Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts na categoria "Romênia"

Palácio de Peles

12 de setembro de 2017 0

Residência de verão da família real da Romênia até a queda da monarquia no final da II Grande Guerra. Construído no final do séc XIX é hoje um museu com o mobiliário e decoração original.

image112

image113

image114

image115

image116

Bookmark and Share

Bran Castle

12 de setembro de 2017 0

O castelo de Bran foi construído no séc XIV no topo de uma colina rochosa na fronteira entre a Transilvânia e Valáquia. A fortaleza protegia o acesso entre os 2 principados e funcionava como aduana. Por sua estrutura de defesa nunca foi conquistado pelos Otomanos. O escritor irlandês Bram Stocker se inspirou nele ao constituir o cenário de seu romance “Drácula” apesar do príncipe Vlad Tepes nunca ter vivido aí.

image108

image109

image110

image111

Bookmark and Share

Brasov, na Transilvânia

11 de setembro de 2017 0

A Romênia continua a nos surpreender – chegamos na belíssima Brasov – cidade universitária na Transilvânia.

Fundada por saxões no séc XIII e continua até hoje uma cidade bilíngue onde se fala romeno e alemão. Até 1918 a Transilvânia fazia parte do Império Austro-húngaro.

image101

image102

image103

Bookmark and Share

Os Cárpatos

10 de setembro de 2017 0

Os Cárpatos são um maciço montanhoso que formam a divisa da Transilvânia.

image98

image99

image100

Bookmark and Share

Os afrescos de Bucovina

10 de setembro de 2017 0

O mosteiro Voronet, chamado de “a capela Sistina do Oriente” , foi Fundada pelo rei Estevão , o Grande, em 1487 para celebrar Vitoria contra o Império Otomano que após a tomada de Constantinopla avançava sobre a Península Balcânica. Trata-se do melhor exemplo arquitetônico e pictórico da região de Bucovina com sua meia centena de mosteiros – 10 deles na lista de patrimônio da humanidade pela Unesco.

image94

image95

image96

Bookmark and Share

Mosteiros ortodoxos de Bucovina

10 de setembro de 2017 0

Os mosteiros-fortalezas de Bucovina foram construídos entre os séc XV e XVII pelo príncipe da Moldávia Estevão, o Grande, e seus descendentes , para impedir o avanço Otomano Islâmico pela península balcânica ortodoxa – a peculiaridade são os afrescos externos com cenas do antigo e novo tratamento como forma de evangelizar a população local analfabeta. O primeiro que visitamos foi o mosteiro de monjas de Moldovita que tivemos o privilégio de participar da missa dominical de bênção as crianças no volta às aulas.

image84

image85

image88

image90

Bookmark and Share

Barsana

09 de setembro de 2017 0

Mosteiro de Barsana construído em 1994, aproveitando o “revival” da religiosidade ortodoxa, confirme os modelos construtivos tradicionais e utilizando os recursos humanos e materiais da comunidade local. Composto de igreja, residência das monjas, do padre, de hóspedes, museu e centro de convenções.

image77

image78

image79

image80

image81

image83

Bookmark and Share

Sudersti

08 de setembro de 2017 0

Igreja de Sudersti, toda de madeira no interior da Romênia, construída no séc XVIII com pinturas do séc XIX.

image72

image73

image74

image76

Bookmark and Share

Um cemitério pouco usual

08 de setembro de 2017 0

As lápides incomuns do cemitério de Sapanta, na Transilvânia, com descrição bem humorada da vida do defunto.

image65

image69

image70

Bookmark and Share

Cluj-Napoca

08 de setembro de 2017 0

Cluj-Napoca é a maior cidade do norte da Transilvânia, que historicamente fez parte da Hungria desde o séc X até 1918. Terra natal de Matias Curvinus, rei húngaro do séc XVII . Uma cidade rica pelo comércio com as vizinhas Moldávia e Valáquia. A Transilvânia prosperou ao longo dos tempos pela continuidade natural com a Hungria ao norte e oeste e a proteção natural dos Montes Cárpatos a leste e sul – protegendo das invasões de povos vindos da Ásia.

image62

image64

Bookmark and Share