Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Contexto estadual pode tirar PSB de Udo Döhler em Joinville

16 de fevereiro de 2016 1

Quando foi o anunciado um bloco envolvendo PSD, PSB e PR para as eleições municipais de 2018, os dirigentes afirmaram que os contextos locais seriam respeitados. Apenas haveria uma tentativa de estarem juntos no maior número possível de municípios. Mas tem uma composição que os pessedistas querem evitar a qualquer custo: o apoio dos aliados a candidatos do PMDB.

A situação mais tensa é Joinville, onde os pessebistas integram a base do prefeito Udo Döhler (PMDB), candidato à reeleição, tendo filiado o vice Rodrigo Coelho no ano passado. Líderes do PSD querem o partido fora da chapa, alegando a renúncia de José Claudio Caramori (PSD) para que Luciano Buligon (PSB) assumisse a prefeitura de Chapecó e o suporte da legenda à candidatura de Paulo Bornhausen (PSB) em Itajaí. Começa a pintar um cenário de candidatura própria do PSB em Joinville — uma forma de deixar Döhler sem abraçar Darci de Matos (PSD).

Bookmark and Share

Comentários

comments

Comentários (1)

  • Doreni Tezzari diz: 16 de fevereiro de 2016

    Prezado Upiara, em Florianópolis a corrida ganha mais dois postulantes a prefeitura fora aclamados ontem pelo PROS e pelo PHS, são os nomes de Salvador dos Santos e Gustavo Chrain.

Envie seu Comentário