Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Ex-vereador Asael Pereira, condenado por venda de voto, marcha contra a corrupção

16 de março de 2015 13
Foto:  Reprodução, Instagram

Foto: Reprodução, Instagram

Não faz duas semanas que o ex-vereador Asael Pereira (PSB) foi preso pela Deic em São José. Como detalhou na época o jornalista Diogo Vargas, a prisão preventiva fora determinada porque o ex-parlamentar de Florianópolis não era localizado para responder ao processo que corre na 1ª Vara Criminal da Comarca da Capital para apurar a responsabilidade penal pela suposta venda de votos na eleição da Mesa Diretora da Câmara de Vereadores em 2010.

— Ele foi preso porque não havia sido localizado durante o processo criminal, conforme o artigo 366. É possível que seja apresentado amanhã mesmo ao juiz e assim seja liberado depois. Mas não é sentença — disse o delegado Walter Watanabe, da Divisão de Defraudações da Deic.

Depois do incidente, Asael ficou livre para protestar contra a corrupção na Petrobras e pelo impeachment da presidente Dilma Rousseff, no último domingo. O registro foi para o Instagram.

Pelo mesmo caso, Asael já foi condenado em uma ação civil pública em primeira instância. O juiz Luiz Antônio Fornerolli, em 13 de janeiro, condenou Asael, hoje suplente de vereador, a cinco anos de suspensão dos direitos políticos e multa de 20 vezes o valor do salário à época. Cabe recurso.

Atualização:

O ex-vereador Asael Pereira entrou em contato com o blog. Diz que já recorreu da decisão do juiz Fornerolli e negou as acusações de venda de voto.

— Eu não sou corrupto. É uma situação chata, estou recorrendo e tenho certeza de que vou ser absolvido porque foi uma condenação sem provas, com base em depoimento de uma única pessoa. Não quero mais saber da política. Estou cansado das coisas ruins que ela me trouxe.

Bookmark and Share

Comentários

comments

Comentários (13)

  • Apolinário de Jesus diz: 16 de março de 2015

    Asael, fanfarrão! KKKKKKKKKKK
    Volte para o culto, ovelha desgarrada do rebanho do Senhor!

  • Elisa diz: 16 de março de 2015

    é politico e não nega a cara de pau.

  • Sandra Costa diz: 16 de março de 2015

    Não quer saber de política e trabalha como suplente de Vereador. Oi?

  • Edemilson diz: 16 de março de 2015

    Infelizmente o Sr, Asael não é o único politico a participar das manifestações pedindo o fim da corrupção.
    A internet esta cheia de fotos de políticos que representam o passado e presente da podridão de nossa politica, posando de bons moços e exigindo o fim da corrupção.

    Será que eles acreditam que alguém ainda acredita neles.

    Além corruptos são hipócritas.

  • Rogério diz: 16 de março de 2015

    kkkkkkkkkkk que país é esse??? parece que em Orleans no sul do estado também teve um caso semelhante no dia do protesto.

  • André Claudio diz: 16 de março de 2015

    kkkkk……… Fora quantos foram para a festa!!!

  • Sérgio diz: 16 de março de 2015

    Vão pra manifestação e gritam: abaixo a corrupção! Mas votaram em quem? No Aécio? Então,”acertaram” em cheio.Em incoerência, é claro!Sem dúvida,tiveram uma diarreia mental.Neste caso, cabe melhor um “penicaço”, não um “panelaço”.

  • ANDRE diz: 17 de março de 2015

    Esse é o grande entrave: todos acham os outros corruptos e na verdade somos um país de corruptos, salvo exceções.

  • Guilherme diz: 17 de março de 2015

    Upiara, algumas correções:
    1º Asael não foi preso preventivamente no Inquérito Policial que tramita na 2ª Vara Criminal da Comarca da Capital, e sim em Ação Penal que tramita na 1ª Vara Criminal da Comarca da Capital em segredo de justiça;
    2º Na Ação Penal que tramita na 1ª Vara Criminal da Comarca da Capital, apura-se a responsabilidade penal pela suposta venda de votos na eleição da Mesa Diretora da Câmara de Vereadores;
    3º O Dr. Juiz de Direito que condenou Asael se chama Luiz Antônio Zanini Fornerolli. Essa condenação se deu na Ação Civil Pública, em a qual apura-se supostos prejuízos causados ao erário, não sendo apurada a responsabilidade penal de Asael, que repita-se, está sendo analisada na Ação Penal que tramita na 1ª Vara Criminal da Comarca da Capital, ainda em instrução.
    Feitas estas considerações, estou à disposição para dúvidas e esclarecimentos.

  • Ana Maria diz: 17 de março de 2015

    Genteeeee .. é muita cara de Pau, devia estar do lado do Vereador do PDT, q é da região do aeroporto e foi citado na Ave da Rapina, se duvidar estavam os 2 um do lado do Outro, gritando “Fora PT, a Corrupção é Nossa” …. kkkkkkkkkkkkká impossível levar essa marcha a sério.

    Estão pedindo a saída de uma Presidente Eleita Legitimamente como eles, e a qual não foi citada em nenhum inquérito. Enqto os citados, envolvidos, condenados, presos por corrupção, estão todos bradando, gritando e babando para tira-la.

  • Andrea diz: 17 de março de 2015

    A maior prova que as pessoas não sabem sequer diferenciar os pequenos atos de corrupção do dia-dia, como furar fila, estacionar em local proibido, são as palavras dessa criatura.
    “”— Eu não sou corrupto. É uma situação chata, estou recorrendo e tenho certeza de que vou ser absolvido porque foi uma condenação sem provas, com base em depoimento de uma única pessoa. Não quero mais saber da política. Estou cansado das coisas ruins que ela me trouxe.””
    Uma pessoa que se envolveu em Política, foi condenado por venda de voto, acreditar conforme suas próprias palavras que a Corrupção está só na Politica??
    Faz me rir, realmente como diz o comentário acima. “Impossível levar essa marcha a sério.”

Envie seu Comentário