Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts com a tag "ajuda"

Após encontrar 40 cachorros abandonados, Viamão procura novos donos para os pets

30 de janeiro de 2015 2
Foto: Divulgação/Prefeitura de Viamão

Foto: Divulgação/Prefeitura de Viamão

Por Mateus Ferraz

Os cerca de 40 cachorros que foram abandonados no último final de semana no Bairro Valença, em Viamão, terminaram de ser recolhidos nesta sexta-feira (30/1). Eles foram encaminhados para ONGs de proteção dos animais, onde estão disponíveis para adoção. Há cães de todos os tamanhos. Eles estão saudáveis, sem pulgas ou outros parasitas e serão castrados.

“Registramos um boletim de ocorrência na Delegacia. Queremos apurar quem fez isso”, relata a diretora geral da Secretaria Municipal da Saúde, Lisiane Fagundes.

Abandono

Os cães foram abandonados junto a uma fábrica da região. Após ser acionado, o Centro de Controle de Zoonoses foi até o local para examinar os animais. Chamou a atenção da equipe o estado dos cachorros, todos em ótimas condições de saúde. Três cadelas que estão prenhas ficarão no órgão até que os filhotes nasçam.

* Quem quiser adotar um dos cachorros, pode ligar para a prefeitura de Viamão, no fone 3492-7600 ou então acessar a página do Município no Facebook.

Bookmark and Share

Égua prenha precisa de ajuda urgente em Gravataí

09 de outubro de 2014 5
Foto Arquivo Pessoal

Fotos Arquivo Pessoal

 

Essa égua precisa de ajuda! Ela caiu ontem, na parte da tarde, em um valão, no Bairro Rincão da Madalena, em Gravataí. Os vizinhos conseguiram retirar o animal do buraco, mas a pobrezinha está deitada no local, desde ontem, e não levanta.

A égua não consegue se alimentar, está fraca e debilitada. Para piorar a situação, ela está prenha, e todos temem pelo filhotinho. O problema é que a dona não tem condições financeiras de ajudar e pede socorro.

Pode  ajudá-la?

Entre em contato com a Silvana pelo telefone (51) 8443-5835

 

égua 2

 

 

 

Bookmark and Share

Cães resgatados da rua precisam de ajuda em Porto Alegre

26 de setembro de 2014 0
Foto Arquivo Pessoal

Fotos Arquivo Pessoal

 

A Francielle entrou em contato com o Bicharada pedindo ajuda. Ela tem um pátio espaçoso e quando vê um bichinho sofrendo na rua, acolhe. Mas não está conseguindo manter todos os animais e pede ajuda.

Sua casa serve de abrigo para aproximadamente 22 cães e 14 gatos. Eles precisam de casinhas, remédios e ração. Esses peludinhos merecem ser felizes, não precisam de muito, ter um lugarzinho para dormir e alimento já os satisfaz. Qualquer doação é bem-vinda. Eles estão no Bairro Jardim São Pedro, em Porto Alegre.

Pode ajudar?
Entre em contato com a Francielle pelos telefones (51) 3361-3624 ou 9378-4619

 

animais 2

 

 

Bookmark and Share

Cachorrinha precisa de ajuda para continuar tratamento veterinário

18 de junho de 2014 0
Fotos Arquivo Pessoal

Fotos Arquivo Pessoal

 

Pessoal, a Dani Wicca resgatou mais um anjinho peludo que precisa de muita ajuda. O cachorrinho está com cinomose e muito fraquinho, mas ainda luta para sobreviver. Está internado numa clínica e a diária de isolamento custa o dobro da normal. O pequeno também está fazendo soroterapia e sendo medicado com um montão de antibióticos.

Precisamos madrinhas e padrinhos que ajudem nos custos do tratamento. É mais uma vida que precisa ser salva.
O peludinho está na clínica Zoomed (Avenida Benno Mentz, 1368, Vila Ipiranga, em Porto Alegre).

Pode ajudar?

Entre em contato com a Dani pelos telefones (51) 8508-3159 e 9212-0756 ou pelo e-mail aziza.witch@hotmail.com

Para depositar:
Banrisul /  Agência: 0060  /  Conta: 39.031705.0-6
Hilga da Rosa Dias (mãe da Dani)  /  CPF: 616701970-34

 

Cachorrinha ajuda 2

Bookmark and Share

Cães ajudam no desenvolvimento de crianças com deficiência em escola de Porto Alegre

17 de junho de 2014 3
Fotos Mateus Bruxel

Projeto Biblio Pet Terapia tem a participação de cães adestrados  (Fotos Mateus Bruxel)


ROBERTA SCHULER

roberta.schuler@diariogaucho.com.br

Escola da rede municipal de Porto Alegre que atende autistas e alunos com outras deficiências desenvolve projeto pioneiro, que envolve a contação de histórias com a participação de três cães.

Samantha Elisa tem três anos e é muito dócil e carinhosa. Já Nith tem dois anos e meio e é independente e tão afetuosa quanto a companheira. Bob Borges é mais velho e o mais antigo no pedaço, mas também faz muito sucesso por onde passa. Juntos, os três cuscos estão contribuindo para mudanças importantes no comportamento e na qualidade de vida dos cem alunos da Escola Municipal de Ensino Especial Professor Luiz Francisco Lucena Borges, no Jardim Sabará, na Capital.

O projeto Biblio Pet Terapia é uma iniciativa pioneira entre as escolas especiais do município, idealizada pela professora Maria Beatriz Santos Guterres. Há seis meses, oferece aos alunos com idades entre seis e 21 anos, autistas e com outras deficiências, a combinação da literatura, por meio da contação de histórias, com a participação dos cães adestrados. A interação dos pets com alunos que têm dificuldades motoras, afetivas, de aprendizagem e de socialização tem o objetivo de melhorar a qualidade de vida de cada um.

“Os cachorros fazem parte da vida da nossa escola. Estão aqui para auxiliar, acompanhar e fazer com que os alunos consigam se expressar de diferentes formas”, comenta Maria Beatriz.

Carinho é exercício

Na turma do segundo ciclo, a chegada de Nith e Samantha Elisa fez Sharise Almaleh, 17 anos, aplaudir, enquanto Juliana Pereira Braun, 14 anos, acolheu Nith em seus braços. Chandler dos Santos Loba, 15 anos, fez um carinho na barriga da cachorrinha de coleira laranja, que recebeu um petisco. Já Victor Hugo Sasset Luchese, 16 anos, que no início do projeto ficava nervoso na presença dos cães, deu um abraço em Samantha. Fazer um carinho, por exemplo, trabalha a afetividade, mas também é um exercício de motricidade. E outros desafios vão surgindo com a convivência. Outras turmas participaram de atividades com Nith e Samantha no pátio e na horta.

“Eles estão aprendendo a respeitar todas as formas de vida”, observa a vice-diretora Katiuscha Genro Bins.
Alternadamente, os cães são levados à escola três vezes por semana.

Biblio pet 1

Mães comemoram benefícios
Mãe de Chandler, a dona de casa Inajara Machado dos Santos, 40 anos, comemora os avanços do filho, que tem transtorno mental. A insistência de Nith em manter o contato com o aluno trouxe benefícios.
“Ele falava na Nith e eu pensava que era uma colega. Depois que fui saber que era uma cachorrinha. Em contato com ela, passou a ter mais carinho com a gente. Hoje ele é outra pessoa” conta Inajara, que participa de oficina estendida aos pais.

Quem são os pets
Maria Beatriz conta que Samantha Elisa foi a única sobrevivente de uma ninhada vítima de maus-tratos. Já Nith foi abandonada na Restinga aos quatro meses. Resgatadas pela professora, que é a tutora delas e de Bob Borges, eles demonstraram características fundamentais para o trabalho com crianças e adolescentes especiais. Passaram por adestramento durante seis meses e mantêm contato permanente com o adestrador. Eles são vacinados e se alimentam de ração.

Bob Borges no DG
Em janeiro de 2010, Bob Borges (o sobrenome é em homenagem ao nome da escola), um border collie misturado com vira-latas, foi citado numa reportagem do Diário Gaúcho. A comunidade da Escola Professor Luiz Francisco Lucena Borges estava desolada porque o mascote acolhido pela escola havia sumido e decidiu iniciar uma campanha para encontrá-lo. Um ano e meio depois, ele foi recuperado a participa do Biblio Pet Terapia.

PARA AJUDAR
* A escola aceita doações de ração para os cães, auxílios para vacinação e transporte dos animais.
* Mais informações: 3338-3350.

 

Confira a galeria de fotos:

Bookmark and Share

Instituto Sierra é exemplo de amor aos animais em Gramado

04 de junho de 2014 7
Fotos Divulgação

Instituto tem estrutura para cuidar de até 500 animais (Fotos Divulgação)

 

Gramado tem um dos maiores e mais completos centros do Rio Grande do Sul para abrigo de animais carentes. O Instituto Sierra é um espaço mantido por uma empresa da região, que cuida de gatos e cachorros abandonados e os encaminha para adoção. O local possui canil, gatil, salas de consulta, exames e cirurgia.

É uma grande estrutura montada com muito amor e carinho para que os bichinhos abandonados e maltratados possam se recuperar física e psicologicamente de traumas que viveram na rua. O instituto oferece a esses animais uma nova chance na vida e a oportunidade de conseguir um bom lar para serem felizes.

Instituição não recebe doação de terceiros

A empresária Marisa Tissot, fundadora do local, faz questão de acompanhar todo o processo de perto, para que os animais tenham sempre um tratamento adequado e qualidade de vida.
Marisa não aceita doações de dinheiro ou de alimentos, nem resgata qualquer bichinho na rua. Mesmo tendo uma grande área – comporta cerca de 500 animais – , ela nunca lotou o local. Ela salienta:

“Tenho um limite e não sou depósito de animais. Não aceito ração nem dinheiro. Amo os bichos e faço tudo nas minhas condições. Não quero nem tenho a obrigação de fazer o trabalho que deveria ser realizado pela prefeitura.”

O instituto já ajudou 1,2 mil animais desde a sua inauguração, há quatro anos. Os resgatados passam por uma averiguação veterinária, fazem o tratamento necessário e, somente depois de serem castrados, vacinados e chipados, estão prontos para a adoção.

“Também ajudamos os bichinhos de pessoas com extrema necessidade. O instituto dá vacinas, castração e auxílio veterinário gratuito para alguns animais domésticos, quando se confirma que o dono não tem condições de pagar os cuidados com seu animalzinho.” acrescenta Marisa.

Cães têm um grande espaço para brincar e gastar energia

Cães têm um grande espaço para brincar e gastar energia

Uma verdadeira mãe

Fundadora e mantenedora do Instituto Sierra, a empresária Marisa Tissot também administra as lojas e a fábrica Sierra Móveis, na Serra. Casada com o também empresário Luiz André Tissot, é mãe de dois filhos, Gustavo, 17 anos, e Arthur, 11 anos, e divide com a família a paixão pelos animais.

“Meu marido é o maior apoiador. Nem poderia ser diferente. Eu não me apaixonaria por alguém que não gostasse de bichos. É pré-requisito (risos)! Todos são cachorreiros lá em casa, diz a empresária.”
Paixão esta que Marisa, garante, cultiva desde a infância.
“Costumo dizer que o meu destino e os dos animais foram traçados na maternidade. Quando eu nasci, cheguei em casa e já tinha um cachorro me esperando, revela.”

Chicão (D) foi o primeiro resgatado pela Marisa

Chicão (D) foi o primeiro resgatado pela Marisa

 

Natural de Blumenau, em Santa Catarina, hoje ela mora em Gramado, onde tem 15 animais, entre gatos e cachorros, fora o que ela chama de ‘agregados que aparecem eventualmente’. Mas destaca que amor aos animais também é desapego, por isso, resiste ao desejo e ao impulso de levar para casa os bichinhos que chegam ao instituto, por mais fofinhos e carentes que sejam.

“Tem que ter a consciência do desapego, de saber que o animal quer uma família, quer amor, quer cuidado. E eles não são meus, eu sou apenas uma casa de passagem. Quem vai fazer esse papel é a família para quem eu vou entregá-los, completa.”

Bichinhos têm área de lazer, canil seguro e confortável, cirurgias, exames e tratamento especial

Bichinhos têm área de lazer, canil seguro e confortável, cirurgias, exames e tratamento especial

 

Bookmark and Share

Cão resgatado da rua precisa de ajuda para fazer tratamento

23 de maio de 2014 1
Fotos Arquivo Pessoal

Fotos Arquivo Pessoal

 

Esse cachorro precisa de ajuda urgente. O pobrezinho foi resgatado das ruas muito magro, debilitado e morrendo de fome. Além do sofrimento do abandono, o cão estava com um foco de bicheira avançado no pescoço. Ele teve que ser internado às pressas, pois morreria se passasse mais um dia na rua. Para se recuperar, o cachorrinho precisa passar por diversos procedimentos clínicos e necessita de ajuda para mantê-los. O peludinho, apelidado de Leôncio, vai precisar de limpeza diária, curativos, alimentação reforçada e internação, por conta do gravidade do ferimento causado pela bicheira. Qualquer doação em dinheiro será bem-vinda, pois Leôncio depende desse tratamento para sobreviver.

 

ajuda leoncio 2

 

Pode ajudar no seu tratamento?
Entre em contato com a Sara pelo telefone (51) 9542-1851 ou pelo e-mail sara@projetoanjosdepatas.com.br

Dados Bancários:
- Banco do Brasil
Agência: 5653-7  /  Conta: 6.307-X  / Associação Social de Proteção aos Animais Anjos de Patas (CNPJ: 11.240.184/0001-83)

- Caixa Econômica Federal
Agência: 0959  /  Conta: 00064616-0  /  Operação: 013  /  Sara Beatris de Moraes Vieira (CPF: 904.195.290.04)

- Banrisul
Agência: 0982  /  Conta: 350633990-8
Sara Beatris de Moraes Vieira (CPF: 904.195.290-04)

*Avisar por telefone mediante depósito, para melhor controle da protetora.

 

ajuda leoncio 1

Bookmark and Share

Brechó para ajudar os gatos do colégio Julinho é neste sábado!

22 de maio de 2014 1

Gatos do Julinho 2
Amigos, vai acontecer um brechó super especial para ajudar os gatos do Julinho. O evento será neste sábado, no Colégio Júlio de Castilhos, em Porto Alegre. A intenção é conseguir dinheiro para custear castração, medicamentos e alimentação desses gatinhos que ficam no local. Também é possível fazer doação de roupas, sapatos, livros, cd’s, dvd’s, brinquedos, bolsas, bijuterias, louças, entre outras coisas, para que sejam vendidos no evento.

Participe deste ação e ajude os bichinhos necessitados!! :)

CONFIRA:
O que? Brechó Gatos do Julinho
Quando? Sábado, dia 24 de maio
Onde? Colégio Júlio de Castilhos (Avenida João Pessoa, 1784, Bairro Santana, em Porto Alegre)
Horário? Das 9h às 12h

Bookmark and Share

Cadelinha idosa precisa de ajuda para fazer cirurgia

15 de maio de 2014 0
Fotos Arquivo Pessoal

Fotos Arquivo Pessoal

 

Essa cachorrinha idosa precisa de ajuda para fazer uma cirurgia. Ela atende pelo nome de Alma, tem aproximadamente 15 anos e não tem uma das patinhas. Por muito tempo, viveu sem comida, no meio da sujeira e sem amparo. Foi recolhida, mas precisa fazer tratamento, cirurgia e vários procedimentos clínicos.

A cadelinha tem problemas sérios na gengiva e nos dentes, o que causa muita dor na pobrezinha. Seus dentes criam grandes placas e muito tártaro, causando infecção. É necessário extrair seus dentes, que estão com a raiz exposta e cheios de fissuras, e drenar a sua gengiva para retirar toda a inflamação. Como é uma cadelinha idosa, precisa fazer alguns exames, antes do procedimento, para verificar a sua saúde. Também precisará tomar medicamentos para controlar a inflamação na boca.

Essa senhorinha precisa muito de ajuda para realizar a cirurgia, pois ela mal consegue comer, e está sofrendo demais. A protetora Katya pede doações em dinheiro para custear o tratamento. A cirurgia está marcada para o dia 23 de maio, e qualquer valor será bem-vindo.

Pode ajudar?

Entre em contato com a Katya pelo telefone (51) 9985-3753 ou pelo e-mail kleitzke@uol.com.br

*Dados bancários
Caixa Econômica Federal
Agência: 449
Conta: 862-8 / Operação 003
CGC: 93094571/0001-13
Better Serviços Financeiros e Arrecadação Ltda.
(Empresa do marido da Katya)

*Quem depositar deverá informar a protetora, para que ela mantenha um controle dos depósitos.

 

Alma_ajuda 2

 

Alma_ajuda 3

Bookmark and Share

Cachorrinho shih tzu precisa de ajuda urgente para sobreviver

10 de maio de 2014 2
Fotos Arquivo Pessoal

Fotos Arquivo Pessoal

 

Esse peludinho da raça shih tzu é mais uma vítima do abandono e do descaso com os animais. Foi resgatado das ruas em uma situação muito crítica. Estava sujo, desidratado e com focos de bicheira em estágio avançado. O cão está internado e precisa seguir seu tratamento. Foi diagnosticado com anemia profunda e não consegue se alimentar sozinho. A bicheira tomou conta do seu olho direito, que já nem abre mais.

Diante dessa situação desesperadora, a protetora Dani nos procurou. Ela precisa custear os procedimentos de limpeza, soroterapia e outros cuidados necessários para o bichinho sobreviver. Comida pastosa, doações em dinheiro. Qualquer ajuda será bem-vinda! Ele está internado na clínica Zoomed (Avenida Benno Mentz, 1368, Vila Ipiranga, em Porto Alegre).

Pode ajudar no tratamento?

Entre em contato com a Dani pelos telefones (51) 8508-3159 e 9212-0756 ou pelo e-mail aziza.witch@hotmail.com

Para depositar:
Banrisul /  Agência: 0060  /  Conta: 39.031705.0-6
Hilga da Rosa Dias (Mãe da Dani)  /  CPF: 616701970-34

 

cachorrinho_bicheira 2

 

cachorrinho_bicheira 3

 

Bookmark and Share

Cachorrinho atropelado precisa de ajuda em Alvorada

02 de maio de 2014 2
Fotos Arquivo Pessoal

Fotos Arquivo Pessoal

 

Esse cãozinho foi encontrado atropelado na rua, totalmente desamparado e com a coluna fraturada. Ele perdeu o movimento de suas patinhas e, no momento, está internado. Foi apelidado de Timão, tem aproximadamente dois anos e está vacinado. O peludinho é muito carinhoso, calmo e dócil. Adora crianças e outros animais.

Por ser um cãozinho especial, é ideal para companhia. Assim que tiver alta, o cusquinho precisa de adoção ou lar temporário. Mas enquanto está internado, precisa de ajuda para custear seu tratamento. O pequeno está na Clínica Eco Bicho, no Bairro Maringá, em Alvorada.

Pode ajudar o Timão ou quer adotá-lo?
Entre em contato com a Karen pelo telefone (51) 9337-5889

 

timão adoção 2

timão adoção 3

Bookmark and Share

Cachorrinha atropelada precisa de ajuda no tratamento

25 de abril de 2014 0
Fotos Arquivo Pessoal

Fotos Arquivo Pessoal

 

Sofia precisa continuar o seu tratamento. A cadelinha foi atropelada e as sequelas resultaram na paralisia de suas patinhas traseiras. Ela está internada numa clínica veterinária, tratando-se, tomando medicações e fazendo fisioterapia. Há chances dessa pequena voltar a andar. Mas para isso, a protetora pede ajuda, pois sua dívida na clínica está alta e o tratamento precisa prosseguir. Qualquer quantia é bem-vinda. Os valores já estão se aproximando de mil reais.

Pode ajudar na recuperação da Sofia?
Entre em contato com a Vanir pelos telefones (51) 9975-1477 / 9244-4100 / 8208-2780 / 8452-3489

*Dados Bancários
Banco do Brasil
Agência: 5087-3
Conta: 9459799-5
Vanir Fraga da Silveira (CPF 212.766.170-20)

(Avisar por telefone mediante depósito, para maior controle da protetora)

Sofia_ajuda 2

Bookmark and Share

Seda e Cidade Baixa em Alta promovem edição especial do Brechocão em Porto Alegre

25 de abril de 2014 0

Garibaldo_brechó
A Secretaria Especial dos Direitos Animais (Seda) e o projeto Cidade Baixa em Alta vão realizar, neste sábado, dia 26, uma edição especial do Brechocão. O brechó, do qual fazem parte entidades e protetores de animais, acontece durante o “Garibaldo“, evento na Praça Garibaldi. Além do Brechocão, o Garibaldo contará com uma feira de adoções de animais abrigados na Unidade de Medicina Veterinária (UMV) da Seda e orientação sobre os cuidados diários com os bichos.

Que tal ajudar os bichinhos carentes e levar para casa artigos com preços bem acessíveis?
Você também pode doar artigos para venda no brechó ou ração para os cães e gatos. Todo dinheiro arrecadado será utilizado para custear medicamentos, tratamentos e a castração dos amiguinhos de quatro patas.

CONFIRA!
O que: Brechocão e Garibaldo
Onde: Praça Garibaldi, na Av. José do Patrocínio, Bairro Cidade Baixa, em Porto Alegre
Quando: Sábado, dia 26 de abril, das 10h às 15h

Garibaldo_brechó 2

Bookmark and Share

Cachorrinho precisa de ajuda urgente em Canoas

24 de abril de 2014 1
Fotos Arquivo Pessoal

Fotos Arquivo Pessoal

 

Esse cãozinho precisa muito de ajuda. Vive num lar de passagem com outros animais e está sofrendo bastante, pois é atacado por outros cães machos territorialistas. O peludinho está sempre estressado e com medo. Para piorar a situação, ele sofre de sarna demodécica, e vivendo todos os dias sob tensão, seu caso piora. Ele precisa de tratamento e de um lugar para ficar sossegado.

A protetora responsável pelo cachorrinho está muito preocupada, e pede contribuições para o tratamento dele, para poder doá-lo. O peludinho atende pelo nome de Batoré e tem aproximadamente dez anos. Já está castrado e vacinado. Não gosta de gatos, mas é bem dócil com pessoas. Está em Canoas.

Quer adotar o Batoré ou ajudar no seu tratamento?

Entre em contato com a Liliana pelos telefones (51) 9938-0468 / 8904-4085 / 8148-4338 ou pelo e-mail lili.adoteumamigo@gmail.com

Dados bancários
* Banrisul
Agência 0871
Conta 3514802704
CPF 670202830-04 (Liliana Souza Lima)

* Itaú
Agência 7219
Conta 09009-4/500
CPF 670202830-04 (Liliana Souza Lima)

*Caixa Econômica Federal
Agência 0463
Conta 19707-6  Operação 013
CPF 14398280-08 (Camila Lima da Silva)

(Avisar mediante depósito, para melhor controle da protetora)

 

Batoré_ajuda 2
Batoré_ajuda 3

Bookmark and Share

Brechó para ajudar animais de rua acontece neste sábado. Confira!

11 de abril de 2014 1
Cleide precisa de ajuda para continuar mantendo os bichinhos (Foto Arquivo Pessoal)

Cleide precisa de doações para continuar ajudando os bichinhos (Foto Arquivo Pessoal)

 

Vai acontecer mais um brechó beneficente em Porto Alegre, para arrecadar dinheiro ou doações aos peludinhos que são resgatados das ruas, principalmente os gatos. Haverá muita roupa, sapato, brinquedos, móveis pequenos, bijuterias, louças, livros, utensílios de cozinha, entre outras coisas. Você pode ajudar doando qualquer coisa, desde que esteja em bom estado. Pode levar no dia mesmo.

Como funciona: as pessoas doam material que é revendido para pagar contas relativas aos gatos que a Cleide tira das ruas. Em 11 anos de amor aos animais, já resgatou e castrou mais de 300 bichinhos (que foram doados), na Capital.

Participe! Vale muito ajudar os animais!  :)

Confira todas as informações:
O que? Brechó da Garagem da Cleide
Quando? Sábado, dia 12 de abril
Onde? Avenida Cristóvão Colombo, 3706, Bairro Higienópolis, Porto Alegre
Horário? das 10h às 18h

 

 

Bookmark and Share

Cachorro encontrado muito debilitado precisa de ajuda em Porto Alegre

08 de abril de 2014 1
Foto Arquivo Pessoal

Foto Arquivo Pessoal

 

Esse cãozinho foi resgatado em uma situação muito triste. O peludo estava na chuva, deitado em uma poça de água sem conseguir se mover. Foi levado para uma clínica onde está internado e precisa fazer um longo tratamento para se recuperar. Não há um diagnóstico concreto, mas o cão tem dores abdominais e precisará fazer uma bateria de exames.

O Enrique, que recolheu o cachorro, pede ajuda para quitar os valores dos procedimentos. Assim que o peludinho tiver alta, vai precisa de um lar, pois não pode mais voltar para as ruas. Se alguém quiser visitá-lo, ele está na Pet Móvel Bairro Vila Ipiranga, em Porto Alegre.

Quer ajudar esse cachorrinho ou adotá-lo?
Entre em contato com o Enrique pelo telefone (51) 9349-9119 ou pelo e-mail guerreiro.enrique@gmail.com

Dados Bancários:
Banco do Brasil
Agência: 1276-9
Conta: 20408-0
Enrique Guerreiro da Silveira (CPF: 008.419.910-57)

*Avisar por telefone mediante depósito

Bookmark and Share

Filhotes em condições precárias precisam de ajuda em Canoas

28 de março de 2014 3
Fotos: Arquivo Pessoal

Fotos: Arquivo Pessoal

 

ATUALIZANDO, 03/04/2014:

O pessoal da equipe da Coordenadoria de Bem-Estar Animal de Canoas entrou em contato com a Taís e o Marcos, oferecendo a castração para a mãezinha desses filhotes e disponibilizou espaço nas feiras de adoção do município. Esta semana, uma equipe irá visitar a residência da proprietária dos animais para acompanhar a situação.

Muito legal essa atitude dos amigos da Coordenadoria de Bem-Estar Animal de Canoas! Parabéns!! :)

————————————————————————

Esses cães precisam de ajuda urgente. São seis filhotes e a sua mãezinha que vivem em condições precárias, sem alimento necessário e sem cuidados. A atual dona deles está doente e não tem como dar atenção e o tratamento necessário. A mãezinha atende pelo nome de Neguinha, tem aproximadamente três anos e porte médio. Os seis machinhos estão com aproximadamente dois meses e serão de porte médio também.

Os cachorrinhos merecem um lar de verdade para receber amor e amparo. Eram oito filhotes, mas dois já morreram por falta de cuidado. Precisam de uma família ou, pelo menos, de alguém que se disponha a ficar com eles como casa de passagem, até que consigam adotantes. Estão no Bairro Estância Velha, em Canoas, e podem ser entregues na casa do adotante.

Pode ajudar esses peludinhos?

Entre em contato pelos telefones (51) 8904-3028 (c/ Taís) ou 8178-3777 (c/ Marcos)

 

Neguinha e seus filhotes

Neguinha e seus filhotes

 

Não tem alimento suficiente para mãe e filhotes

Não tem alimento suficiente para mãe e filhotes

 

Bookmark and Share

Cachorrinha atropelada precisa de ajuda com tratamento

24 de março de 2014 0
Fotos: Arquivo Pessoal

Fotos: Arquivo Pessoal

 

Essa cadelinha precisa de ajuda para voltar a ser feliz. A peludinha fugiu de casa e acabou sendo atropelada. Fraturou a pata e precisa fazer uma cirurgia para continuar com seu tratamento. Será preciso colocar um pino no úmero, por conta da lesão. Só que a família da cachorrinha não tem condições financeiras para arcar com as despesas da operação, e pede ajuda.

A cadelinha, que atende por Úrsula, poderá ficar com graves sequelas do acidente, se não curar sua patinha. Qualquer quantia é bem vinda, pois já existem pendências referentes ao primeiro atendimento da cadelinha, e ela precisa dar continuidade para ficar saudável novamente.

Pode ajudar?
Entre em contato com a Ana Paula pelo telefone (51) 8553-9295 ou pelo e-mail paulinhaeregis@gmail.com

*Dados Bancários
Banco Itaú
Agência: 9266
Conta: 03832-3
CPF 006.467.970-50 (Ana Paula Coutinho dos Santos)

*Quem depositar deve avisar por telefone ou e-mail, para que seja feito um controle das despesas.

 

Úrsula antes do acidente

Úrsula antes do acidente

 

Bookmark and Share

Cachorrinha que sofria maus-tratos necessita de ajuda

23 de março de 2014 0
Fotos: Arquivo Pessoal

Fotos: Arquivo Pessoal

 

Essa cadelinha foi retirada das ruas em um estado muito crítico: estava magra, debilitada e com a vulva dilacerada. Quando recebeu atendimento, foi diagnosticada com um tumor venéreo transmissível. Agora, a peludinha está internada e se recuperando bem. Mas a Dani, que a resgatou, precisa liquidar a dívida da clínica para continuar tratando a pequena, e conta com a ajuda de todos nós.

A cachorrinha foi apelidada de Peninha. Tem aproximadamente um ano e porte pequeno. É muito carinhosa e dócil. Além da ajuda financeira, a Dani precisa encontrar um lar para a Peninha, porque ela pode ficar com mais esta cachorrinha. Peninha está no Bairro Vila Ipiranga, em Porto Alegre, e pode ser entregue na casa do adotante.
Vamos ajudá-la a conseguir um lar amoroso?

Se quiser ajudar ou adotar a Peninha pode entrar em contato com a Dani pelo telefone (51) 8508-3159

Dados Bancários
Banco Banrisul
Agência: 0060
Conta: 39.031705.0-6
CPF: 616701970-34 (Hilga da Rosa Dias – mãe da Dani).

*Avisar por telefone após o depósito, para melhor controle da protetora

 

peninha_adoção_ajuda 2
peninha_adoção_ajuda 3

Bookmark and Share

Gatinha e filhotes recém-nascidos foram abandonados na rua em Porto Alegre - ADOTADOS!

15 de março de 2014 1
Fotos: Arquivo Pessoal

Fotos: Arquivo Pessoal

 

Essa família precisa de ajuda urgente. A gatinha foi resgatada da rua, com seus filhotinhos recém-nascidos. A dona Ana estava saindo de casa no exato momento em que os peludinhos estavam sendo descartados por duas crianças. Ela se sensibilizou com a situação, pois percebeu que eles morreriam ali.

Decidiu pegar a mãezinha com os filhotes e levar para casa. Está alimentando a gata, para que ela possa amamentar seus três bebês. A gatinha  tem aproximadamente dois anos e atende pelo nome de Mel.

Os filhotinhos estão com aproximadamente 15 dias, e dona Ana não conseguiu identificar o sexo de cada um. Ela não tem como ficar com a família felina e pede ajuda. Precisa doar esses pequenos e a sua mamãe. Estão no Bairro Santa Teresa, em Porto Alegre.

Quer dar um lar de verdade para eles?
Entre em contato com a Caroline pelo telefone (51) 8272-1277

gata e filhotes_adoção 2

gata e filhotes_adoção 3

Bookmark and Share