Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts na categoria "Eslovênia"

O "baby boomer" esloveno

07 de junho de 2012 0

A Elovênia, com apenas 2 milhões de habitantes, incentiva os babies com uma licença maternidade de um ano.

Percebemos os resultados nas ruas.

Bookmark and Share

O sabor das cerejas

07 de junho de 2012 0

O bom de estar na Europa na primavera é o sabor das cerejas!

Bookmark and Share

Eslovênia, um país do bem

06 de junho de 2012 0

A Eslovênia leva muito à sério as práticas de sustentabilidade e energia renovável.

Bookmark and Share

Nossos guias na Eslovênia

06 de junho de 2012 0

Katia e Lindomar, um baiano casado com uma eslovena, nos guiaram pela capital e região de Bled.

No final da tarde retornamos e jantamos em Ljubljana no Restaurante JB, do renomado chef Janez Braztovz, amigo do Alex Atala.

Amanhã partimos para Zagreb, de onde embaracamos para Lisboa. Até lá!

Bookmark and Share

O Castelo Bled

06 de junho de 2012 1

Bookmark and Share

A igreja da ilha do Lago Bled

06 de junho de 2012 0

Bookmark and Share

A caminho de Bled

06 de junho de 2012 0

Estamos tomando café da manhã  no hotel de Ljubljana e seguiremos depois para o Lago Bled, que foi, durante muitos anos, o principal destino turístico da Eslovênia, com águas verde-esmeralda e uma pequena ilha que abriga a Igreja de Santa Maria, antiga igreja barroca, construída sobre uma capela pré-românica.

Bookmark and Share

Castelo de Ljubljana controlando a cidade

05 de junho de 2012 0

Bookmark and Share

Jantar na descolada pizzeria Ljubianka

05 de junho de 2012 0

Muito legais os restaurantes junto ao rio. Escolhemos a Pizzeria Ljubianka com velas e ombrelones, e regado ao Civi Pinot local, um ótimo astral.

A capital eslovena, a antiga Emona, nome dado após a conquista da vila pelo Império Romano, começou a ser construída no ano 15 d.C. e na atualidade nos faz lembrar em cada esquina a sua história, de origem diversa, sobretudo, celta.

O rio Lublianica marca e divide o centro da cidade em dois. De um lado, a parte antiga e o acesso ao castelo, do outro a parte comercial e política da cidade. No centro, a praça do poeta nacional, France Prešeren (1800-1849), na qual se encontram a igreja principal (dedicada à Ordem Franciscana), uma série de cafés e uma das melhores vistas do Castelo.

Na parte antiga, podemos encontrar a maioria dos restaurantes, comércios e galerias de arte da cidade, a Câmara Municipal (Prefeitura) e uma série de vinotecas, bares muito requintados, onde se pode degustar excelentes vinhos tanto eslovenos como importados, com valores que vão dos 5,50 a 50 euros o copo.

O Castelo, que foi habitado, entre outros, por Frederico III de Hamburgo e visitado por Carlos V (a Eslovênia pertenceu ao Império Austro-Húngaro), foi construído no século XII, mas as suas origens remontam à velha Emona.

Depois de visitar a torre e apreciar os Alpes em toda a sua dimensão, é possível descer da colina a pé por uma série de trilhas especialmente construídas.  No centro da cidade, um dos meios de transporte mais utilizados é a bicicleta. Por este motivo, e graças às calçadas muito largas, existe, na maioria delas, uma faixa vermelha que é destinada às bicicletas.

Estas ciclovias e as muitas zonas de pedestres estão espalhadas por toda a cidade e a fazem um excelente lugar para caminhar e desfrutar das lojas e, sobretudo, da vista do rio.

Bookmark and Share

Ljubljana

05 de junho de 2012 0

A capital da Eslovênia é uma agradável cidade de 300 mil habitantes, com seu castelo na colina e restaurantes e bares charmosos ao longo do rio que cruza o centro histórico.

Bookmark and Share