Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts do dia 22 março 2010

Entrevista - Casulo da Seda

22 de março de 2010 23

Meninas, quem é que nunca sonhou em ter borboletas como decoração? Então já cansei de dizer por aqui que amo de paixão, qualquer coisa que seja lilás e se for borboletas melhor ainda…rs*
Pois então a entrevista de hoje, é encantadora, conheci algumas de suas peças em revistas de decoração para bebê, e sempre ficava ‘babando’ pelas peças, mas nunca imaginei que conseguiria fazer uma entrevista com a criadora das belezuras. Então conheçam um pouco da história de vida da Ana Paula.

**

Nome: Ana Paula Rodrigues
Cidade: São Paulo/SP
Marca: Casulo da Seda
Onde encontrar: www.casulodaseda.com

**

 

**

você começou?
Desde de pequena sou deslumbrada com o universo do artesanato, confeccionava minhas próprias fantasias de carnaval, as roupinhas da boneca Susi e com 12 anos fiz meu 1º curso de crochê.
Em 1998 Iniciei minha trajetória na área de bijuterias e customização de roupas, onde comecei a dar aula no curso de Moda e Design do Senai, em Porto Alegre, onde ministrava a disciplina de Acessórios de Moda…
Em 2003 mudei para São Paulo e na gestação do meu 1º filho conheci o universo da decoração, onde direcionei meu foco e comecei a produzir peças decorativas para quartos de crianças, juntamente com meu marido, o designer Marco Blasques (responsável por toda comunicação visual da marca), ele ajudou a dar um toque especial na criação e evolução dos produtos assim surgiu o Atelier Casulo da seda.

**

**

**

 Você busca inspiração onde?
Me especializei em produzir flores, borboletas e libélulas por isso minha maior inspiração vem da natureza. 

**

**

E os materiais, onde encontra?
Compro meu material de trabalho na 25 de março e lojas do interior de São Paulo.

**

**

**

No processo de criação de uma peça, qual a parte que mais dá trabalho, e qual a parte que mais te envolve, o que prefere?
A parte que acho mais trabalhosa são as produções em grande quantidade e se o prazo de entrega está curto aí sim a situação complica um pouco mais. A parte que mais gosto é a de criação, a proposta de estilo de cada peça, a combinação de cores e principalmente a satisfação do resultado final… ver tudo pronto e saber que estas peças irão proporcionar beleza, alegria em um ambiente… isso é muito gratificante!

**

 

**

O que te motiva a ser crafter?
A imensidão de possibilidades que este universo proporciona…

**

**

Já teve algum dia, em que não teve inspiração? O que você fez?
Quando não estou inspirada para criar algo novo procuro ficar na parte de produção…Deixo uma música alegrar o ambiente e me concentro apenas em produzir as peças.

**

**

Como é a sua rotina?
É tudo muito corrido, tenho dois filhos pequenos, depois que vão para a escolinha começo meu dia, sempre em ritmo acelerado, tem que ser tudo muito organizado para não haver confusão: respondo orçamentos, saio para comprar material, envio as encomendas pelo correio, fotografo os produtos para divulgação, e fico um bom tempo envolvida na parte de produção das peças.

**

**

Além das peças decorativas, como móbile, sachês e lembracinhas, você também produz outros acessórios?
Trabalhamos com Caixas de MDF decoradas e em breve irei lançar kit de higiene contendo potes, porta fraldas e lixeira. Não trabalho com peças de enxoval, cortinas ou bonecas de pano, mas indico outros ateliês que fornecem este tipo de decoração assim complementando e finalizando toda decoração do quartinho!

**

 

**

Que dica você daria para quem esta começando a trabalhar com artesanato?
Tem que ter muito carinho pelo que faz,  muita dedicação e insistência. Para começar indico buscarem informações em revistas, na internet, freqüentar feiras do ramo e fazer cursos. Fotografe os trabalhos e anuncie na internet, envie fotos para lojistas e ofereça sempre um produto de qualidade e com bom acabamento, isso faz toda a diferença na hora da venda!

 **

****

 Que peça significa ou significou mais para você?
A Guirlanda de borboletas em meia de seda é uma peça muito especial pra mim principalmente porque usei este modelo na porta da maternidade do nascimento da minha filha Allana e os comentários no hospital foram só elogios!

**

 

**

 

 Eu já vi peças suas em revistas de bebê, como foi essa experiência?
Meu maridão entrou em contato com editoras, enviamos fotos e logo começamos a ter retorno e interesse em publicarem nossos produtos! Nossa… quando saiu a primeira publicação quase trasbordamos de tanta felicidade… É muito gratificante ter um trabalho estampado em uma revista.

 **