Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Depoimento: "Paguei minha festa de formatura com lixo"

13 de abril de 2010 10

Pessoal, os exemplos de pessoas que ganham dinheiro com a reciclagem e o reaproveitamento de materiais que iriam fora estão cada vez mais numerosos. É o caso da costumaz colaboradora do blog Maíra Fontoura – responsável, entre outras coisas, pelo passo a passo de como fazer pulseiras com caixas de leite (um sucesso por aqui). No depoimento abaixo, ela conta como pagou a festa de formatura com as vendas de latinhas decoradas (logo logo ela vai ensinar aqui no blog como fazê-las, por sinal).

Por Maíra Fontoura

Desde criança gostava de artes manuais e já era ligada na preservação ambiental. Como tenho algumas tias muito prendadas, estava sempre na volta delas aprendendo alguma técnica nova. Mas foi quando meu filho tinha um aninho e comia bastante mingau, que me vi juntando muitas latas. Não tinha coragem de colocá-las fora, já estava com armário da cozinha lotado de latas, quando comentei com minha avó que gostaria de aproveitar as latas fazendo algum artesanato. Minha avó comentou que a Tia Sirley estava fazendo latas lindas, utilizando a técnica de decoupáge com guardanapo. Não pensei duas vezes, liguei pra ela e combinei de visitá-la para também aprender esta novidade.

Desde então, fazem 4 anos que dedico minhas horas livres ao artesanato. Por gostar de artes manuais e me preocupar com o impacto ambiental, procuro utilizar como matéria-prima objetos que seriam descartados  no lixo, e que muitas vezes acabam entupindo bueiros ou lotando os lixões.

E foi através das Eco latas, como chamo carinhosamente as latas que faço, que paguei toda minha festa de formatura. Em janeiro deste ano me formei em Marketing, e para pagar a festa, comecei alguns meses antes a juntar todo dinheiro arrecadado com as vendas. Aproveitei o Natal para vender inclusive na faculdade, vendi latas para colegas, professores e até para diretora da Universidade. Quando a data da formatura se aproximou,  comecei a fazer as latinhas que seriam entregues como lembrança para meus convidados e nesse meio tempo, dois colegas encomendaram latinhas com a mesma finalidade. Foi uma correria, tive que me virar em mil para conseguir entregar as encomendas em tempo, ficava todos os dias até a madrugada pintando… mas a quantia era exatamente o que precisava para pagar a fotógrafa e o salão onde eu faria maquiagem e cabelo.

No dia da formatura, estava colocando a toga e observei que no meu pé haviam pingos de tinta, achei graça, mas ao mesmo tempo fiquei orgulhosa em pensar que paguei minha festa praticamente com o que seria “lixo” para maioria das pessoas, mas que na mão de alguém preocupada com meio ambiente e apaixonada por artesanato acaba transformado em ítens úteis, exclusivos e sustentáveis.

Confira o site da Maíra aqui.

Comentários (10)

  • Fernanda diz: 13 de abril de 2010

    Olá! Sempre visito aqui e nunca comento. Mas hoje tirei 1 tempinho pra isso. Muiito legal o post. Infelizmente para algumas pessoas ainda soa estranho as ações que preservam a natureza e muitas delas te olham com estranheza quando tu diz que faz isso. Precisamos de pessoas como a Maíra para disseminar essas ações maravilhosas!

  • Maíra diz: 13 de abril de 2010

    Puxa Priscila, nem sabia que já tinha saído este post… que surpresa maravilhosa! Aproveito para agradecer a oportunidade! Obrigada Fernanda, pelo incentivo! Bjss

  • Amanda diz: 13 de abril de 2010

    Muito legal mesmo seu trabalho e sua história então podem render milhoes de matérias, posts, aonde for! Parabéns. Deus continue te abençoando.

  • Rachell diz: 14 de abril de 2010

    Olá! A Maira é minha prima e sempre quando escuto ela contar essa historia me emociono! Eu acompanhei boa parte de seu progresso, desde as primeiras latinhas, ainda timidas, até aquelas que de tão aperfeiçoadas pareciam verdadeiras obras de arte! Sinto muito orgulho de ter a Maíra como prima e, principalmente, como uma grande amiga, na qual sempre me inspirei e admirei!
    Parabéns pelo trabalho! Sucesso a Maíra e ao Blog!

  • monique futscher diz: 14 de abril de 2010

    Parabéns por mais esta iniciativa ecológica e sustentável…….vc reaproveita muito bem e com muita criatividade o que a maioria das pessoas veem como lixo…..Voce é dotada e aproveita bem suas aptidões,assim como,ainda preserva e se preocupa em divulgar e incentivar os outros……Sou fã do seu trabalho,visito o seu blog diariamente e acredito na beleza do que vc faz….Abraços,mimirabolantes p.vc !Com carinho,Monique

  • Fuxicos e Retalhos by Renata Arruda diz: 14 de abril de 2010

    Parabéns… sempre admirei seus trabalho, e adorei saber da sua estoria.. ja que artesanatos são minha paixão e tambem no momento me ajudando financeiramente a conquistar muitas coisas…
    Sucesso a ti amiga, bjs

    Renata

    http://www.fuxicosretalhos.blogspot.com/

  • Marcio diz: 17 de abril de 2010

    Oi Priscila! Queria dar os parabéns a ti e à Maíra pela iniciativa “faça você mesmo” e queria mostrar alguns trabalhos de artesanato reciclável que fiz com CDs e tampinhas: http://www.flickr.com/photos/marciorjusto/sets/72157623071728959/

    Um abraço!

  • Ary diz: 25 de abril de 2010

    Parabéns, Maíra! Se não for um caso de homônimo, o pai da Maíra é arquiteto e trabalha com construções sustentáveis em Garopaba. Se for, gostaria de ver o site aqui publicado (tem fotos ótimas).

  • Beth diz: 8 de maio de 2010

    Parabéns Maíra,pela consciência “garra” para trabalhar.Muito linda essa história!
    Bjs

  • Adriana diz: 10 de maio de 2010

    Parabéns Maíra , sou fâ dos seus trabalhos e seguidora do seu blog. Desejo muito sucesso p/ vc. bjs…

Envie seu Comentário