Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Demolidor e revolucionário

21 de setembro de 2016 0

No início da primavera de 1963, no dia 21 de setembro, portanto há 53 anos, morria Tyrteu Rocha Vianna, em Alegrete. Nasceu no interior do Estado, em São Francisco de Assis, em 22 de novembro de 1898, e passou a morar, na sua mocidade, em Porto Alegre, onde formou-se em Direito, em 1922. Em 1927, ele terminou seu primeiro e único livro, Saco de viagem, lançado em 1928 pela Editora Globo. Foram apenas 10 exemplares, marcados no colofão pelas letras de A a J. Dizem que, na época, a tiragem mínima era de mil exemplares. Tyrteu queria apenas 10 exemplares do livro, mas teria pagado o preço de mil. Ou seja, cada impressão do seu livro custou o equivalente ao preço de cem. Logo na capa da obra, com ilustração de sua autoria, o poeta fugiu de clichês. Ali, podemos perceber as suas intenções e objetivos. O desenho destaca a máquina e a velocidade, evidenciando a sua ligação ao credo estético futurista, criado pelo italiano Filippo Marinetti. Diferente da maioria dos poetas modernistas gaúchos – com rara exceção –, que exibiam nas capas de suas obras uma paisagem rural, ligada ao campo e estagnada.

12452272-Sem título-1 cópia.jpg-20_09_2016-16.46.44 Tyrteu Rocha Vianna, autor do livro Saco de viagem

Saco de viagem é um livro de estética modernista-futurista e de um humor corrosivo que lembra Oswald de Andrade. Na segunda reedição crítica da obra, Itálico Marcon registra: “Sem demérito ou subordinação descaracterizadora”, o autor “faz malabarismos com o seu tecido linguístico, criando neologismos saborosos e inusitados”, antecipando Guimarães Rosa. Nas suas poesias, ele também faz antecipações ao movimento concretista. Tyrteu é o “nosso modernista mais ortodoxo, vanguardista, demolidor e revolucionário”, afirma Marcon. Tyrteu Rocha Vianna não foi vanguardista somente na literatura, mas também nas comunicações, tendo sido o primeiro radioamador do Rio Grande do Sul e o quinto do Brasil.

Colaborou Zulmar Anchieta, poeta e professor

12452271-saco.jpg-20_09_2016-16.46.40 Ilustração da capa da obra

Comments

comments

Envie seu Comentário