clicRBS
Nova busca - outros
14 out14:48

Nove atletas da Serra competem a partir desta sexta-feira no Pan-Americano

Maurício Reolon, do Pioneiro

No squash, na canoagem, no basquete, no vôlei e no tiro esportivo. Em todas essas modalidades, a Serra gaúcha estará representada.

No tiro esportivo feminino, modalidade fossa olímpica, as representantes são de Bento Gonçalves: Janice Gil Teixeira e Karla de Bona (foto). Enquanto a primeira é bem mais experiente e está acostumada a disputar competições internacionais, a segunda terá a primeira oportunidade de disputar o Pan.

A principal representatividade está no squash. Dos seis integrantes da seleção brasileira, quatro são caxienses. No feminino, Mariana Pontalti, 29 anos, Marina Costa, 21, e Thaisa Serafini, 26. No masculino, Vinícius Costa, 28.

— É muito bom ter essa galera de Caxias, até pela convivência. Todos se conhecem a bastante tempo e o squash gaúcho sempre tem representantes nas competições internacionais — comenta Marina.

Como o squash ainda não figura em Olimpíadas, o Pan serve como a principal vitrine. Para a caçula do grupo, participar da competição é a concretização de um objetivo:

— É a realização de um sonho. Com certeza, uma medalha, de qualquer cor, seria ótimo. Estamos muito confiantes — complementa Marina.

Na canoagem, destaque para o caxiense Michel de Carli, que começou a praticar o esporte por meio do Projeto Navegar e participará do seu primeiro Pan.

Nos esportes coletivos, o basquete e o vôlei masculino contam com jogadores que fazem sucesso no centro do país, mas são oriundos da região: Murilo Becker, nasceu em Farroupilha e Éder Carbonera, em Caxias do Sul.

Há também aqueles atletas que passaram pelos clubes caxienses ou que treinavam na Serra recentemente. Casos da jogadora de handebol Samira, que disputou a última Liga Nacional pela UCS, e dos canoístas Gilvan e Givago Ribeiro e Édson da Rosa, todos comandados pelo técnico Álvaro Koslowski, em Caxias.

Por

Comentários