Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Entrevista com Vanessa Cristine Taconelli

12 de abril de 2010 4

Hoje a entrevista é de um trabalho super lindo, scrap e madeira? Sim isso é possível e a Vanessa o faz muito bem, ela mistura diversas técnicas e transforma peças em verdadeiras obras de arte. Confira uma pouquinho dessa menina tão talentosa!!!!

*

*

Nome: Vanessa Cristine Taconelli
Cidade: São Paulo / SP
Marca: Toda Cor / Toda Cor Decor
Onde encontrar: www.todacordecor.elo7.com.br /www.todacornews.blogspot.com

*

Como vc começou?
Por gostar muito de cores, papéis, canetas e tudo quanto é coisa cute…tudo que via artesanalmente me chamava atenção, mas sempre pensava que não ia ter paciência e perfil para fazer qualquer tipo de artesanato. No ano 2000, aprendi a bordar ponto cruz, foi um vício muito bom. Adorava bordar e fui me aperfeiçoando na técnica, na época bordava muito para trocar em grupos e para presentear. No bordado me apeguei ao estilo country e infantil e isso levei para pintura, mas foi em 2005 que minha amiga me matriculou em um curso de pintura…e desde então troquei as agulhas e linhas coloridas pelos pincéis e potinhos de tintas, não parei mais de pintar..rs. Em 2007 nasceu Toda Cor, voltado para o público artesão com vendas de kits, apostilas, aulas e workshops. Logo depois veio Toda Cor Decor voltado para o público interessado em arte, presente e decoração.

*

*

Você busca inspiração onde?
Em tudo que vejo, tenho arquivos e mais arquivos em pastas de tudo quanto é tipo de coisa e arte. Ultimamente tenho me inspirado muito em trabalhos de scrapbook, patchwork e ambientes décor. Pesquiso muito em internet, visito muito sites, fotologs e blogs. Ah e claro, revistas e mais revistas, na grande maioria as importadas. Também procuro aprender sempre, investindo em cursos e workshops. Com isso sempre aprendo novas técnicas e conceitos o que me faz ficar mais inspirada em produzir peças.

*

*

E os materiais, onde encontra (dentro ou fora da cidade) ?
Por viver em São Paulo, consigo encontrar tudo o que preciso por aqui mesmo. Compro material em ateliês e lojas de artesanatos voltados para a pintura em madeira. Peças em MDF 95% são feitos pelo meu pai (arrumei um hobby para ele). Mas sou compradora “compulsiva” por material importado e na maioria das vezes compro diretamente mesmo, compensa fazer importação direta. Mas garimpo armarinhos e lojinhas na 25 de março também.

*

*

No processo de criação de uma peça, qual a parte que mais dá trabalho e qual a parte que mais te envolve, o que prefere?
Quando se trata de peça décor, a parte que mais me dá trabalho é a escolha do layout e materiais a serem utilizados. E a parte que mais me envolve é quando entram as cores, ver nascer uma peça é 10. Já quando se trata de um recorte country ou infantil, a escolha das cores e técnicas é bem complicada, para uma pessoa indecisa como eu, não é mole não. E a parte que mais me envolve é o acabamento, amooooo fazer sombras e luzes e ver cada pedacinho se transformando. Resumindo: a escolha do que fazer pra mim dá muito trabalho e a mais prazerosa é a mão na massa mesmo.

*

*

O que te motiva a ser craft?
Produzir trabalhos diferenciados, coloridos, alegres e emotivos. Sentir a satisfação do cliente, a surpresa de pessoas queridas presenteadas. Presentes feitos à mão é dedicação, amor, paciência, capricho, prazer e realização. Um ambiente decorado artesanalmente faz toda a diferença e isso é uma grande motivação para mim. Fora o prazer em aprender e ensinar em cursos, workshops e troca de idéias entre amigas e artesãs.

*

*

Já teve algum dia, em que não teve inspiração? O que fez?
Tenho vários dias nada inspiradores…rs. Ainda mais quando preciso criar meio que por “obrigação”, como é no caso da Mega Artesanal/2010 que estarei expondo alguns trabalhos e preciso trabalhar muiiiito a mente e os pincéis. E nesses dias, quando vejo que o mar não está para peixe, eu paro. Vou ler, assistir seriados, fazer compras ou qualquer outra coisa de uma vida normal. Aí a cabeça desacelera, o ânimo volta e “bora” produzir.

*

*

Como é a sua rotina?
Craft está em paralelo com minha outra profissão. É durante os finais de semana, que faço o que tenho que fazer. É onde posso usufruir da minha melhor ferramenta: a luz do dia, a melhor luz para se trabalhar.
Mas cada dia é um dia, na verdade nem considero uma “rotina”. Não faço horários, funciono mesmo a base da disposição e inspiração. A não ser para compromissos de encomendas, que preciso trabalhar com prazos…aí sim, faço meu horário (geralmente pela manhã e tarde) e durante a semana, na parte da noite, adianto o que pode ser adiantado…rs. O meu milagre é a liberdade, com ela consigo fazer muita coisa e estar sempre dentro dos prazos. Logo mais terei rotinas pois é preciso para uma boa organização, pois estou estudando um projeto e será tudo bem diferente…muito mais produtivo, alegre, colorido e satisfatório !!!

*

Comentários (4)

  • Vanessa Taconelli diz: 12 de abril de 2010

    Oi Mi, foi um prazer participar aqui no blog.
    Adoro o Baú de Idéias, sempre recheados de dicas, trabalhos e entrevistas super bacanas.
    Obrigada pela oportunidade.
    Grande beijo.

  • Fernanda Sellan diz: 12 de abril de 2010

    Amei a entrevista e amei mais ainda os trabalhos dessa artista!!!! Uma mais linda que a outra! O porta suco foi o que eu mais amei!! A idéia é excelente!!!!!!!

    Bjsss

  • Nelcy diz: 12 de abril de 2010

    Conheci a Van no curso que a amiga dela sem perguntar fez a matrícula para as duas aprenderem a pintar. Fiquei encantada com as duas. Sou bem mais velha e acreditem aprendi a ser mais independente por causa da maneira impetuosa da Van, ela era a queridinha da nossa professora por causa da sombra perfeita que faz com qualquer pincel. Sinto muito orgulhoso em saber que ela está sendo reconhecida pelo talento.
    Beijos.
    Nel

  • Janinha diz: 12 de abril de 2010

    Van minha amiga querida.
    Abalou bangu nessa entrevista. Foi MARAVI!!!!
    Meus parabens a Mi dona do Baú de Ideias… Eu nao conhecia e adorei encontrar…
    Voltarei aqui sempre… A entrevista com a Taconelli foi muito boa…essa menina é uma grande artista e particularmente uma grande amiga.

    Bjus
    Janinha

Envie seu Comentário