Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Toddy sumiu dentro do Aeroporto Salgado Filho. Ajude!

18 de março de 2011 75

Arquivo pessoal

Pessoal, o caso do cachorro Pinpoo mobilizou muitas pessoas e, graças a isso, o cão voltou para casa. Agora, recebi e-mail com outra história de desaparecimento no Aeroporto Internacional Salgado Filho. Desta vez, o sumido é o Toddy, um gatinho muito fofo.

Em janeiro, os donos do Toddy moravam em Santa Maria e estavam de mudança para o Pará. O gato estava nas mãos dos donos pronto para embarcar. Infelizmente, ele escapou da caixa de transporte de PVC e fugiu para uma área privada do aeroporto.

Os responsáveis pelo gatinho tentaram entrar nessa área com acesso apenas para funcionários, mas alguns seguranças proibiram a entrada de “estranhos” no local. Desde então, o gato permanece no aeroporto. Um funcionário informou que viu o gato por lá, mas que ele é muito arisco e foge quando alguém se aproxima.

A Isabel, da Arca dos Bichos, está organizando as buscas pelo Toddy. Ela conseguiu uma autorização para vistoriar a área externa do aeroporto, mas não conseguiu localizá-lo. Ou seja, ele pode ter fugido do local ou pode estar escondido em uma área mais tranquila e interna, da qual poucos têm acesso.

Se você souber qualquer notícias sobre o Toddy, fale com a Isabel pelo telefone (51) 8148-5883.

Bookmark and Share

Comentários (75)

  • fabiana diz: 18 de março de 2011

    Ai que horror de novo?tomara que achem e recolham o bichinho!!vamos lá pessoal vamos comentar bastante para que os responsáveis pelo aeroporto se mexam para resolver esse caso!sorte a familia.

  • Grazi diz: 18 de março de 2011

    Ai meu Deus, tá virando rotina! Pobre bichinho!!
    Essa gente incompetente desse aeroporto tem que permitir a vistoria!
    Temos que fazer barulho como no caso do Pinpoo!!
    Gato é mais arisco mesmo, tadinho!
    Boa sorte ao Toddy!

  • Carol diz: 18 de março de 2011

    Affff! que chatisse! Essas pessoas tem que FECHAR bem as gaiolas e colocar guias prendendo o bicho na porta da caixa, para que eles fiquem presos ao tentar fugir.
    As companhias aéreas e o aeroporto não tem culpa se os donos não cuidam dos seus bichos.
    VAMOS PARAR DE PERDER TEMPO COM ISSO, MOBILIZAR A POLÍCIA PARA PROCURAR CRIANÇAS DESAPARECIDAS, E NÃO ANIMAIS!!!

  • Ruth Azambuja diz: 18 de março de 2011

    Carol, você entrou na “rua” errada. Está na contramão. Vai ser colisão na certa.
    Mas, afinal, Carol, o q você veio procurar neste blog. Crianças desaparecidas? Por, favor, vá ao lugar certo, e procure ajudar todas as crianças q estão precisando de ajuda. São bastante, tb.
    Aqui se ajuda animais e, muitos q se preocupam com estes seres tb se preocupam, com crianças, velhinhos necessitados, flagelados de enchente e catástrofes. Será q você tb faz isto?

  • fabiana diz: 18 de março de 2011

    O CAROL,TÁ NO BLOG ERRADO AQUI NOS PREOCUPAMOS COM OS ANIMAIS,CRIA UM BLOG E COMEÇA A PROCURAR CRIANÇA PERDIDA

  • Joice diz: 18 de março de 2011

    Carol,

    Quem falou em polícia?

    Vai fazer tuas críticas vazias aos políticos corruptos e à polícia inerte.
    Deixe em paz quem gosta dos bichinhos e faz um trabalho lindo, gratuito e por amor.

  • karin diz: 18 de março de 2011

    Afff Carol!!! Chatice é ver esse tipo de comentario em um blog sobre animais! Voce deveria estar em um blog de benemerência entre aqueles que desenvolvem ações voltadas p/ crianças.
    Ach que os donos devem sim ser mais cuidadosos e ponto! Mas como diz um texto muito bem escrito por Marcio Link, “O animal que sofre o abandono tem a desvantagem pela diferença de sua aparência física, por não poder manifestar em linguagem seus anseios e daí inapto a pedir esmola nos semáforos ou nas esquinas, por carecer de proteção jurídica abrangente e eficiente, e por sua vida depender exclusivamente do convívio solidário com os humanos. Aliás, foram estes que os tiraram do mundo selvagem, domesticando-os e tornando-os dependentes da civilização urbana e desumana. Aos animais não podemos cobrar paternidade responsável ou vadiagem por estarem nas ruas! O planejamento familiar deles depende da boa vontade humana em implantar uma política séria de controle das zoonoses. Pena, bem que eles também poderiam ter um ECA: Estatuto do Cachorro Abandonado, ou do Cavalo Assoleado!
    Enfim, crianças e animais abandonados são vítimas de uma sociedade injusta, hipócrita e cruel. Diria, estúpida por natureza, porém salva pela grandeza e presteza de gente feito bicho para bicho feito gente. Simbiose perfeita de um mundo imperfeito.” Texto na íntegra : http://animaisdeassis.blogspot.com/2011/03/os-cachorros-ou-as-criancas-texto-de.html

  • André diz: 18 de março de 2011

    Calma pessoal, que os PMs, aqueles “heróis”, vão conseguir salvar o bichano. Ah, não serve leite com Nescau para ele, porque o Toddy não aparece ! Só mais uma coisa, a preocupação é com o bichano ou com o dono do bichano?

  • Lu diz: 18 de março de 2011

    Adorei a resposta Ruth, cada um no seu quadrado ne? Respeito eh tudo nessa vida!

    Acredito que se cobram tao caro para transportar um animalzinho essas empresas aereas deveriam ter mais cuidado com aquilo que transportam, nao tenho grana pra levar meus bichinhos pra viajar mas mesmo que tivesse jamais o faria nessas condicoes!

    Tomara que encontrem esse fofinho logo, muita do dele e de sua familia

  • Cris diz: 18 de março de 2011

    Olha, Deus que me perdoe, mas ultimamente ando mais preucupada com os animais do que pessoas !
    Os bichinhos sim que tem mais sentimentos do que nós seres humanos!
    Tenho uma raiva quando vem gente criticar! AFF !!!

  • Ana Futryk diz: 18 de março de 2011

    Carol,

    Por favor nos indique a instituição, ou orfanato, ou o que quer que seja que você ajude, pois irei ter o maior PRAZER em ajudar TAMBÉM….pois se julga o trabalho dos outros, acredito que faças algo muito maior e melhor.

  • Fabiana Kopittke diz: 18 de março de 2011

    O velho argumento prepotente de pessoas que não fazem nada por causa nenhuma e querem mandar em quem faz alguma coisa.
    Querida Carol, podemos nos dar ao luxo de nos preocupar com animais perdidos, abandonados pq tu, com certeza, está fazendo algo pelas crianças.
    Gente ignorante, desde quando a preocupação com os animais exclui a preocupação com as crianças.Normalmente, são os mesmos que ajudam, animais e crianças! Vai fazer algo de produtivo na tua vida. Pq essa gente não cria um blog para ficarem lá trocando suas energias negativas e inúteis, ao invés de se enfiarem sempre nos blogs de animais!!!! É impressionante, é ignorância demais.
    Gente hipócrita, só sabe criticar, se todos esses “espertos” se dedicassem a qualquer causa, podem escolher, a gente não vai mandar que seja em determinada causa como vcs tentam fazer, o mundo seria bem melhor!

  • Bárbara diz: 18 de março de 2011

    Pessoal não vamos perder o nosso tempo com esta Carol.
    Tadinha… deve ser mal amada, mal respeita, mal notada, mal educada (pois é… acredito que o nível educacional dela não permitiu que ela entendesse que este blog é para pessoas que como eu se preocupam com os animais e fazem algo por eles).
    Uma dica… Carolzinha… vai estudar!!! ou… se tratar!!!! Existem bons profissionais no mercado (professores, educadores e psiquiátras).
    Me coloco a disposição para ajudar a encontrar o Toddy!!!!
    Vou entar em contato com a Isabel da Arca dos Bichos e me orientar como devo proceder para ajudar a achar este anjinho e devolver a felicidade para ele e para os seus donos.
    Abraços a todos!

  • Raquel diz: 18 de março de 2011

    Tá valtando solidariedade a essa gente!
    Já tive um cachorro que sumiu por um mês,quase morri de tristeza,mas nao desisti de procura-lo!
    Acho que se é permitido o embarque de animais,os mesmos devem ser tratados com mais cuidado pelo aeroporto.
    Estou torcendo para que achem este bichinho…Boa sorte!
    Nos mantenham informados.

  • silvana diz: 18 de março de 2011

    Dessa vez, qual empresa aérea foi responsável?

  • joao diz: 18 de março de 2011

    Cuidem de seus bichos e evitem gastos do erário público.

  • Simone diz: 18 de março de 2011

    Carol,

    Realmente achas que quem tem sensibilidade o bastante para se mobilizar por um bichinho não o faria também por um ser humano??????? O contrário já vimos que nem sempre acontece, haja visto o número de irresponsáveis e egoístas que compra bicho de estimação para para suas crianças e depois abandona nas férias.

  • Verônica diz: 18 de março de 2011

    Pessoal antes de colocarem seus comentários tentem ver qual é a verdadeira estória. Este caso é bem diferente, os donos foram os responsáveis pela fuga do animal e isto foi a 2 meses, agora com a repercussão do caso Pinpoo que isto veio a tona. No dia do ocorrido o gato foi procurado, só que não foi permitido o acesso do dono pois se trata de áreas de segurança aeroportuária, onde o acesso é restrito até mesmo para alguns funcionários do aeroporto.

  • Fernanda diz: 18 de março de 2011

    Comprovado: quem fala em ajudar crianças, ao invés de bichos, nunca ajudou nenhum dos dois na vida.
    Hipocrisia diz alô.

  • Paulo Pennaforte diz: 18 de março de 2011

    E aí, Carol, quantas crianças perdidas já ajudaste esta semana? Me manda teu telefone, que se estiveres indo no albergue limpar bumbum de idoso, eu vou junto te ajudar. Ah, e pode me chamar para ir junto contigo distribuir sopão pros moradores de rua, que tá ficando frio! Como? Não fazes nada disso, apenas criticas? Então cala a boca e deixa em paz as pessoas que fazem alguma coisa, seja cuidando de gente ou de bicho.

  • marta terezinha psantos diz: 18 de março de 2011

    olha aqui Carol vc é mesmo sem noção e entrou no blog errado aqui procuramos animais não criancinha.vai procurar criancinha em outro lugar está no site errado e ainda tá se achando se não gosta de animais não deve se gostar de si propria sai fora sem noção,ridicula.

  • Danielle diz: 18 de março de 2011

    Concordo plenamente com a Ruth, estamos em um blog especial p/ animais, porque o ser humano é tão egoísta a ponto de se achar melhor do que qualquer outro ser vivo? Imagina se não houvessem pessoas empenhadas em ajudar os bichanos? Então Dona Carol, em vez de criticar vai arrumar alguma coisa p/ fazer, somente quem tem um bichinho sabe o quanto eles são especiais e precisam de respeito e amor como qualquer pessoa.

  • Felipe diz: 18 de março de 2011

    Carol, ninguem aqui falou em Polícia.
    Quem falou?
    Voce falou.
    Ah tá.

    PS: Seres humanos também são animais, à saber.

  • Amanda diz: 18 de março de 2011

    Tomara que o gatinho ainda esteja lá…mas jura… eu fazia maior escandalo e nem dava ouvidos pra funcionario algum…ia atras do meu bichinho.
    Ah, e às pessoas que ficam aqui expressando suas incomodações por causa desse tipo de noticia… façam o seguinte: ao inves de perderem seu precioso tempo nos criticando, pq gostamos de animais tanto quanto de uma criança, saiam da frente do pc e vão procurá-las…

  • rita maria hamester diz: 18 de março de 2011

    CAROL… SÓ QUE OS BICHOS SÃO NOSSAS CRIANÇAS DE 4 PATAS, E TAMBÉM SÃO INDEFESOS. SÓ PENSA COMO TU, (ALIÁS, ACHO QUE TU NÃO PENSA), PESSOAS QUE NUNCA TIVERAM BICHO DE ESTIMAÇÃO, ELES SÃO NOSSOS FILHOS TAMBEM

  • Ana diz: 18 de março de 2011

    Eu só acho que os donos deveriam ser mais cuidadosos. deveriam se informar com veterinarios se é possível fazer uma pequena sedaçao para o seu bichinho, ou de repente um calmante. qdo levei meu gato a veterinaria me disse que desse 2/4 de lexotan, que colocasse coleira presa e óbvio uma caixa mt forte e resistente. Assim ele dormiu a viagem inteira e nao sofreu com o stress.
    E tb nós brasileiros devemos cobrar uma postura das companhias aéreas, nao podemos ficar inertes vendo o descaso com que elas tratam os bichinhos. Sabemos que eles jogam de qualquer jeito as malas e nao as cuidam, e provavelmente fazem isso com as gaiolas, mas temos tb que fazer a nossa parte cobrando regras especiais para o transporte de animais e cobrar de quem o faz muito cuidado, mesmo que isso (lutar) nos dê trabalho, afinal estamos tratando de vidas e principalmente vidas dos nossos bichinhos que amamos muito.
    E Carol não enche o saco com esse discurso pragmatico de quem só fala e enche a boca com discurso humanitario e nao faz p$)&^ nenhuma. Pelo teu comentário agressivo, tu nao tem compaixao com bichinhos que sao seres puros e inocentes até parece que tu ajuda criancinhas. Deve ser daquelas patricinhas languidas loiras ensebadas com voz de pato enasalada que fecha o vidro ou ignora a criança pedindo uma moedinha no semáforo. Patética.

  • Gabriel diz: 18 de março de 2011

    essa Carol é uma ogra sem coração…espero que não haja censura

  • monica diz: 18 de março de 2011

    Karen,
    Mas o q é q está havendo no Salgado Filho??
    A incompetência agora se generalizou? Ou vão inventar q o Toddy também abriu a caixa (??com a força do pensamento??)- primatas e algumas aves usam ferramentas, mas em geral cães e gatos não o fazem…
    Qual foi a empresa responsável neste caso?
    Mandem o nome da empresa, por favor, pois postamos pedido de explicações, divulgamos em outros blogs, e algo vai acontecer, como foi o caso do Pinpoo. Ou alguém duvida q o resultado deu-se apenas pela publicidade q se fez?

  • Mirella diz: 18 de março de 2011

    Cala essa boca Carol!

  • Cristiano diz: 18 de março de 2011

    Coitado do Toddy, aliás nome criativo!
    Deve estar apavorado em algum canto tentando se preteger, mas a fome vai apertar e ele terá que sair em busca de alimentos. A boa notícia é que o ambiente interno do aeroporto precisa mesmo de um exterminador de ratos. Esse bichano é especialista em acabar com os roedores. Pudemos constatar que o bom senso não existe no Aeroporto Salgado Filho. Se tivessem deixado a dona do Toddy entrar na área interna no momento da fuga, certamente ele teria sido recuparado.

  • Karen Sica diz: 18 de março de 2011

    Monica, tudo bem? Falei com a Infraero e, na verdade, desta vez, a culpa foi do dono que, infelizmente, deixou o gato escapar da caixinha. O segurança deveria ter deixado o dono procurar o gato na área restrita, mas, por questões de segurança, não achou necessário naquele momento. Enfim, o que interessa agora é que precisamos divulgar o fato para que o Toddy seja encontrado. Obrigada.

  • Cristiano diz: 18 de março de 2011

    E a ilustríssima Carol deseja chamar a atenção por aqui… Policiais procurando criancinhas desaparecidas? affe!!!! O que isso tem a ver com a reportagem em questão?!?!? Vá ler blogs de tragédias que é bem o seu perfil.

  • Tânia diz: 18 de março de 2011

    que donos são esses, que não fizeram a maior revolução no aeroporto pra conseguir a permissão para entrarem nessa área privada…pelo amor de Deus!!!!! e ainda embarcaram, foram embora e abandonaram o bichinho no aeroporto!!!!! Ele estava e está apavorado, com medo do barulho e de toda a situação….

    pergunto a esses donos: SE FOSSE UMA CRIANÇA, UM FILHO, VCS TAMBÉM ABANDONARIAM NO AEROPORTO E EMBARCARIAM NO AVIÃO DEIXANDO-O LÁ, PRA TRÁS?????????????????? COMO VCS CONSEGUEM DORMIR SABENDO QUE DEIXARAM O BICHINHO PERDIDO PRA TRÁS??????……fico muito indignada com esse tipo de gente!!!!!!!!!!!!!

    Esse que está por lá, é óbvio que é arisco, o bichinho está assustado, apavorado, com medo!!!!!

    GENTE: OS ANIMAIS TÊM ALMA, TÊM SENTIMENTOS, SÃO COMO QUALQUER SER HUMANO!!!!!!

    Então quando pegarem pra cuidar, é pra cuidar mesmo!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    E essa carol, se não tem o que falar, não fala besteira…querida….vai pra outro blog…..ou vai procurar o que fazer…

    Isabel, minhas energias de luz astralina azul e violeta estão direcionadas pra vc, nesse momento pra que consigas achar o bichinho!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  • Karen Sica diz: 18 de março de 2011

    Tânia, os donos estão muito preocupados com a situação. Estão praticamente doentes. Querem reencontrar o gatinho, mas não podem vir para cá agora. Por isso contataram a Isabel para ajudar na busca. Por favor, vamos respeitar esses donos que estão sofrendo com a falta do animal de estimação…

  • Lisandra diz: 18 de março de 2011

    Coitada gente, ela não sabe nem escrever!

  • Lisandra diz: 18 de março de 2011

    Vou pedir com meu amigo Toninho ( também conhecido como São Francisco de Assis) hoje ainda…Ele sempre me faz uns “servicinhos” puxados!!!

  • monica diz: 18 de março de 2011

    OK Karen, muito obrigada!
    De minha parte vou começar a divulgar agora mesmo.
    Não estou no RS, mas isso posso fazer e farei.
    Obrigada

  • Azevedo diz: 18 de março de 2011

    Quanta hipocrisia nesses comentários. Garanto que esses que dizem “amar os animais” são os mesmos que os abandonam nas ruas quando surge alguma doença, que jogam os filhotes indesejados no lixo ou, como se leu na matéria, são deveras “desatentos”, a ponto de não “fechar direito” sequer a caixa de transporte. Afinal, pela foto, o gato não parece ser forte feito um cachorro de grande porte, com tanta força suficiente para “arrebentar” o fecho da tal caixa. Quem “ama” os animais, tem, no mínimo, CUIDADO e ZELO!
    Parabéns pela sinceridade Carol, se todas as pessoas fossem assim, com certeza não teríamos tanta hipocrisia nesse mundo.
    Cada um que cuide da sua vida!

  • Lua diz: 18 de março de 2011

    Sou ambientalista e amo animais. Mas tem algo q me questiono: Os donos não são obrigados a darem tranquilizantes para o animal ao viajarem tanto de avião quanto de ônibus?
    Pessoal, sejamos racionais. Se o bichinho for extraviado pela empresa, com toda a razão do mundo, deve-se culpar tanto o aeroporto, quanto a empresa aérea.

    Dois cachorros meus viajaram de avião, e todos foram dopados com o uso de tranquilizantes.

    E pelo o que eu entendi, o gato escapou antes mesmo de embarcar.

    Obvio q temos que ajudar a procurar os bichos e obvio q solidarizo com a dor dos donos, porque sei como é dificil.
    Mas sejamos mais responsaveis com nossos animaisinhos.

    Nao estou julgando ninguem, bem pelo contrario. Acidentes acontecem, certamente foi sem querer que o bichano escapou das maos dos donos.
    Mas por favor, os animais nao entendem que estarão viajando num avião, tantas horas. Deem tranquilizantes sim, mesmo que depois eles fiquem abobados, ate ficarem bem.
    Sei q não é uma ótima opção o uso de tranquilizantes, q pode até fazer mal se usado com frequencia.

    Melhor isso do que depois chorar por perder seu animalzinho!

  • Xaiene Simon diz: 18 de março de 2011

    Eu concordo com a Tania….muito estranho isso, eu não conseguiria de forma alguma ir viajar sabendo que a minha gatinha fugiu dentro do aeroporto….faria um escândalo!! respeito os sentimentos deles, mas acho que foi muita negligência da parte deles esperarem tanto tempo para procurar ajuda….

  • Lilian diz: 18 de março de 2011

    QUEM NÃO SE IMPORTA COM UM ANIMAL, CERTAMENTE NÃO SE IMPORTARÁ COM UM SER HUMANO!
    Torço muito pra que o Toddy seja encontrado e devolvido aos donos!!
    E, parabéns ao blog, que mais uma vez, presta um serviço louvável!!

  • vera diz: 18 de março de 2011

    Quando eu levo os meus gatos ao veterinário, sempre eles vão de coleira e guia dentro da caixa de treansporte , e não abro a caixa sem que as portas estejam fechadas, porque gatos por mais que sejam mansos eles em lugares estranhos ficam muito assustados. Os aereoportos já que eles fazem este trabalho de transporte de animais deveriam ter um local fechado para fazer a troca de caixa, com toda a segurança.Eu quero dizer a Carol que eu não acho que se preocupar com seus animais seja perda de tempo, muito pelo contrário, o amor que esses bichinhos nos dão é muito maior do que o amor do ser humano pode dar para outro se humano, porque eles não nos pedem muita coisa e sim muito carinho.

  • Veronica diz: 18 de março de 2011

    Por que será que só veio a tona agora a perda do Toddy? Se isto ocorreu a mais de 2 meses?! Para aproveitar a repercussão do caso Pinpoo? Só que desta vez não tem empresa aérea e nem aeroporto como culpados. Além do mais o gato fugiu na área externa do aeroporto, por um descuido do dono. Entrou na área restrita após, e foi procurado, não pelo dono, mas ele foi procurado no dia. E aqui ninguém sabe realmente qual foi a reação dos donos no dia, será que eles foram falar com quem era devido para poder entrar? Ou só pediram para os seguranças, os quais estão ali para cumprir ordens e não abrir exceções? Que eles estão sofrendo é óbvio, quem não sofre pela perda de um animal quando realmente se gosta dele. Sou veterinária e recomendo sim a sedação para viagens com animais, principalmente quando são muito longas, como esta seria. E se o animal não está acostumado com as caixas de transportes, use sempre uma coleira, mesmo em gatos, para evitar eventuais fugas.

  • Isabel Walenciuk – Coord. Arca dos Bichos diz: 19 de março de 2011

    Pessoal, a companhia aérea não tem culpa se a caixa abriu. Acho que estamos perdendo tempo com questionamentos ou querendo achar culpados. Mas como ficou bem resumida a matéria – agradecemos muito por esta divulgação -, VOU EXPLICAR: são dois gatos, os dois tiveram acompanhamento veterinário, estavam sedados, um dormiu o tempo todo mas o TODDY ficou agitado dentro da caixa (cada um tem uma reação). Não vamos condenar ninguém, o gato fugiu e precisamos encontrá-lo. PRECISAMOS DE AJUDA. Por favor, enviem e-mail para a vet. Juliana Gastal, responsável pelo Projeto Fauna do Aeroporto: jcgastal@infraero.gov.br pedindo ajuda, já que ela é a responsável pelo Projeto para que divulguem internamente e a Infraero libere com os setores/empresas/instiuições lá dentro para podermos entrar e resgatá-lo, além de procurarmos tb. AINFRAERO TEM QUE APOIAR, AJUDAR! Primeira coisa, colocar cartazes em todos os murais, entregar nas empresas de dentro do aeroporto.
    O PROBLEMA TODO É A COOPERAÇÃO DELES, A MÁ VONTADE: “BICHO É BICHO”. AS INSTITUIÇÕES TÊM QUE MUDAR A MENTALIDADE ARCAICA E ENTENDEREM QUE OS ANIMAIS DE ESTIMAÇÃO FAZEM PARTE DA FAMÍLIA, SÃO SERES VIVOS QUE SOFREM, SENTEM E MERECEM RESPEITO. PSIQUIATRAS, PSICÓLOS E OUTROS PROFISSIONAIS INDICAM ANIMAIS DE ESTIMAÇÃO PARA AS PESSOAS.. Fora que os donos do gato são clientes e devem ser respeitados e ter todo o apoio para recuperar o TODDY.
    Poderia ser o seu gato ou o seu cachorro! Ajudem.
    abraço a todos e mandem um e-mail pra mim que eu adiciono vocês pra receberem as notícias e até a divulgação pra vocês enviarem pra todos seus contatos, vamos FAZER UMA CORRENTE, PARA QUE TODOS QUE TRABALHAM NO AEROPORTO, AO MENOS OS QUE GOSTAM DE BICHOS, POSSAM FICAR DE OLHO NO TODDY: arcadosbichos.poa@gmail.com.
    ABRAÇO ANIMAL E LAMBIMIAUS!

  • BEATRIS SINARA EHLERT diz: 19 de março de 2011

    O pessoal não sabe que os PM do Batalhão de Aviação tiram serviço 24h lá dentro. Não foram tiradas nenhuma viatura ou PMs das ruas pra recolher o Cão. Foi sim, um gesto demonstrando respeito e consideração pelos animais, coisa que poucas pessoas mostram hoje em dia.

  • Luciana diz: 19 de março de 2011

    Se o Toddy ainda está no aeroporto e os funcionários dizem que ele é arisco, e não dá para pegá-lo por isso, acredito que só com os donos que ele retornará tranquilo…Ele provavelmente precisa escutar e ver seus donos para que saiba que é seguro, senão o instinto é de fugir para sobreviver… um dos donos deveria voltar ao aeroporto, procurá-lo (acredito que agora deixarão), chamá-lo… Ele deve estar apavorado, tiro pelos meus gatinhos que correm que nem loucos desesperados e se escondem o tempo todo enquanto tem alguém estranho em casa que eles não sentiram mta confiança, não saem do esconderijo nem pra comer, beber água, banheiro…tenho que levar tudo pra perto de onde estão…Imagino num aeroporto, o medo que não dá…
    Já estou divulgando nas minhas redes…Torço por ele…

  • Aline diz: 19 de março de 2011

    Pelo que entendi não se compara a situação do Pimpoo com essa situação.
    O Toddy fugiu ainda com os donos…foi um acidente e isso acontece. O Pimpoo foi perdido pela companhia aérea.
    Não tem como culpar o pessoal do aeroporto. Os seguranças fizeram o papel deles e não se sabe como foi a abordagem dos donos do Toddy, não acham? Na hora do nervosismo e do desespero de, sem querer, deixar um bichinho de estimação escapar com o agravante de se ter hora para o embarque pode-se sim perder a cabeça agravando uma situação já tensa.
    Tomara que encontrem o Tody…desejo sorte aos donos (que não tem culpa também!!! Foi um acidente!!!).
    E…para não deixar passar: Carol…vá cuidar de crianças e não enche o saco!

  • Marcela diz: 19 de março de 2011

    Gente, vocês estão perdendo o mote da coisa.
    Primeiro, Carol e sua turma não merecem resposta. O desprezo sempre é melhor.
    Segundo, MESMO QUE o erro (ou descuido) tenha sido dos donos, O FATO É QUE o Toddy está perdido!!! Ou será que só porque seus donos erraram agora ela TENHA QUE pagar o preço e ficar para sempre perdido?… acho que não, não é? Então, discutam a culpa DEPOIS. AGORA, por favor, DIVULGUEM O CASO!!!!

    Obrigada,
    Marcela
    Protetores Porto Alegre

  • Ricardo diz: 20 de março de 2011

    Pessoal,

    Gostaria de pedir ajuda a todos. Antes de fazermos qualquer comentários maudosos, devemos ter conhecimento dos fatos e como tudo aconteceu. Viajei no mesmo ônibus com os donos do Toddy, pessoas maravilhosas e que adoram seus bichinhos. O veterinário não recomendou dar remédio para durmir toda a viagem sob pena de risco a saúde do gatinho, que aliás não era apenas um, mas dois gatos que eles estavam levando para o Pará. Como o gato estava meio acordado, para acalmá-lo, foi levado a uma área do aeroporto e neste momento ele entrou em um estacionamento, que ninguém iria imaginar que era restrito, quando o dono tentou pegá-lo foi ameaçado pelo segurança com uma arma de fogo para sair do local. Mesmo explicando que tratava-se de um gatinho havia fugido, o segurança não permitiu acesso, que só foi conseguido cerca de meia hora depois, depois de muita pressão em cima do pessoal da infraero. Em fim, ajudamos eles a procurar o Toddy só que já não foi possivel encontrá-lo mais e os donos tiveram que viajar apenas com seu outro gato (Leopoldo).
    Desde aquele dia estão desesperados atras do Toddy, conseguiram, neste meio tempo conseguiram contato com a arca dos Bichos em POA e descobriram que o gato está no aeroporto e aparece de vez em quando em uma area restrita!
    Todo ajuda é bem vinda, esperamos que a RBS se sensibilize com tudo que aconteceu, assim como as autoridades e permitam que o Toddy possa voltar para sua família e junto ao Leopoldo (seu parceirinho).

  • Rafael (proprietário do Tody) diz: 20 de março de 2011

    Gente, muitíssimo obrigado a todos pelo apoio, mesmo. Primeiramente gostaria de dizer que a foto acima foi tirada pouco depois que minha esposa O RESGATOU DA RUA, com ele doente e se alimentando de lixo. Então ele realizou tratamento veterinário, castração, vacinação e todo o mais necessário para recuperação da sua saúde.
    No dia da viagem ele estava sedado, com toda a documentação em dia, e tivemos todo o cuidado que achamos necessário para realizar a viagem, no entanto acreditamos que a medicação utilizada para sedar o Tody fez efeito contrário nele, pois o outro gato estava calmo.
    Quando tudo ocorreu, foi feito registro na ouvidoria da Infraero e da GOL, e ambas se comprometeram a divulgar o ocorrido para todos os seus setores e informaram que se ele fosse encontrado eles entrariam em contato. Amigos que estavam conosco no momento permaneceram no aeroporto e fizeram toda a divulgação na semana seguinte, conforme as orientações do aeroporto. Após ver que isso não deu resultado procuramos ajuda de serviços de proteção animal para nos ajudar, e foi aí que as coisas começaram a andar. Isso foi ainda antes do caso Pinpoo. Como o aeroporto não teve qualquer tipo de culpa com o ocorrido, não tínhamos como culpá-los ou exigir algo deles, já que o Tody não fora mais avistado. MAS O FATO É QUE: ELE FOI VISTO MAIS DE UMA VEZ POR LÁ, junto com outros felinos que estão no aeroporto, então temos a certeza de que ele e outros animais estão nas dependências do aeroporto. A partir disso, a Isabel foi até o aeroporto para procurá-lo e capturá-lo, mas a Infraero impediu ela de realizar as buscas.

    Novamente muito obrigado a todos que estão nos ajudando neste momento.

  • Pascale diz: 20 de março de 2011

    Desde aquele dia não me conformo com o que aconteceu!!
    Estava lá pois íamos pegar o avião de férias e todos os dias da minha viagem pensei no Toddy…como ele estaria, onde ele estaria!!
    Foi culpa do pessoal do aeroporto sim!!! Eles não deixaram o dono entrar na área restrita para pegá-lo quando ele correu!!! Se fosse uma criança eles com certeza deixariam!!! E com o tempo e o barulho ele deve ter se escondido para se proteger!! Tenho gato e cachorro, e sei que são muito diferente, o gato se protege se escondendo!!!
    É por causa desse descaso que hoje o Toddy está sozinho, desprotegido!!!
    Vamos ter coração!!! Todos que tem bichos sabem que ele são nossos filhos!! Nós amamos eles como se fossem crianças e eles dependem da gente como ou até mais crianças!!!
    Por isso ajudem!! Divulguem!!! Vocês podem precisar disso um dia!!!
    Todos que tem coração amam alguém! Seja esse alguém bicho ou gente!!!

  • Maria diz: 20 de março de 2011

    Olá! Temos que divulgar o sumiço do Toddy e ignorar as pessoas que pensam que os donos ou os cuidadores dos animais não se empenham em cuidar dos bichos e ficam com discursos que acham que são politizados, mas não são, são batidos e não acrescentam em nada. Divulguem nas redes socias que podem ajudar este e outros casos serem resolvidos… Vamos ajudar a encontrar o Toddy!!!

  • Mel diz: 21 de março de 2011

    Vamos lá RBS!! Sabemos que vocês adoram os animais!!! Ajudem nesse caso também para que o final seja feliz como foi o do Pimpoo!!!!

  • Bella diz: 21 de março de 2011

    Vamos divulgar esse caso também!!!
    Os bichinhos são mais dependentes e carentes! São eternas crianças!!!
    Quem tem coração ajude o Toddy e seus donos!
    O Pimpoo ja está no colo da dona, agora é a vez do Toddy!

  • Malu diz: 21 de março de 2011

    olá! acompanho pessoalmente a dor dos meus amigos com a perda do Toddy! Hj olhei um filme que chama: sempre ao lado que fala da relação homem X bicho e do sentido da palavra lealdade, amor. E isso só é possível ser entendida por quem sente, por isso comentários como dessa moça, Carol são tão frios e vazios, pois infelizmente ela não sabe o sentido de uma relação como essa que é extensivo a relação dos homens X homens.
    Divulguem nas redes sociais tb, porque todo o dia rezo para que encontrem o Toddy para vir morar aqui conosco nos alegrando com seus carinhos e com a manifestação e o valor do que significa amor. E aos que divulgam o meu mais sincero agradecimento… estamos juntos nesta… e vamos achá-lo…

  • Malu diz: 21 de março de 2011

    Concordo plenamente com a Marcela, pois não estamos falando em culpa, estamos falando em um bichinho que foi perdido e que não deixaram os donos resgatar, pois era uma area considerada proibida pelo aereoporto e ao invés de facilitar a entrada dos mesmos para o resgate não o fizeram e não estão fazendo agora que sabemos que ele está lá, sim…

  • Luiza diz: 21 de março de 2011

    Estamos falando em soliariedade, tentar encontrar o Toddy e não estamos aqui para fazer juizo de valor sobre culpa; perder um bichinho causa sofrimento para aqueles que conseguem avaliar a dimensão da palavra amor… vamos encontrar o Toddy!!!!

  • Fiorin diz: 21 de março de 2011

    Ajudem o Toddy!!!!

    Os animais são seres inocentes que jamais podem ser comparados com o ser humano, são companheiros para todo o momento, amigos verdadeiros, sem inveja e fazem tudo pelo dono apenas por um simples carinho, um pouco de atenção, em fim, devemos sim ajudar quando pudermos, mover mundos e fundos se for o caso!!!
    O ser humano precisa dos bichos simplesmente para ser mais humano!!! Quanto aos funcionários que restringiram o acesso ou restringem ainda hoje, por uma questão de burocracia e falta de sensibilidade, espero que resolvam seus problemas e não fiquem criando problema para pessoas de bem que apenas querem ter seus bichinhos ao seu lado.

  • Ruth Azambuja diz: 21 de março de 2011

    Importante o depoimento do Rafael, proprietário do Tody, e dos amigos q estavam no aeroporto junto com ele no dia do acontecido e q viram exatamente o q aconteceu.
    O que se precisa AGORA é autorização para que a Isabel, da Arca dos Bichos, com auxilio de algumas outras protetoras, que saibam lidar com gatos, assustados, traumatizados, possam ter acesso aos locais onde provavelmente o Tody possa estar escondido. Sozinha é dificil. Só pessoas q lidam diariamente com situações difíceis de gatos e que tem chance de capturá-lo. Gatos são muito diferentes de cães e é preciso muita habilidade com felinos para trazê-lo de volta.

  • Paulo Pennaforte diz: 22 de março de 2011

    Mas quanto ouro e diamante será que estão guardados na tal área restrita?
    Áreas restritas existem apenas porque não são destinadas à circulação do público, mas não significa que a Infraero e seus seguranças trogloditas tenham que impedir todo e qualquer acesso de humanos na área. Acho que tem gente com meio neurônio interpretando ordens e regras de forma errada. Bem, segurança puxando arma contra civis desarmados, já diz tudo, né?
    Acho que os donos deviam entrar na Justiça para conseguir acesso à tal área misteriosa…

  • TANIA ILCZUK diz: 22 de março de 2011

    AVISO!
    TOMEM CUIDADO COM ESTAS CAIXAS DE TRANSPORTES DE PVC POIS POIS AS PORTAS SÃO FRÁGEIS E O ANIMAL
    FORÇA E FOGE.
    ESTOU LENDO MUITOS CASOS DE FUGAS DE ANIMAIS DESTAS CAIXAS.
    EU TAMBÉM FUI LEVAR UMA GATA PARA CASTRAÇÃO E ELA FUGIU DESTAS CAIXAS E FICOU PERDIDA NA RUA
    A SORTE QUE EU CONSEGUI PEGAR ELA.
    AS BOAS CAIXAS DE TRANSPORTE É AS DE MADEIRA MAS PROCUREI E NÃO ENCONTRO EM LOJA NENHUMA,EU
    ACHO QUE NÃO ESTÃO FABRINCANDO,POIS SÃO MUITOS MAIS SEGURAS.
    REFORÇEM ESTAS PORTAS COM ARAME PARA O ANIMAL NÃO FUGIR.(CAIXAS DE PVC)

  • fabiana diz: 22 de março de 2011

    Rafael não desista do Tody!luta poe ele.Estamos aqui para te dar toda força que pudermos,ñ de ouvidos as pessoas maldosas,e vá a policia se for o caso!Força Rafael.

  • Rafael diz: 23 de março de 2011

    Bom dia gente, segue abaixo a resposta da ouvidoria da Infraero sobre o caso do Tody
    PS: se o problema é conseguir “IDENTIFICAÇÃO PRÉVIA E LIBERAÇÃO EXPRESSA”, porque a INFRAERO não faz isso, afinal de contas é SOMENTE ISSO que estamos pedindo, nada mais.
    Muito obrigado a todos pela ajuda.

    Prezado Senhor,

    Em atenção ao Relato de Atendimento aqui tratado, ouvida a Superintendência Regional do Sul, Aeroporto Internacional de Porto Alegre/Salgado Filho, por meio do seguinte despacho registrado no Sistema de Ouvidoria, fomos assim informados: \”Estamos sensíveis a importância da situação, em especial quando a ausência do animal de estimação causa impactos na rotinas das pessoas. Os gatos são animais que tem suas características próprias de mobilidade (consegue galgar obstáculos como cercas com maior facilidade que cachorros) e de difícil identificação no sítio aeroportuário. Esta dificuldade é causada pelo seu relativo pequeno porte e pela área extremamente extensa do aeroporto. A INFRAERO dispõe de equipe composta de médico veterinário e biólogas que atuam diretamente neste Aeroporto e estão atentas à aparição de animais estranhos às atividades aeroportuárias, para promoverem a captura e restituição a sua origem. Infelizmente, até a presente data não temos registro desta captura. Em outras situações (Terminal de Cargas), a permanência de animais estranhos é rigorosamente fiscalizada e, igualmente, até o momento, não temos registro de ocorrência. Por outro lado, por questões de cumprimento da legislação, algumas área internas do aeroporto têm seus acessos extremamente controlados, o que dificulta a busca por parte de equipes não previamente identificadas e espressamente autorizadas pelos órgão de controle. Continuamos com o alerta de busca do animal em questão e manteremos imediato contato caso haja alguma evidência de sua localização. Colocamo-nos à disposição pelo telefone (51) 3358-2111 – Superintendência do Aeroporto Internacional Salgado Filho\”.

    Mais uma vez, agradecemos a sua valiosa manifestação.

    Francisco Primo
    Gerente de Ouvidoria

  • flor ;* diz: 23 de março de 2011

    O ser alguma coisa , aqui é um blog de animais , coloca no google ‘ crianças desaparecidas’ aai tu coloca a tua opinião .
    agora postar isso? Não tem amor no coração no lugar dele tens uma pedra !!

    Ridicula ‘

  • Pascale diz: 23 de março de 2011

    É UMA VERGONHA A AJUDA QUE A INFRAERO ACHA QUE ESTÁ DANDO!!!

    O TEMPO QUE ESSE TAL DE FRANCISCO GASTOU ESCREVENDO ESSE MONTE DE EXPLICAÇÕES QUE NÃO AJUDARAM EM NADA, ELE PODERIA REALMENTE TER TENTADO LIBERAR PARA O PESSOAL DA ARCA DOS BICHOS IREM LÁ PROCURAR!

    REALMENTE OS GATOS ANDAM, PULAM, ASSIM COMO QUALQUER SER VIVO, E COM CERTEZA UM BICHINHO QUE ERA ACOSTUMADO COM APARTAMENTO NÃO VAI ESTAR MUITO LONGE DAS ÁREAS QUE ESTÃO CONHECIDAS PARA ELE NO MOMENTO!!

    POR FAVOR!!!
    CRIEM BOM SENSO E LIBEREM É SÓ O QUE ESTÁ SE PEDINDO!!

  • Paulo Pennaforte diz: 24 de março de 2011

    Pessoal, se deixar na mão da burocracia burra, nada se resolve. Vamos escrever para a Ouvidoria da Infraero. O endereço é o que segue: http://www.infraero.gov.br/aplicacoes/prouvi/index.php
    Eles exigem uma “data de ocorrência”, enfiei qualquer uma.
    O texto que enviei:
    “Em relação ao caso do gato Toddy, por que tanta enrolação, má vontade mistificação em relação ao acesso às tais áreas restritas? Quanto ouro e diamante será que estão guardados na área restrita?
    Áreas restritas existem apenas porque não são destinadas à circulação do público, mas não significa que a Infraero e seus seguranças trogloditas tenham que impedir todo e qualquer acesso de humanos na área. Acho que tem gente com meio neurônio interpretando ordens e regras de forma errada. Bem, segurança puxando arma contra civis desarmados, já diz tudo, né?
    No lugar de ficarem perdendo tempo com explicações que nada acrescentam, tomem LOGO uma atitude positiva que resolva a situação.”

    Vamos lá, pressão neles!!!

  • Danny Hay diz: 5 de abril de 2011

    Alguma novidade sobre o caso do Toddy? A infraero enfim, liberou a tal “area restrita”? Ou a “burrocracia” continua imperando por lá?

  • fabiana diz: 12 de abril de 2011

    GENTE ALGUMA NOTICIA DO TODDY??POR FAVOR ??

  • Vera Rodrigues-Rath diz: 16 de junho de 2011

    Pessoal, estou acompanhando o caso do gatinho Esquilo, perdido pela cia aérea Gol, e gostaria de saber onde estão os tutores do gatinho Toddy. Eles ficaram no aeroporto procurando por ele? Que empenho tiveram os tutores na busca do gatinho? Soube que querem esconder a cia aérea, isto é verdade?

    Alguém ainda continua procurando o Toddy, e qual a participação dos tutores?

    Atenciosamente,

    Vera Rodrigues-Rath, Alemanha

  • Rafael diz: 16 de junho de 2011

    Boa tarde Vera, sou o dono do Tody, e após vários meses de buscas infelizmente ainda não o encontramos. Um pessoa muito prestativa ainda realiza alguns contatos lá em Porto Alegre tentando encontrá-lo, mas só o tempo mesmo pra dizer se vamos conseguir reencontrá-lo.
    Com relação à cia aérea ela não foi citada porque ele fugiu antes de embarcar, ainda não estava sob a tutela da cia aerea. Muito obrigado pela tenção, orações são bem vindas para encontrarmos o Tody.
    Boa tarde

  • Vera Rodrigues-Rath diz: 2 de julho de 2011

    Rafael, obrigada pela resposta.

    Mas uma pergunta não me cala: por que vocês embarcaram mesmo sabendo que o gatinho tinha fugido? Vocês pegaram o avião e deixaram o pobrezinho perdido, foi isto? Se fosse um filho humano, vocês teriam feito isto?

    Não sou ativista dos não-humanos nem nada, mas tenho acompanhado os esforços de Maicon Faria para encontrar o gatinho Esquilo. Dá-me um aperto no coração saber que uma criaturinha tão bela quanto o gatinho Toddy ficou lá, no aeroporto… não posso entender isto!

    Acredito que quanto mais tempo passar, pior… seria necessário contatar a Infraero, a Polícia Federal… é isto que Maicon tem feito.

    Peço desculpas até pela minha sinceridade, mas eu ouvi a coisa de fora, e doeu-me o fato de vocês não terem cancelado o embarque… pois a cada momento fica mais difícil. Em todo o caso, se tiverem uma fonte confiável de informações na qual eu possa me basear, até posso publicar algo a respeito.

    Este gatinho é uma fofura que me dói demais o coração pensar que ele possa estar sofrendo!

    Abraços,

    Vera Rodrigues-Rath, jornalista, brasileira residente na Alemanha.

    http://blogg2.verinha.de/

    PS: escrevi o que me saiu, de chofre. Peço desculpas se de alguma forma fui injusta. Gostaria de poder ajudar.

  • Vera Rodrigues-Rath diz: 2 de julho de 2011

    Rafael, voltei.

    O que passou, passou… provavelmente vocês já tenham se arrependido de terem embarcado e tal. Imagino que devam estar sofrendo a falta do lindo bichaninho. Portanto, gostaria de saber o que eu poderia fazer no sentido de ajudar.

    Eu sei que foi a companhia aérea GOL, assim como tenho conhecimento que o gatinho escapou nas mãos de vocês mesmo. No entanto, a cia poderia ajudar nas buscas, e na liberação do aeroporto, o que eles não têm feito em nenhum caso. Muitos não-humanos têm sido perdidos, e omitir o caso Toddy, só contribui para dar mais força a uma cia aérea que não tem nenhuma consideração para com o cliente.

    Deixo aqui também meu e-mail webmaster@verinha.de

    Abraços,

    Vera Rodrigues-Rath, jornalista, residente na Alemanha. http://blogg2.verinha.de/

  • Rafael diz: 3 de julho de 2011

    Boa noite Vera. Vou guardar o direito de não te responder pelo site aos seus “escritos de chofre”, pois cada situação é uma situação particular. Se você tivesse noção da dor que é passar pelo que passamos talvez não ficasse cutucando em feridas que ainda não estão cicatrizadas. Agradeço pela preocupação, mas pessoas realmente preocupadas em ajudar estão fazendo todo um esforço em nos ajudar de maneira jamais poderemos agradecer. Obrigado pela sua preocupação, mas a menos que possa pegar um vôo e vir procurar o Tody em Porto Alegre creio que não possa fazer mais do que já fizemos.

  • Vera Rodrigues-Rath diz: 4 de julho de 2011

    Rafael, peço desculpas se foi ríspida.

    Eu realmente não sei o que os teriam levado a não permanecer no aeroporto, e pareceu-me uma situação incompreensível. Mas peço que me perdoem pelo meu texto exaltado.

    Continuo oferecendo ajuda, a saber eu coloquei uma página com coletânea de informações sobre ele. Eu normalmente só publico artigos meus, mas no caso deixei a informação de terceiros no blog, a fim de alguma forma ajudar a quem leia. E pessoas têm chegado ao meu blog (sobre Esquilo), procurando por Toddy.

    Morando na Alemanha, para mim seria realmente impossível ir a Porto Alegre (eu estaria em Brasília agora, se pudesse, ajudando Maicon) – mas talvez para vocês isto não seja tão difícil assim.

    Abraços,

    Vera Rodrigues-Rath – ainda colocando-me à disposição. Se você me escrevesse um texto sobre o gatinho, o que aconteceu realmente, eu poderia até elaborar um artigo no blog.

  • Vera Rodrigues-Rath diz: 4 de julho de 2011

    Rafael, esqueci de citar a página minha referente ao Toddy – quer dizer, não é de minha autoria, pois eu não entendi nada do que realmente se passou. Uma amiga mandou-me este amontoado de informações pela net, e publiquei contra os meus princípios de publicar algo que não seja de minha autoria, como uma forma de divulgar o caso.

    Digo isto com sinceridade: precisando de ajuda, estou a postos. Meus sites e blogs normalmente têm excelente colocação no google, talvez por eu elaborá-los com muito amor.

    Sinto muito pelo que está passando, e acredite: desejo do fundo de meu coração que o gatinho Toddy (tão meigo!!!) seja encontrado.

    Página referente ao Toddy (dá para ouvir minha voz dando notícias de Esquilo): http://blogg2.verinha.de/?page_id=578

    Abraços, mais uma vez desculpe.

    Vera Rodrigues-Rath, Donauwörth, Alemanha

Envie seu Comentário