clicRBS
Nova busca - outros

Agricultura

30 out14:00

Bento marca presença na I Conferência Temática de Turismo Rural do RS

Bento Gonçalves participou da I Conferência Temática de Turismo Rural do Rio Grande do Sul, que ocorreu na última terça-feira, 25 de outubro, em Porto Alegre. O encontro contou com a presença da secretária de Turismo do RS, Abgail Pereira e do secretário de Desenvolvimento Rural do RS, Ivar Pavan.


A conferência tinha como tema “As perspectivas para o turismo rural do RS”, e possibilitou a criação de grupos que debateram quatro temas: “Qualificação e Capacitação da Atividade Turística no Meio Rural”, “Infraestrutura básica e turística para empreendimentos turísticos rurais”, “Promoção e comercialização do turismo rural gaúcho” e “Regulamentação e legislação pertinente à atividade do turismo rural”. O evento foi encerrado às 18h, após a apresentação dos resultados de cada grupo.

Comente aqui
28 out13:53

Prefeitura lança Selo Sabor de Bento para agroindústrias

Para valorizar o produtor, agregar maior valor ao turismo e garantir produtos de qualidade ao consumidor, a Prefeitura de Bento Gonçalves, através das secretarias de Desenvolvimento da Agricultura e de Turismo, foi criado o Selo Sabor de Bento. Os primeiros 21 Termos de Compromisso de autorização para utilização e reprodução da marca “Sabor de Bento”, conforme manual de uso da marca e demais legislações pertinentes, foram assinados na tarde de quinta-feira (27) durante a solenidade de lançamento do selo, realizada no Salão Nobre, entre a Prefeitura e os produtores.

“O selo é uma garantia para o consumidor de ele que está comprando um produto de qualidade, valoriza o trabalho do produtor, incentiva o turismo e é impulso para a economia. Agora, precisamos levar os produtos com esta marca para outros municípios, outros estados, divulgando Bento e o a agroindústria local” ressaltou o Prefeito Roberto Lunelli. “Garantir ao consumidor o direito de obter um produto de qualidade. Esse é o objetivo do projeto Sabor de Bento, idealizado pelo Prefeito Lunelli e que lançou este desafio de apresentar o selo nas comemorações do aniversário do município” comentou a Secretária de Turismo Ivane Fávero. O projeto é uma ação conjunta entre as Secretarias Municipais de Turismo, Agricultura e Saúde, em parceria com o Instituto Federal (IFRS), Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e Instituto de Assistência Técnica e Extensão Rural.

O selo Sabor de Bento é uma iniciativa que pretende evidenciar as agroindústrias da área alimentar que apresentam boas práticas de higiene e segurança, além de beneficiar o consumidor da cidade e os visitantes. Cada agroindústria recebeu os selos, de acordo com demanda anual de produtos, e um banner para facilitar a identificação da marca. O contrato tem validade por ano, podendo ser renovado se a empresa estiver de acordo com as normas de higiene e segurança alimentar, de acordo com a legislação em vigor. A marca Sabor de Bento foi desenvolvida pela SEMTUR.


Critérios para participar do programa

*Preenchimento de uma ficha de inscrição fornecida pela Secretaria Municipal de Agricultura;

*Certificação SIM para produtos de origem animal;

*Alvará sanitário para produtos de origem vegetal/ farináceos;

*Cursos na área de higiene e segurança alimentar, de acordo com a legislação em vigor (para renovação do contrato);

*Aprovação da Inspeção específica pelo órgão fiscalizador (para renovação do contrato).

Comente aqui
27 out17:53

7ª Olimpíada da Família Rural acontece neste sábado

Neste sábado, 27 de outubro, a partir das 13h, no distrito de Pinto Bandeira será realizada a 7° Olimpíada da Família Rural, com uma programação que envolve diversas atividades e convida a população a participar das ações. O evento é promovido pela Prefeitura de Bento Gonçalves, através da Secretaria de Desenvolvimento da Agricultura.

Neste dia haverá competições entre os distritos de Bento Gonçalves nas modalidades futebol de campo, futsal feminino, chute no pneu, cabo de guerra, quatrilho, corrida rústica, corrida maluca, corrida do saco, recreação infantil e jogos diversos. Haverá premiação com medalhas para os integrantes e troféus para cada equipe até o terceiro lugar. O evento inicia às 13h, no distrito de Pinto Bandeira.

A Secretaria comunica que haverá ônibus saindo de cada distrito até o local. As informações podem ser obtidas na Secretaria da Agricultura, pelo telefone (54) 3055.7107 ou na subprefeitura dos distritos de São Pedro (54) 3455.6300, Faria Lemos (54)3439.1010, Tuiuty (54)3458.1538, Pinto Bandeira (54) 3468.0210, Vale dos Vinhedos(54)3453.2341.

Comente aqui
22 out12:05

Selo de Qualidade Sabor de Bento será lançado no próximo dia 27

Garantir ao consumidor o direito de obter um produto de qualidade. Esse é o objetivo do projeto Sabor de Bento, que será lançado no próximo dia 27 de outubro, as 17h30min, no Salão Nobre da Prefeitura.

O projeto é uma ação conjunta entre as Secretarias Municipais de Turismo, Agricultura e Saúde, em parceria com o Instituto Federal (IFRS), Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e Instituto de Assistência Técnica e Extensão Rural.

O selo Sabor de Bento é uma iniciativa que pretende evidenciar as agroindústrias da área alimentar que apresentam boas práticas de higiene e segurança, além de beneficiar o consumidor da cidade e os visitantes.

Cada agroindústria receberá a quantidade de selos de acordo com demanda anual de produtos. O contrato será feito entre a Secretaria Municipal de Agricultura e os empreendimentos e terá validade por ano, podendo ser renovado se a empresa estiver de acordo com as normas de higiene e segurança alimentar, de acordo com a legislação em vigor. A marca Sabor de Bento foi desenvolvida pela SEMTUR.

Critérios para participar do programa

*Preenchimento de uma ficha de inscrição, a ser fornecida pela Secretaria Municipal de Agricultura;

*Certificação SIM para produtos de origem animal;

*Alvará sanitário para produtos de origem vegetal/ farináceos;

*Cursos na área de higiene e segurança alimentar, de acordo com a legislação em vigor (para renovação do contrato);

*Aprovação da Inspeção específica pelo órgão fiscalizador (para renovação do contrato).

Comente aqui
11 out14:47

Programa de Qualificação da Agricultura Familiar é lançado

Na noite da segunda-feira, 10, no anfiteatro da Casa das Artes, a Secretaria de Desenvolvimento da Agricultura realizou o lançamento do Programa Municipal de Qualificação da Agricultura Familiar e entrega de certificados aos participantes dos cursos pilotos.

O programa, que já desenvolveu uma série de cursos pilotos, tem o objetivo de apoiar os agricultores ao cultivo e administração de sua propriedade, através de ações educativas que visam o desenvolvimento do agricultor, como cidadão e como trabalhador, numa perspectiva de crescimento e bem-estar social.

A casa ficou lotada com a presença dos participantes do curso e seus familiares, juntamente com as entidades parceiras do programa e representantes do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural

(SENAR). Todos os cursos foram ministrados pelo SENAR, cuja ações são organizadas e desenvolvidas de forma sistematizada, seguindo um processo de planejamento, execução, acompanhamento, avaliação e controle.

A abertura do evento contou com a palestra motivacional, com Tânia Comim, falando sobre “O mundo em constantes e ágeis mudanças”.

Comente aqui
03 out08:55

Abertas encomendas de vespas para combate à lagarta do cartucho


A Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente informa que estão abertas as encomendas de vespas para controle biológico da lagarta do cartucho. O programa de Controle Biológico de Pragas faz parte do Plano de Estímulo ao Desenvolvimento Agropecuário e é realizado em parceria entre a Administração Municipal, Emater e Cooperativa Santa Clara. O programa consiste na utilização de uma vespa, produzida em laboratório, e distribuída nas lavouras de milho em cartelas, uma alternativa atual e eficaz para combater o inseto sem prejudicar o meio ambiente.

A recomendação é de uma cartela e meia por hectare e o pedido deve ser realizado na Emater pessoalmente ou pelo telefone (54) 3461-1505, logo após o plantio do milho. O custo é de R$21 a cartela. Todo o valor de transporte via sedex da vespa é custeado pela Secretaria Municipal de Agricultura.

Os prazos são definidos pelos técnicos, segundo o ciclo de desenvolvimento da lagarta, que avisam o produtor quando deverá retirar o material. A retirada e o pagamento devem ser realizados no Mercado Agropecuário da Cooperativa Santa Clara.

A lagarta do cartucho é um dos principais problemas relacionados à cultura do milho. O inseto-praga ataca as folhas ainda no estágio inicial de desenvolvimento da planta, prejudicando as lavouras. O combate a praga se dá através da vespa que, quando adulta, procura os ovos das mariposas para fazer suas posturas, impedindo o desenvolvimento da lagarta. Como o período de vida da vespa adulta no campo é de apenas 3 dias, o controle biológico evita também o desequilíbrio ambiental.

O programa de combate a lagarta do cartucho por meio de vespas iniciou em 2008, em parceria da Cooperativa Santa Clara e Emater. Neste ano o combate biológico foi utilizado em 72 hectares. Em 2009, a Administração Municipal inseriu o programa no Plano Municipal de Estímulo ao Desenvolvimento Agropecuário e passou a subsidiar parte dos custos, ampliando a área de combate biológico para 164 hectares. Em 2010, com a manutenção da parceria, chegou-se a 175 hectares controlados biologicamente.


Como distribuir na lavoura

- As vespas devem ser distribuídas quando as folhas estiverem raspadas e aparecerem os primeiros ovos da mariposa.

- É importante existirem ovos de mariposas, caso contrário não ocorre a postura, pois a vespa será incapaz de encontrar os ovos da lagarta.

- As vespas devem ser distribuídas, em cartelas, no interior do cartucho de milho, antes destes nascerem, a cada 20 metros na linha e 20 metros nas entrelinhas.


(Fonte: Emater)


Comente aqui
28 set21:11

Programa Troca-Troca de sementes de milho beneficia produtores


A Prefeitura de Bento Gonçalves, através da Secretaria Municipal do Desenvolvimento da Agricultura, iniciou a entrega de 940 quilos de sementes de milho da variedade AG 5011, através do Programa Troca-Troca. Nos cinco distritos, 37 produtores aderiram à iniciativa.


A agricultora Reni Terezinha Bianchi Rossatto, de Faria Lemos,

recebeu as sementes do Coordenador de Máquinas da Secretaria Alexandre Odia


Agricultor também é beneficiado com máquinas para preparar a terra.

O programa é um convênio entre a Prefeitura de Bento Gonçalves e o Governo do Estado do Rio Grande do Sul, através da Secretaria de Estado da Agricultura, e tem o objetivo de auxiliar o produtor na aquisição de sementes para plantio. Segundo o secretário Gilmar Cantelli o programa é importante para os produtores rurais do município, pois poderão utilizar para alimentar animais, produzir farinha, entre outros, aquecendo a agricultura familiar, a custo inferior ao do mercado.


Fonte: Assessoria de Comunicação Social  da Prefeitura


Comente aqui
28 set14:21

Secretaria realiza primeiras vacinas contra a brucelose

;

A Prefeitura de Bento Gonçalves, através da Secretaria de Desenvolvimento da Agricultura realizou na última semana, as vacinas contra a brucelose, doença que atinge os rebanhos de gado. No total foram realizadas dez vacinas em sete propriedades dos distritos de Tuiuty, Faria Lemos e São Pedro. No mês de outubro, será realizada no distritos de Pinto Bandeira e Vale dos Vinhedos.

A Brucelose é uma doença contagiosa causada por uma bactéria (brucella) podendo causar aborto, nascimentos prematuros e baixa produção de leite nos animais. O contágio da doença é através da alimentação contaminada e o contato com animais infectados. A doença pode ser transmitida ao homem através do leite e seus derivados, causando febre, suor intenso e perda de peso.

Os interesados devem entrar em contato com a secretaria para realizar um agendamento, através do número 3055.7168. É importante informar a data de nascimento das terneiras e só poderão ser vacinadas com idade entre três a oito meses. A secretaria informa também que o valor da vacinação é de R$25,00 por animal, e o trasporte do veterinário até a propriedade do agricultor é por conta da Prefeitura.

Comente aqui
27 set18:57

Secretaria de Agricultura realiza primeiras vacinas contra a brucelose


A Prefeitura de Bento Gonçalves, através da Secretaria de Desenvolvimento da Agricultura, realizou na última semana as vacinas contra a brucelose, doença que atinge os rebanhos de gado. No total foram realizadas dez vacinas em sete propriedades dos distritos de Tuiuty, Faria Lemos e São Pedro. No mês de outubro, serão realizadas nos distritos de Pinto Bandeira e Vale dos Vinhedos.


A Brucelose é uma doença contagiosa causada por uma bactéria (brucella) podendo causar aborto, nascimentos prematuros e baixa produção de leite nos animais. O contágio da doença é através da alimentação contaminada e o contato com animais infectados. A doença pode ser transmitida ao homem através do leite e seus derivados, causando febre, suor intenso e perda de peso.

Os interessados devem entrar em contato com a secretaria  para realizar um agendamento, através do número 3055.7168. É importante informar a data de nascimento das terneiras e só poderão ser vacinadas com idade entre três a oito meses. A secretaria informa também que o valor da vacinação é de R$25 por animal, e o transporte do veterinário até a propriedade do agricultor é por conta da Prefeitura.


Comente aqui
14 set20:29

Municípios discutem implantação de colégio familiar agrícola

Sete municípios da Serra Gaúcha estiveram reunidos nesta segunda-feira, dia 12, na Sala de Reuniões da Prefeitura de Garibaldi, para discutir a viabilidade da implantação de um Colégio Familiar Agrícola na região.

O encontro reuniu os prefeitos de Garibaldi, Coronel Pilar, Boa Vista do Sul e Monte Belo do Sul, e secretários de Agricultura e Educação de Garibaldi, Carlos Barbosa, Bento Gonçalves, Santa Teresa, Monte Belo do Sul, Coronel Pilar e Boa Vista do Sul, além de representantes de Sindicatos dos Trabalhadores Rurais e Emater destes municípios. Também participou o coordenador da 16ª Coordenadoria Regional de Educação, Enio Ceccagno.

No encontro desta segunda-feira, o grupo foi apresentado à proposta do Colégio Familiar Agrícola Regional. O colégio reuniria apenas agricultores, e contaria com inúmeros cursos voltados à demanda da área rural. As aulas seriam intensivas, com os estudantes permanecendo no colégio por uma semana e trazendo a prática, na semana seguinte, para sua propriedade, alternando aulas e atividades agrícolas. O exemplo vem de um Colégio Familiar Agrícola Regional na cidade de Santa Cruz do Sul, o qual é referência no estado.

No encontro desta segunda-feira, inclusive, dois professores que participam desta experiência em Santa Cruz estiveram em Garibaldi contando o funcionamento da estrutura. Também participou um estudante deste colégio, contando sua experiência e as melhorias em sua propriedade desde que passou a freqüentar o colégio.

Quanto ao local, Garibaldi sugeriu que o colégio seja implantado na antiga Escola Estadual Batista Locatelli, hoje desativada, localizada na comunidade de São Gotardo. Ficou definido que os sete municípios irão realizar agora um estudo da viabilidade para implantação deste colégio, através de pesquisa com as entidades de classe e grupos representativos de cada município. Um novo encontro, com o resultado destas pesquisas, será realizado no dia 18 de outubro em Marcorama, quando será montada uma comissão para buscar a implantação do Colégio, caso os estudos de viabilidade apontem positivamente para o assunto.

Comente aqui