Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Em nota, Pizzolatti diz que só falará sobre inquéritos após ter acesso aos autos do processo

07 de março de 2015 3

NOTA OFICIAL

O ex-deputado Federal João Alberto Pizzolatti Júnior, vem a público informar que, ele e seus advogados ainda não tiveram acesso a qualquer elemento de nenhum procedimentos investigatórios que tramitam no Supremo Tribunal Federal, que foram noticiados na data de ontem pela Assessoria de Imprensa do próprio STF.
Assim, qualquer manifestação sobre o tema, neste momento, é precipitada, inconsistente e ficria no
campo das suposições.
Tão logo tenha acesso aos autos, o que só deve ocorrer ao longo da próxima semana, o ex-parlamentar se manifestará de modo transparente, como sempre fez ao longo de toda a sua vida pública, na qual, cita-se por relevante, nunca respondeu a nenhuma ação de natureza criminal.
Ficando a disposição para esclarecimentos após acesso ao conteúdo das supostas denuncias.

Atenciosamente,

João Alberto Pizzolatti Júnior
Ex-deputado Federal
Secretário de Estado do Governo de Roraima

Bookmark and Share

Comentários

comments

Comentários (3)

  • Ratão do Banhado diz: 7 de março de 2015

    Upiara,

    Independente do que os políticos aleguem para se defender, o eleitor deve ter claro que a alternância de poder fortalece a democracia.

    Esta gente faz tudo isso para sustentar um plano de poder e acham tudo justificável para este fim!

    Apostam que a memória fraca da população e a ascensão da classe C vai livrá-los da punição.

    Não podemos ser ingênuos e achar que tudo se limita aos acusados por um dos delatores que operava para favorecer os interesses do partido com mais investigados.

    Isso vai mais longe atingindo mais empresas, pessoas e segmentos (hidroelétricas, aeroportos e etc.).

    Tem outra caixa preta que ninguém comenta: os cargos comissionados que consomem R$ 1bilhão/ano!

    A exploração predatória da terrinha vem desde o tempo dos portugas. Esta na hora de construirmos uma nação, acorda Brasil!

  • Rodrigo diz: 7 de março de 2015

    Que português sofrível, o da nota.

  • artur spredemann diz: 7 de março de 2015

    Não há o que dizer Deputado. As provas estão lá! O PP e você Pizzolatti mostram seu caráter, e envergonham SC. Envergonhando também a sua família. Fora PP, partido ladrão.

Envie seu Comentário