Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Eskudlark abriu a porteira da troca de partidos na Alesc. Outros vêm atrás

25 de fevereiro de 2016 1

O deputado estadual Maurício Eskudlark estreou a janela da infidelidade partidária constitucional ao anunciar no início da semana que está trocando o PSD pelo PR. A pressa chamou atenção de outros parlamentares, assim como os motivos apontados pelo parlamentar. Eskudlark acha que pode enfrentar dificuldades na reeleição por causa das previsões de votação alta dentro do PSD _ em um partido médio, teria mais chances. É curioso que na última eleição, o parlamentar dividiu região com o ex-colega Gelson Merisio (PSD), deputado mais votado na última eleição e que já sinalizou que não disputa novo mandato na Assembleia.

Vai empatar
A semana começou com o deputado federal Jorginho Mello, presidente estadual do PR, quase comemorando a filiação de dois deputados estaduais para compensar a quase certa saída de Mario Marcondes do partido. Além de Eskudlark, as conversas estavam adiantadas com Ricardo Guidi (PPS). Mas a política é dinâmica.

Aconchego
Mário Marcondes quer um partido que lhe garanta a candidatura a prefeito de São José este ano e que não seja grande demais a ponto de atrapalhar uma possível candidatura à reeleição na Assembleia, se necessário. Por isso, o PMDB está descartado. PPS e PDT podem ser os destinos.

Bookmark and Share

Comentários

comments

Comentários (1)

  • NOTAS PARA O RELATO DE UMA TRAGÉDIA ANUNCIADA diz: 25 de fevereiro de 2016

    * Dir-se-ia do estouro da boiada que não terá mais trato, acabou-se a silagem das algas vermelhas;
    * Visse ? Os juros são compostos, a quadra está complexa, o molusco ainda pode nadar, a rainha está sem véu mas caminha no saltinho;
    * Sartorianas: Colombina,” eu sou você amanhã ” !
    * O cronograma de pagamento do estado não foi divulgado ainda e já vai para março… aí tem coisa, como a possibilidade de atrasar o pagamento…
    * Competência para isso o Fofo tem.

Envie seu Comentário