clicRBS
Nova busca - outros
16 jun14:49

Corte de árvores gera controvérsias

Andrei Andrade

As obras de revitalização na Praça das Rosas têm causado incômodo em alguns moradores do bairro Cidade Alta. O corte de árvores realizado na manhã do último domingo (12), pela Prefeitura, é o principal motivo das reclamações.

Para a recuperação da área, que envolve nova pavimentação, plantio de flores, instalação de luminárias e alargamento do passeio externo, oito ligustros foram derrubados. Eles darão lugar a plátanos canadenses, árvores consideradas mais adequadas para as características da praça.

A moradora Ana Inês Varnier, que chegou a criar uma corrente de emails em que critica o ato da Prefeitura, defende que um plebiscito deveria ter sido realizado.

- Foi chocante acordar domingo de manhã e ver tudo derrubado, sem estar sabendo de nada. Considero um crime contra a praça. Devastar é fácil, mas quanto tempo levará para que as novas árvores cresçam? – indaga Ana.

Plantados há cerca de 55 anos, os ligustros estão localizados próximos à entrada da igreja Cristo Rei, servindo de sombra para os visitantes. De acordo com o secretário Municipal do Meio Ambiente, Airton Minusculi, os ligustros manchavam carros, levantavam calçadas e causavam alergia, além de estarem apodrecendo com o passar dos anos.

- O projeto original, prevendo a substituição das árvores, foi mostrado e aprovado em assembleia da Associação de Moradores do bairro e também pela Comissão de Arborização. A Bento terá uma praça digna, e nada foi feito sem avisar a população – afirma Minusculi, que considera as reclamações fatos isolados.

O secretário prevê que em no máximo 15 dias as mudas de plátanos estarão plantadas, e que em dois meses toda a obra, orçada em R$ 350 mil, estará concluída.

Por

6 Comentários »

  • Aline Cristina Gasperin disse:

    A prefeitura pensa que está melhorando as condições para os moradores, enquanto derruba plantas de 55 anos de idade para plantação de exóticas (os plátanos), que podem ‘embelezar’, mas não acrescem em nada à flora da cidade. Acredito que o secretário do meio ambiente poderia ter pesquisado isso antes de qualquer coisa.

  • delsor disse:

    Alguém tem que falar para o secretário Municipal do Meio Ambiente, Airton Minusculi,tem que cortar todas as árvores em porto alegre que estão plantadas em calçadas, porque todas levantam as calçadas.Acho que o senhor tem que se preocupar com o reflorestamento na capital e não o desmatamento.

  • ross disse:

    Corrente de e-mail? Plebiscito?? Ta faltando louça pra lavar nessa cidade ai!!!

  • Gilberto Dieder disse:

    Milhares de árvores são plantadas neste país em projetos de reflorestamento, mas a pergunta que faço, quantas vingam, isto nunca é divulgado, isto também acontece em projetos de revitalização.

  • Lucas Ferrari disse:

    Se a prefeitura NÃO FAZ é criticada, se FAZ também… então por que cada um não cuida da horta da sua casa em vez de criticar quando algo é feito.

  • gilnei rigotto disse:

    Éxiste uma epidemia no país de reforma e derrubada de árvores nas praças, é uma vergonha, NOssa ONG vai agir AAECO.

Comentários