Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts na categoria "Rússia"

Algumas atrações da Rússia

20 de maio de 2012 2

A Rússia nos remete a muitas imagens simultâneas – dos romances de Dostoievsky às histórias de Ivan – o Terrível, do teatro de Tchecov e poemas de Pushkin às Gulags e fazendas coletivas de Stalin, da corrida espacial e armamentista aos grandes oligarcas do recente capitalismo.

Mas o que sempre me encantou foram as histórias de Pedro e Catarina, ambos Grandes. Nesta viagem, percorri um pouco desses vários mundos – o registro da ditadura do proletariado no museu da Revolução em Moscou, o requinte da corte Czarista nos palácios de St. Petersburg, os prédios monumentais do período soviético e os shoppings de hiper luxo do período Putin.

Ao observar o povo, vemos as mais diversas faces russas – as babushkas nos museus estatais, com o típico mau-humor de períodos autoritários, e jovens descolados do século XXI, monges ortodoxos com suas barbas longas e executivos em carros sofisticados, e feições de toda a antiga União Soviética – de taxistas armênios, a garçons da Geórgia, atendentes cazaques e trabalhadores uzbeques, entrem eslavos loiros e orgulhosos de uma longa e conturbada história.

A Rússia, que começou o séc. XX como czarista, depois soviética e comunista e vira capitalista, sempre surpreende!

Confira alguns pontos turísticos interessantes da Rússia:

Moscou

  • Treatyakov Gallery: com ícones medievais e pinturas da corte imperial
  • Museu da História Contemporânea: com as conquistas soviéticas
  • Pushkin State Museum of fine Arts:  das joias de Tróia aos grandes impressionistas
  • Kremlin: a antiga residência dos czares, hoje sede da presidência. Nas catedrais da Ascensão e São Miguel Arcanjo os imperadores eram coroados e enterrados. No “Tesouro do Kremlin” se conservam joias da coroa, tronos, trajes da coroação dos czares e os ovos de Páscoa feitos pelo joalheiro real Carl Fabergé
  • G.U.M.: galeria comercial de 1893 com lojas de estilistas e joalheiros internacionais
  • Catedral de São Basílio: construída em 1561 por Iván – O Terrível, que perpetua a vitória dos Russos sobre os Tártaros.


St. Petersburg

  • Museu Hermitage: abriga mais de três milhões de obras de arte, uma das maiores e mais selecionadas coleções do mundo, de Rafael e Leonardo da Vinci aos grandes impressionistas. O museu ocupa quatro palácios contíguos, sendo o maior deles o Palácio de Inverno, residência oficial dos czares
  • Fortaleza de S. Pedro e S. Paulo: construída em 1703 por Pedro I para defender as terras reconquistadas da Suécia. Na sua catedral barroca estão os túmulos dos Romanov, dinastia que governou a Rússia Imperial de 1613 a 1917
  • Catedral de Santo Isaac
  • Avenida Nevsti Prospect: centro da vida social desde o período imperial
  • Igreja Savior on the Blood: construída no final do séc. XIX, no local onde o imperador Alexandre II foi assassinado
  • Peterhof: construído às margens do Báltico por Pedro I aos moldes de Versallhes. Sugiro visitar a residência de verão de Catarina II em Pushkin, uma das maiores joias do barroco russo, e o Palácio Pavlovsk, de Paulo I.

Bookmark and Share