Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts na categoria "Destaquinho"

Cãozinho da raça shih tzu sumiu de casa em Quintão, Litoral Norte do RS

26 de fevereiro de 2015 0
Foto: Arquivo Pessoal

Foto: Arquivo Pessoal

 

Esse cachorrinho da raça shih tzu sumiu de casa no dia 1º de fevereiro, da Rua Gaspar de Lemos, na praia de Quintão, perto da segunda rodoviária. Atende pelo nome de Fofucho e tem um ano. Quando desapareceu, usava uma coleirinha laranja e estava mais tosado do que aparece na foto.

Viu esse cãozinho? Entre em contato pelos telefones 8485-1457 ou 9101-1368.

Bookmark and Share

Proteja seu bichinho do câncer de pele

26 de fevereiro de 2015 0
Cães e gatos clarinhos precisam de cuidado redobrado com o sol (Foto: Rafaela Martins/Agência RBS)

Cães e gatos de pelagem clara precisam de cuidado redobrado no sol (Foto: Rafaela Martins/Agência RBS)

 

O sol está cada dia mais forte e, por isso, é fundamental ter um cuidado extra com a pele. Nesta época, a maioria das pessoas faz questão de usar protetor solar para prevenir o envelhecimento precoce e, principalmente, o câncer. Mas é importante lembrar que os animais de estimação também merecem esse cuidado. O câncer é muito frequente em cães e gatos, e a prevenção é necessária para garantir saúde e vida longa aos bichinhos.
Assim como nos humanos de pele clara, geralmente, são os animais de pelagem branquinha os mais propícios a desenvolver câncer de pele. O sol é um dos principais vilões causadores dessa doença.
Os raios ultravioleta da radiação solar são altamente danosos ao DNA da camada mais superficial da pele de animais muito claros. O carcinoma espinocelular (CEC) é um câncer maligno, um dos mais frequentes nos gatos e o segundo mais comum nos cães, depois do mastocitoma (nódulo com aparência de caroço).

 

Gatinha apresenta lesões no canto dos olhos (Foto: Arquivo Pessoal)

Gatinha apresenta lesões no canto dos olhos (Foto: Arquivo Pessoal)


Confira as dicas da médica veterinária especialista em oncologia Alexandra Pinheiro Fantinatti.

Regiões afetadas
Gatos: orelhas, nariz e face
Cães: nariz e ventre

Raças vulneráveis
Gatos: os brancos ou de pele clara, independente da raça
Cães: american pitbull, dog argentino e dálmata

Sintomas da doença
As lesões iniciais, conhecidas como dermatite actínica, começam com uma vermelhidão na pele, seguida de descamação. A região fica mais sensível e exposta à ação contínua do sol. Com o tempo, evolui para lesões profundas, crostosas, ulceradas e sangrentas.

Prevenção
Não existe um método totalmente eficaz para prevenir o carcinoma espinocelular, mas evitar a exposição solar nas horas de maior incidência de radiação ultravioleta é essencial. Além disso, é importante usar o protetor solar animal, independente da raça ou da cor de pele do seu bichinho.

Tratamento
Atualmente, na medicina veterinária, existem várias modalidades terapêuticas para os animais que apresentam o carcinoma, entre elas, a cirurgia, a criocirurgia, a quimioterapia, a eletroquimioterapia e a radioterapia. O tratamento vai depender da gravidade da doença.

Cuidados
* Coloque roupinha no animal quando ele for exposto ao sol forte.
* Reforce o telhado da casinha ou do canil.
* Evite que o seu bichinho fique na janela o dia todo.
* Use protetor ou bloqueador solar (PFS 30 ou maior), principalmente, quando for passear com o animalzinho.

 

Gatinha também perdeu as duas orelhas em função do câncer (Foto: Arquivo Pessoal)

Gatinha também perdeu as duas orelhas em função do câncer (Foto: Arquivo Pessoal)

Bookmark and Share

Vídeo que mostra homem agredindo duas cachorras causa revolta nas redes sociais

09 de fevereiro de 2015 4
Foto: Reprodução/Facebook

Foto: Reprodução/Facebook


Assistam ao vídeo e me respondam: Quem é o irracional nessa história?

Um caso de agressão a duas cachorrinhas na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, provocou revolta nas redes sociais no final de semana. A cena de maus-tratos foi registrada por uma câmera escondida no apartamento da produtora Ninna Mandin, de 26 anos, e as imagens foram publicadas na página da jovem, no Facebook. Com quase 270 mil visualizações, o vídeo mostra duas fêmeas da raça buldogue francês apanhando e sendo arremessadas ao chão por Rafael Hermida Fonseca, de 34 anos, noivo da donas das cadelinhas chamadas Gucci e Victoria. Veja o vídeo:

Ninna descobriu o ataque no último dia 30 e, na manhã seguinte, registrou uma queixa na 16ª DP na Barra da Tijuca. Segundo a Polícia Civil, foi aberto um inquérito por conta dos maus-tratos. De acordo com a polícia, Rafael é esperado para prestar depoimento nesta terça-feira. Amigos dizem que ele desapareceu após os vídeos serem divulgados.

Ao Extra, a proprietária falou que vem passando por um momento muito difícil. Ela se casaria com o rapaz no dia 4 de junho deste ano.
– É um momento muito difícil. Minha confiança foi traída. Estou bem abalada. Estava com o casamento marcado para 4 de junho. É muito difícil para mim falar. Não sei o que esperar. Estou com medo. Estou tentando de tudo para proteger a mim, às minhas filhas (as duas cadelas) e à minha família. É um momento muito difícil – disse Ninna, por telefone.

A jovem contou que nunca havia desconfiado das atitudes de Rafael e que na frente dela ele tratava as duas cachorras superbem, mas percebia que elas tinham muito medo dele.
Esse pavor das cadelinhas e os machucados que elas começaram a apresentar acenderam uma luz de alerta na cabeça de Ninna. Segundo ela, o veterinário não conseguia descobrir a origem dos machucados e as lesões continuavam aparecendo. Gucci e Victoria chegaram a ficar internadas no final do ano. Foi neste momento que a proprietária decidiu instalar as câmeras que filmaram a agressão.
– Ver essas imagens passando toda hora… Mas não me arrependo. Vou até o fim para vê-lo punido pela Justiça – afirmou a produtora.

Com o fim do noivado e o afastamento de Rafael, as cachorras estão apresentando um comportamento mais tranquilo, garante Ninna:
– Elas estão dormindo bastante. Claro que não posso ter certeza, mas a impressão que tenho é que estão mais tranquilas.

Em nota, a Polícia Civil informou que “o caso foi registrado na 16ª DP (Barra da Tijuca) como crime de maus tratos. A dona dos animais foi ouvida na unidade policial. As imagens estão sendo analisadas pela polícia. O acusado da agressão foi intimado e seu depoimento está previsto para esta terça-feira, na delegacia. As investigações estão em andamento para apurar o fato.”

No domingo, Ninna postou um vídeo de agradecimento pelo apoio recebido após divulgar imagens da agressão.
– Só para mostrar que está tudo bem. Estamos bem. Muito obrigada mesmo por todo o carinho, todo o apoio, tudo. Vai dar tudo certo – diz.

Bookmark and Share

Você viu um destes animais por aí? Ajude a encontrá-los!

05 de fevereiro de 2015 1

O Bicharada tem recebido muitos e-mails com fotos de animais perdidos. Se você viu algum deles vagando pelas ruas, ou na casa de alguém, avise imediatamente os responsáveis. Vamos ajudar estes animaizinhos a voltarem para o seu lar! É um sofrimento para eles e para os donos, que estão preocupados e esperam ansiosos por notícias. Quem sabe a gente consegue muitos finais felizes, não?

Susi desapareceu de casa, dia 15 de novembro, da Rua Maria Luiza Fettermann, no Bairro Imperatriz, em Porto Alegre. É uma cachorrinha da raça yorkshire, castrada e tem aproximadamente sete anos. Tem alguma informação sobre o paradeiro da Susi? Entre em contato pelos telefones 9987-6936 ou 9824-5182.

Fotos Arquivo Pessoal

Fotos Arquivo Pessoal

Essa cadelinha sumiu de casa na noite de Ano-Novo, da Rua Landell de Moura, Bairro Tristeza, na Zona Sul de Porto Alegre. Atende pelo nome de Chica, tem aproximadamente sete anos e uma cicatriz no pescoço. A dona olhou as imagens da câmera que fica em frente à casa e a cachorrinha aparece correndo em direção ao Bairro Cavalhada. Tem notícias da Chica? Entre em contato pelo telefone 8225-6847.

Chica_perdida

Mel está desaparecida desde o dia 14 de janeiro. Foi vista, pela última vez, nos arredores da Avenida Ubatuba de Farias (Centro-Barra), em Tramandaí. É uma cadelinha da raça pinscher, muito dócil e tem seis anos. Viu a Mel? Entre em contato pelos telefones 3684-5848 ou 8131-7998.

Mel_perdida

Amarelinho está sumido desde o dia 10 de outubro, da Avenida Bastian, próximo ao shopping Praia de Belas, no Bairro Menino Deus, em Porto Alegre. É um gatinho castrado e tem aproximadamente quatro anos. Se tiver alguma informação sobre ele entre em contato pelo telefone 9980-8488.

Amarelinho_gato

Essa cadelinha está perdida desde o dia 8 de janeiro, da Avenida Caldas Júnior, no Bairro Zona Nova, em Tramandaí. Atende pelo nome de Brida, é castrada, tem 14 anos e porte médio. Sua pelagem é marrom claro e o rostinho mais branco, como na foto. Por ser uma cachorra idosa, já não enxerga nem escuta direito. Há informações de que ela poderia estar com alguém no Parque dos Presidentes, antigo Agual. Viu a Brida? Entre em contato pelos telefones 9141-3765 ou 9719-7272.

Brida_Tramandaí

Bookmark and Share

Pingo tem porte pequeno e aguarda adoção na Zona Sul de Porto Alegre

03 de fevereiro de 2015 0
Fotos: Arquivo Pessoal

Fotos: Arquivo Pessoal

 

Esse cãozinho lindo é o Pingo. Tem porte pequeno e aproximadamente um ano de idade. É um peludinho muito brincalhão, adora crianças e se dá super bem com outros animais. Só lhe falta um lar amoroso para viver feliz. O pequeno está na Restinga, Zona Sul de Porto Alegre.

Pode adotar adotar esse fofinho?

Entre em contato com Angélica pelo telefone (51) 9571-6527.

 

pingo 3

pingo 2

Bookmark and Share

Perdida em Capão da Canoa

20 de janeiro de 2015 1

Foto de página inteira

Nina foi perdida ontem em Capão Novo, perto do posto 6, no final da tarde, próxima à beira do mar.

Ela fugiu de casa para ir atrás da mãe de sua dona,  que estava na praia, e não voltou para casa. Estava sem coleira. É pequena, um pouco maior que um pincher, é vira-lata. Tem 11 anos. os donos estão desesperados atrás dela, e oferecem recompensa.

O contato é com Caroline pelo telefone (51) 8524-8946.

Bookmark and Share

Ajude a Lua a voltar pra casa

15 de janeiro de 2015 0

spitz2

Lua sumiu no dia 12 de janeiro, no Bairro Tristeza em Porto Alegre.
Ela é toda preta com bigode branco e pesa 2 kg. É uma spitz alemã anã que precisa de medicação diária.
Os donos oferecem recompensa para quem encontrar.
Viu essa lindinha por aí? Avisa a  Renata nos telefones  (51)32688643 e (51)97010432

spiytz

Bookmark and Share

Você conhece esse cãozinho?

15 de janeiro de 2015 1
arquivo pessoal

Arquivo pessoal

 

O cão da foto foi  encontrado no dia 09 de janeiro, ele estava muito assustado, andando na rua,  no meio do temporal. É um cachorro cego,  adulto , cor caramelo, porte médio e estava usando uma coleira.

Ele está muito bem cuidado, sem pulgas, anda em guia e conhece várias situações de quem ja teve casa, só come ração.

Foi encontrado no Bairro Santo Antônio, em Porto Alegre, na Rua Caldre Fião, esquina com Delfino Riet

Sabe de quem é esse fofo? Fale com a Grace  no 32113667 ou 91531768

Arquivo pessoal

Arquivo pessoal

Bookmark and Share

Gabi foi roubada em Cachoeirinha

12 de janeiro de 2015 1

image1

A cachorrinha da foto foi roubada no início de janeiro, em Cachoerinha, no Bairro Parque da Matriz.

Os donos estão desesperados a procura dela. Você viu essa fofa?

Fale com o Edson: 51 85144662

 

Bookmark and Share

Gigi aguarda um lar. Adote!

01 de janeiro de 2015 0

10249709_404590906359394_6005117403684875710_n (520x418)

Gigi é uma cadelinha meiga, delicada e muito carinhosa. Ela tem aproximadamente três meses, está vermifugada e tem castração garantida aos seis meses. Será de porte médio e convive bem com outros animais. Ela é comportada e tímida, se adapta bem em qualquer ambiente. A peludinha está em Novo Hamburgo/RS e será entregue na casa do adotante.

 

Quer dar um lar para Gigi? Entre em contato pelo e-mail adoteumcaoderua@gmail.com

10849884_404591083026043_642999627892049672_n (520x396)

1453258_404590763026075_1156889059539959183_n (306x520)

 

 

Bookmark and Share

Cadu aguarda uma família amorosa. Adote!

31 de dezembro de 2014 1
Fotos arquivo pessoal

Fotos arquivo pessoal

Cadu é um filhote comportado que aguarda um lar para crescer feliz. O peludinho tem aproximadamente três meses, está desverminado e tem castração garantida na época certa. Será de porte médio. O cãozinho é carinhoso, brincalhão e um pouco tímido. Está em Novo Hamburgo/RS e será entregue na casa do adotante.

 

Quer adotá-lo? Entre em contato pelo e-mail adoteumcaoderua@gmail.com

10701970_404570426361442_6269361092306151918_n (1) (477x520)
 

Bookmark and Share

Cadelinha está desaparecida em Porto Alegre

30 de dezembro de 2014 3

CAM00015 (640x482) (640x482)

 

Essa cadelinha está desaparecida de casa, desde o dia 23 de dezembro, na Rua Dr. Antônio Mazzaferro Neto, no Bairro Moradas da Hípica, em Porto Alegre. A peludinha atende pelo nome de Clara, tem três anos e não é castrada. Ela é bem agitada e, quando se assusta faz xixi e se esconde. Ela tem como característica principal, o rabo comprido, peludo e curvado para cima. Sua família está desesperada por notícias sobre o paradeiro da cachorrinha.

 

Sabe onde está a Clara? Entre em contato com a Jéssica pelos telefones (51) 8442-8849 ou 9228-8858

 

IMG_1739573848414 (2)

 

 

 

 

Bookmark and Share

Luna é muito fofa e merece uma família para ser feliz. Adote!

27 de dezembro de 2014 0
Fotos: Arquivo Pessoal

Fotos: Arquivo Pessoal

 

Luna tem aproximadamente três meses, já foi vermifugada e tem castração gratuita garantida quando completar cinco meses. Será de porte médio, adora uma folia e convive muito bem com outros cães e gatos. A pequena lindinha vive num lar provisório em Novo Hamburgo, mas pode ser entregue na casa do adotante, até mesmo em outras cidades da região.

Quer levar essa amada para casa?

Entre em contato com a Andreia pelo e-mail: adoteumcaoderua@gmail.com

 

Luna adoção 2

Bookmark and Share

Cachorrinha yorkshire sumiu de casa em Alvorada - ENCONTRADA!

24 de dezembro de 2014 4
Fotos Arquivo Pessoal

Fotos Arquivo Pessoal

 

Essa cachorrinha sumiu de casa, dia 20 de dezembro, da Rua Vitória do Povo, no Bairro Salomé, Parada 58, em Alvorada. É uma peludinha da raça yorkshire, tem um ano e atende pelo nome de Bela. A cadelinha se assustou com o temporal do último sábado e acabou fugindo. Vizinhos viram ela na rua, mas ninguém a pegou. A dona está desesperada sem notícias da pequena. Oferecem recompensa para quem a encontrá-la.

Tem alguma informação sobre o paradeiro da Bela?

Entre em contato com a Deise pelos telefones (51) 9267-5976, 8492-8050 ou 9563-4317

 

cachorrinha perdida 2

Bookmark and Share

Campanha Especial de Natal

24 de dezembro de 2014 0
Divulgação

Divulgação

 

A Campanha da Ração é uma ação especial do Bicharia para ajudar entidades e protetores a arrecadar o máximo de dinheiro para a compra de ração e medicamentos.
O projeto tem valor simbólico de R$ 1.000,00, e precisa arrecadar pelo menos R$ 500,00 até o final da campanha para receber o dinheiro. Não deixe de colaborar! As 12 campanhas estarão no ar até o dia 30 de dezembro.
O site é a primeira plataforma brasileira de financiamento coletivo g focada em auxiliar no financiamento de projetos que envolvam animais carentes.

divulgação

Divulgação

Bookmark and Share

Gatinha sumiu de casa no Bairro Nossa Senhora das Graças - ENCONTRADA!

17 de dezembro de 2014 0
Fotos Arquivo Pessoal

Fotos Arquivo Pessoal

 

Essa gatinha sumiu de casa, dia 4 de dezembro, da Rua São Francisco, no Bairro Nossa Senhora das Graças, em Canoas.
É castrada, atende pelo nome de Nogin e tem dez anos. A gatinha era acostumada a ficar no pátio de vez em quando, mas nunca saiu para a rua. O dono está muito triste com seu desaparecimento, distribuiu várias cartazes pelo bairro, mas não teve notícias da amiga felina.

Tem alguma informação sobre o paradeiro dessa gata?

Entre em contato pelos telefones (51) 9995-5254 ou 8422-3899

Gatinha perdida 3

Bookmark and Share

10 motivos para adotar um animalzinho de rua

11 de dezembro de 2014 2
Nina é muito carinhosa, tem dois anos, e aguarda adoção há um ano. Está castrada e vacinada. Contato pelo e-mail: adoteumcaoderua@gmail.com

Nina é uma das muitas cachorrinhas que aguardam adoção

O final do ano está chegando, e as lojas estão lotadas de pessoas em busca de presentes para amigos e familiares. No Natal, muitos pais pensam em presentear os filhos, principalmente as crianças, com cães ou gatos. Não existe nada melhor do que ter um animalzinho como companheiro, porém, é importante lembrar que os bichos não são brinquedos e só devem ser recebidos em casa se houver “guarda responsável“. Antes de tomar uma decisão, leve em conta se todos na casa estão prontos para receber um bichinho. Se optaram por aumentar a família e a dúvida é compra ou adoção, veja 10 razões para você adotar um amigo de quatro patas.

1. Você não tem custo
Se o seu sonho é ter um lulu da pomerânia ou um buldogue francês, prepare-se para colocar a mão no bolso. Muitas raças como essas custam mais de R$ 2 mil. No caso do vira-lata, você não vai precisar abrir a carteira ou pagará apenas as taxas básicas das ongs que, na verdade, são para custear procedimentos realizados no próprio cãozinho, como castração e vacinas.

2. Não incentiva o comércio de animais
Além de já existirem muitos cachorros sofrendo nas ruas, há relatos de criadores cujos ambientes ficam em péssimas condições. Também é comum, por exemplo, comprar o animalzinho em uma pet shop e, por algum problema, devolvê-lo ou trocá-lo como se fosse uma roupa em uma loja.

3. Você abre uma vaga para outro cão precisando de ajuda
As ONGs costumam estar lotadas, transbordando de cães e gatos. Quando você adota um animalzinho em alguma dessas instituições, está abrindo uma vaga para outro bichinho que precisa de resgate.

4. Você promove uma mudança na vida do animal
Uma nova família, cheia de amor para dar, tem o poder de transformar um cão agressivo, que vivia nas ruas, em um animal muito dócil. Com amor, a vida do cusquinho será transformada para melhor. Sem contar a sensação de ajudar um ser indefeso. Não tem preço.

5. É possível adotar um cão adulto
Filhotes costumam dar muito trabalho e demandar mais atenção. Se você preferir ter em casa, desde o início, um bichinho mais estável, opte por um adulto. Os abrigos estão cheios de cães mais velhos, algo difícil de acontecer nos locais que criam.

6. Bichos de rua são mais resistentes
Diferentemente do que muitas pessoas pensam, a resistência do animal não acontece por causa de genética. Veterinários confirmam que os vira-latas de rua já passaram por uma seleção natural. Só os mais fortes tendem a sobreviver nessas condições. São esses animais que acabam chegando a nossos lares.

7. São mais flexíveis
O vira-lata costuma ser mais flexível do que um cão de raça pura. Ele normalmente se adapta mais facilmente a uma nova casa ou situação.

8. Geralmente são adestrados
Um vira-lata viveu na rua, mas não necessariamente nasceu lá. Na maioria das vezes, foi abandonado por um outro dono que, em muitos casos, o educou ou acostumou de alguma maneira. A chance de ele fazer xixi no lugar certo, de não roer os móveis e latir pouco é bem maior.

9. Eles são várias raças em um só
Para que escolher uma só raça quando você pode ter uma mistura de pedigrees? Dificilmente, você achará um totó igual ao seu. Os vira-latas são únicos!

10. Amor e gratidão
Por ter vivido o duro dia a dia das ruas, o animal resgatado vai mostrar a todo momento a sua gratidão. Normalmente, existe um vínculo especial muito grande que se desenvolve entre um cão resgatado e seus donos.

Dicas:
* Na hora de adotar ou comprar, deve haver uma sintonia entre o dono e seu animal de estimação. Temperamentos parecidos permitem que a relação seja duradoura.
* Animais grandes precisam de mais espaço para que possam se desenvolver completamente e gastar energia.
* Antes de presentear alguém, converse com essa pessoa e veja se ela tem tempo para passear, brincar e dar carinho.
* Leve o cão ou gato ao veterinário e certifique-se que ele foi vacinado e vermifugado. É uma questão de saúde para o animal e também para o dono.
* Lembre-se: abandono de animais é crime! Então, pense bem antes de tomar uma decisão errada e prejudicar a vida de um ser indefeso.

Confira a lista com algumas protetoras e ONGs que abrigam vários animais para adoção:

ONGs:

Duas Mãos Quatro Patas
www.duasmaosquatropatas.com.br

Adote um Cão de Rua
www.facebook.com/adoteumcaoderua

Projeto Anjos de Patas
www.facebook.com/proj.anjosdepatas

Associação 101 Viralatas
www.101viralatas.com.br
www.facebook.com/ONG101viralatas

Ong Vila dos Peludos
E-mail: viladospeludos@yahoo.com.br
Site: www.viladospeludos.blogspot.com

Ong dos Peludos, de Farroupilha
www.facebook.com/ONGdospeludos

Viralate
www.facebook.com/associacaoviralate

Associação Amigos dos Animais de Dois Irmãos
www.facebook.com/animais.irmaos

Vira Lata do Caí
www.facebook.com/viralata.nanet

Protetores de Santa Cruz do Sul
www.facebook.com/ProtetoresDeSantaCruzDoSul

Adoção Animal RS
www.facebook.com/AdocaoAnimalRS

Canil Municipal de Gravataí
www.facebook.com/canil.municipal.9

Bem Estar Animal de Canoas
www.bemestaranimal-canoas.blogspot.com.br

Protetoras:

Cintia Rockenbach, de Porto Alegre
Telefone: (51) 9166-5275
E-mail: cintia.rockenbach@uol.com.br

Viviane Silva, de Porto Alegre
www.facebook.com/vivi.silva.3344913

Nosso Amigo Bixo, de Porto Alegre
E-mail: nossoamigobixo@gmail.com

Anjinhos da Rua, de Porto Alegre
E-mail: anjinhosdarua@gmail.com

Dani Wicca, de Porto Alegre
Telefone: (51) 8508-3159 ou 9212-0756
E-mail: aziza.witch@hotmail.com

Luciane Lopes, de Canoas
www.facebook.com/luciane.lopesstein

Luciene, de Canoas
Telefone: (51) 8444-1565
E-mail: lucienea@ulbra.br

Andreia, de Novo Hamburgo
www.facebook.com/profile.php?id=100004254641347
E-mail: adoteumcaoderua@gmail.com

Elaine, de São Leopoldo
Telefone: (51) 9171-1475

Dalen Oliveira, de Esteio
Telefone: (51) 9256-9236

Vanir Fraga da Silveira, Litoral do RS
Telefones: (51) 9975-1477,  9244-4100 ou  8208-2780
E-mail: vickysilveira@ibest.com.br

Fotógrafo protetor
www.facebook.com/FotografoProtetorOficial

Bookmark and Share

Meg quer um lar para ser feliz. Adote!

04 de dezembro de 2014 2
Fotos arquivo pessoal

Fotos arquivo pessoal

Essa linda cadelinha quer um lar especial. Ela foi abandonada por um homem, no campus universitário da Ulbra. Alunos contam que antes de abandonar, o homem ainda bateu na pobrezinha. Ela foi resgatada e agora já tratada, espera um dono que lhe dê muito carinho. Atende pelo nome de Meg, tem seis meses, está castrada e já tomou a primeira dose da vacina. A peludinha tem porte médio e se dá bem com outros animais. Por ter sofrido maus-tratos, ela é um pouco assustada com humanos. Mas se conquistada, ela é muito carinhosa e adora ganhar colo. Meg está em Porto Alegre e será entregue na casa do adotante.

Quer adotar a Meg? Entre em contato com a Luciane pelo telefone (51) 8444-1565

meg adoçao 2

Bookmark and Share

Gatinha cinza está desaparecida de casa em Porto Alegre

02 de dezembro de 2014 0

penny sumiu 2

A gatinha Penny está desaparecida de casa desde o dia 23 de Outubro, na Rua Engenheiro Jorge Porto, no Bairro Ipanema, em Porto Alegre. A peludinha tem aproximadamente cinco anos, e raramente saia para rua. Ela tem a pelagem bem cinza e uma tatuagem com seu nome na orelha esquerda. Sua família está muito preocupada, pois ela não sobreviverá nas ruas. Ajude-os a encontrá-la.

 

Tem notícias sobre o paradeiro de Penny? Entre em contato pelos telefones (51) 996-6927 (c/ Anderson) ou 9262-2112 (c/ Giordana)
penny sumiu
penny sumiu3

Bookmark and Share

Bia quer um lar especial – ADOTADA!

29 de novembro de 2014 0
Fotos Arquivo Pessoal

Fotos Arquivo Pessoal

Bia é uma linda cadelinha de dois anos, que aguarda um lar amoroso. Ela vive desde filhote em uma casa de passagem, mas ainda aguarda por um adotante amoroso. A peludinha é muito carinhosa, dócil e brincalhona. Se dá bem com outros cães e está castrada, vacinada e vermifugada. Ela está em Novo Hamburgo, mas será entregue na casa do adotante.

 

Quer adotá-la? Entre em contato com a Andreia pelo e-mail adoteumcaoderua@gmail.com

 

bia
bia adoção3

 

 

 

 

Bookmark and Share