clicRBS
Nova busca - outros

Vinhos

28 out14:17

Concurso premia melhores espumantes do Brasil em Garibaldi

Foram conhecidos na noite desta quinta-feira as 72 amostras premiadas no 7º Concurso do Espumante Brasileiro, promovido pela Associação Brasileira de Enologia (ABE). Participaram do prêmio 231 amostras de 70 vinícolas. A diversidade de estilos e a qualidade dos espumantes brasileiros chamaram a atenção dos 51 degustadores.

Confira a lista dos premiados

— As vinícolas estão apostando em estratégias exclusivas para se diferenciar no mercado, o que é bem visto pelo consumidor. As diferentes regiões produtoras, os processos e as variedades de uvas também favorecem esta variedade — destaca o presidente da ABE, o enólogo Christian Bernardi.

Dos 72 rótulos premiados, 49 obtiveram Medalha de Ouro e 23 a Medalha de Prata. Entre os ganhadores estão 40 vinícolas brasileiras, o que significa que 60% dos participantes estão no ranking de homenageados. Participaram da degustação enólogos, jornalistas, enófilos e sommeliers. 

O processo de avaliação integrou a programação da Fenachamp 2011. O jantar de premiação ocorre nesta quinta-feira, no Centro de Eventos da Famiglia Giovanaz, em Garibaldi.

Comente aqui
26 out18:10

Vinícola Garibaldi investe R$ 2,5 milhões no parque industrial

Blog Caixa Forte

Para a Cooperativa Vinícola Garibaldi, longevidade é sinônimo de energia redobrada. No ano em que celebra oito décadas de história, a cantina está investindo R$ 2,5 milhões no parque industrial, que se somam aos R$ 10 milhões aplicados nos três últimos anos. Reforço em infraestrutura que se refletirá em faturamento superior a R$ 52 milhões em 2011. Para marcar os 80 anos de aromas e apresentar as inovações, a Garibaldi recebeu, na sexta e no sábado, 18 jornalistas de todo o Brasil para conhecerem as instalações em Garibaldi e a Fenachamp.

Os profissionais, vindos de Recife, Fortaleza, Brasília, Rio de Janeiro, São Paulo e Porto Alegre, conferiram novidades como a nova linha de engarrafamento para vinhos e sucos e os modernos tanques para a fermentação de espumantes pelo método charmat. Modernização que garante à vinícola a 7ª posição no ranking das maiores produtoras de vinhos finos do Brasil e a quarta maior produtora de borbulhas do país.

O presidente da empresa, Oscar Ló, que recepcionou os visitantes, lembrou que a Garibaldi investiu R$ 10 milhões entre 2008 e 2010. Integram as melhorias a construção de uma moderna planta de suco de uva, aumentando a capacidade produtiva de 1,5 milhão de litros para 8 milhões de litros, com equipamentos de última geração.

Com esses investimentos, a cooperativa projeta a efervescência de 17% este ano nos negócios. É importante e estratégico divulgar essas cifras graúdas em melhorias para jornalistas especializados em vinho, que multiplicarão a informação e ajudarão a projetar a marca para o território verde-amarelo. A Garibaldi conta com 350 associados de 12 municípios da região, que garantiram a entrega de 16 milhões de quilos de uva na safra 2011.

Comente aqui
26 out15:02

Projeto Salton Gerações homenageia fundadores da vinícola

A Vinícola Salton lança na próxima Expovinis, em 2012, em São Paulo, o Projeto Gerações, que presta homenagem aos integrantes da família Salton responsáveis pela construção da empresa ao longo destes 101 anos de existência.  A nova série de produtos tem edição limitada e é produzida exclusivamente em anos de safras excepcionais.

Desenvolvido por quase dois anos – o dobro do tempo que os vinhos Premium descansam nas barricas de carvalho francês – pelo diretor-presidente da empresa, Daniel Salton, e equipe da Unidade de Bento Gonçalves, o projeto se baseia no conceito de que “o melhor da vida é passado de geração em geração”.

Todos os vinhos e espumantes do projeto fazem referência aos homens de pulso firme de distintas gerações da família. O primeiro produto da linha será um espumante e se chamará Antônio Domenico Salton. Antônio foi imigrante italiano da região do Vêneto, pai dos fundadores da empresa e é o primeiro antepassado a ser lembrado pelo Gerações.

“O projeto ratifica o posicionamento da Salton como uma empresa que valoriza o passado e tem foco no futuro. Cada homenageado da nova linha deixou um legado pessoal e sua marca na empresa, atuando como orientador, conselheiro ou mentor e transmitindo experiências e ensinamentos usados na vinícola até os dias de hoje”, explica Daniel Salton.

1 comentário
25 out15:14

Conhecidos os melhores vinhos de Farroupilha

A 6ª Seleção de Vinhos de Farroupilha revelou, na noite de sábado, 22, os vencedores do concurso que elege anualmente os melhores vinhos, espumantes, frisantes e sucos de uva do município. Foram concedidas entre doze vinícolas, duas medalhas de bronze, 27 de prata, 20 de ouro e duas distinções especiais Moscatel Premium – ao vinho e espumante moscatéis com maior pontuação no concurso, com o intuito de destacar o posto de maior produtor nacional dessas variedades ocupado por Farroupilha.

A divulgação dos premiados ocorreu em jantar-baile, que reuniu cerca de 500 participantes, no Clube Santa Rita.

Esta edição teve 153 amostras inscritas. Os produtos concorreram em doze categorias, que compreendem vinhos finos e de mesa, espumantes, frisantes e sucos de uva. A análise sensorial foi feita por 30 degustadores no período de 13 a 15 de setembro. O painel de premiados consiste em um verdadeiro guia, com a indicação de bebidas de qualidade, aos consumidores e apreciadores, já que o concurso tem como diferencial avaliar produtos já disponíveis ao mercado consumidor. Apenas uma categoria – vinho branco fino seco moscatel tranquilo – permite amostras a granel, em virtude da produção acentuada de uvas moscatéis existente no município.

Homenagem

O ex-presidente da Associação Farroupilhense de Produtores de Vinhos, Espumantes, Sucos e Derivados (Afavin), João Carlos Taffarel, foi homenageado pelo seu engajamento ao evento. Ele foi um dos idealizadores do concurso, que teve sua primeira edição realizada em 2006. Envolvido na organização do certame em todas as seis edições, Taffarel acompanha, sobretudo, as questões técnicas que dizem respeito ao regulamento e análise sensorial, que definem o painel de excelência formado a cada ano.

RESULTADO OFICIAL

Moscatel Premium
Vinho branco fino seco Moscato 2011 a granel (Vinícola Perini)
Espumante Moscatel Casa Perini (Vinícola Perini)

Ouro
Vinho branco fino seco moscatel tranquilo (engarrafado ou a granel)
Moscato Del Grano 2011, garrafa 750 ml (Basso Vinhos e Espumantes)
Moscato Del Grano 2011, bag-in-box 2 litros (Basso Vinhos e Espumantes)
Moscato Jota Pe (Vinícola Perini)
Moscato 2011 a granel (Vinícola Perini)

Espumante Moscatel
Moscatel Cave Del Vêneto  (Adega Chesini)
Moscatel Casa Perini (Vinícola Perini)

Vinho frisante moscatel
Frisante Branco Monte Paschoal (Basso Vinhos e Espumantes)

Espumante Brut
Brut Rosé Charmat Casa Perini (Vinícola Perini)

Vinho tinto fino seco
Cabernet Sauvignon Del Grano 2009 (Basso Vinhos e Espumantes)
Cabernet Sauvignon Monte Paschoal 2009 (Basso Vinhos e Espumantes)
Cabernet Sauvignon Castellamare 2010 (Cooperativa Vinícola São João)
Tannat Casa Perini 2008 (Vinícola Perini)

Suco de Uva
Tinto Integral Adega Chesini (Adega Chesini)
Tinto Integral Del Grano (Basso Vinhos e Espumantes)
Tinto Integral Benacchio (Irmãos Benacchio)
Tinto Integral Perini (Vinícola Perini)

Vinho tinto de mesa seco
100% Bordô Jota Pe (Vinícola Perini)

Vinho tinto de mesa suave
Cappelletti (Vínícola Cappelletti)

Vinho branco de mesa seco
Lorena Del Grano (Basso Vinhos e Espumantes)
Niágara San Diego 2011 (Cooperativa Vinícola São João)

Prata
Vinho branco fino seco moscatel tranquilo (engarrafado ou a granel)
Tonini a granel (Vinícola Tonini)

Espumante Moscatel
Moscatel Rosé Monte Paschoal (Basso Vinhos e Espumantes)
Moscatel Castellamare 2011 (Cooperativa Vinícola São João)

Espumante Brut
Brut Champenoise Cave Antiga 2009 (Cave Antiga Vitivinícola)
Brut Castellamare 2011 (Cooperativa Vinícola São João)
Brut Charmat  Casa Perini (Vinícola Perini)

Vinho tinto fino seco
Assemblage Cave Antiga (Cave Antiga Vitivinícola)
Marselan Cave Antiga 2007 (Cave Antiga Vitivinícola)
Cabernet Sauvignon Castellamare 2010 (Cooperativa Vinícola São João)
Tempranillo Don Giusepp (Vinhos Don Giusepp)
Marselan Casa Perini 2008 (Vinícola Perini)

Vinho branco fino seco (à exceção de moscatéis)
Chardonnay Castellamare 2011 (Cooperativa Vinícola São João)
Riesling Castellamare 2011 (Cooperativa Vinícola São João)
Chardonnay Casa Perini 2011 (Vinícola Perini)

Vinho rosado fino seco
Cabernet Sauvignon Castellamare 2011 (Cooperativa Vinícola São João)

Vinho tinto de mesa seco
Bordô Adega Chesini (Adega Chesini)
Del Grano (Basso Vinhos e Espumantes)
San Diego 2011 (Cooperativa Vinícola São João)
Don Guilherme (Vinícola Colombo)
Tradicional Jota Pe (Vinícola Perini)

Vinho tinto de mesa suave
Del Grano (Basso Vinhos e Espumantes)
N. S. de Caravaggio (Nelmar Vinhos)
Bordô Cappelletti (Vinícola Cappelletti)

Vinho branco de mesa seco
Lorena Don Giusepp (Vinhos Don Giusepp)
Lorena Nono Marco (Vinícola Marco Geremia)
Tradicional Jota Pe (Vinícola Perini)

Vinho branco de mesa suave
Del Grano (Basso Vinhos e Espumantes)

Bronze
Tannat Don Giusepp (Vinhos Don Giusepp)
Cabernet Sauvignon Tonini 2006 (Vinícola Tonini)

Comente aqui
24 out15:40

Mais de 200 pessoas participam de festa pelo Dia do Enólogo

Comemorando seus 35 anos de existência, a Associação Brasileira de Enologia (ABE) reuniu seus amigos mais próximos – os enólogos – para também festejar o Dia do Enólogo, ambos celebrados no dia 22 de outubro. A festa, que reuniu mais de 200 pessoas, iniciou na última sexta-feira, 21, com um jantar-baile realizado na Sociedade União São Francisco América (Susfa), em Bento Gonçalves.

A noite foi harmonizada com homenagens aos parceiros da ABE, que também aproveitou para reverenciar uma casta de 15 enólogos associados distinguindo-os com o título de sócio vitalício. Para completar, a divulgação do Enólogo do Ano 2011, mérito que coube ao enólogo Daniel Dalla Valle.

O clima era de descontração e muita alegria, regado a brindes de vinhos, espumantes e suco de uva. Cheia de saúde, a ABE chega a sua 35ª safra com muito a comemorar. As conquistas, a própria evolução da entidade e as inúmeras realizações formam um elenco de atitudes voltadas à promoção do vinho brasileiro e a qualificação e valorização do enólogo.

O presidente da entidade, Christian Bernardi, abriu seu discurso fazendo referência à ciência, mas não deixou de lado a sensibilidade presente no enólogo, o que o torna um artista. Emocionado, expressou seu sentimento de contentamento pela participação de grande parte de seus colegas no evento. “O enólogo é feliz e quem está ao lado de um enólogo também está feliz”, disse ao erguer um brinde e parabenizar os colegas pelo Dia do Enólogo.

Comente aqui
19 out16:35

Vinhos e espumantes da Aurora fazem sucesso na Dinamarca

A Cooperativa Vinícola Aurora, de Bento Gonçalves, umas das mais premiadas vinícolas do país e líder no mercado nacional em vinhos, suco integral  e coolers, acaba de enviar a segunda remessa de vinhos neste ano para a Dinamarca.

No primeiro embarque, a Aurora enviou seus   Varietais  e  Reservas Chardonnay e Cabernet Sauvignon. Nessa nova remessa para a Dinamarca,  a Aurora fechou um contêiner  com mais de 8 mil garrafas, entre elas:

os espumantes Aurora Brut Chardonnay e Aurora Moscatel; os vinhos tintos Aurora Reserva Cabernet Sauvignon, Aurora Varietal Merlot e Aurora Varietal Pinot Noir e os vinhos brancos Aurora Reserva Chardonnay e Aurora Varietal Chardonnay, consolidando as linhas Reservas e Varietal e iniciando a exportação de espumantes,  para aquele  país, que tem um consumo per capita de 31 litros e, portanto, um mercado com alto potencial.

A Vinícola Aurora está presente nos cinco continentes, em mais de 20 países, entre eles a Espanha (recém-conquistado, para a grande rede de lojas de departamentos El Corte Ingles), Alemanha, Japão, Estados Unidos e Nova Zelândia.

Comente aqui
15 out18:52

Vinícola Salton amplia atuação na Fronteira

Com o objetivo de marcar presença nas regiões da campanha e sudoeste do Estado, a Vinícola Salton participa, este mês, da celebração de 10 anos do Touros da Fronteira, na Expofeira de Santana do Livramento. O evento acontece de 17 a 21 de outubro e reúne alguns dos maiores produtores rurais do País. Produtos da categoria Premium da Salton serão presenteados aos compradores de gado das raças Angus e Brangus.

Já na Universidade da Região da Campanha (URCAMP), em Bagé, a Salton oferece, pelo sétimo ano consecutivo, um minicurso de degustação de vinhos. O evento acontece no dia 17, dentro do Congrega URCAMP, onde os produtos da Salton serão apresentados pelo sommelier Vinícius de Miranda Santiago. Sempre investindo no município, a vinícola continua a desenvolver parcerias com produtores locais, além de adquirir parreirais próprios em Bagé.

“Eventos como estes são uma ótima oportunidade para estreitarmos os laços com a região da Campanha, a Califórnia dos vinhos no Rio Grande do Sul”, diz o diretor-presidente, Daniel Salton. A vinícola tem investido fortemente na Fronteira, com a compra de 700 hectares de terras em Santana do Livramento. Já estão sendo construídos um depósito para tratores e insumos agrícolas, um prédio com refeitório, área de lazer e sede administrativa. A previsão é de que para a safra de 2013 uma nova unidade da Vinícola já esteja consolidada na região.

Comente aqui
13 out14:53

Vinhos e sucos da Aurora embarcam para o El Corte Ingles, da Espanha

A Vinícola Aurora se prepara para enviar seus sucos de uva e vinhos finos à maior rede de lojas de departamentos da Espanha, a tradicional El Corte Ingles.  Nesse primeiro pedido, 1,9mil garrafas dos sucos de uva Aurora, branco e tinto, e a mesma quantidade de vinhos Aurora Varietal, Pinot Noir e Chardonnay serão distribuídos em 75 lojas da rede em toda a Espanha.

O país é o quarto novo mercado da Aurora conquistado este ano e passa a integrar a lista de mais de 20 países importadores da maior e mais premiada vinícola brasileira, da qual fazem parte também Estados Unidos, Japão, Alemanha, Holanda entre outros, dos cinco continentes.

Essa venda para o El Corte Ingles se consolidou após a visita de representantes da rede ao stand da Vinícola Aurora na Feira da Apas-Associação Paulista de Supermercados, realizada em São Paulo em maio de 2011. Na ocasião, os compradores espanhóis ficaram muito bem impressionados com os produtos da Aurora, afirmando que nunca haviam encontrado sucos de uva com esse nível de qualidade em qualquer outro país.

Comente aqui
11 out16:44

Vinícolas serranas conquistam duas medalhas na Alemanha

A qualidade dos vinhos brasileiros vem conquistando o mercado internacional. O número de prêmios em concursos de Vinhos mundo afora cresce a cada dia. A última distinção foi na Alemanha, no Concurso MundusVini. Realizado na cidade de Neustadt entre os dias 26 e 28 de agosto e 2 e 4 de setembro, o concurso conferiu duas Medalhas de Prata para um vinho e um espumante brasileiro.

O evento reuniu 6.028 amostras de 48 países que foram avaliadas por 275 degustadores, também de 48 países. A enóloga e diretoria da Associação Brasileira de Enologia (ABE), Geyce Salton, esteve representando o Brasil no evento. Segundo ela, o que mais chamou a atenção foi a expressiva representatividade de países não somente no número de amostras como também na quantidade de degustadores.

Outro aspecto observado pela enóloga é o método de julgamento que contemplava o uso de duas fichas de avaliação. Uma que segue as normas internacionais e outra com descritores, ampliando o rigor e os critérios na hora de avaliar cada vinho. A programação paralela contemplou visitas diárias em vinícolas alemãs. O MundusVini é considerado um dos maiores concursos de vinhos do mundo.

PREMIAÇÕES

Medalha de Prata

Aurora Reserva Tannat Safra 2009 – Cooperativa Vinícola Aurora

Casa Valduga Premium Moscatel 2011 – Casa Valduga Espumante Moscatel

Comente aqui
09 out15:40

Dom Cândido lança vinho comemorativo

Traduzir o valor que uma pessoa representa em um vinho não é tarefa fácil. Este foi o desafio da Dom Cândido Vinhos Finos ao lançar o vinho ‘Dom Cândido 80 Anos’, em homenagem ao patriarca Cândido Valduga. Com toda exclusividade que um produto como este exige, o enólogo Daniel de Paris foi buscar no perfeito equilíbrio entre as variedades Tannat, Marselan e Merlot, a expressão de uma vida inteira dedicada à uva e ao vinho, sabor que pode ser degustado por poucos diante da limitada produção de apenas 3 mil garrafas.

O lançamento do vinho ocorreu em família, durante a festa de aniversário dos 80 anos de Cândido Valduga realizada na própria vinícola no dia 4 de outubro. Honesto, como seu próprio homenageado, o vinho é um assemblage de castas personalizado com cortes de safras diferentes, por isso não é safrado. A escolha das variedades levou em consideração o nível de qualidade de cada vinho, característica essencial para se chegar a um produto único, exclusivo e diferenciado, a altura de uma homenagem como esta.

As uvas que originaram o vinho foram cultivadas em vinhedos localizados no Vale dos Vinhedos e no município vizinho de Veranópolis, com colheita em março e controle de produção de 7 mil quilos por hectare. O corte permaneceu por sete meses em processo de amadurecimento em barricas de carvalho francês e americano. O envelhecimento é na garrafa.

Com graduação alcoólica de 13%, o Dom Cândido 80 Anos é um vinho de cor vermelho púrpura, tons violáceos e reflexos rubi. Mostra aromas de alta intensidade de frutos vermelhos maduros, assim como frutas exóticas e especiarias com complemento de baunilha evidenciada pelo carvalho. Na boca apresenta estrutura, equilíbrio, é intenso e exibe os mesmos aromas detectados no nariz. Tem um final de boca muito marcante e persistente. Ideal para ser degustado com uma temperatura entre 16º e 18ºC. O vinho harmoniza com comidas exóticas e quentes (apimentadas), com temperos fortes e queijos de médio a forte gosto, além de caças e frios defumados.

Apresentado em uma embalagem diferenciada, o Dom Cândido 80 Anos pode ser encontrado na loja de vinhos da vinícola pelo valor de R$ 138,00. O estojo traz a seguinte mensagem: “Para celebrar os 80 anos de vida do patriarca Cândido Valduga, a vinícola Dom Cândido produziu uma edição limitada a 3.000 garrafas de um corte exclusivo de uvas Tannat / Marselan / Merlot. Um vinho encorpado e envolvente, para homenagear um dos pioneiros da vitivinificação gaúcha, que tem nas mãos e na memória, as marcas da evolução da arte do vinho”.

Comente aqui