clicRBS
Nova busca - outros
16 set16:40

Parque de Eventos apresenta projeto de revitalização

A Fundação Parque de Eventos e Desenvolvimento de Bento Gonçalves (Fundaparque) e a M Stortti Consulting Business Group apresentam em um café da manhã na próxima terça-feira, dia 27, a proposta de elaboração do Plano Máster para o Parque de Eventos. A proposta promete revolucionar uma das maiores áreas cobertas para eventos da América Latina. No café, devem estar presentes lideranças bento-gonçalvenses, diretores do Banrisul e investidores do mega-empreendimento

A M Stortti será responsável por fazer análises de mercado, imobiliária e de previsão de demanda, estudo de viabilidade econômico financeira, estudo arquitetônico, jurídico e de gestão. Na pesquisa de mercado e de demanda será efetuada uma análise da potencialidade da região, identificando os segmentos com maior compatibilidade mercadológica, além de carências e saturações nos segmentos envolvidos pela área abrangida pelo empreendimento.

O presidente da Fundaparque, entidade que administra o Parque, Tarcísio Michelon, afirma que já existem investidores interessados no projeto, que deve contemplar, até, a construção de um shopping center. “Com o planejamento saberemos quais são as melhores ocupações para as áreas do Parque, quanto custa para investir nestas ocupações e quem pode realizar o financiamento. Além disso, estamos trazendo para nos ajudar neste trabalho uma empresa que tem renome e vai ser importante, inclusive, na fase de captação de investidores. Foi, através da M Stortti, que já chegamos a sinalização positiva para investimento por parte de uma grande instituição financeira”, afirmou o presidente da Fundaparque.

Entre os principais trabalhos já realizados pela M Stortti Consulting Business Group, estão o Cais Mauá, em Porto Alegre, o Hotel Paineiras, no Rio de Janeiro, a Companhia Paulista de Trens Metropolitanos, de São Paulo, entre outros.

Por

Um Comentário »

  • Analista disse:

    PARABENS!!
    pena (para os caxienses) que não se houve uma noticia destas em relação aos nossos pavilhoes da “festa da uva”. Aliás, como expositor posso atestar que toda feira por aqui é em torno de 15% mais cara do que em Bento e temos um defcit de estrutura de 90%. Agora é esperar para ver as poucas que acontecem por aqui migrarem…aí poderemos literalmente dizer “Pavilhoes da Festa da Uva”…é só o que vai ter, enquanto acontecer o evento, que muito se parece com um grande camelódromo…expositores de verdade? pode-se contar nas mãos. Só nas minhas!!

Comentários