dia, poderá auxiliar no trânsito intestinal.

3 – Baixo índice glicêmico - É uma das farinhas com menor índice glicêmico. Estudo mostra que a sua adição aos alimentos diminui o índice glicêmico deles.

4 – Rica em triglicerídeos de cadeia média (TCM) - os TCM são gorduras que são metabolizadas e se transformam rapidamente em energia. Dificilmente se acumulará no tecido adiposo. Alguns estudiosos atribuem ao ácido láurico, um ácido graxo saturado presente nesses TCMs, a função de acelerar o metabolismo das células.

5 – Rica em proteínas - Possui quantidade maior de proteínas do que a farinha de centeio e trigo. Essa proteína, ainda que vegetal, pode colaborar para uma maior saciedade.

6 – Redução dos níveis de colesterol e triglicerídeos - Estudos apontam que o aumento do consumo de fibras solúveis auxilia na diminuição da absorção do colesterol e na consequente diminuição do colesterol e triglicerídeos sanguíneos.

7 – Ausência de ácido fítico - Diferentemente de outros cereais integrais, a farinha de coco tem baixas quantidades de ácido fítico, substância que diminui a absorção de outros nutrientes, principalmente minerais.

10168892_10152049774292361_1917501190_n
Foto: Aline Mendes

AJUDA A EMAGRECER
Quando consumida junto com líquidos, ela formará um gel no estômago que manterá a sensação de saciedade por mais tempo. Esse gel envolve o bolo alimentar, o que torna a liberação da glicose mais lenta na corrente sanguínea e evita picos de insulinemia, auxiliando na diminuição da vontade de carboidratos por algumas horas.

COMO CONSUMIR
A farinha de coco pode ser usada em substituição à outra farinha em qualquer receita. Para cada xícara de farinha de trigo, por exemplo, deve-se usar apenas 1/3 xícara de farinha de coco. Seu uso em massas salgadas, por ser adocicada, pode ser feita na substituição da pitada de açúcar que colocamos nessas receitas.

CUIDADOS
Se apenas for introduzida na dieta, será apenas um acréscimo de calorias. Deve ser usada em substituição a outros alimentos, fornecendo uma alimentação equilibrada.

CONTRAINDICAÇÃO
Não apresenta nenhuma contraindicação. Por ser um alimento rico em fibra, o consumo excessivo pode gerar desconfortos como gases e problemas abdominais. Além disso, é preciso ter um bom consumo de água. Se você não ingerir líquidos ao longo do dia, pode ter constipação. O coco é um alimento gorduroso e o consumo sem medidas da farinha pode levar ao aumento de peso.

_______________________________________________

>>COMO ASSINAR
 Veja como receber as atualizações do blog no seu e-mail


>> REDES SOCIAIS DO BARRA DE CEREAL
(basta clicar nos links abaixo para acessá-las e curti-las)


FACEBOOK: /blogbarradecereal

INSTAGRAM – @blogbarradecereal

PINTEREST – /barradecereal

TWITTER – @barra_de_cereal

Aprenda a preparar dois sucos com levedo de cerveja

26 de março de 2014 0

002508d3
Foto: Guto Kuerten

Conferiram as dicas da nutricionista Greice Baggio sobre o levedo de cerveja? Agora, ela ensina a preparar três receitas.

Leia mais
Saiba como eliminar os quilinhos extras com a dieta detox
Nutricionista ensina nove cardápios detox para turbinar a sua dieta
Confira os segredos de uma dieta detox esportiva
Veja quando a dieta detox é recomendada
Conheça os benefícios do chá de hibisco, que auxilia no emagrecimento
Personal trainer ensina 12 exercícios para definir o abdômen
Personal trainer ensina seis exercícios para deixar suas pernas torneadas

1) Suco energético

Ingredientes
2 maçãs
2 colheres de sopa de uvas passas
400 ml de suco de maçã natural sem adição de açúcar
2 colheres de sopa levedo de cerveja.

Modo de preparo
Misture os ingredientes no liquidificador. Não há necessidade de adoçar. 2 porções.

2) Suco antiestresse

Ingredientes
400 ml de água de coco
2 colheres de sopa levedo de cerveja
1 pêra
1 laranja
2 nozes

Modo de preparo
Misture os ingredientes no liquidificador. Não há necessidade de adoçar.
Rende 2 porções

___________________________________________________

>> PASSO A PASSO 
Como receber as atualizações do Barra de Cereal no seu e-mail

>> REDES SOCIAIS DO BARRA DE CEREAL
(basta clicar nos links abaixo para acessá-las e curti-las)

FACEBOOK: /blogbarradecereal

INSTAGRAM – @blogbarradecereal

PINTEREST – /barradecereal

TWITTER – @barra_de_cereal

Descubra os benefícios do levedo de cerveja para a sua saúde

26 de março de 2014 1

009bbe5e
Foto: Divulgação

Você já experimentou o levedo de cerveja? O suplemento alimentar é fonte de proteínas e vitaminas do complexo B (B1, B2, B3, B5, biotina, B9), minerais como potássio, ferro, fósforo, manganês, selênio, silício e cromo, além de fibras.
Consumindo o levedo regularmente, melhora a aparência de pele, unhas e cabelos.

A seguir, confira as dicas da nutricionista Greice Baggio.

Leia mais
10 alimentos recomendados para quem quer ganhar massa magra
Confira cinco alimentos que ajudam na conquista da barriga sarada
Descubra 10 motivos para incluir a goji berry na sua dieta

Saiba como eliminar os quilinhos extras com a dieta detox
Nutricionista ensina nove cardápios detox para turbinar a sua dieta
Nutricionista tira dúvidas sobre a chia e a linhaça, grãos que ajudam a emagrecer
Conheça os benefícios do chá de hibisco, que auxilia no emagrecimento

SETE BENEFÍCIOS À SAÚDE

1 – Fortalece o sistema imunológico – As vitaminas do complexo B e os minerais, em especial o selênio (antioxidante) e o zinco, são úteis ao sistema imunológico. O selênio protege as células da oxidação e tem papel no fortalecimento do sistema imune. O levedo também contribui para a desintoxicação do organismo.

2 – Auxilia na função intestinal – Promove a integridade, o desenvolvimento e o bom funcionamento intestinal. Incluir o levedo regularmente na quantidade correta pode dar um auxilio para manter o intestino funcionando, por ser rico em fibras, do tipo solúvel.

3 – Pele saudável e unhas fortes - Embora não existam estudos conclusivos sobre o consumo de levedo e problemas de pele, sabemos que as vitaminas do complexo B presentes são essenciais para saúde da pele, crescimento e fortalecimento de unhas e manutenção dos fios dos cabelos saudáveis. Ainda auxiliam no crescimento celular.

13677359
Foto: Glowing beautiful skin, Reprodução

4 – Bom para o coração - Contém beta-glucanas, fibra solúvel que auxilia no controle do colesterol, podendo aumentar o HDL, diminuindo o risco de doenças cardíacas.

5 – Bom para o cérebro – As vitaminas do complexo B contribuem para o bom funcionamento do sistema nervoso, úteis para a boa memória e o raciocínio.

6 – Auxilia no controle do peso – Fibras, cromo, vitaminas do complexo B e proteínas que saciam, são os principais ingredientes do levedo que, junto a hábitos saudáveis, pode contribuir para o emagrecimento. O consumo diário facilita a utilização de energia no organismo e atua no metabolismo dos macronutrientes. Consumido antes ou junto das refeições, sacia e reduz o tempo de digestão das refeições.

7 – Controle da glicemia – O processamento dos alimentos pode dificultar a ingestão suficiente de cromo. Embora o organismo necessite de doses pequenas, o levedo contém cromo que pode suprimir a vontade de comer doces e auxiliar no metabolismo de carboidratos. O cromo disponível no organismo aumenta a sensibilidade à insulina. As vitaminas do complexo B contribuem ao metabolismo de carboidratos, como também proteínas e gorduras, como citado, o que favorece o controle da glicose no sangue.

VARIAÇÕES
É encontrado nos supermercados e lojas de produtos naturais. Podendo ser consumido em flocos, pó ou em cápsulas.

604940-5
Foto: Reprodução

CONTRAINDICAÇÕES
É contraindicado em casos de candidíase, doenças intestinais inflamatórias, ácido úrico elevado, gota e em casos de sensibilidade a levedura.

DICAS
- Pode causar distensão abdominal, desconforto, flatulência e enxaqueca em pessoas sensíveis.
- Possui sabor amargo, o ideal é consumir misturado à outros alimentos, podendo ser adicionado em diferentes pratos, especialmente salgados, (pratos que levem carnes, arroz, massas, sopas, pães…)
- Devendo ser acrescentado nos alimentos cozidos, já que o cozimento pode destruir as vitaminas do complexo B.
- Pode ser ingredientes de sucos, vitaminas e iogurtes. Usado como substituto de queijo e da carne em molhos e sopas, especialmente na culinária vegetariana.

RECOMENDAÇÃO DIÁRIA
6g a 8g do pó, 1 colher de sopa.

_________________________________________________

>>COMO ASSINAR

 Veja como receber as atualizações do blog no seu e-mail

>> REDES SOCIAIS DO BARRA DE CEREAL
(basta clicar nos links abaixo para acessá-las e curti-las)


FACEBOOK: /blogbarradecereal

INSTAGRAM – @blogbarradecereal

PINTEREST – /barradecereal

TWITTER – @barra_de_cereal

Descubra os sete benefícios da semente de girassol

19 de fevereiro de 2014 1

1620834_10151903092702361_446462077_n
Foto: Aline Mendes

Com certeza, você já deve ter ouvido falar na semente de girassol. É comum encontrarmos nos supermercados. Mas sabe quais são os seus benefícios? A seguir, a nutricionista Bárbara Riboldi desvenda todos eles. 

Leia mais
10 alimentos recomendados para quem quer ganhar massa magra
Confira cinco alimentos que ajudam na conquista da barriga sarada
Descubra 10 motivos para incluir a goji berry na sua dieta

Saiba como eliminar os quilinhos extras com a dieta detox
Nutricionista ensina nove cardápios detox para turbinar a sua dieta
Nutricionista tira dúvidas sobre a chia e a linhaça, grãos que ajudam a emagrecer
Conheça os benefícios do chá de hibisco, que auxilia no emagrecimento

SEMENTE DE GIRASSOL
São sementes da flor girassol, que, quando secos e salgados, são consumidos como aperitivo. Para consumo recomenda-se descascar.

COMPOSIÇÃO NUTRICIONAL
Possui alto teor de vitamina B, é rica em gorduras poli-insaturadas (ômegas 3 e 6) e também contém vitaminas E e A. São fontes de cálcio, fósforo, potássio e magnésio.

BENEFÍCIOS
1 - Por ser rica em vitaminas do complexo B, auxilia no bom funcionamento cerebral.
2 - Como é fonte de gordura poli-insaturada, auxilia na redução do mau colesterol (LDL) e protege contra doenças cardiovasculares
3 - A concentração de vitamina E colabora para a ação antioxidante do nosso organismo, auxiliando no combate do envelhecimento precoce.
4 - A vitamina E minimiza os sintomas incômodos do período da menopausa.
5 - Possui concentrações de magnésio que podem auxiliar no processo de relaxamento muscular.
6 - Devido às grandes quantidades de fibras, auxilia no funcionamento intestinal.
7 - É rica em fitoesteróis que pode auxiliar na redução dos níveis sanguíneos de LDL e diminui o risco de câncer.

AJUDA A EMAGRECER
Por ser rica em fibras, a semente de girassol pode auxiliar no emagrecimento devido à sensação de saciedade.

1654300_10151903092767361_2025380420_n
Foto: Aline Mendes, Agência RBS

Leia mais
PROJETO VERÃO: confira dicas para perder os quilinhos indesejados

COMO INCLUIR NA ALIMENTAÇÃO
Na forma de lanches (semelhante ao consumo das oleaginosas), sobre a salada e como tempero em receitas habituais.
Utilizá-la como petisco é uma boa forma de substituir outros alimentos não tão saudáveis.

ONDE COMPRAR
Em lojas de produtos naturais.
Dica: compre a versão sem casca para facilitar seu consumo.
Cuidado: deve ser comprada em lojas que a vendem para consumo humano, e não em lojas de ração para animais, onde o risco de contaminação é maior.

QUANTIDADE DIÁRIA RECOMENDADA
Uma colher de sopa ao dia.

CONTRAINDICAÇÃO
Quem busca o emagrecimento deve ficar atento à quantidade. O consumo exagerado da semente de girassol pode incrementar o consumo calórico.

Já seguiu o blog no Facebook? Corre lá e fique por dentro das últimas notícias saudáveis de Aline Mendes

Nutricionista ensina a preparar duas receitas saudáveis com mel

07 de fevereiro de 2014 0

Conferiram as dicas da nutricionista Priscila Di Ciero sobre o mel? Ela indicou duas receitas deliciosas com mel.

Leia mais
10 alimentos recomendados para quem quer ganhar massa magra
Confira cinco alimentos que ajudam na conquista da barriga sarada
Descubra 10 motivos para incluir a goji berry na sua dieta

Saiba como eliminar os quilinhos extras com a dieta detox
Nutricionista ensina nove cardápios detox para turbinar a sua dieta
Nutricionista tira dúvidas sobre a chia e a linhaça, grãos que ajudam a emagrecer
Conheça os benefícios do chá de hibisco, que auxilia no emagrecimento

 

chantillydetofuIS
Foto: prisciladiciero.com.br

1) Chantilly de tofu

Sem colesterol e rico em proteínas, o chantilly de tofu é uma delícia e vai bem com muffin, bolos integrais, salada de frutas e onde sua imaginação permitir.

Ingredientes
1 xícara de chá de tofu (prefira orgânico) bem lavado e espremido na mão
1 colher de sopa cheia de mel/agave
3 gotas de vinagre de maçã (prefira orgânico)

Modo de preparo
Deixe os cubos do tofu em uma peneira, cobre com filme plástico, coloque um recipiente (porque ele será drenado), deixe na geladeira por 1 noite para que saia um pouco do soro.
No dia seguinte, bata no liquidificador o tofu drenado, o mel e o vinagre de maçã, e vai pulsando. Desliga, mexe, liga novamente, até ficar com consistência de creme. Se seu processador for pequeno, você pode fazer nele. Se quiser mais doce, adicione gotas de baunilha e/ou mais mel.
Procure consumir em 2 dias.

Leia mais
PROJETO VERÃO: confira dicas para perder os quilinhos indesejados

2) Molho de mostarda e mel

molho_de_mostarda_e_mel
Foto: prisciladiciero.com.br

Deliciosa sugestão pra servir com saladas!

Ingredientes
50g de mel
80g de mostarda
50g de maionese light
1 pote de iogurte desnatado
25ml de vinho branco seco
sal e pimenta do reino a gosto

Modo de preparo
Misture tudo e deixe sob refrigeração até a hora de servir.
Dica
Iogurte é um alimento rico em cálcio, vitamina D e com muitas proteínas! Ajuda no funcionamento intestinal e na imunidade. Procure fazer o iogurte caseiro, e perceba toda diferença.

Fonte: www.prisciladiciero.com.br

 

VÍDEO: VEJA COMO PERDER AQUELES QUILINHOS INDESEJADOS

Já seguiu o blog no Facebook? Corre lá e fique por dentro das últimas notícias saudáveis de Aline Mendes

Confira oito motivos para incluir o mel no seu plano alimentar

07 de fevereiro de 2014 1

0096f08a
Foto: Caio Marcelo

Quando o assunto é o mel na dieta, sempre pinta aquela dúvida. É saudável? Engorda? A seguir, a nutricionista Priscila Di Ciero responde a todas as perguntas.

Leia mais
10 alimentos recomendados para quem quer ganhar massa magra
Confira cinco alimentos que ajudam na conquista da barriga sarada
Descubra 10 motivos para incluir a goji berry na sua dieta

Saiba como eliminar os quilinhos extras com a dieta detox
Nutricionista ensina nove cardápios detox para turbinar a sua dieta
Nutricionista tira dúvidas sobre a chia e a linhaça, grãos que ajudam a emagrecer
Conheça os benefícios do chá de hibisco, que auxilia no emagrecimento

 

Qual a composição nutricional do mel?
É rico em carboidratos que são convertidos em açúcar rapidamente, elevando a glicemia e dando energia e disposição. Ainda conta com vitaminas e minerais úteis na saudabilidade do metabolismo como um todo.

Podemos encontrá-lo no mercado em quais variações? Quais a recomendada?
Há diversas. De laranjeira, eucalipto, com própolis, geleia real, depende se usará em receitas ou para fins medicinais. Os dois últimos já que deixam gosto residual em receitas.

Existe alguma contraindicação?
Sim, crianças menores de 2 anos e pessoas com alta glicemia (e diabéticos, por exemplo) e com triglicérides elevados.

Oito benefícios do mel
1 - Combate doenças do coração por ser rico em antioxidantes – Como as doenças cardiovasculares registram piora com quadro inflamatório, alimentos ricos em antioxidantes ajudam a proteger o coração e as artérias.
2 - Alguns trabalhos mostram efeito na prevenção de doenças gastrointestinais.
3 - Efeitos antibacteriano e antifúngico.
4 - Ajuda a melhorar a performance pois ajuda na recuperação do glicogênio muscular após a pratica de atividade, por exemplo.
5 - Reduz tosse e inflamação na garganta.
6 - Prebiótico – Ajuda a alimentar os probióticos, as ” boas bactérias” intestinais. Com isso, ajuda a melhorar a absorção de nutrientes e a eliminação de toxinas.
7 - Muito bom pra pele – Ajuda a manter a pele hidratada.
8 - Ajuda a manter o pique, o bom humor e a qualidade do sono.

Minolta DSC
Foto: Stock.Xchng

Leia mais
PROJETO VERÃO: confira dicas para perder os quilinhos indesejados

Qual é a quantidade diária recomendada?
Depende, para a prescrição levamos em conta a individualidade bioquímica.

Três dicas para ingerir o mel sem comprometer a dieta?
1 – Misturado com o iogurte desnatado.
2 – Passando no pão com tahine no café da manhã.
3 – Após o treino, associado com o shake de proteína.

O mel é interessante no pós-treino? Por quê?
Sim, é ótimo por ser uma ótima fonte de carboidrato de rápida absorção, o que ajuda a carregar melhor os nutrientes para dentro da musculatura, além e ser fonte de patalinose, um tipo de açúcar que vem sendo estudado com benefícios para controlar resistência à insulina, o que atrapalha o ganho de massa e a definição muscular.

VÍDEO: VEJA COMO PERDER AQUELES QUILINHOS INDESEJADOS

Já seguiu o blog no Facebook? Corre lá e fique por dentro das últimas notícias saudáveis de Aline Mendes

 

Nutricionista ensina três receitas magrinhas com tapioca

30 de janeiro de 2014 0

20140130-145016.jpg

Confiram as dicas da nutricionista Priscila Nunes sobre a tapioca? Ela preparou três receitas deliciosas para os leitores do blog.

Leia mais
10 alimentos recomendados para quem quer ganhar massa magra
Confira cinco alimentos que ajudam na conquista da barriga sarada
Descubra 10 motivos para incluir a goji berry na sua dieta

Saiba como eliminar os quilinhos extras com a dieta detox
Nutricionista ensina nove cardápios detox para turbinar a sua dieta
Nutricionista tira dúvidas sobre a chia e a linhaça, grãos que ajudam a emagrecer
Conheça os benefícios do chá de hibisco, que auxilia no emagrecimento

 

1) TAPIOCA
Ingredientes
1/2kg de farinha para tapioca ou polvilho doce
Água o suficiente para cobrir
Sal a gosto

Modo de preparo
Coloque a farinha em uma tigela grande e água até cobrir e ficar pelo menos dois dedos acima da massa. Deixe a massa descansar por 12 horas. Depois seque com a ajuda de um pano limpo sem deixar excesso de água. Esfarele essa massa com as mãos e passe pela peneira. Em uma frigideira antiaderente, espalhe a farinha e modele a tapioca como uma panqueca no fundo da frigideira.

2) TAPIOCA DE LEITE CONDENSADO PROTEICO

Para o preparo do leite condensado
Ingredientes
10 colheres de sopa de adoçante em pó (sucralose, xilitol)
1 copo de leite em pó desnatado
1/2 copo de água fervendo
2 scoops de whey de baunilha.
1 colher (sopa) de óleo vegetal
Coco ralado não adoçado

Modo de preparo
Bata todos os ingredientes no liquidificador por 7 minutos. Leve a geladeira por 1 hora para dar liga a massa. Depois recheie e servi na tapioca.

Sugestão da nutricionista
Opção de refeição pré-treino.

Leia mais
PROJETO VERÃO: confira dicas para perder os quilinhos indesejados

3) TAPIOCA DE FRANGO COM LEGUMES

Para o preparo do recheio
Ingredientes

1 colher de sopa de chimichurri e colorau
300g peito de frango cozido e desfiado
½ xícara de pimentão verde, vermelho e amarelo cortados em cubos pequenos
50g de brócolis e cenoura cortados em fatias finas
1 colher de chá de sal marinho.

Modo de preparo
Em uma panela média, adicione os pimentões e deixe-os dourar, adicionar o frango desfiado e os demais legumes, tampe a panela por 15 minutos e desligue o fogo. Para dar liga ao recheio, adicione 1 colher de sobremesa de requeijão light ou 1 colher de sobremesa de queijo cottage sem lactose.

Sugestão da nutricionista
Opção de refeição pós-treino.

4) TAPIOCA DE GELEIA DE FRUTAS VERMELHAS DIET E PASTA DE AMENDOIM

Para o preparo do recheio (pasta de amendoim)
Ingredientes
500g de amendoim torrado e sem casca
4 colheres de sopa de óleo de amendoim
1 colher de sopa de mel
1 pitada de sal (a gosto)

Modo de preparo
Bater o amendoim no liquidificador até virar uma pasta e ir colocando o óleo aos poucos, retirar e colocar o mel e o sal.
Para a tapioca: usar 1 colher de sopa de pasta de amendoim e por cima adicionar a geléia de frutas vermelhas e servir com morangos, mirtilos e framboesa por cima do recheio.

Sugestão da nutricionista
Opção para o café da manhã.

VÍDEO: VEJA COMO PERDER AQUELES QUILINHOS INDESEJADOS

Já seguiu o blog no Facebook? Corre lá e fique por dentro das últimas notícias saudáveis de Aline Mendes

Descubra oito razões para incluir a tapioca na dieta

30 de janeiro de 2014 7

009171f5
Foto: Roni Rigo

A tapioca é um alimento feito com a fécula da mandioca, substância farinácea fina extraída de raízes tuberculosas, que dá origem ao polvilho doce (goma de mandioca). É parecida com uma panqueca, também conhecida como beiju.

Sabe o que é melhor? É um alimento prático, com poucas calorias e não contém glúten. 

Leia mais
10 alimentos recomendados para quem quer ganhar massa magra
Confira cinco alimentos que ajudam na conquista da barriga sarada
Descubra 10 motivos para incluir a goji berry na sua dieta

Saiba como eliminar os quilinhos extras com a dieta detox
Nutricionista ensina nove cardápios detox para turbinar a sua dieta
Nutricionista tira dúvidas sobre a chia e a linhaça, grãos que ajudam a emagrecer
Conheça os benefícios do chá de hibisco, que auxilia no emagrecimento

A seguir, confira as dicas da nutricionista Priscila Nunes

Composição nutricional da tapioca
Por ser feita a partir da fécula de mandioca, tem como principal nutriente o carboidrato (amido), além de baixo teor proteico e de fibras. Uma porção de 50 gramas tem cerca de 70 calorias, 14 gramas de carboidrato e 1,6 grama de proteína. Contém vitamina B1, B6, B9, cálcio, ferro, teor de sódio baixo. Como não tem glúten, pode ser consumida por pessoas portadoras de doença celíaca.

Alimento especial
Como a tapioca é feita à base de polvilho e água, podem ser adicionados diversos recheios, fazendo dela um alimento prático e saboroso. Como não contém muitas calorias é um alimento mais leve e fácil de ser digerido.

OITO razões para comer tapioca

1 – Prática - Basta apenas hidratar o polvilho e a massa, quando aquecida, já está pronta.
2 – Versátil - Permite diversos tipos de recheios e sabores. É possível transformá-la em panquecas e até em pizzas.
3 – Substitui o pão - Fonte de carboidratos, ela pode ser uma aliada no café da manhã em substituição ao pão. Basta escolher o recheio mais adequado ao seu plano alimentar e necessidades nutricionais.
4 – Não contém glúten - Por ser feita a partir da mandioca, favorece na redução dos efeitos colaterais presentes no glúten a quem tem doença celíaca.
5 – Tem pouca caloria - 50g de tapioca corresponde a metade das calorias de duas fatias de pão.
6 – Alternativa de refeição pré-treino e pós-treino - Por ser digerida mais rápido, fornece energias mais rapidamente para o corpo, deal durante a prática do exercício físico. E também como recuperação rápida de energia no pós-treino.
7 – Baixo teor de sódio - Tem menos teor de sódio do que alimentos industrializados, como pães, biscoitos.
8 – Livre de gorduras e açúcar - Como sua preparação é feita a partir de farinha e água, não possui, áçucar e nem gorduras.

00734614

Leia mais
PROJETO VERÃO: confira dicas para perder os quilinhos indesejados

Como incorporá-la na dieta
Vem ganhando destaque no café da manhã, principalmente em dietas sem glúten, em substituição ao pão.
Em refeições pré-treinos, por ser fonte de carboidrato de alto índice glicêmico, acompanhada de recheios mais proteicos.

Auxilia no emagrecimento
Sim, pois não contém um valor calórico muito elevado e também por ser um alimento mais leve. Ajuda principalmente em dietas em que o foco seja redução da gordura da região abdominal.

Em excesso, engorda
Sim, em excesso pode engordar, ainda mais por ser um alimento fonte de carboidrato. Por isso, cautela.

0018b287
Foto: Adriana Franciosi

Cuidados
Por ser um alimento feito a base de fécula de mandioca e água, é pobre em fibras e nutrientes como proteína, gordura, vitaminas e mineiras. Deve-se ter cuidado na hora da escolha do recheio.

Quantidade diária recomendada
Dependerá de qual a necessidade individual. Em média, uma tapioca por dia.

Diferença da tapioca para o pão branco
Possui uma digestibilidade mais fácil do que do pão, pois é um carboidrato com alto índice glicêmico. Ela eleva mais rapidamente a ação da insulina, sendo absorvida mais rapidamente.

Diferença da tapioca para o pão integral
Embora o pão integral tenha glúten e a tapioca não, ele possui mais fibras que proporcionarão maior saciedade do que ela, que que não possui fibras. Por isso, é importante consumi-lá em horários em que seja necessária uma digestão mais rápida do carboidrato (café da manhã, pré-treino e pós-treino).

Superdica da nutricionista
Incremente a sua tapioca adicionando recheios como frutas, legumes e/ou verduras; proteínas como carnes, ovos, whey protein; e gorduras do bem como pasta de amendoim integral, nozes, castanhas, amêndoas. Além de torna-lá um alimento completo você ainda deixá ela mais saborosa.

VÍDEO: VEJA COMO PERDER AQUELES QUILINHOS INDESEJADOS

Já seguiu o blog no Facebook? Corre lá e fique por dentro das últimas notícias saudáveis de Aline Mendes

Nutricionista ensina três receitas saudáveis com amêndoa

29 de janeiro de 2014 0

00681740
Foto: Santa Marina

Conferiu as dicas da nutricionista Greice Baggio sobre a amêndoa? Ela ensina três preparações saudáveis.

Leia mais
Saiba como eliminar os quilinhos extras com a dieta detox
Nutricionista ensina nove cardápios detox para turbinar a sua dieta
Confira os segredos de uma dieta detox esportiva
Veja quando a dieta detox é recomendada
Conheça os benefícios do chá de hibisco, que auxilia no emagrecimento
Personal trainer ensina 12 exercícios para definir o abdômen
Personal trainer ensina seis exercícios para deixar suas pernas torneadas

1) Panqueca proteica doce

Ingredientes
1 ovo inteiro
2 claras
2 colheres de sopa de whey protein
2 colheres de sopa de farelo de aveia
1 colher de sopa de óleo de coco
2 colheres de sopa de granola
1 colher de sopa de amêndoas em lâminas
1 colher de sopa de mel
1 banana
1 colher de chá de bicarbonato de sódio

Modo de preparo
Misture os ovos, o whey protein, o farelo de aveia e o bicarbonato no liquidificador até formar uma mistura homogênea. Em assadeira antiaderente, coloque o óleo de coco (boa opção para cozinhar) e despeje a massa da panqueca. Após cozida de ambos os lados, acrescente a banana em rodelas, o mel, as amêndoas em lâminas e a granola. Rende 1 porção. Excelente para o café da manhã ou pré-treino.

00977b5f
Foto: Aline Mendes

Leia mais
PROJETO VERÃO: confira dicas para perder os quilinhos indesejados


2) Smoothie de manga e amêndoas

Ingredientes
2 colheres de sopa de amêndoas
1 manga cortada em cubos
30ml de leite de coco light
100g de mirtilo
1 colher de sopa de coco ralado sem açúcar
1 copo de água filtrada
Essência de baunilha
Stévia ou adoçante artificial com moderação

Modo de preparo
Misture os ingredientes no liquidificados. Rende 2 porções. Receita prática para o lanche da tarde.
Rende 2 porções

3) Salada de atum, quinoa e amêndoas

Ingredientes
Folhas de rúcula e alface crespa
1/2 cenoura cozida
4 ameixas secas
50g de quinoa em grão cozida
100g de atum
1 colher de sopa de requeijão light
2 colheres de sopa de amêndoas picadas

Modo de preparo
Misture todos os ingredientes. Rende 1 porção. Salada leve e nutritiva para o jantar.

Já seguiu o blog no Facebook? Corre lá e fique por dentro das últimas notícias saudáveis de Aline Mendes

Oito motivos para incluir a amêndoa na sua dieta

29 de janeiro de 2014 0

1528082_10151836637282361_925367312_n
Foto: Aline Mendes

Saborosa, a amêndoa é uma ótima opção para incluir na dieta. Segundo a nutricionista Greice Baggio, é uma excelente fonte de proteína vegetal (ideal para veganos), além de gorduras insaturadas, magnésio, manganês, potássio, fósforo, selênio, vitamina E e vitaminas do complexo B. Também é rica em antioxidantes, não contém colesterol e é pobre em sódio.

Leia mais
Saiba como eliminar os quilinhos extras com a dieta detox
Nutricionista ensina nove cardápios detox para turbinar a sua dieta
Confira os segredos de uma dieta detox esportiva
Veja quando a dieta detox é recomendada
Conheça os benefícios do chá de hibisco, que auxilia no emagrecimento
Personal trainer ensina 12 exercícios para definir o abdômen
Personal trainer ensina seis exercícios para deixar suas pernas torneadas

Confira as dicas da nutricionista Greice Baggio

OITO BENEFÍCIOS DA AMÊNDOA PARA A SAÚDE

1 – Reduz o colesterol - O perfil de ácidos graxos das amêndoas melhoram o perfil de gorduras sanguíneas. As gorduras monoinsaturadas e poli-insaturadas são conhecidas por melhorarem o perfil sérico de lipídeos no sangue, como redução do LDL colesterol, atuando na prevenção de doenças cardiovasculares.

2 – Ajuda no controle da pressão arterial - Minerais como potássio e a baixa quantidade de sódio contribuem para manter a pressão arterial em valores ideais. Contém ainda vitamina E, que atua como antioxidante e contribui à saúde do coração.

3 – Auxilia no emagrecimento - Com uma boa quantidade de fibras, boa fonte de gorduras saudáveis e proteínas, é uma boa opção para o emagrecimento, já que auxilia na saciedade, fornecendo nutrientes essenciais ao organismo. Ácidos graxos também evitam aumento de liberação de insulina no sangue o que evita estoques de gordura corporal.

008a0365
Foto: Stock Images

4 – Contribui para a saúde dos ossos - Contém minerais que ajudam no fortalecimento dos ossos, dentes e na formação de novos tecidos.

5 – Colabora para o controle de açúcares no sangue - Embora densamente calórica, nutrientes como manganês e vitaminas do complexo B atuam no metabolismo dos carboidratos. O consumo moderado de amêndoas auxiliam no controle da glicemia sanguínea. As gorduras presentes tornam a digestão mais lenta e evitam altos picos de açúcar no sangue.

6 – Fornece proteção antioxidante - Selênio, manganês, vitamina E (antioxidante solúvel em gordura) e fitoquímicos como quecetina e flavonoides merecem destaque nas amêndoas. Esses nutrientes fornecem proteção contra os danos causados pelo excesso de radicais livres.

7 – Proteção contra o câncer - É também fonte de selênio, mineral antioxidante que também fornece proteção contra o câncer.

8 – Possibilita melhora a função cerebral - A vitamina E beneficia a circulação sanguínea no cérebro. Os antioxidantes presentes nas amêndoas protegem as células contra a oxidação. Os ácidos graxos contribuem ao raciocínio e memória, contribuindo à prevenção de doenças neurodegenerativas.

1503667_10151836637292361_173150026_n
Foto: Aline Mendes

Leia mais
PROJETO VERÃO: confira dicas para perder os quilinhos indesejados

EMAGRECIMENTO X GANHO DE PESO
Proteínas, ácidos graxos e fibras contribuem para a saciedade, evitam o aumento de glicose no sangue, reduzindo o risco de estoques sob forma de gordura corporal. Todo consumo calórico excedente de carboidrato, proteína ou gordura é estocado no organismo, assim as oleaginosas devem ser incluídas dentro de um planejamento alimentar adequado.

COMO INCLUIR NA DIETA
As amêndoas podem fazer parte dos lanches entre as principais refeições, acrescentada em preparações doces e salgadas, vitaminas, shakes, sucos, misturadas às frutas secas, incluídas em bolos, arroz, massas, saladas elaboradas, acompanha muito bem até mesmo as carnes em geral e dão um toque especial nas sobremesas.

QUANTIDADE DIÁRIA RECOMENDADA
100g contêm 581 calorias, 47,3g de lipídeos, 18,6g de proteínas, 29,5g de carboidratos, 11,6g de fibras. As oleaginosas são conhecidas por serem calóricas.
Consumir 12 unidades ao dia ou de 1 a 2 colheres de sopa.

954451_10151836637287361_418880118_n
Foto: Aline Mendes

DICA DA NUTRICIONISTA
Incluir as oleaginosas no lugar de alimentos com baixo valor nutricional é uma excelente opção para manter a saciedade e obter nutrientes. Para quem pratica atividade física ou quer atingir definição muscular, as amêndoas devem fazer parte do plano alimentar. Uma a duas colheres de sopa de amêndoas inteiras ou trituradas pode ser acrescentada em cereais integrais, iogurtes, vitaminas, sucos, polvilhadas nas saladas.
Antes de consumir, deixe as amêndoas de molho na água por cerca de 8 horas para melhorar a biodisponibilidade dos nutrientes.

CUIDADOS
Evitar o consumo em demasia, evitando complicações gastrointestinais (flatulência, azia, distensão abdominal) e aumento do peso (pela densidade calórica). A alergia a amêndoa é menos comum do que a alergia as nozes ou amendoins, por exemplo, mas o paciente que apresentar alguma reação ao consumir a oleaginosa deve ficar atento.

Mas atenção: amêndoas salgadas e torradas não apresentam os mesmos benefícios à saúde, já que muitas vezes apresentam gorduras saturadas e sódio, para mantê-las conservadas e aumentar a vida de prateleira.

Já seguiu o blog no Facebook? Corre lá e fique por dentro das últimas notícias saudáveis de Aline Mendes