Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Vídeo que mostra homem agredindo duas cachorras causa revolta nas redes sociais

09 de fevereiro de 2015 5
Foto: Reprodução/Facebook

Foto: Reprodução/Facebook


Assistam ao vídeo e me respondam: Quem é o irracional nessa história?

Um caso de agressão a duas cachorrinhas na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, provocou revolta nas redes sociais no final de semana. A cena de maus-tratos foi registrada por uma câmera escondida no apartamento da produtora Ninna Mandin, de 26 anos, e as imagens foram publicadas na página da jovem, no Facebook. Com quase 270 mil visualizações, o vídeo mostra duas fêmeas da raça buldogue francês apanhando e sendo arremessadas ao chão por Rafael Hermida Fonseca, de 34 anos, noivo da donas das cadelinhas chamadas Gucci e Victoria. Veja o vídeo:

Ninna descobriu o ataque no último dia 30 e, na manhã seguinte, registrou uma queixa na 16ª DP na Barra da Tijuca. Segundo a Polícia Civil, foi aberto um inquérito por conta dos maus-tratos. De acordo com a polícia, Rafael é esperado para prestar depoimento nesta terça-feira. Amigos dizem que ele desapareceu após os vídeos serem divulgados.

Ao Extra, a proprietária falou que vem passando por um momento muito difícil. Ela se casaria com o rapaz no dia 4 de junho deste ano.
– É um momento muito difícil. Minha confiança foi traída. Estou bem abalada. Estava com o casamento marcado para 4 de junho. É muito difícil para mim falar. Não sei o que esperar. Estou com medo. Estou tentando de tudo para proteger a mim, às minhas filhas (as duas cadelas) e à minha família. É um momento muito difícil – disse Ninna, por telefone.

A jovem contou que nunca havia desconfiado das atitudes de Rafael e que na frente dela ele tratava as duas cachorras superbem, mas percebia que elas tinham muito medo dele.
Esse pavor das cadelinhas e os machucados que elas começaram a apresentar acenderam uma luz de alerta na cabeça de Ninna. Segundo ela, o veterinário não conseguia descobrir a origem dos machucados e as lesões continuavam aparecendo. Gucci e Victoria chegaram a ficar internadas no final do ano. Foi neste momento que a proprietária decidiu instalar as câmeras que filmaram a agressão.
– Ver essas imagens passando toda hora… Mas não me arrependo. Vou até o fim para vê-lo punido pela Justiça – afirmou a produtora.

Com o fim do noivado e o afastamento de Rafael, as cachorras estão apresentando um comportamento mais tranquilo, garante Ninna:
– Elas estão dormindo bastante. Claro que não posso ter certeza, mas a impressão que tenho é que estão mais tranquilas.

Em nota, a Polícia Civil informou que “o caso foi registrado na 16ª DP (Barra da Tijuca) como crime de maus tratos. A dona dos animais foi ouvida na unidade policial. As imagens estão sendo analisadas pela polícia. O acusado da agressão foi intimado e seu depoimento está previsto para esta terça-feira, na delegacia. As investigações estão em andamento para apurar o fato.”

No domingo, Ninna postou um vídeo de agradecimento pelo apoio recebido após divulgar imagens da agressão.
– Só para mostrar que está tudo bem. Estamos bem. Muito obrigada mesmo por todo o carinho, todo o apoio, tudo. Vai dar tudo certo – diz.

Bookmark and Share

Comentários (5)

  • Gilberto Souza diz: 9 de fevereiro de 2015

    Casado a vítima seria ela. Esse protótipo de ser humano tem que ser responsabilizado criminalmente, infelizmente, maus-tratos contra animais no brasil cheira a impunidade.

  • eduardo diz: 10 de fevereiro de 2015

    MUITA SORTE DESCOBRIR ANTES DO CASAMENTO ESTA BARBÁRIE, A NINNA COM CERTEZA SERIA ALVO DE MUITAS AGRESSÕES POR PARTE DESTA CRIATURA, NEM TO FALANDO DAS CADELAS QUE SERIAM MORTAS.

  • Sandra Mello diz: 11 de fevereiro de 2015

    Boa tarde!
    Li uma manifestação desse homem onde ela fala que tem 7 cachorros e adora animais. Por favor, tirem os cachorros desse monstro.

  • Laura diz: 19 de fevereiro de 2015

    Criaturas como esta soltas por aí, por isso que acontece crueldades com animais. Gostaria de ver se fosse com ele. As punições contra animais deveriam ser mais severas, porque já não mudaram isto?

  • Salomão Neto diz: 21 de abril de 2015

    Como alguém pode cometer uma monstruosidade dessas. Tomara que seja punido.

Envie seu Comentário