Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts com a tag "comércio"

Cinco dicas para se preparar para a Copa nos próximos dias

18 de março de 2014 0

Quem tem comércio ou presta serviços pode e deve se preparar para a Copa para aproveitar o movimento que os jogos vão provocar nas 12 cidades-sede e nos locais que servirão de base para as seleções internacionais. Os empreendedores precisam ficar alerta e se adequar ao público que circulará na cidade.

_ O momento, agora, é de se planejar e usar a Copa do Mundo para apresentar e mostrar para o máximo de pessoas o que se oferece ao mercado. Você tende a criar um cliente insatisfeito se aumentar o valor do produto por causa da demanda _ opina o sócio do Instituo Aquila, Christiano Gomes.

A consultoria listou cinco dicas para os pequenos empresários se preparem e ajustarem os negócios para a Copa do Mundo. Confira:

1. Identificar o quanto o negócio está adequado à oportunidade: com uma análise prática, o empresário visualiza a capacidade de atuar durante o evento;

2. Definir estratégia de atuação: determinar as ações que serão executadas para manter o negócio, ou seja, aproveitar o apelo regional ou adaptar os produtos para todos os públicos;

3. Criar condições para executar a estratégia: viabilizar as condições, como garantir produtos com os fornecedores, contratar mais funcionários, adaptar o espaço, garantir a infraestrutura e aceitar outras bandeiras de cartão de crédito para pagamento;

4. Determinar a estratégia de marketing, a fim de garantir que a divulgação atinja o público-alvo: é importante reconhecer que para atrair o consumidor, o empresário precisa aparecer, de maneira planejada e convincente;

5. Checar o bom desempenho e cumprimento dos prazos: para qualquer negócio é essencial que o gestor acompanhe se as metas serão cumpridas e o prazo atingido. Após os eventos, quantificar os resultados e absorver as lições aprendidas.

 

Comércio gaúcho avalia potencial de turismo dos visitantes durante a Copa

15 de janeiro de 2014 0

O comércio gaúcho tem mais motivos para comemorar com as seleções sorteadas para jogar em Porto Alegre durante a Copa do Mundo de 2014. De forma geral, os países que virão à Capital serão um excelente atrativo para o turismo e comércio do Rio Grande do Sul. Torcedores da Argentina serão os mais numerosos, pela proximidade e pela paixão pelo futebol, tão intensa como a brasileira. Isso pode significar milhares de turistas, de acordo com a Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Rio Grande do Sul – FCDL-RS.

- Acreditamos que o número de visitantes argentinos pode chegar a cerca de 40 mil, especialmente chegando pela via rodoviária, dispostos a torcer pela sua seleção e consumir – ressalta o presidente da FCDL-RS, Vitor Augusto Koch.

Um fator que facilita as vendas para o púbico argentino é que alguns de seus principais hábitos de consumo são muito similares aos gaúchos. A erva-mate e a carne bovina fazem parte do dia-a-dia do país vizinho.

As seleções europeias, França e Holanda, deverão enviar ao Rio Grande do Sul pelo menos 8 mil visitantes. Além de alimentação e hotelaria de ticket mais elevado, esse grupo de turistas tenderá a consumir mais artigos de vestuário, calçados e artigos de uso pessoal. O turismo cultural também deverá ser bastante requisitado por esses torcedores.

Argélia e Nigéria estão estreitamente ligadas à cultura árabe e tem a tradição de forte religiosidade. Os negócios que conseguirem aliar essa questão ao lazer associado à Copa do Mundo terão boas oportunidades, especialmente na hotelaria e alimentação.

- Com esses visitantes, os comerciantes precisam estar atentos às diferenças culturais. É importante, por exemplo, não colocar produtos suínos, que eles não consomem, próximos a outras carnes e lembrar que bebidas alcoólicas são proibidas para a maioria dos islâmicos – conclui Vitor.

A única seleção que não foi positiva no sorteio das chaves da Copa do Mundo é a seleção de Honduras. Na avaliação da entidade, este país não deve somar um contingente de turistas relevante para Porto Alegre. Sobre a Austrália, Koch afirma que o maior potencial de consumo deva ser a moda praia e artigos para esportes marítimos, como o surf.

- A tendência é que o turismo de australianos fique limitado a poucos milhares de visitantes, já que o futebol não é dos esportes mais populares naquele continente – explica o presidente da entidade varejista.

Comércio reforça estoque de climatizadores diante do calor

27 de dezembro de 2013 0

Atualmente, só 13% das 57 milhões de residências do país contam com ar-condicionado, mas, com o intenso calor dos últimos dias, consumidores têm ido às lojas em busca de aparelhos de ar condicionado, climatizadores e ventiladores para refrescar o ambiente.
Nas lojas da Ponto Frio de Porto Alegre, a cada três dias consecutivos de calor, cresce a procura e compra destes itens. Ao reforçar o estoque neste final de ano, a rede têm dado atenção aos climatizadores, principalmente os conhecidos como reverso, que podem ser utilizados durante o ano inteiro. Mas a demanda por aparelhos de ar condicionado também grande.

Venda de smartphones deve crescer 150% no Natal

20 de dezembro de 2013 0

A venda de smartphones no Natal dos gaúchos deverá manter coerência com a dinâmica nacional e crescer cerca de 150%, em comparação com as festas de final de ano de 2012. A pesquisa elaborada pela Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas (FCDL-RS) apontou que 410 mil aparelhos devem ser vendidos nos últimos dias de 2013, gerando uma expectativa de faturamento de R$ 225,5 milhões.

O movimento representa a consolidação de mudanças importantes nos hábitos de comunicação dos brasileiros.

_ Uma boa câmera fotográfica no aparelho ainda pode fazer a diferença para muitas pessoas, mas o fundamental, especialmente para os mais jovens, é a conectividade com a internet _ explica o presidente da FCDL-RS, Vitor Koch.

Sete dicas para quem deixou as compras para a última hora

18 de dezembro de 2013 0

Se depender do consumidor brasileiro, os corredores das lojas e dos shopping centers vão ficar lotados nesse fim de ano. Um estudo realizado pelo SPC Brasil estima que 16,5 milhões de brasileiros vão deixar para escolher os presentes na semana que antecede o Natal, motivados principalmente pelo pagamento da segunda parcela do 13º salário. De acordo com o levantamento realizado pelo SPC em todas as capitais, 54% dos entrevistados – o que corresponde a 49,5 milhões de brasileiros –, afirmaram que fariam as compras natalinas na primeira quinzena de dezembro e 18% admitiram que deixariam para comprar os presentes na última semana antes do Natal.

A pesquisa mostra ainda, que as mulheres tendem a se planejar um pouco mais do que os homens. Entre elas, 16% das mulheres entrevistadas responderam que iriam às compras somente na véspera do Natal, contra 21% da parcela masculina dos entrevistados.

Comprar de última hora é um mau negócio

Na avaliação do gerente financeiro do SPC Brasil, Flávio Borges, deixar as compras natalinas para a última hora não é uma boa opção para quem pretende gastar menos.

_ Quanto mais perto do Natal, mais caros os presentes ficam. Se o consumidor deixa para comprar em cima da hora, acaba não tendo tempo para pesquisar preços e, consequentemente, desembolsa mais. Sem mencionar ainda, o risco dele não encontrar o produto desejado _ explica Borges.
Confira algumas dicas para quem deixou as compras natalinas para a última hora:

1. Saia de casa tendo em mente o que pretende comprar. Estabeleça um valor máximo para gastar e seja disciplinado para não excedê-lo.

2. Procure definir faixas de preços para cada presente e priorize as compras a vista. Se o pagamento for em dinheiro, tente negociar um desconto com o lojista.

3. Fuja dos congestionamentos e da dificuldade de encontrar vagas nos estacionamentos. Avalie se não é melhor ir às compras de transporte público ou de táxi.

4. Para escapar do tumulto de shopping center, considere as lojas de rua como uma boa alternativa.

5. Se for ao shopping, procure concentrar suas compras nos horários de menos fluxo, como entre 10h e 11h ou no início da tarde, entre 14h e 15h.

6. Se for comprar pela internet, fique atento ao prazo de entrega. O atraso na entrega de encomendas é um problema que muitos consumidores enfrentam nesta época do ano.

7. Para quem não conseguiu comprar o presente desejado, uma boa ideia é aproveitar as liquidações de janeiro, quando os comerciantes apostam nos saldões e nas promoções especiais para conquistar o cliente.

Furtos no varejo aumentam até 40% no Natal

17 de dezembro de 2013 1

Na época do Natal, dezenas de consumidores ocupam os corredores do comércio e dos shopping centers. Mas receber muita gente na loja não é certeza de faturamento maior e pode se transformar em prejuízo provocado, principalmente, pelo aumento das ocorrências de furtos.

_ Nesse período do ano, os furtos aumentam entre 30% e 40%, especialmente nas seções de brinquedos, confecção e eletrônicos, porque os produtos ficam mais expostos nas prateleiras e a demanda é maior _ afirma Luiz Fernando Sambugaro, diretor de Comunicação da Gunnebo Gateway Brasil, empresa de soluções tecnológicas para a proteção eletrônica de mercadorias no varejo e uma das maiores companhias do mundo na área de segurança.

De fato, a quantidade de consumidores que circula nas lojas aumenta desproporcionalmente em relação às demais datas comemorativas. Dados da Alshop e do Ibope mostram que apenas os shopping centers receberam 472 milhões de pessoas no fim do ano passado. Para este ano, a expectativa é de que o número de compradores aumente ainda mais em todo o comércio, já que a Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CDNL) e o SPC esperam que este seja o melhor Natal dos últimos dois anos.

Comércio da Capital tem horário especial nos dias 24 e 31 de dezembro

16 de dezembro de 2013 0

As lojas da Capital funcionarão nos dias 24 e 31 de dezembro até às 18h nos estabelecimentos de shoppings centers. As lojas de rua podem ficar abertas até às 19h nestas datas.

Nos demais dias da semana de Natal e de Ano Novo, o comércio poderá funcionar sem qualquer limitação. Nos dias feriados de 25 de dezembro e 1º de janeiro de 2014 as lojas não poderão atender com empregados.

Os horários são estabelecidos pela  cláusula 75ª da Convenção Coletiva de Trabalho.

Os consumidores podem ter outras informações sobre o funcionamento das lojas pelo telefone (51) 3025.8300.

Mais de 159 mil vagas temporárias estão disponíveis

02 de dezembro de 2013 0

A poucos dias do Natal, o comércio ainda busca profissionais para preencher vagas de trabalho temporário. De acordo com a Associação Brasileira das Empresas de Serviços Terceirizáveis e de Trabalho Temporário (Asserttem), a oferta é de 159 mil vagas neste fim de ano, 1,3% maior em relação ao mesmo período do ano passado.

O alerta pode ser dado aos empregadores, que tem de tomar cuidado no processo de contratação de trabalhadores temporários devido às diferenças na legislação.

_ As cláusulas para cada tipo de contrato mudam e as regras são bastante diferentes, principalmente em relação aos direitos e deveres da mão de obra _ afirma o professor dos Cursos Contmatic, Sidney dos Santos.

Empresa cria máquina para aumentar a circulação de moedas no país

29 de novembro de 2013 0

O hábito de acumular moedas no cofrinho – e não utilizá-las – se tornou um problema para o comércio brasileiro que, segundo o Banco Central, deixa de contar com 27% do volume total de moedas emitidas devido a perdas e armazenamento. Essa prática, conhecida como entesouramento, representa um montante de R$ 508,3 milhões a menos em circulação para facilitar as operações comerciais.

A CataMoeda sugeriu uma solução aos estabelecimentos comerciais e apresentou uma máquina na qual os consumidores podem depositar suas moedas. O cliente recebe um vale-compras com a quantia correspondente somada a um bônus para usar na loja. As duas máquinas que estão em operação nos supermercados Condor, no Paraná, captaram mais de 210 mil moedas, cerca de 5 mil depósitos.

_ A valorização e consequente circulação das moedas acabam sendo estimuladas em um processo que pode ser realizado de forma rápida e divertida, que sempre gratifica o usuário _ ressalta Victor Levy, CEO da CataMoeda. O negócio recebeu recentemente um aporte de R$ 1,8 milhão do Fundo Santa Catarina.

Baseado no perfil dos consumidores, Shopping TOTAL vai sortear apartamento para os clientes

27 de novembro de 2013 0

Com uma ação promocional inédita, o Shopping TOTAL sorteará um apartamento com carro na campanha de Natal. A promoção iniciará no dia 28 de novembro e seguirá até o dia 03 de janeiro.

Segundo a Gerente de Marketing do shopping, Carolina Toledo Rosito, é esperado um público recorde em relação aos anos anteriores.

_ Nós avaliamos a nossa pesquisa de perfil de consumidor e estamos dando um prêmio que é o sonho de consumo da grande maioria dos nossos clientes. O valor de R$ 100,00 em compras permite uma maior participação do nosso público e acreditamos que as lojas terão uma bela repercussão em vendas _ completou a gerente.

Para realizar todas as ações de Natal, incluindo a decoração, o Shopping TOTAL investiu cerca de R$ 1,5 milhão.