Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Eduardo Campos em Itajaí, sem Paulo Bauer

30 de July de 2014 0

Nessa hora, provavelmente, Paulo Bornhausen (PSB) e Joares Ponticelli (PP) explicavam a Eduardo Campos (PSB) os motivos da ausência de Paulo Bauer (PSDB).

Bookmark and Share

Comentários

comments

João Paulo II volta a Florianópolis para ficar

28 de July de 2014 0

Bookmark and Share

Comentários

comments

Não confundam os cabides

28 de July de 2014 1

Bookmark and Share

Comentários

comments

Amauri Soares convida para lançamento de candidaturas do PSOL - incluíndo a presidenciável Luciana Genro

28 de July de 2014 0

Candidato a senador pelo PSOL, o deputado estadual Amauri Soares gravou um vídeo para convidar os eleitores a participarem o lançamento das candidaturas do partido nas eleições de outubro. O encontro terá a presença de Luciana Genro, o nome do PSOL para a presidência. Será a terceira visita de presidenciável a Santa Catarina desde o registro das candidaturas – Aécio Neves (PSDB) esteve em Florianópolis no dia 17 e Eduardo Campos (PSB) tem agenda marcada para dia 30 em Itajaí.

A festa dos psolistas está agendada para às 19h de sexta, no restaurante Centenário, em Florianópolis. Mais detalhes, o candidato fala no vídeo.

Bookmark and Share

Comentários

comments

Mais um debate sem Colombo

27 de July de 2014 1

A Rádio Rural, de Concórdia, promoveu o segundo debate entre os candidatos a governador. Da mesma forma que no encontro realizado pela CBN Diário e pela TV COM, o governador Raimundo Colombo (PSD) não compareceu.

A rádio disponibilizou a íntegra no Youtube.

Paulo Bauer (PSDB) e Cláudio Vignatti (PT) destacaram em seus redes sociais a ausência do governador/candidato.

bauer

vignatti

Bookmark and Share

Comentários

comments

Eduardo Campos fala sobre vinda a Santa Catarina e pede votos para Bauer e Bornhausen

24 de July de 2014 0

Bookmark and Share

Comentários

comments

Os piratas estão com Afrânio

24 de July de 2014 4

Ainda em formação, o Partido Pirata abraçou em Santa Catarina a candidatura de Afrânio Boppré (PSOL) ao governo do Estado.

Crédito: Divulgação, Partido Pirata

Crédito: Divulgação, Partido Pirata

Atualização. O blog recebeu o seguinte comentário:

Venho através deste informar que este apoio do coletivo de Santa Catarina não representa de forma alguma a posição do partido pirata nacionalmente e que inclusive os mesmos estão neste momento enfrentando processo disciplinar justamente por essa ação.
Por isso dito, solicito encarecidamente aos responsáveis por esta matéria que, em prol da verdade dos fatos, deixem essa situação clara.
Nós do partido pirata nos colocamos a disposição para elucidar dúvidas.

Ahoy!
Max William Rogowski
Coordenador Região Sul

Bookmark and Share

Comentários

comments

Um ano depois, enfim, FCC tem presidente

23 de July de 2014 2

Depois de ficar praticamente um ano sem presidente, a Fundação Catarinense de Cultura (FCC) volta a ter o cargo ocupado. Terezinha Debatin foi nomeada hoje para assumir a presidência do órgão.

Ela era secretária-adjunta na Secretária de Turismo, Cultura e Esporte e é indicação do secretário Filipe Mello (PR). Terezinha já dirigiu atuou na Imprensa Oficial do Estado e é idealizadora do programa “100 cópias sem custos”, de incentivo a novos escritores. Segundo Mello, sua missão é interiorizar os programas da FCC.

A fundação não tinha comandante específico desde 4 de julho do ano passado, quando Joceli de Souza (PSDB) pediu demissão em meio à crise gerada pela interdição do Centro Integrado de Cultura, em Florianópolis, pelo Corpo de Bombeiros. Desde então, o cargo foi exercido provisoriamente pelo secretário de Turismo, Cultura e Esporte de plantão.

debatin

Bookmark and Share

Comentários

comments

Esportes político-radicais: o paraquedismo eleitoral

22 de July de 2014 2

Até outubro, diversos candidatos a deputado federal e estadual vão praticar o paraquedismo eleitoral. Nessa modalidade de esporte radical, políticos caçam votos fora de suas regiões de origem. O risco é o ataque dos candidatos locais. É um esporte muito comum em Florianópolis.

Nas eleições de 2010, os 10 candidatos a deputado estadual mais votados em Florianópolis eram da região, mas fizeram apenas 48,9% dos votos no município. Em Joinville, por exemplo, 10 mais, todos joinvilenses, fizeram 76,8% dos votos da cidade. Em Blumenau, os nove primeiros eram da região e fizeram 83,3% dos votos.

Bookmark and Share

Comentários

comments

A pesquisa e as dúvidas de Marciliana (que são as dúvidas de todos nós)

22 de July de 2014 0

A leitora que assina Marciliana Oliveira publicou um comentário que resolvi transformar em post porque mostra uma das formas que os eleitores podem usar para pesquisar seus candidatos.

Após uma pesquisa nas declarações de bens, ela questiona os valores declarados por alguns candidatos. O tema é recorrente. A explicação mais comum dada pelos políticos de que declaram os valores da época da compra, sem atualizações, por orientação da própria Justiça Eleitoral.

Nem sempre fica muito claro. Está na hora de uma revisão nos métodos de declaração de bens à Justiça Eleitoral, porque dessa forma, em tempos de redes sociais, prejudica ainda mais a credibilidade da classe política.

Segue o comentário da Marciliana, porque já falei demais.

Se tem uma coisa que gosto é comparar a evolução patrimonial dos candidatos e a distorção na declaração dos valores. Olho com especial atenção para aqueles que a cada eleição mudam de partido, como se fizessem dos partidos uma sigla de aluguel.

A ong Às Claras (www.asclaras.org.br) ajuda bastante, pois nela podemos ver os dados dos candidatos de todas as eleições a partir de 2000, inclusive podemos ver quem foram os principais doadores de campanha. A fonte desses dados são as declarações dos candidatos ao Tribunal Regional Eleitoral.

Na declaração do candidato Elpídio, vemos que o mesmo bem que em 2006 (uma casa na agronômica) foi declarado valendo R$ 150.000, em 2014 o candidato declarou como valendo R$ 10.000 (dez mil). Olha, não sabia que em Florianópolis os imóveis estavam tão desvalorizados. Isso tudo para dar a impressão de que não houve grande crescimento de patrimônio entre um pleito e outro. É só conferir na declaração, há mais imóveis “desvalorizando” a cada ano. http://www.asclaras.org.br/partes/candidato/@bens.php?id=83687

Já na declaração de bens do Paulo Bauer (http://www.asclaras.org.br/partes/candidato/@bens.php?id=83645), o veículo Ford Edge manteve o seu valor de R$ 119mil tanto na declaração de 2010, quanto na de 2014. Nunca vi um carro depois de 4 anos custar o mesmo valor de novo, por isso fui consultar na tabela FIPE e vi que o valor de mercado do Ford Edge ano 2009 é de 67mil reais.

Que bagunça é essa nas declarações? Quem deveria investigar isso? Por que os candidatos se sentem tão livres para apresentar valores tão distantes da realidade???

PS: Não vou mencionar discrepância na relação de todos os candidatos porque não sou repórter e também porque o post ficaria muito longo. Mas os dados estão lá, é só conferir.

Bookmark and Share

Comentários

comments