Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Contra aliança com PCdoB, Márcio de Souza volta a ser pré-candidato a prefeito de Florianópolis

14 de março de 2012 1

O vereador Márcio de Souza (PT) vai se inscrever novamente como pré-candidato a prefeito de Florianópolis. A medida é uma reação ao sinal verde dado pela direção nacional do PT para que o partido apoie a pré-candidata Angela Albino (PCdoB) nas eleições de outubro. Para o vereador petista, o encontro de Nildomar Freire e Rui Falcão — presidentes municipal e nacional da sigla — foi “uma espécie de intervenção, um caudilhismo que não combina com a tradição democrática do Partido dos Trabalhadores”.

— A aliança até poderia ser essa, mas não dessa forma. Eu coloquei meu nome na prévia, pediram para tirar. Apresentei um documento pela candidatura própria, não quiseram discutir — reclama o vereador.

Na prévia marcada para fevereiro, Márcio de Souza enfrentaria Ricardo Baratieri pela definição de quem seria o pré-candidato petista. A pedido da ministra Ideli Salvatti, retirou o nome da disputa e se colocou como pré-candidato a vice-prefeito, apoiando Baratieri. Desde então, avançaram as costuras entre PT e PCdoB, que culminaram na reunião de ontem em São Paulo, entre Nildão e Falcão.

O vereador diz que as negociações de Nildão beneficiaram uma tendência interna do partido e Baratieiri, “seu protegido”.

O PMDB do prefeito Dário Berger e do pré-candidato Gean Loureiro ainda articulam nacionalmente para conquistar o apoio do PT em Florianópolis. Nesse cenário, Márcio de Souza seria considerado o vice ideial pelos peemedebistas. O vereador nega que prefira coligar com o PMDB e garante que defende a chapa-pura petista.

— A direção nacional não tem porque preferir uma proposta inferior, de ser vice, diante de uma candidatura autêntica do Partido dos Trabalhadores.

A propósito, os defensores da aliança do PT com Angela Albino já esperavam essa reação do vereador petista.

Bookmark and Share

Comentários

comments

Comentários (1)

  • André diz: 14 de março de 2012

    Márcio de Souza tem como tarefa eliminar qualquer obstáculo à candidatura do PMDárioBerger. Ele nunca participou das reuniões do seu partido (PT) e jamais respeitou suas decisões e agora vem falar em decisão imposta? Márcio, fala sério…

Envie seu Comentário