Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts com a tag "Suplementação"

VÍDEO: nutricionista dá dias do que comer antes e depois do treino

13 de abril de 2014 0

VÍDEO: descubra os suplementos recomendados para emagrecer, definir e aumentar massa muscular

06 de março de 2014 0

Sem título
Foto: Reprodução, TVCOM

A coluna Barra de Cereal para o TVCOM Tudo + desta semana abordou os suplementos alimentares.
No vídeo, a minha convidada, a nutricionista Danielle Milhão, explica os suplementos recomendados para cada modalidade. Vem conferir:

Leia mais
Confira os suplementos indicados para cada modalidade
Descubra os suplementos recomendados para cada objetivo

 

_______________________________________________

>> PASSO A PASSO 
Como receber as atualizações do Barra de Cereal no seu e-mail


>> REDES SOCIAIS DO BARRA DE CEREAL
(basta clicar nos links abaixo para acessá-las e curti-las)


FACEBOOK: /blogbarradecereal

INSTAGRAM – @blogbarradecereal

PINTEREST – /barradecereal

TWITTER – @barra_de_cereal

Aprenda a preparar um delicioso sorvete proteico

26 de janeiro de 2014 0

001700d4
Júlio Cordeiro, Agência RBS

Que tal aproveitar os dias mais quentes e preparar um sorvete amigo da dieta? A seguir, confira as dicas da nutricionista Geórgia Bachi.

Leia mais
10 alimentos recomendados para quem quer ganhar massa magra
Confira cinco alimentos que ajudam na conquista da barriga sarada
Descubra 10 motivos para incluir a goji berry na sua dieta

Saiba como eliminar os quilinhos extras com a dieta detox
Nutricionista ensina nove cardápios detox para turbinar a sua dieta
Nutricionista tira dúvidas sobre a chia e a linhaça, grãos que ajudam a emagrecer
Conheça os benefícios do chá de hibisco, que auxilia no emagrecimento

Sorvete proteico

Ingredientes
30 g de whey protein
100 ml de leite desnatado

Modo de preparo
Liquidifique os ingredientes até formar um creme homogêneo. Em seguida, armazene em pote de sobremesa e leve ao freezer por, aproximadamente, 1 hora. Uma porção tem 151,7 kcal.

Leia mais
PROJETO VERÃO: confira dicas para perder os quilinhos indesejados

Benefícios
Ajuda a manter o sistema imunológico forte e saudável, pelo fato de conter bons níveis de glutamina.

Já seguiu o blog no Facebook? Corre lá e fique por dentro das últimas notícias saudáveis de Aline Mendes

O que você precisa saber antes de tomar whey protein

03 de dezembro de 2013 3

970373_10151683881257361_2037024576_n1

O whey protein é o nome dado para a proteína extraída do soro do leite, conhecido por ser rico em aminoácidos essenciais para o organismo, com baixa quantidade de colesterol. Frequentemente, costumo receber mensagens de leitores com dúvidas sobre o suplemento.

Em outubro, o blog abordou os benefícios do whey. Hoje, a nutricionista Geórgia Bachi explica dicas que você precisa saber antes de tomar o suplemento. Ela é autora do livro Dieta com Whey Protein – Os benefícios do soro do leite para a saúde

Leia mais
Saiba como eliminar os quilinhos extras com a dieta detox
Nutricionista ensina nove cardápios detox para turbinar a sua dieta
Confira os segredos de uma dieta detox esportiva
Veja quando a dieta detox é recomendada
Conheça os benefícios do chá de hibisco, que auxilia no emagrecimento
Personal trainer ensina 12 exercícios para definir o abdômen
Personal trainer ensina seis exercícios para deixar suas pernas torneadas

 

1 - É uma proteína completa, por possui os aminoácidos essenciais ao nosso organismo em quantidade superior ao peixe, frango, leite, ovo ou soja, por exemplo.

2 - Ajuda a manter o sistema imunológico forte e saudável, pelo fato de conter bons níveis de glutamina.

3 - Possui rápida absorção, ideal para ser utilizado no pós-treino.

4 - Não tem altas quantidades de gordura e colesterol, geralmente encontrados nas demais fontes proteicas de origem animal.

Leia mais
PROJETO VERÃO: confira dicas para perder os quilinhos indesejados

5 - Contribui para a manutenção de ossos, por permanecer com boa parte do cálcio presente naturalmente no leite.

6 - Pode ser consumido crianças, gestantes ou idosos.

whey2-1024x1024

7 - Por ser comercializado em pó ou barras, pode ser transportado e consumido em qualquer horário e local.

8 - Evita o catabolismo, ou seja, a quebra de massa muscular para utilização como energia.

9 - Possui praticamente metade dos nutrientes naturalmente encontrados no leite.

10 - Sua versão isolada pode ser consumida até mesmo por pessoas com intolerância à lactose, por não conter esse tipo de carboidrato.

Já seguiu o blog no Facebook? Corre lá e fique por dentro das últimas notícias saudáveis de Aline Mendes

Oito tipos de alimentos que você deve evitar após o treino

12 de novembro de 2013 3

0074dbb9
Foto: Jucimar Milese, Divulgação

Diariamente, recebo mensagens aqui no blog, no Twitter e no Facebook com dúvidas de leitores sobre o que consumir e o que não consumir antes e após os treinos.

Pedi para a nutricionista Antoniela Vieira oito alimentos que devemos evitar após o treino. Sobre o que consumir antes do treino, você pode conferir AQUI.

Leia mais
Confira 10 alimentos industrializados do bem escolhidos por uma nutricionista
Conheça os benefícios do chá de hibisco, que auxilia no emagrecimento
10 alimentos recomendados para quem quer ganhar massa magra

Descubra 10 motivos para incluir a goji berry na sua dieta
Nutricionista tira dúvidas sobre a chia e a linhaça, grãos que ajudam a emagrecer

Personal trainer ensina 12 exercícios para definir o abdômen

8 tipos de alimentos que você deve evitar após o treino

1 – Alimentos gordurosos – A gordura desacelera o processo de digestão e, em consequência disto, o momento mais importante de nutrição do músculo é prejudicada. Esse período ocorre na primeira hora após a prática do exercício e é fundamental para evitar a perda de massa magra.

2 – Muita fibra - Consumir alimentos com muitas fibras (farelo de aveia, linhaça, chia etc.) também irá prejudicar a velocidade de absorção dos nutrientes. No pós-treino, precisamos de maior velocidade nesse processo. Os alimentos fibrosos são supersaudáveis, mas aconselho o consumo uma hora antes da atividade física.

00902bf3

3 – Sal - Alimentos muito salgados irão prejudicar a boa hidratação. Se você transpira muito durante o exercício, o aconselhável é o consumo de uma bebida isotônica.

4 – Carne vermelha - No pós-treino imediato, desaconselho o consumo de carne vermelha pelo fato da sua digestão ser mais lenta que as outras fontes proteicas.
Neste caso, recomendo o uso de um suplemento proteico de rápida absorção, peito de frango ou peixe.

5 – Alimentos ricos em açúcar (doces, bolos, tortas, refrigerantes) - A absorção dos alimentos ricos em açúcar é rápida demais, e isso pode provocar o acúmulo da energia desses alimentos na forma de gordura em regiões localizadas, como abdômen, cintura e costas. Precisamos de uma alimentação com digestão e absorção mais acelerada no pós-treino, porém, os extremos não são aconselhados.
Alguns alimentos aconselhados: aipim, batata doce e macarrão.

0094d304

6 – Barra de cereais - A maioria das barras de cereais comercializadas hoje possui uma grande quantidade de açúcar, além de chocolate ao leite e outros ingredientes nada saudáveis. Para a escolha de uma boa barra de cereal verifique na informação nutricional a quantidade de gordura saturada (deve ser menor do que 1,0), quantidade de fibras (pelo menos 2g) e, entre os seus ingredientes, prefira aquelas que contêm sementes como a chia e a linhaça, acrescidas de quinua, amaranto, frutas secas e oleaginosas.

7 – Vegetais como única fonte alimentícia - No pós-treino, devemos evitá-los para não prejudicar a absorção dos nutrientes fundamentais nesse período, que são os carboidratos e proteínas.

8 – Chás diuréticos - Neste período, precisamos hidratar nosso corpo. Se estimularmos a diurese (excreção da urina), iremos, com ela, perder muitos minerais e não haverá uma boa hidratação celular.

Já seguiu o blog no Facebook? Corre lá e fique por dentro das últimas notícias saudáveis de Aline Mendes

Nutricionista ensina três receitas com albumina

22 de outubro de 2013 0

panqueca

Conferiram as dicas da nutricionista Marina Cargnin sobre a albumina? Ela preparou três receitas para os leitores do blog.

Leia mais
Confira 10 alimentos industrializados do bem escolhidos por uma nutricionista
Conheça os benefícios do chá de hibisco, que auxilia no emagrecimento
10 alimentos recomendados para quem quer ganhar massa magra

Descubra 10 motivos para incluir a goji berry na sua dieta
Nutricionista tira dúvidas sobre a chia e a linhaça, grãos que ajudam a emagrecer

Personal trainer ensina 12 exercícios para definir o abdômen

Vem conferir:

1) Omelete de albumina

Ingredientes
3 scoops de albumina
1 ovo com gema
Temperos a gosto
½ copo água
Opcional: peito de peru picado ou frango desfiado, ou ainda queijo cottage/ricota

Modo de preparo
Bata no liquidificador a água, a albumina e o ovo inteiro até diluir todo o pó. Numa frigideira quente com teflon, espalhe uma fina camada do líquido em todo o fundo. Não há necessidade de usar óleo, mas caso opte por usar escolha os poucos saturados como canola. Agora tampe a frigideira e aguarde por 2 minutos e já está pronto para virar.

1381266_10151683881642361_508711581_n

2) Vitamina proteica de banana

Ingredientes
300 ml leite desnatado
30g de aveia (2 colheres sopa)
15g de Albumina em pó (1 colher sopa)
1 banana Prata média

Modo de preparo
Bata todos os ingredientes no liquidificador com gelo e sirva.

007c9c67

3) Bolachinhas crocantes de albumina

Ingredientes
1 xícara de albumina em pó
1/2 xícara de farinha de linhaça dourada
1 colher de chá de gengibre em pó
1 colher de chá de cravo em pó
2 colher de chá de canela em pó
1 clara
50g de manteiga sem sal
Adoçante a gosto

Modo de preparo
Coloque em uma tigela a albumina, a clara e a manteiga derretida. Acrescente o cravo, a canela e o gengibre. Caso queira acentuar o sabor de uma dessas especiarias, basta aumentar a quantidade. Quando a mistura estiver homogênea, regure o adoçante a gosto. Faça bolinha e precione-as com as palmas das mãos. Coloque em uma forma forrada com papel manteiga untada. Leve ao forno a 150°, por 15 minutos ou até dourar. Depois que esfriar, conserve em um recipiente fechado.

Já seguiu o blog no Facebook? Corre lá e fique por dentro das últimas notícias saudáveis de Aline Mendes

Descubra os seis benefícios da albumina, que auxilia no ganho de massa magra

22 de outubro de 2013 14

albumina3

Nas últimas semanas, recebi vários e-mails de leitores sugerindo que eu publicasse um post sobre a albumina. A pedido do blog, a nutricionista esportiva Marina Cargnin, da Clínica Nutrissoma, tira todas as dúvidas.

Leia mais
Confira 10 alimentos industrializados do bem escolhidos por uma nutricionista
Conheça os benefícios do chá de hibisco, que auxilia no emagrecimento
10 alimentos recomendados para quem quer ganhar massa magra

Descubra 10 motivos para incluir a goji berry na sua dieta
Nutricionista tira dúvidas sobre a chia e a linhaça, grãos que ajudam a emagrecer

Personal trainer ensina 12 exercícios para definir o abdômen

ALBUMINA
A albumina é um alimento hiperprotéico, à base exclusivamente de proteína com alto valor biológico (boa e lenta absorção), contendo aminoácidos essenciais e não essenciais, além das vitaminas do complexo B e 12, minerias como zinco e manganês. Pode ser encontrada no ovo (ovolbumina), no sangue humano (seroalbumina) e no leite (lactoalbumina). É comercialmente extraída da clara do ovo , onde é encontrada em abundância.

SETE BENEFÍCIOS DA ALBUMINA
1 – Auxilia o metabolismo - É rica em ácido glutâmico, ácido aspártico e leucina, nutrientes responsáveis pelo funcionamento do metabolismo.
2 – Promove o ganho de massa muscular - Contém uma grande quantidade de aminoácidos essenciais, que contribuem para a recuperação do tecido muscular, ou seja, para a síntese de proteínas e aumento do volume (hipertrofia).
3 – É rica em vitaminas do complexo B, potássio, fósforo e ferro, fornecendo energia e disposição ao organismo.
4 – Útil para manutenção e perda de peso - Por ser uma proteína de lenta absorção, prolonga o processo digestivo, aumentando o poder de saciedade, retardando a sensação de fome, fundamental para dietas de manutenção ou perda de peso.
5 – Possui um custo baixo - É forma eficaz e mais barata de suprir as necessidades de proteína do corpo, pois a albumina é uma proteína de alto valor biológico (que tem boa absorção pelo organismo) e que possui um custo bastante acessível, diferente de outras fontes de suplementos disponíveis no mercado.
6 – Boa para recuperação após cirurgias estéticas, como a lipoaspiração – Como toda a proteína, auxilia na cicatrização, porém por ter a digestão mais lenta, diminui o risco de fibrose (também causada pelo excesso de proteína da dieta). Ela também ajuda o corpo a diminuir o inchaço, comum no pós cirúrgico.

albumina

SUBSTITUI O OVO
A albumina é a clara de ovo, só que na forma desidratada (em forma de pó). Na forma de pó, ela poder ser incorporada de forma mais fácil na dieta como shakes, igourtes, sucos ou no leite.

QUANDO É RECOMENDADA
A albumina pode ser recomendada para completar a proteína da dieta de pessoas saudáveis que não atingem a necessidade de proteína através da ingestão alimentar, vegetarianos, anêmicos e desnutridos. Algumas nutricionistas prescrevem albumina após intervenções estéticas, como lipoaspiração, e em casos de queimaduras e hemorragias. É mais comum recomendar a albumina para praticantes de atividade física, quando se tem a necessidade de complementar a dieta com um suplemento à base de proteína.

ALÉM DA ATIVIDADE FÍSICA
Quem suplementa albumina e pratica exercícios físicos de forma regular, poderá ganhar massa muscular pela suplementação e estímulo à síntese proteica. Mas a albumina poderá ser suplementada para aumentar a aporte proteico de determinada dieta sem que o indivíduo seja praticante de atividade física.

MELHOR PERÍODO PARA TOMAR
Como a albumina tem uma absorção mais lenta, os horários mais indicados são pela manhã no desjejum ou antes de dormi, para ter uma liberação gradativa desta proteína, evitando catabolismo proteico no período do sono.

1374925_10151683884442361_562776504_n

ALBUMINA E CLARA DE OVO
Desde que ambos estejam previstos no cálculo total da dieta, evitando que essa ingestão proteica seja exagerada, evitando o risco de restrição hídrica, e uma sobrecarga renal.

CUIDADOS
A prescrição da albumina, como qualquer outro suplemento proteico, deve ser feita por uma nutricionista que introduza essa suplementação no cálculo total da dieta. É fundamental conhecer padrão alimentar, estilo de vida, objetivo de cada indivíduo, para que, com a suplementação, os resultados possam ser realmente atingidos sem causar prejuízos ao corpo, como uma sobrecarga renal, por exemplo.

CONTRAINDICAÇÃO
Como qualquer proteína, a albumina, em excesso, pode sobrecarregar os rins que terão que metabolizar seus excessos proteicos, aumentando o risco de insuficiência renal. Algumas pesquisas têm relacionado o excesso de proteínas a uma menor absorção de cálcio, favorecendo a osteoporose.
Como a albumina é derivada do ovo, é comum que a pessoa que utiliza a albumina passe a acumule gases intestinais com mais frequência e com odor mais desagradável que o de costume. Não é recomendado para pessoas com intestino mais sensível pois pode causar diarreia.

MARCAS RECOMENDADAS
Saltos, Naturovos e Probiótica.

Já seguiu o blog no Facebook? Corre lá e fique por dentro das últimas notícias saudáveis de Aline Mendes

Livro mostra as vantagens do whey protein para a saúde

30 de setembro de 2013 3

Dieta com Whey Protein

Whey Protein – ou proteína do soro do leite – é considerada a melhor fonte proteica para consumo. A ação antioxidante e sua atuação para a manutenção de um sistema imunológico fortalecido são alguns dos benefícios disponíveis para que busca uma vida mais saudável e também alcançar a boa forma.

10 alimentos recomendados para quem quer ganhar massa magra
Descubra 10 motivos para incluir a goji berry na sua dieta
Nutricionista tira dúvidas sobre a chia e a linhaça, grãos que ajudam a emagrecer
Cinco motivos para consumir o chá verde, mas atenção aos cuidados
Saiba como eliminar os quilinhos extras com a dieta detox
Confira sete tratamentos estéticos para evitar e combater a celulite

Em busca de esclarecer melhor o assunto, a nutricionista Geórgia Bachi acaba de lançar o livro Dieta com Whey Protein – Os benefícios do soro do leite para a sua saúde.

- Meu objetivo é apresentar um novo conceito de dieta, bastante comum entre atletas e que pode trazer grande benefício à saúde de qualquer indivíduo, independente das metas pessoais e da atividade que pratica – afirma.

Na obra, além de dicas sobre o suplemento, a autora apresenta receitas com whey protein, que vão desde shakes e vitaminas até bolos e tortas.

- Somente quando comecei a estudar a dieta de fisiculturistas é que compreendi a importância de ingerir fontes proteicas de alto valor biológico nas refeições. Existem itens básicos no cardápio desses profissionais que todos deveriam conhecer e seguir – sugere.

Segundo a nutricionista, esses suplementos não farão ninguém ficar magro ou forte milagrosamente. Eles irão trabalhar única e exclusivamente na função suplementar da alimentação.

- Precisamos nos nutrir com o combustível que o organismo necessita. Caso contrário, a consequência será o envelhecimento precoce, a má qualidade de vida e a propensão a diversas doenças –  finaliza Geórgia.

398364_361078063974358_1003462758_n

Sobre a autora
Geórgia Bachi é mestranda em Nutrição e Alimentos pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (RS), com formação em nutrição pela Universidade Feevale. Tem experiência profissional em nutrição hospitalar e social. Atualmente, é palestrante e realiza atendimento em clínica e em academias desportivas.

Saiba mais
Dieta com Whey Protein – Os benefícios do soro do leite para a sua saúde
Matrix Editora
120 páginas
R$ 24,00

Já seguiu o blog no Facebook? Corre lá e fique por dentro das últimas notícias saudáveis de Aline Mendes

Coluna do Barra de Cereal na TVCOM aborda os suplementos alimentares

19 de setembro de 2013 0

Conheça os benefícios da glutamina, que ajuda a manter a massa magra

17 de setembro de 2013 1

glutamina
Foto: Instagram, Grabriela Pugliesi, Divulgação

A dica de hoje do Barra de Cereal é a glutamina, uma proteína importante na manutenção da massa magra. O blog pediu a ajuda da nutricionista Denise Entrudo.

Leia mais

10 alimentos recomendados para quem quer ganhar massa magra
Descubra 10 motivos para incluir a goji berry na sua dieta
Nutricionista tira dúvidas sobre a chia e a linhaça, grãos que ajudam a emagrecer
Cinco motivos para consumir o chá verde, mas atenção aos cuidados
Saiba como eliminar os quilinhos extras com a dieta detox
Confira sete tratamentos estéticos para evitar e combater a celulite

GLUTAMINA
É um aminoácido que produzimos (para melhor compreensão, vários aminoácidos juntos formam uma proteína) e é o que está mais presente no músculo esquelético. Antigamente, a glutamina era classificada como um aminoácido não essencial (que não precisa ser ingerido por meio da alimentação), mas hoje é classificada como semi essencial, pois é necessária e contribui para funções do corpo.

PRINCIPAIS FUNÇÕES
- Tem ação anticatabólica - Diminui a utilização de massa magra pelo organismo em exercícios ou no estresse. Em situações de estresse do corpo – seja no exercício ou em queimaduras, estresse mental com alterações de cortisol, jejum ou desnutrição -, o aminoácido diminui em torno de 50%. Por isso, muitos suplementos alimentares da área clínica/hospitalar possuem glutamina.
- Fonte de energia do sistema imunológico e das células intestinais - Alimenta esses sistemas melhorando a imunidade e até o hábito intestinal.
- Também alimenta células musculares e, desta forma, ajuda a aumentar a massa muscular ou mantê-la. É importante relatar que não será somente a utilização dela que fará você alcançar o objetivo do ganho de massa.

foto (1)

INDICAÇÃO
Podemos fazer a indicação até para quem não faz nenhum tipo de treinamento. Mas, dentro do exercício, podemos prescrever para quem quer hipertrofiar, manter a massa muscular, corredores, triatletas, entre outros.

BENEFÍCIOS
1 – Fortalece a imunidade - Melhora o sistema imunológico por fornecer energia tanto para os eritrócitos quanto para os leucócitos.
2 – Ajuda na manutenção da massa magra - Poupa a musculatura, pois em vez de usarmos a musculatura como fonte de energia, vamos utilizar a glutamina.
3 – Proporciona hipertrofia e melhora o rendimento - Durante o exercício intenso e prolongado, a concentração de glutamina na musculatura se eleva. Após 2 horas, ela cai absurdamente. Pesquisas demonstram que isso pode estar associado à redução do glicogênio muscular após o treino. Portanto, para quem busca hipertrofia e a melhora no desempenho é importante associar a glutamina com carboidrato antes e após o treino para que a taxa não caia após o treino.
4 – Melhora a absorção intestinal por alimentar as células intestinais e isso faz com que a gente absorva melhor os nutrientes (vitaminas e minerais).

foto

QUANTIDADE DIÁRIA RECOMENDADA
Em torno de 5 a 20 gramas por dia, mas deve ser prescrita por um profissional de nutrição.

RESULTADOS SATISFATÓRIOS
Os resultados não são imediatos e, às vezes, isso poderá não ser visível no corpo. Quando é feita a ingestão, temos menos risco de infecções, lesões musculares, conseguimos manter mais a massa magra não tendo flacidez, melhora a absorção dos nutrientes. Beneficia a saúde como um todo.

CUIDADOS
Como qualquer alimento/suplemento, o excesso poderá fazer mal. Toda a musculatura trabalha de acordo com uma fisiologia precisa. Se ingerir demais, vai prejudicar a absorção e a utilização de outros aminoácidos no corpo.
Somente o nutricionista saberá indicar a forma de ingestão na dieta e saber calcular isso, pois a glutamina é proteína, e proteína deve ser calculada de acordo com o seu peso e avaliação física.

COMO CONSUMI-LA
O ideal é diluir a glutamina em sucos naturais (sem açúcar e sem adoçantes) ou fazer shakes. Não fica muito saborosa quando se mistura a alimentos.

Já seguiu o blog no Facebook? Corre lá e fique por dentro das últimas notícias saudáveis de Aline Mendes