Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Capital testa placa de trânsito ecológica

29 de dezembro de 2010 1


Estão em fase de testes na Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) novas placas de trânsito feitas de pneus reciclados, em vez de metal. A possibilidade de utilização se dá em razão do valor sustentável da sinalização, que agride menos o meio ambiente.

Em relação ao custo, revela a EPTC, as placas produzidas a partir de pneu são cerca de 10% mais caras. No entanto, a borracha não tem preço comercial relevante, ao contrário do metal que muitas vezes é furtado, em atos de vandalismo, para ser revendido. Outro fator importante da sinalização ecológica é a durabilidade: a borracha não quebra e demora mais para se degenerar do que o metal.

As placas de pneus reciclados estão passando por testes de resistência e visibilidade na EPTC. Se aprovadas, as sinalizações poderão ser implantadas nas ruas a partir de 2011. Atualmente, existem cerca de 130 mil placas de sinalização de trânsito em Porto Alegre.

Comentários (1)

  • Natal Marchi diz: 7 de março de 2011

    Tudo o que é feito para defender o meio ambiente é louvável.

    Por falar em placas, convém ressaltar a necessidade de conterem dizeres gramaticalmente corretos.

    Não sei se isso ocorre também em Porto Alegre, mas em muitas cidades nas placas de sinalização e outras placas, são cometidos erros primários, tais como: retorno “à” 200 “mts”. O acento grave (crase) está incorretamente utilizado, por que antecede numeral (masculino). E ainda: a abreviação de metro(s) é m, sem T e sem S.

    Horário de funcionamento: das “12:00 às 18:00 hs”. O correto é: das 12h às 18h. Não se justifica a utilização de DOIS PONTOS e nem DOIS ZEROS.

    Não sou dono da verdade, não. Estou apenas querendo colaborar.

Envie seu Comentário