Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Entrevista - Suzana Hattori

26 de abril de 2010 9

Conheci essas coisas fofas no flickr, e que trabalho encantador hein?
Talentosa e com uma criatividade sem fim, pois aplicar as ideias nas massinhas ão é tarefa pra qualquer um não.
Então convido você para conhecer o trabalho da gauchinha Suzana.

*

*

Nome: Suzana Hattori
Cidade: Porto Alegre/RS
Onde encontrar: http://suzanagauchinha.blogspot.com/ 
http://www.flickr.com/photos/suzanagauchinha/

*

Como você começou? 
Sou filha de ex-comerciantes e quando criança eu vivia na casa da vizinhança. Lembro que eu adorava uma lojinha de presentes e a filha da dona da tal lojinha começou a fazer tricô em frente ao estabelecimento. E eu fui me interessando e ela se propôs a me ensinar. Fazia numa rapidez incrível que os clientes da lojinha e quem passava em frente ficavam abismados com a facilidade com que eu fazia. E em casa, minha mãe me ensinou a fazer origami (tsurus, bonecos, flores e outros) e crochê, mas linhas e agulhas de crochê eu não consegui aprender nada. Nos tempos de escola, eu adorava as aulas de Educação Artística e os meus trabalhos eram escolhidos para participarem de exposições, entre elas uma maquete de uma cidade e uma caixa de presentes cheio de origamis. Em 2007, logo que fiquei desempregada, despertou novamente o lado artesã e comecei a fazer vários cursos de artesanato (entre biscuit, E.V.A, sabonetes, meia de seda, scrapbooking, pintura em madeira, pintura em gesso, feltro e outros). A arte que eu adoro fazer é o biscuit e procuro sempre me aperfeiçoar nessa massinha.

*

*
 
De onde vem a sua inspiração? 
Bem, busco inspiração nos sites e blogs dos trabalhos de outros artesãos. E também numa paisagem, numa revista, num bichinho e enfim. Teve um fato uma vez, que eu tinha que fazer um pote de vidro decorado para um menino e eu não sabia o que e como fazer. E num sábado de manhã bem cedo, acordei e surgiu a idéia da decoração do pote. Pensei: vou dormir e mais tarde eu executo a peça. Bem, tentei dormir e não consegui. Tive que colocar a mão na massa, enquanto eu não confeccionava a peça a minha cabeça não parava. À medida que eu dava vida à peça, mais idéias surgiam. E depois da peça executada, enfim voltei a dormir um sono de uma manhã de sábado.

*

* 
Você acha fácil encontrar os materiais que você usa?
Sim, como moro em Porto Alegre/RS próximo ao centro da cidade é fácil encontrar os materiais que utilizo. Procuro comprar os materiais numa loja onde os preços são bem mais baratos que a concorrência. E se caso eu não achar determinado material eu adquiro através da internet.

*

*
 
No processo de criação de uma peça qual a parte que mais dá trabalho e qual a parte que mais te envolve, você tem preferência?
A idéia é a parte mais trabalhosa, pois quando você tem a noção e a idéia de como executá-la se torna fácil o seu trabalho. A finalização é a parte mais envolvente. Eu acredito que o acabamento é a parte que dá toda a diferença de um todo. Portanto, o toque final é a parte que eu prefiro. Toda peça é única. Enquanto eu não vejo a peça pronta eu não fico satisfeita, sossegada. Muitas vezes eu entro madrugada a dentro para eu vê-la pronta. Adoro confeccionar peças cheias de detalhes.

*

*
 
O que te motiva a ser crafter?
A liberdade de poder transformar qualquer coisa que vejo em arte, a combinação alegre das cores e a mistura de materiais. Uma flor, um animal, um personagem infantil e enfim…Tudo pode virar arte. Além de transformar a massa em algo lúdico e delicado é uma terapia para mim.

*

*
 
Já teve algum dia, em que não teve inspiração? O que você fez?
 Várias vezes. Quando não estou inspirada, nada eu consigo fazer com a massa. É só pegar a ferramenta do biscuit e tudo sai errado. Eu páro o que estou fazendo e fico longe da massinha. Geralmente, a minha inspiração retorna no dia seguinte.

*

*
 
Onde costuma vender seus produtos? A internet pra você é fundamental, e por quê?
Eu costumo vender as minhas peças para os meus vizinhos e conhecidos, através da internet e também deixo em consignação em algumas lojas da minha cidade. A internet é uma ferramenta essencial para a divulgação e a venda das peças. Como também, proporcionou conhecer várias pessoas para a troca de idéias, para o aprendizado e para a amizade.

*

*
 
Como é a sua rotina?
 Não tenho uma rotina determinada. Geralmente, eu acordo cedo, pois o dia rende mais. Acesso à internet para responder aos e-mails de orçamentos, ver o meu Flickr e também responder aos comentários que as pessoas deixam na galeria de fotos do blog. Executo minhas encomendas, cuido da casa e estudo para concursos públicos. Se eu pudesse viver só do artesanato, eu viveria, mas infelizmente o trabalho manual não é valorizado.

*

*
  
Gostaria de dar uma dica para iniciantes.
 Pessoal, o artesanato é uma terapia. Descubra o artesão que há dentro de você. Eu mesma fiz vários cursos de artesanato e eu me encontrei na massinha do biscuit, pois vi que agulhas e linhas são minhas inimigas. Cada um tem o seu ponto forte. Além de desestresse é uma renda extra. Aprender nunca é demais.

*

 

Comentários (9)

  • Mari diz: 26 de abril de 2010

    Bom dia Michele, nossa que talento tem essa menina. adorei os trabalhos dela, sucesso sempre Suzana. abçs a todos. E um ótimo dia de chuvinhaaaa.

  • Fernanda Sellan diz: 26 de abril de 2010

    Gentem!!!! A Su é minha amiguissima virtual!! Uma fofa!!!! Foi com ela que fiz minha primeira troquinha pelo flickr!!! Ela é um talento só mesmo!!!!!!!!

    Adorei a entrevista!!!!!!

    Bjsss

  • Léla diz: 27 de abril de 2010

    Ela acha que ainda precisa se aperfeiçoar??? Além de criativa é modesta… As peças são lindas!!! Já tentei trabalgar com biscuit, mas minha mania de perfeccionismo não colaborou. O que era para ser hobbye, acabou em estresse… Vou de agulhinhas mesmo…

  • Ana Paula P. Minharo diz: 27 de abril de 2010

    Que biscuits mais lindos!!! Amei… e a entrevista é super show!!! Você é super carismática e criativa!!! Parabéns!!

  • Charlene Nunes diz: 30 de abril de 2010

    Oi amiga!!!!!Achei os seus trabalhos lindos……Adorei, muitos beijos…Saudades

  • GLoria diz: 16 de maio de 2010

    Bom eu ja amo seu trabalho vc ja sabe disso,acho que vc merecia esse reconhecimento,afinal presisamos ser mais valorizadas,Bom e aqui é o lugar.Bjs

  • Alessandra diz: 21 de junho de 2010

    Que trabalho lindo, delicado, detalhista. A nossa arte reflete muito daquilo que somos, é uma delícia passar horas nesse mundo à parte, desenvolvendo trabalhos manuais, exercitando a criatividade.

  • jorge luis diz: 28 de julho de 2010

    Suzana parabéns pelo teu trabalho, tornei-me teu fã, também estou apaixonado por esta arte e pretendo iniciar esta atividade por prazer e terapia ocupacional, entrarei em contato, espero contar com teu apoio….Sucesso também no lado econômico!!!

  • Rosângela Lindner Batista diz: 6 de novembro de 2011

    Olá Suzana, adorei teus trabalhos e como vc amo biscuit estou trabalhando no meu blog assim que estiver pronto entro em contato para vc me visitar, sou de Arroio dos Ratos e é sempre bom ter pessoas da nossa terra para compartilhar a nossa arte, beijo Rosângela!!

Envie seu Comentário