Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts com a tag "maus-tratos"

Vídeo que mostra homem agredindo duas cachorras causa revolta nas redes sociais

09 de fevereiro de 2015 5
Foto: Reprodução/Facebook

Foto: Reprodução/Facebook


Assistam ao vídeo e me respondam: Quem é o irracional nessa história?

Um caso de agressão a duas cachorrinhas na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, provocou revolta nas redes sociais no final de semana. A cena de maus-tratos foi registrada por uma câmera escondida no apartamento da produtora Ninna Mandin, de 26 anos, e as imagens foram publicadas na página da jovem, no Facebook. Com quase 270 mil visualizações, o vídeo mostra duas fêmeas da raça buldogue francês apanhando e sendo arremessadas ao chão por Rafael Hermida Fonseca, de 34 anos, noivo da donas das cadelinhas chamadas Gucci e Victoria. Veja o vídeo:

Ninna descobriu o ataque no último dia 30 e, na manhã seguinte, registrou uma queixa na 16ª DP na Barra da Tijuca. Segundo a Polícia Civil, foi aberto um inquérito por conta dos maus-tratos. De acordo com a polícia, Rafael é esperado para prestar depoimento nesta terça-feira. Amigos dizem que ele desapareceu após os vídeos serem divulgados.

Ao Extra, a proprietária falou que vem passando por um momento muito difícil. Ela se casaria com o rapaz no dia 4 de junho deste ano.
– É um momento muito difícil. Minha confiança foi traída. Estou bem abalada. Estava com o casamento marcado para 4 de junho. É muito difícil para mim falar. Não sei o que esperar. Estou com medo. Estou tentando de tudo para proteger a mim, às minhas filhas (as duas cadelas) e à minha família. É um momento muito difícil – disse Ninna, por telefone.

A jovem contou que nunca havia desconfiado das atitudes de Rafael e que na frente dela ele tratava as duas cachorras superbem, mas percebia que elas tinham muito medo dele.
Esse pavor das cadelinhas e os machucados que elas começaram a apresentar acenderam uma luz de alerta na cabeça de Ninna. Segundo ela, o veterinário não conseguia descobrir a origem dos machucados e as lesões continuavam aparecendo. Gucci e Victoria chegaram a ficar internadas no final do ano. Foi neste momento que a proprietária decidiu instalar as câmeras que filmaram a agressão.
– Ver essas imagens passando toda hora… Mas não me arrependo. Vou até o fim para vê-lo punido pela Justiça – afirmou a produtora.

Com o fim do noivado e o afastamento de Rafael, as cachorras estão apresentando um comportamento mais tranquilo, garante Ninna:
– Elas estão dormindo bastante. Claro que não posso ter certeza, mas a impressão que tenho é que estão mais tranquilas.

Em nota, a Polícia Civil informou que “o caso foi registrado na 16ª DP (Barra da Tijuca) como crime de maus tratos. A dona dos animais foi ouvida na unidade policial. As imagens estão sendo analisadas pela polícia. O acusado da agressão foi intimado e seu depoimento está previsto para esta terça-feira, na delegacia. As investigações estão em andamento para apurar o fato.”

No domingo, Ninna postou um vídeo de agradecimento pelo apoio recebido após divulgar imagens da agressão.
– Só para mostrar que está tudo bem. Estamos bem. Muito obrigada mesmo por todo o carinho, todo o apoio, tudo. Vai dar tudo certo – diz.

Bookmark and Share

Cadelinha é abandonada dentro de contêiner de lixo em Caxias do Sul

10 de outubro de 2014 14
Foto: Facebook/Reprodução

Foto: Facebook/Reprodução

 

Uma cachorrinha foi encontrada, na manhã de quinta-feira, dia 10, dentro de um contêiner no Bairro Centenário, em Caxias do Sul.

Um morador ouviu os latidos quando foi descartar o seu lixo pela manhã e localizou-a no fundo do depósito. Como havia uma quantidade muito grande de objetos em cima do animal, o homem acionou os bombeiros para fazer o resgate.

A cadela, de pequeno porte, estava dentro de uma caixa cheia de cobertores. Ela apresentava ferimentos pelo corpo e estava muito debilitada. Pela posição em que se encontrava, os bombeiros acreditam que ela tenha sido colocada dentro do contêiner há alguns dias.

Após o resgate, a cadela ficou sob os cuidados da Sociedade Amigos dos Animais (SOAMA), de Caxias do Sul. Após o tratamento, a cadelinha estará disponível para adoção.

Se localizados, os donos do animalzinho poderão responder por maus-tratos.

 

Bookmark and Share

Cachorro da raça chow chow sofreu demais na rua e merece um dono especial

02 de setembro de 2014 6
Benito quando foi encontrado na rua...

Benito quando foi encontrado na rua…

 

Esse cão da raça chow chow foi resgatado das ruas, muito magro e debilitado. A situação do cachorrinho era deplorável. Ele foi salvo, conseguiu se recuperar, e agora aguarda um lar para ser feliz. Foi batizado de Benito, tem aproximadamente três anos e porte médio. Está castrado.

O peludo é super dócil, se dá bem com cães e gatos, é tranquilo e muito comportado. Se adapta bem em qualquer ambiente. Está em Viamão e será entregue na casa do adotante.

Quer dar uma família de verdade para o Benito?
Entre em contato com a Denise pelos telefones (51) 9112-2547, 8114-0930 e 8511-8948 ou pelo e-mail denisebastos2011@gmail.com

 

Benito recuperado e aguardando um lar feliz...

Benito recuperado e aguardando um lar feliz…

Bookmark and Share

Controle, segurança e cuidado com a cachorrada em Cachoeirinha

09 de julho de 2014 1
Foto Prefeitura de Cachoeirinha/Divulgação

Chip é implantado sob a pele do animal, sem dor   (Foto Prefeitura de Cachoeirinha/Divulgação)

 

Cachoeirinha já está colocando em prática uma ação para o bem-estar dos cãezinhos da cidade que, ao mesmo tempo, permite um maior controle sobre a população animal local. Uma parceria da ong Onda com a Secretaria Municipal do Meio Ambiente (SMMA), garante, além da castração, a implantação de chips nos cachorros com informações sobre o bichinho.

Quem é o dono, qual a raça, a idade, o histórico de vacinações, o estado de saúde, entre outros dados, ficarão armazenados neste chip e poderão ser consultados em caso de perda ou abandono do animal. O dispositivo é do tamanho de um grão de arroz e implantado sob a pele do animal, de forma indolor, por um veterinário na clínica da ong.

“Como o animal já estará anestesiado para fazer a castração, achamos por bem aproveitar o momento para colocar o chip”, explica a presidente da Onda, Karen Scheid.

Castração e chipagem são serviços gratuitos
O serviço é gratuito e disponível a todos os cidadãos da cidade que tenham cães, além dos cachorros recolhidos das ruas pela ong e colocados para adoção. Nesta primeira etapa do projeto, os bairros mais carentes de Cachoeirinha serão os primeiros a ter seus animais cadastrados e chipados, uma vez que, lá, existe maior número de cães por residência. Em seguida, o serviço irá contemplar todos os bairros da cidade. A estimativa é de que cem animais sejam castrados e chipados por mês.
O processo funciona da seguinte maneira: uma equipe da SSMA vai até o bairro e realiza, previamente, um cadastro para que, após, os cães sejam recolhidos, levados até a Onda e, lá, sejam castrados e chipados. Os cãezinhos permanecem em observação na clínica por um dia e, depois, são devolvidos aos seus donos.
De acordo com o secretário municipal de Meio Ambiente, Fernando Medeiros, o principal foco dessa ação é a posse responsável.

Abandono de cães deve diminuir  
Segundo ele, com o animal chipado, o número de abandonos e de maus tratos deverá sofrer uma redução significativa, uma vez que o dono encontrado ou denunciado responderá judicialmente pelo fato. No caso de cães comunitários, o procedimento é o mesmo, pois sempre há alguém na rua ou no bairro que acolhe e cuida do cão.
“Muitos cães na cidade têm casinha na rua, comida e água. Da mesma forma, terão o chip para que não migrem a outro bairro”, explica Fernando.

* Mais informações sobre o projeto pelos telefones (51) 3041-5081 (Onda) ou 3441-4312 (Secretaria Municipal de Meio Ambiente).

 

Bookmark and Share

Peninha é muito amorosa e aguarda um lar em Porto Alegre

11 de junho de 2014 0
Fotos Arquivo Pessoal

Fotos Arquivo Pessoal

 

Essa guriazinha linda precisa de uma família. É uma guerreira e sobrevivente da dor e maus-tratos. Agora, que está totalmente saudável, precisa de um lar amoroso para esquecer tudo de ruim que passou.

A cachorrinha foi batizada de Peninha, tem aproximadamente um ano e meio e porte pequeno. É brincalhona, meiga e muito carinhosa. Está castrada, vacinada e desverminada. A peludinha está no Bairro Humaitá, em Porto Alegre, e será entregue na casa do adotante.

Quer dar uma chance para essa fofura ser feliz?

Entre em contato com a Dani pelos telefones (51) 8508-3159 e 9212-0756 ou pelo e-mail aziza.witch@hotmail.com

 

Peninha_adoção 2

Bookmark and Share

Instituto Sierra é exemplo de amor aos animais em Gramado

04 de junho de 2014 7
Fotos Divulgação

Instituto tem estrutura para cuidar de até 500 animais (Fotos Divulgação)

 

Gramado tem um dos maiores e mais completos centros do Rio Grande do Sul para abrigo de animais carentes. O Instituto Sierra é um espaço mantido por uma empresa da região, que cuida de gatos e cachorros abandonados e os encaminha para adoção. O local possui canil, gatil, salas de consulta, exames e cirurgia.

É uma grande estrutura montada com muito amor e carinho para que os bichinhos abandonados e maltratados possam se recuperar física e psicologicamente de traumas que viveram na rua. O instituto oferece a esses animais uma nova chance na vida e a oportunidade de conseguir um bom lar para serem felizes.

Instituição não recebe doação de terceiros

A empresária Marisa Tissot, fundadora do local, faz questão de acompanhar todo o processo de perto, para que os animais tenham sempre um tratamento adequado e qualidade de vida.
Marisa não aceita doações de dinheiro ou de alimentos, nem resgata qualquer bichinho na rua. Mesmo tendo uma grande área – comporta cerca de 500 animais – , ela nunca lotou o local. Ela salienta:

“Tenho um limite e não sou depósito de animais. Não aceito ração nem dinheiro. Amo os bichos e faço tudo nas minhas condições. Não quero nem tenho a obrigação de fazer o trabalho que deveria ser realizado pela prefeitura.”

O instituto já ajudou 1,2 mil animais desde a sua inauguração, há quatro anos. Os resgatados passam por uma averiguação veterinária, fazem o tratamento necessário e, somente depois de serem castrados, vacinados e chipados, estão prontos para a adoção.

“Também ajudamos os bichinhos de pessoas com extrema necessidade. O instituto dá vacinas, castração e auxílio veterinário gratuito para alguns animais domésticos, quando se confirma que o dono não tem condições de pagar os cuidados com seu animalzinho.” acrescenta Marisa.

Cães têm um grande espaço para brincar e gastar energia

Cães têm um grande espaço para brincar e gastar energia

Uma verdadeira mãe

Fundadora e mantenedora do Instituto Sierra, a empresária Marisa Tissot também administra as lojas e a fábrica Sierra Móveis, na Serra. Casada com o também empresário Luiz André Tissot, é mãe de dois filhos, Gustavo, 17 anos, e Arthur, 11 anos, e divide com a família a paixão pelos animais.

“Meu marido é o maior apoiador. Nem poderia ser diferente. Eu não me apaixonaria por alguém que não gostasse de bichos. É pré-requisito (risos)! Todos são cachorreiros lá em casa, diz a empresária.”
Paixão esta que Marisa, garante, cultiva desde a infância.
“Costumo dizer que o meu destino e os dos animais foram traçados na maternidade. Quando eu nasci, cheguei em casa e já tinha um cachorro me esperando, revela.”

Chicão (D) foi o primeiro resgatado pela Marisa

Chicão (D) foi o primeiro resgatado pela Marisa

 

Natural de Blumenau, em Santa Catarina, hoje ela mora em Gramado, onde tem 15 animais, entre gatos e cachorros, fora o que ela chama de ‘agregados que aparecem eventualmente’. Mas destaca que amor aos animais também é desapego, por isso, resiste ao desejo e ao impulso de levar para casa os bichinhos que chegam ao instituto, por mais fofinhos e carentes que sejam.

“Tem que ter a consciência do desapego, de saber que o animal quer uma família, quer amor, quer cuidado. E eles não são meus, eu sou apenas uma casa de passagem. Quem vai fazer esse papel é a família para quem eu vou entregá-los, completa.”

Bichinhos têm área de lazer, canil seguro e confortável, cirurgias, exames e tratamento especial

Bichinhos têm área de lazer, canil seguro e confortável, cirurgias, exames e tratamento especial

 

Bookmark and Share

Cão resgatado da rua precisa de ajuda para fazer tratamento

23 de maio de 2014 1
Fotos Arquivo Pessoal

Fotos Arquivo Pessoal

 

Esse cachorro precisa de ajuda urgente. O pobrezinho foi resgatado das ruas muito magro, debilitado e morrendo de fome. Além do sofrimento do abandono, o cão estava com um foco de bicheira avançado no pescoço. Ele teve que ser internado às pressas, pois morreria se passasse mais um dia na rua. Para se recuperar, o cachorrinho precisa passar por diversos procedimentos clínicos e necessita de ajuda para mantê-los. O peludinho, apelidado de Leôncio, vai precisar de limpeza diária, curativos, alimentação reforçada e internação, por conta do gravidade do ferimento causado pela bicheira. Qualquer doação em dinheiro será bem-vinda, pois Leôncio depende desse tratamento para sobreviver.

 

ajuda leoncio 2

 

Pode ajudar no seu tratamento?
Entre em contato com a Sara pelo telefone (51) 9542-1851 ou pelo e-mail sara@projetoanjosdepatas.com.br

Dados Bancários:
- Banco do Brasil
Agência: 5653-7  /  Conta: 6.307-X  / Associação Social de Proteção aos Animais Anjos de Patas (CNPJ: 11.240.184/0001-83)

- Caixa Econômica Federal
Agência: 0959  /  Conta: 00064616-0  /  Operação: 013  /  Sara Beatris de Moraes Vieira (CPF: 904.195.290.04)

- Banrisul
Agência: 0982  /  Conta: 350633990-8
Sara Beatris de Moraes Vieira (CPF: 904.195.290-04)

*Avisar por telefone mediante depósito, para melhor controle da protetora.

 

ajuda leoncio 1

Bookmark and Share

Cadelinha idosa precisa de ajuda para fazer cirurgia

15 de maio de 2014 0
Fotos Arquivo Pessoal

Fotos Arquivo Pessoal

 

Essa cachorrinha idosa precisa de ajuda para fazer uma cirurgia. Ela atende pelo nome de Alma, tem aproximadamente 15 anos e não tem uma das patinhas. Por muito tempo, viveu sem comida, no meio da sujeira e sem amparo. Foi recolhida, mas precisa fazer tratamento, cirurgia e vários procedimentos clínicos.

A cadelinha tem problemas sérios na gengiva e nos dentes, o que causa muita dor na pobrezinha. Seus dentes criam grandes placas e muito tártaro, causando infecção. É necessário extrair seus dentes, que estão com a raiz exposta e cheios de fissuras, e drenar a sua gengiva para retirar toda a inflamação. Como é uma cadelinha idosa, precisa fazer alguns exames, antes do procedimento, para verificar a sua saúde. Também precisará tomar medicamentos para controlar a inflamação na boca.

Essa senhorinha precisa muito de ajuda para realizar a cirurgia, pois ela mal consegue comer, e está sofrendo demais. A protetora Katya pede doações em dinheiro para custear o tratamento. A cirurgia está marcada para o dia 23 de maio, e qualquer valor será bem-vindo.

Pode ajudar?

Entre em contato com a Katya pelo telefone (51) 9985-3753 ou pelo e-mail kleitzke@uol.com.br

*Dados bancários
Caixa Econômica Federal
Agência: 449
Conta: 862-8 / Operação 003
CGC: 93094571/0001-13
Better Serviços Financeiros e Arrecadação Ltda.
(Empresa do marido da Katya)

*Quem depositar deverá informar a protetora, para que ela mantenha um controle dos depósitos.

 

Alma_ajuda 2

 

Alma_ajuda 3

Bookmark and Share

Cachorrinho shih tzu precisa de ajuda urgente para sobreviver

10 de maio de 2014 2
Fotos Arquivo Pessoal

Fotos Arquivo Pessoal

 

Esse peludinho da raça shih tzu é mais uma vítima do abandono e do descaso com os animais. Foi resgatado das ruas em uma situação muito crítica. Estava sujo, desidratado e com focos de bicheira em estágio avançado. O cão está internado e precisa seguir seu tratamento. Foi diagnosticado com anemia profunda e não consegue se alimentar sozinho. A bicheira tomou conta do seu olho direito, que já nem abre mais.

Diante dessa situação desesperadora, a protetora Dani nos procurou. Ela precisa custear os procedimentos de limpeza, soroterapia e outros cuidados necessários para o bichinho sobreviver. Comida pastosa, doações em dinheiro. Qualquer ajuda será bem-vinda! Ele está internado na clínica Zoomed (Avenida Benno Mentz, 1368, Vila Ipiranga, em Porto Alegre).

Pode ajudar no tratamento?

Entre em contato com a Dani pelos telefones (51) 8508-3159 e 9212-0756 ou pelo e-mail aziza.witch@hotmail.com

Para depositar:
Banrisul /  Agência: 0060  /  Conta: 39.031705.0-6
Hilga da Rosa Dias (Mãe da Dani)  /  CPF: 616701970-34

 

cachorrinho_bicheira 2

 

cachorrinho_bicheira 3

 

Bookmark and Share

Cachorrinha sofreu demais e precisa de uma família amorosa. Adote!

06 de maio de 2014 4
Fotos Arquivo Pessoal

Fotos Arquivo Pessoal

 

Essa fofura precisa de um dono muito especial. A cachorrinha sofreu maus-tratos e perdeu o movimento das patas traseiras. Está fazendo tratamento numa clínica veterinária e, no início, progrediu bastante. Só que agora não está reagindo mais. O veterinário acredita que o problema seja emocional, e que ela sinta falta de uma referência, de um lar e de uma família que lhe dê amor e proteção.

A cadelinha tem muito medo de tudo, até mesmo da cadeirinha. Ela usa a cadeira, mas não costuma andar. Fica paradinha. Prefere se movimentar arrastando as duas patinhas traseiras, por isso, o ideal seria que ela usasse um rabo de sereia (aqueles sacos que acoplam a parte de trás) e deixá-la se movimentar como ela sabe, em sua zona de conforto. A pequena atende pelo nome de Pitty, tem seis anos e está castrada. Quem quiser conhecer a Pitty pode ir na clínica Vitalvet (Av. Bagé, no Bairro Petrópolis, em Porto Alegre ).

Pode ajudar essa peludinha a ter uma vida feliz?
Entre em contato com a Flávia pelo telefone (51) 8142-5988 ou pelo e-mail flavia.nunesg@gmail.com

 

Pitty_adoção 2

Pitty_adoção 1

Bookmark and Share

Rottweiler que sofreu maus-tratos precisa de um novo lar

19 de abril de 2014 1
Fotos Arquivo Pessoal

Fotos Arquivo Pessoal

 

Amigos, vocês lembram do Negão? Ele foi resgatado das ruas, perdeu parte de suas patas e sofreu muito.
Contamos sua história aqui no blog.
Agora, o peludo está recuperado e precisa de um lar de verdade. É um cão adulto, da raça rottweiler, tem porte grande. Já está castrado e vacinado. Negão é muito dócil e adora brincar com crianças. É ideal para morar em casa com pátio, para poder correr e se exercitar. Ele está no Bairro Lomba do Pinheiro, em Porto Alegre.

Quer levar o Negão pra casa?
Entre em contato com a Gladis pelo telefone (51) 3319-2247

 

Negão recuperado_2

Bookmark and Share

Filhotes em condições precárias precisam de ajuda em Canoas

28 de março de 2014 3
Fotos: Arquivo Pessoal

Fotos: Arquivo Pessoal

 

ATUALIZANDO, 03/04/2014:

O pessoal da equipe da Coordenadoria de Bem-Estar Animal de Canoas entrou em contato com a Taís e o Marcos, oferecendo a castração para a mãezinha desses filhotes e disponibilizou espaço nas feiras de adoção do município. Esta semana, uma equipe irá visitar a residência da proprietária dos animais para acompanhar a situação.

Muito legal essa atitude dos amigos da Coordenadoria de Bem-Estar Animal de Canoas! Parabéns!! :)

————————————————————————

Esses cães precisam de ajuda urgente. São seis filhotes e a sua mãezinha que vivem em condições precárias, sem alimento necessário e sem cuidados. A atual dona deles está doente e não tem como dar atenção e o tratamento necessário. A mãezinha atende pelo nome de Neguinha, tem aproximadamente três anos e porte médio. Os seis machinhos estão com aproximadamente dois meses e serão de porte médio também.

Os cachorrinhos merecem um lar de verdade para receber amor e amparo. Eram oito filhotes, mas dois já morreram por falta de cuidado. Precisam de uma família ou, pelo menos, de alguém que se disponha a ficar com eles como casa de passagem, até que consigam adotantes. Estão no Bairro Estância Velha, em Canoas, e podem ser entregues na casa do adotante.

Pode ajudar esses peludinhos?

Entre em contato pelos telefones (51) 8904-3028 (c/ Taís) ou 8178-3777 (c/ Marcos)

 

Neguinha e seus filhotes

Neguinha e seus filhotes

 

Não tem alimento suficiente para mãe e filhotes

Não tem alimento suficiente para mãe e filhotes

 

Bookmark and Share

Cachorrinha que sofria maus-tratos necessita de ajuda

23 de março de 2014 0
Fotos: Arquivo Pessoal

Fotos: Arquivo Pessoal

 

Essa cadelinha foi retirada das ruas em um estado muito crítico: estava magra, debilitada e com a vulva dilacerada. Quando recebeu atendimento, foi diagnosticada com um tumor venéreo transmissível. Agora, a peludinha está internada e se recuperando bem. Mas a Dani, que a resgatou, precisa liquidar a dívida da clínica para continuar tratando a pequena, e conta com a ajuda de todos nós.

A cachorrinha foi apelidada de Peninha. Tem aproximadamente um ano e porte pequeno. É muito carinhosa e dócil. Além da ajuda financeira, a Dani precisa encontrar um lar para a Peninha, porque ela pode ficar com mais esta cachorrinha. Peninha está no Bairro Vila Ipiranga, em Porto Alegre, e pode ser entregue na casa do adotante.
Vamos ajudá-la a conseguir um lar amoroso?

Se quiser ajudar ou adotar a Peninha pode entrar em contato com a Dani pelo telefone (51) 8508-3159

Dados Bancários
Banco Banrisul
Agência: 0060
Conta: 39.031705.0-6
CPF: 616701970-34 (Hilga da Rosa Dias – mãe da Dani).

*Avisar por telefone após o depósito, para melhor controle da protetora

 

peninha_adoção_ajuda 2
peninha_adoção_ajuda 3

Bookmark and Share

Pipoca já sofreu demais e merece um lar de verdade

17 de março de 2014 1
Fotos: Arquivo Pessoal

Fotos: Arquivo Pessoal

 

Esta cadelinha merece um lar de verdade. Ela foi encontrada com as patinhas amarradas em uma árvore. Está temporariamente em um condomínio, mas os moradores não concordam com sua permanência. Precisa de uma família amorosa, com urgência.

Atende pelo nome de Pipoca, tem aproximadamente seis meses e porte médio. Está vermifugada. É uma peludinha muito brincalhona, carinhosa e companheira. Se adapta bem em qualquer ambiente. Está no Bairro Vila Nova, em Porto Alegre.

Quer levar a Pipoca para casa?

Entre em contato com a Patrícia pelo telefone (51) 9699-3331

 

Pipoca_adoção 2

 

 

Pipoca_adoção 3

Bookmark and Share

Pitbull sofreu demais e merece um lar para ser feliz. Adote!

09 de março de 2014 0
Fotos: Arquivo Pessoal

Fotos: Arquivo Pessoal

 

Esse cão da raça pitbull precisa de uma família amorosa. Foi abandonado e sofreu muito nas ruas. O grandão foi carinhosamente apelidado de Pit e tem aproximadamente dois anos. Está castrado e vacinado. Está em um lar temporário no Bairro Lami, em Porto Alegre.

Quer adotar esse querido?

Entre em contato com a Márcia pelos telefones (51) 8440-7434 ou 3386-9390

 

Pit_adoção 2

 

Pit_adoção 3

Bookmark and Share

Cachorro rottweiler precisa de ajuda urgente em Porto Alegre

17 de janeiro de 2014 11
Fotos: Arquivo Pessoal

Fotos: Arquivo Pessoal

 

Esse cão da raça rottweiler foi resgatado na Estrada das Quirinas, no Bairro Lomba do Pinheiro, em Porto Alegre. Ele necessita de tratamento veterinário, pois está magro, muito debilitado e com duas patas mutiladas.

A Gladis, diante da situação do animalzinho, não conseguiu deixá-lo na rua. Ela o levou para casa, limpou seus ferimentos e está o alimentando. Mas ela não tem condições e nem tempo de se envolver e levar o pobrezinho ao veterinário. Então, pediu a nossa ajuda.

O cachorro precisa de resgate urgente, provavelmente ser internado, pois sua situação está crítica. Uma das suas patas está cortada e pendurada, a outra, faltando vários pedaços. As patas estavam apodrecendo quando o peludo foi tirado das ruas.

Pode ajudar esse cachorro?

Entre em contato com a Gladis pelo telefone (51) 3319-2247

 

ROT 2

 

ROT 3

 

Bookmark and Share

Chester merece ter uma família amorosa. Adote!

16 de janeiro de 2014 0
Fotos: Arquivo Pessoal

Fotos: Arquivo Pessoal

 

Esse lindão é um cachorro mestiço de pastor muito obediente e dócil. Atende pelo nome de Chester e tem dois anos. É um excelente cão de guarda, se dá bem com outros cães, com crianças e adora brincar. Já foi muito maltratado e, por isso, é um tanto medroso com as pessoas que ele não conhece, mas nada que com amor não se conquiste.

Ele foi pego por uma família que, como tantas outras por aí, gostam do bichinho quando é pequeno, acham bonitinho, mas quando cresce atiram em qualquer canto como se fosse um objeto que não tem sentimento. Ele estava tão magro que não conseguia nem parar em pé. Quase não tinha mais pelos no corpo e estava tomado por pulgas.

Então, a Adriana decidiu ser dinda do Chester e começou a cuidar dele ali mesmo. Deu água, comida e fez um longo tratamento para pulgas e sarna. Porém, onde ele vive não tem pátio. Fica em uma área muito pequena, cheia de objetos. É triste vê-lo nessa situação. Mesmo tendo alimentação, não merece ficar preso num espaço pequeno e sem uma família que lhe dê amor. As pessoas que estão com o cachorrinho aceitaram doá-lo, mas é preciso que alguém lhe dê a chance de ter uma vida melhor e um lar de verdade. No momento, Chester está no Bairro Hípica, na Zona Sul de Porto Alegre.

Quer adotar esse querido?

Entre em contato com a dinda dele, Adriana, pelos telefones (51) 8465-3306 ou 8133-0201.

 

Chester_adoção 1

 

Chester_adoção 3

Bookmark and Share

Cachorrinhos precisam de ajuda com tratamento veterinário

10 de janeiro de 2014 0
Fotos: Arquivo Pessoal

Fotos: Arquivo Pessoal

 

Esses dois peludinhos precisam de ajuda urgente. São casos graves e bem delicados. Um deles atende pelo nome de Anjo. Ele tem sofrido muito, pois uma bicheira mutilou metade de sua orelha e parte da cabeça. Está com o tímpano exposto, perdeu a audição e precisa fazer cirurgia. Os curativos são trocados várias vezes ao dia e precisa fazer o tratamento completo para melhorar. Apesar de tudo, Anjo é muito carinhoso, tranquilo e retribui todo o afeto recebido.

O outro peludinho atende pelo nome de Grandão. Ele foi atropelado por um caminhão e passou uma noite inteira agonizando em um matagal. Foi diagnosticado com uma inflamação na cabeça e o tendão de uma das patas foi rompido e exposto. Ele sofre muito com as dores, mas tem respondido bem ao tratamento que não pode ser interrompido em hipótese nenhuma.

 

cachorro_ajuda 2

Os dois cachorrinhos estão internados na Clínica Zoomed (telefone: 51 – 3347-4643), em Porto Alegre, e precisam de ajuda para prosseguir com o tratamento. Qualquer quantia é bem-vinda!

Quer ajudar? Entre em contato com a Mara pelo telefone (51) 9792-2419.

Dados bancários:
*Banrisul _ Agência: 0871 / Conta: 3517706706 (Maria Cristina Würth)

*Bradesco _ Agência: 3196 / Conta: 10 00 324-5 (Maria da Graça Santos CPF: 652.946.450-68)

*Banco do Brasil _ Agência: 5745-2 / Conta: 82 950-1 (Mariane Feser, Veterinária da Zoomed, CPF: 782.799.680-91)

*** Caso deposite, ligue e avise para que a protetora tenha o controle e possa dar notícias sobre a recuperação dos nossos amiguinhos

Bookmark and Share

Pitty foi resgatada de maus-tratos e precisa de um dono amoroso

02 de janeiro de 2014 0
Fotos: Arquivo Pessoal

Fotos: Arquivo Pessoal

 

Essa cachorra mestiça de pitbull foi resgatada de maus-tratos, muito esquelética e com bastante sarna. Seus dentes foram cerrados e não se sabe o motivo de fazerem isso, porque ela é muito tranquila.

Tem aproximadamente sete anos, é super dócil e uma ótima companhia. Também é perfeita para cuidar do pátio. Se dá bem com outros cães. Foi batizada de Pitty. Está no Litoral Norte do RS, mas pode ser entregue em outras localidades.

Pode dar um lar seguro e carinhoso para essa queridona?

Entre em contato com a Vanir pelos telefones (51) 9975-1477 / 9244-4100 / 8208-2780 / 8452-3489.

 

pitbull_adoção 2

Bookmark and Share

Cão resgatado de rinha precisa de ajuda urgente

08 de dezembro de 2013 5
Fotos: Arquivo Pessoal

Fotos: Arquivo Pessoal

 

Esse cão precisa de ajuda urgente. Foi resgatado em uma situação muito triste, participava de rinha todas as noites. O pobrezinho estava todo machucado, com as genitais necrosadas e muitas outras parte do corpo com machucados graves. O pitbull foi levado para uma clínica veterinária, e submetido a uma cirurgia onde amputou o rabo, pois estava com bicheira e ia comprometer o restante do corpo.

Foi batizado de Vitório. Ele segue internado num estado delicado, mas tem tudo para se recuperar. O problema é que o seu tratamento está num valor muito alto, e só aumenta a cada dia. As protetoras que cuidam dele não têm como custear todo o tratamento e precisam de ajuda. Além de apoio financeiro, Vitório precisará de um lar cheio de amor, para tentar esquecer todo o sofrimento que passou. O cachorro precisa de muito carinho, pois está traumatizado e tem medo das pessoas, por conta de tudo que sofreu. Está numa clínica em Porto Alegre.

Quer ajudar o Vitório?

Entre em contato com a Flávia pelo telefone (51) 8142-5988 ou pelo e-mail flavia.nunesg@gmail.com

Dados bancários:
* Dione Fontoura
Caixa Econômica Federal
Agência: 0441 – Op. 013
Conta: 1732-9

Obs.: Qualquer valor doado deve ser informado pelo telefone ou por e-mail para que mantenham um controle das doações e gastos.

pitbull 3

pitbull 1
pitbull 2

Bookmark and Share