Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Entre o céu e o limbo - Pedal pelas praias do Santinho e Ingleses

12 de fevereiro de 2015 0

Por Carol Macário

POST 9

Água cristalina no Santinho

Conta-nos a história que em meados do século 18 um navio inglês naufragou próximo à ponta nordeste da Ilha de Santa Catarina. Os tripulantes sobreviventes acabaram por morar ali mesmo e daí vem a história do nome dos Ingleses do Rio Vermelho, Distrito de Florianópolis que abrange a Praia dos Ingleses, Praia do Santinho e Sítio do Capivari.

A região fica a 35 km de distância do Centro e é uma das mais populosas da cidade. Pedalar por ali é como ir do céu ao limbo num pouco espaço de tempo. Enquanto que no Santinho a praia é limpa e mantém ainda uma atmosfera selvagem, a praia dos Ingleses reflete o caos, com pouca e ocupadíssima faixa de areia, água com poucas ondas e muitos ambulantes.

POST 8

Ponta direita da Praia do Santinho

SANTINHO

Comecei o pedal a partir do Centrinho dos Ingleses e segui pela estrada Vereador Onildo Lemos até o Santinho. O trajeto é curto e com poucas subidas. Infelizmente a ocupação urbana do bairro foi próxima às dunas e à vegetação nativa e construções cobrem o paisagem do mar.

POST 3

POST 5

Mas no Gramadão (literalmente um terreno enorme e gramado, e assim chamado pela vizinhança) o cenário muda e de lá a paisagem combina mar, dunas, costões, restinga e ainda um e outro boi pastando. Só em em Florianópolis ainda se vê tudo isso no mesmo bairro. No lado direito do Gramadão fica a Servidão Marciano Pedro Severino, que é um bom caminho para a praia. Claro, não pense que é fluido: no final da servidão de terra tem que passar pela trilha entre as dunas, na areia fofa.

POST 16

Chegando na beira do mar, a faixa de areia é grande. Dá para pedalar de uma ponta à outra na parte menos fofa. É uma praia linda e, mesmo no verão, não fica superlotada. Pelo menos não no lado esquerdo, onde fica um costão. Por ali circulam surfistas esperando o melhor horário para surfar. Já no lado diteito fica o hotel Costão do Santinho. Por ali a praia fica mais cheia de turistas e hóspedes do resort. Nessa ponta da praia há uma trilha imperdível para ver inscrições rupestres. O caminho é todo demarcado e seguro.

:: ASSISTA – Como é o caminho até a praia

INGLESES

Enquanto que no Santinho a atmosfera é de tranquilidade, literalmente um paraíso, a volta para os Ingleses é um choque. A praia em si não é convidativa, pois a faixa de areia é curta e superpovoada. Em alguns trechos os muros das casas terminam quase na beira do mar. É a típica praia da farofa, com dezenas de ambulantes vendendo desde comida até biquinis.

A parte boa é que o centrinho dos Ingleses é animado. Tem restaurantes, pastelarias, sorveterias, lojinhas de artesanato, hippies e seus trabalhos manuais.

zin 2

Faixa de areia é curta nos Ingleses

zin 3

Artesanato no Centrinho

zin 1

Sobre o trajeto

O pedal entre a praia dos Ingleses e do Santinho exige atenção o tempo todo, porque não há ciclofaixas e as ruas não têm acostamento. A distância é curta entre uma e outra, então a dica é curtir o Santinho pela manhã: tem trilha no lado direito e as pedras do costão à esquerda. Quando bater a fome no final da tarde, volte para os Ingleses.

Envie seu Comentário