Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

A primeira vez no Morro da Lagoa ninguém esquece

20 de fevereiro de 2015 2

Por Carol Macário

Post 3

Pedalar por alguns lugares são como batismo de fogo para ciclistas iniciantes. O Morro da Lagoa ou Morro das Sete Voltas é um desses marcos. A montanha que separa o resto da cidade da formosa da Lagoa da Conceição, em Florianópolis, intimida pela altura – segundo fontes não oficiais tem 492 metros –, pelas curvas fechadas e pelo tráfego intenso de carros.

O que dá conforto é saber que lá em cima, no topo, há um belo mirante. Dá conforto também saber que depois da primeira vez passando pelo Morro, qualquer outro trajeto será fácil.

O começo da subida

O começo da subida

Comecei a subida a partir da Lagoa e a primeira lição é: ter uma boa bicicleta. Se ela for muito pesada ou o sistema de câmbio for ruim, prepare-se para sofrer. Já na primeira curva tive que parar para arrumar a corrente que caiu numa troca de marchas (Leia o post da Bike Repórter Fernanda Ribas com macetes para subir morro).

Consegui subir pelas três primeiras curvas e, mais que o cansaço, o volume de carros me assustou. Precisei parar para puxar ar. Quase chegando no Mirante precisei fazer outra parada, dessa vez para me recuperar do calor: tive o azar de subir o morro justamente num dia inacreditavelmente quente, com termômetro marcando 36° C.

Post 6

O visual do Mirante da Lagoa é o prêmio. Precisei de uns 10 minutos para descansar até voltar os sentidos e efetivamente contemplar a paisagem. Lá de cima dá para ver todo o Centrinho do bairro, as dunas e a praia da Joaquina, uma pontinha da Ilha do Campeche. É inspirador.

Post 1

Visual do Mirante


Na volta encontrei um ciclista profissional chegando no topo, sem parar para descansar como eu. Ele também foi inspirador e espero que nas próximas vezes eu consiga subir e descer sofrendo menos. É um aprendizado e exercício de superação.

Ah, sim. A descida é a melhor parte. Só tenha certeza que os freios estão funcionando bem.

A chegada

A chegada

>> ASSISTA: Entre carros e curvas, subir e descer o Morro da Lagoa é um exercício de superação:

Comentários (2)

  • Marcello diz: 20 de fevereiro de 2015

    Olá pessoal do Bike Repórter. Sou de Joinville e participo de inúmeras ações de incentivo ao uso da bicicleta. Este ano entre os dias 2 e 9 de março estamos organizando a segunda Semana Municipal da Bicicleta. Teremos palestras, um fórum, passeios, exposições.
    No sábado dia 7 a partir das 14 horas faremos um “pedal” pelo interior de Joinville, uma região ao pé da serra, muito linda. Faço o convite para vocês. Abraços.

Envie seu Comentário