Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

O que você acha da polêmica paradinha?*

19 de maio de 2010 3

Como frequentador assíduo da posição mais amaldiçoada do futebol (goleiro), acho covardia a tal da “paradinha”. Ficou pior ainda com esse tal paradão que o santista Neymar insiste em usar. Claro que também considero o pênalti um artifício que favorece o infrator, pois a pessoa que comete a falta usa de meios antidesportivos para evitar a conclusão da jogada, que, geralmente, tem como objetivo o gol. E você, o que acha da paradinha?

*André Martins, chargista e infografista da Hora

Comentários (3)

  • Lourenço Naves diz: 19 de maio de 2010

    Realmente, não combina com o esporte uma coisa dessas, isso é passar o colega, no caso, o goleiro pra trás. Nunca poderia ter sido permitido, jogo limpo é o certo. Abraços.

  • CARLOS diz: 19 de maio de 2010

    ESTÁ NA REGRA DO FUTEBOL. A BOLA É CONSIDERADA EM JOGO, QUANDO, DEPOIS DE TOCADA, DER UMA VOLTA COMPLETA SOBRE SUA PRÓPRIA CIRCUNFERÊNCIA. TEM ALGUMA REGRA SOBRE O COMPORTAMENTO DO JOGADOR ANTES DE BATER NA BOLA?…NÃO…NADA. FICA CLARO, ENTÃO, DEDUZIR QUE ENQUANTO A BOLA NÃO É TOCADA TUDO PODE SER FEITO OU QUASE TUDO…A PARADINHA É UMA “FINTA”, UM DRIBLE DE BOLA PARADA. O GOLEIRO QUE BUSQUE UM MEIO DE SOBREPUJAR ESSE…”ENGODO LEGAL”. DEVERIAM SIM, É PROIBIR O JOGADOR DE RECUAR A BOLA DO CAMPO DE ATAQUE PARA SEU CAMPO DE DEFESA, COMO NO BASQUETE. A PROIBIÇÃO DA PARADINHA OU PARADÃO É UM ATRASO PARA O FUTEBOL. UM ATRASÃO!…HÃO!

  • Fernando Lira diz: 20 de maio de 2010

    Um absurdo um profissinal como o árbitro Heber Roberto Lopes desconhecer as regras impostas pela mesma instituição que o credencia (FIFA) e ainda punir errôneamente outro profissional, o jogador de futebol Viáfra.
    Mas pior ainda são as autoridades da CBF fecharem os olhos diante de tremenda injustiça. É a impunidade brasileira para os políticos trazida para os campos para defender arbitragem e órgãos (in)competentes de futebol.

Envie seu Comentário