Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts na categoria "China"

Beto Conte, que já circulou por 125 países, relata suas recente viagem à CHINA

20 de novembro de 2012 1

Nosso Grand Tour STB China começou por Beijing, capital do país, com sua “Cidade Proibida” e  “Grande Muralha”, seguindo para Xian e seu exército de terracota de mais de 2 mil anos.

Atingimos o teto do mundo no Tibet, visitamos os pandas gigantes em Sichuan e as minorias tribais na província Yunnan.

Confrontamos essas imagens bucólicas com toda a modernidade de Shanghai símbolos da potência econômica chinesa. Confira os “highlights”:

BEIJING

No coração histórico de Beijing encontra-se a “cidade proibida” – palácio imperial por quase cinco séculos.  O maior palácio do planeta, construído no início do séc. XV com 720.000 m². Outra visita obrigatória é a Muralha da China iniciada em 221  a.C. pelo primeiro imperador e reforçada na dinastia Ming no séc. XV, chegando a atingir 8.856 km.

XIAN

Centro político da primeira dinastia chinesa, da próspera Han e da refinada Tang – foi capital imperial por mais de 1.000 anos. Na tumba do primeiro imperador está o famoso exército de terracota de 2.200 anos onde cada um dos 6000 soldados tem feições e adereços próprios.

LHASA

O Tibet havia sido uma das mais marcantes experiências de minha vida. Retornei após 25 anos a Lhasa – a capital tibetana – que fica a uma altitude de 3.650m, e a primeira coisa que fiz foi admirar o Potala – antiga residência de inverno do Dalai Lama – líder religioso desse povo devoto budista. Segui depois ao Templo Jokhang – centro religioso e de peregrinação há mais de 1300 anos.

CHENGDU

As atrações na província de Sichuan são o Buda de Leshan, o maior do mundo esculpido no paredão de arenito na confluência de 3 rios, e os  pandas gigantes no Panda Breeding Research Center.

LIJIANG

Povoado charmoso da minoria étnica Naxi, nas montanhas  da província de Yunnan. Destruída pelo terremoto de 1996, foi reconstruída exatamente no plano urbano antigo, utilizando materiais e técnicas arquitetônicas tradicionais.

GUILIN

A partir de Guilin se visita ao o povoado de Longsheng com suas minorias tribais e terraços de arroz. Uma experiência inesquecível é  navegar pelo Rio Li até Yangshuo observando a vida rural com sequência de montanhas ao fundo – como uma pintura clássica das paisagens chinesas. Imperdível o show de som e luz do renomado diretor chinês Zhang Yimou, utilizando o cenário natural do rio para contar um clássico de amor, intriga e tragédia.

SHANGHAI

A mais próspera cidade da China – uma mistura de metrópole moderna e tradicional. A contemporaneidade em Pudong onde se sobressai a Oriental Pearl TV Tower – com sua composição de esferas simulando “pérolas”. No Jardim de Yuyuan da dinastia Ming, o estilo clássico chinês com templos e lagos. Na região da antiga concessão francesa, todo o charme europeu com suas avenidas sombreadas com cafés e restaurantes.

VEJA MAIS

Acompanhe toda a viagem no blog  http://wp.clicrbs.com.br/betonomundo

SAIBA MAIS

Nesta terça-feira, dia 27 de novembro às 19h30min, Beto Conte apresenta a CHINA no Papo Viajante do STB BRASAS, que fica na Anita Garibaldi 1515. Atividade gratuita. Confirmar presença pelo fone (51) 4001.3010.

Bookmark and Share

Grand Tour China já em Doha

04 de outubro de 2012 0

Nosso Grand Tour China foi uma sequência de “highlights” – todo dia comentávamos que este tinha de ser o ponto alto da viagem, para no dia seguinte nos surpreendermos novamente.

Foi uma ótima composição de história, atualidade, natureza, patrimônio arquitetônico, diversidade étnica, charme, modernidade e as muitas chinas que acabamos conhecendo, para podem entender um pouco melhor este intricado mosaico que é esta civilização milenar e ainda em plena transformação – social e econômica.

Selecionamos os imperdíveis: a Cidade Proibida , a Grande Muralha, o Exército de Terracota, o Potala, Buda de Leshan, os pandas gigantes, o centro antigo de Lijiang, as terraças de arroz, navegando pelo o Rio Li, a modernidade de Shanghai e a festa dos 63 anos da revolução chinesa em Hong Kong.

Bookmark and Share

Até breve, China!

04 de outubro de 2012 0

Nosso Grand Tour chega ao fim em Macau – que liga nossas duas histórias pelo legado colonial português.

Os lusitanos aqui estiveram por 400 anos, até devolverem em 1999 o pequeno enclave colonial europeu para a China.

Na foto, os participantes em frente à fachada da Igreja de São Paulo, construída no século XVII.

Bookmark and Share

Templo de Kun Lam

04 de outubro de 2012 0

Passeio a Macau visitando o templo de Kun Lam.

Bookmark and Share

A herança arquitetônica portuguesa

04 de outubro de 2012 0

Bookmark and Share

Na praça do Senado, em Macau

04 de outubro de 2012 1

Bookmark and Share

Cruzeiro pela baía de Hong Kong

02 de outubro de 2012 0

A baía de Hong Kong e seu jogo de luzes

Bookmark and Share

1949 – 2012

02 de outubro de 2012 0

63 anos da revolução chinesa, celebrado no dia 1º de outubro, com fogos na baía de Hong Kong.

Bookmark and Share

Calçada da fama

02 de outubro de 2012 0

A calçada da fama de Hong Kong, com belas vistas da baía e da ilha.

Bookmark and Share

Hong Kong

02 de outubro de 2012 0

Hong Kong virou britânica após a Guerra do Ópio em 1820 , retornando para a China em 1997 – mas mantendo por mais 50 anos sua economia e política independentes.

Uma cidade vertical em função da pouca disponibilidade de terra. Uma família média vive em apartamentos de 30m².

Bookmark and Share