Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Governo sai em defesa de Temer após críticas

06 de julho de 2015 0

TEMER_16267528

*Por Renata Colombo

O governo federal pintou nesta segunda-feira (6) um cenário de harmonia na tentativa de afastar as teses de que o impeachment se aproxima e tem o apoio de supostos aliados do PT. Os rumores que rondam o Palácio do Planalto são de que os presidentes do Senado, Renan Calheiros, e da Câmara, Eduardo Cunha, articulam uma punhalada pelas costas da presidente Dilma Rousseff. No início da tarde, ela convocou reunião do Conselho Político ainda para esta segunda-feira.

O vice-presidente da república e presidente nacional do PMDB, Michel Temer, disse que não há crise e que o governo tem o apoio do Congresso.

Sobre os presidentes das casas legislativas estarem articulando o afastamento de Dilma, disse não crer que estejam dispostos a isso. “Penso que presidentes tenham uma história política e não levariam adiante”, argumentou.

Criticado por estar sendo sabotado pelo PT na articulação política do Planalto com o Congresso, Temer descartou a hipótese. Afirmou que dificuldades existem, mas tem o apoio dos líderes e está fazendo o que se espera de um vice.

Ele foi “afagado” pelos ministros das Cidades, Gilberto Kassab, da Ciência e Tecnologia, Aldo Rebelo, e o líder do governo no Senado, Delcidio do Amaral (PT-MS). Os três enalteceram a conduta do vice nas tratativas com o parlamento.

Rebelo saiu em defesa de Cunha e Calheiros: “o presidente Eduardo Cunha tem afastado em todas as suas manifestações públicas qualquer ilação ou hipótese relacionada com o afastamento da presidente da república. Quanto ao presidente do Senado, o conheço há 40 anos, nunca vi em nenhum momento da sua trajetória política o presidente Renan Calheiros afastado ou distanciado dos compromissos com a democracia, dos compromissos com a ordem constitucional e creio que qualquer ilação relacionada à participação do presidente da Câmara ou presidente do Senado não guarda nenhum tipo de correspondência com a biografia e as manifestações que eles tem realizado sobre este assunto.

Comments

comments

Envie seu Comentário