Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Posts de outubro 2008

Voltando-nos para Deus

31 de outubro de 2008 0

Foto retirada da Revista Liturgical Ministry 2008

Hoje em dia vivemos em um mundo conturbado, agitado quase esquizofrênico – a palavra do momento é estresse. Nossa sociedade vive ocupada, as pessoas estão repletas de coisas a fazer e a cada dia vivem correndo mais e mais – isso pode ser notado na maneira como as pessoas se comportam, no trânsito das grandes cidades, nas ruas, há sempre pessoas se acotovelando tentando chegar mais cedo sabe-se lá aonde – talvez nem mesmo elas próprias saibam por que correm – e diante desta correria desenfreada imposta pela sociedade, porque hoje em dia estar ocupado é sinal de status,  em meio a este turbilhão vamos nos esquecendo de nós mesmo, vamos também nos esquecendo de Deus. Uma das grandes fraquezas de nossa sociedade atual é que paramos de orar em nossos lares; igualmente não é incomum que encontremos alguma desculpa para negligenciarmos a fé e por isso, muitas vezes nos sentimos cansados, sobrecarregados e insatisfeitos. Ao mesmo tempo um número cada vez maior de pessoas procura em vão um sentido para as suas vidas – em vão por que procuram longe de Deus.

Para transformar esta realidade é necessário que busquemos um tempo para nós mesmos e abramos um espaço para Deus em nossas vidas, lares e famílias. Para o cristianismo celta a oração é o veículo desta transformação e cada dia é uma oportunidade para tomarmos contato com Deus através da oração, permitindo que o pulsar da Vida Divina ressoe em nossa realidade humana e transforme o ritmo de nossas vidas.

Na Tradição Celta, hoje (sexta-feira) é o dia da crucifixão. Lembramos a morte e Paixão de nosso Senhor. Nós oramos especialmente por todos os que estão sofrendo. Rendemos graças pela nossa salvação e oramos pela redenção de toda a criação.

 

Orações:

Nós te adoramos, ó Cristo, e te bendizemos,

Porque pela tua Santa Cruz redimiste o mundo.

 

(Silêncio)

 

Para tua Cruz, ó Cristo, nos voltamos em busca de transformação,

Porque só Tu podes nos tornar novos.

Voltamo-nos com os corações quebrantados e espíritos cansados,

Porque só Tu podes nos tornar novos.

Voltamo-nos juntamente com os enfermos no corpo e na mente,

Porque só Tu podes nos tornar novos.

Aproximamo-nos de Ti, junto com os fracos e debilitados,

Porque só Tu podes nos tornar novos.

Voltamo-nos para Ti como pecadores e com os que se sentem culpados.

Porque só Tu podes nos tornar novos.

 

Graças te dou, meu Senhor Jesus Cristo,

por todos os benefícios que pela tua vitória me deste,

por todas as dores e insultos que suportaste por mim.

Ó misericordioso Redentor, Amigo e Irmão,

que eu possa te conhecer melhor,

que eu te ame mais e mais,

e possa te seguir mais de perto,

dia após dia. Amém.

Texto adaptado do Livro “O RITMO DA VIDA” de David Adam (vigário de Holy Island / Ilha de Lindisfarne, no norte da Inglaterra)

Postado por Revda. Marinez Rosa dos Santos Bassotto

LIDERANÇA MORAL

31 de outubro de 2008 1

Falar de “liderança moral” no mundo de hoje parece uma contradição. Diariamente as manchetes destacam desgraça, queda de poder, prisão ou resignação forçada de um líder político, industrial, religioso, ou comunitário em algum lugar do mundo.

            A moralidade em liderança é algo que conta. Em alguns países, o colapso de economias inteiras tem origem em formas variadas de governo e/ou em corrupção corporativa. Alguns líderes fizeram guerra para manter o poder político, satisfizer o ego, ou defender o privilégio de uma tribo ou classe particular. No nível local, líderes imorais privaram as comunidades de fundos vitais ao seu desenvolvimento, forçando a adoção de políticas corruptas e acirrando ódios étnicos ou religiosos. Como podemos ter moralidade em liderança?

Para responder a essa pergunta, temos que aprofundar nossa reflexão sobre a natureza da própria moralidade. Os bahá’ís entendem que os seres humanos possuem uma natureza dual. Um aspecto do ser humano está centrado no mundo material. Neste aspecto, falando simplesmente, a pessoa apenas se preocupa com as necessidades físicas básicas: sobrevivência, alimento, moradia e conforto. O outro aspecto da realidade humana é o seu lado espiritual. Este aspecto tem origem na alma humana racional, criada por Deus, e que gera amor, compaixão e altruísmo.

Em tempos passados, nossa realidade espiritual encontrava expressão no chamamento de “amai-vos uns aos outros” e de submissão à vontade de Deus. No mundo de hoje, porém, tal realidade espiritual tem sua expressão de maturidade no conceito de unidade da humanidade, que é o princípio básico de nossa era de integração e interdependência globais. Em termos concretos, tal conceito amplia a noção de amor ao próximo para uma escala de aldeia global. Exige um novo tipo de líder, alguém que possa ser definido como um” líder moral”.

As características de liderança moral incluem um compromisso de buscar a verdade de uma situação (em vez de trabalhar por posições pré-estabelecidas ou partidárias) antes de entrar em ação, ênfase em métodos de tomada de decisão, habilidade de inspirar e encorajar ações construtivas ao nível das raízes da sociedade, e a faculdade de ver “o fim no princípio” –em outras palavras, capacidade de visão. O novo paradigma de liderança significa que os líderes de hoje devem mostrar-se interessados principalmente em prestar serviço à sua comunidade — em vez de tentar impor suas próprias idéias, fazer carreira ou obter privilégios. (Dito de outra forma, a característica primária de um líder moral deve ser “a de quem serve mais à comunidade” em vez de “quem domina mais a comunidade”). Sua obrigação principal deve ser servir aos melhores interesses da maioria, em vez dos interesses de qualquer facção particular, ideologia, tribo ou corporação.

 Em termos gerais, os líderes morais precisam abraçar as idéias sociais progressivas que se originam do princípio da unidade de humanidade: eles têm de expressar um compromisso com os direitos humanos, possuir uma compreensão das ferramentas necessárias para promover a coesão e o bem-estar social, apoiar inequivocamente a igualdade de mulheres e homens, e superar completamente qualquer preferência baseada em raça, etnia, convicção religiosa ou origem.

Talvez a característica mais importante para definir a liderança moral seja a veracidade. “Veracidade é a base de todas as virtudes do mundo da humanidade; Em outro lugar, nas escrituras bahá’ís, lemos que “… as ações íntegras da pessoa testemunham a veracidade de suas palavras” Devemos entender que precisamos ter um único padrão de conduta, tanto em público como na vida privada, e uma forma de agir, em todos os nossos esforços, que retratem sinceridade moral. Todos podem ser lideres morais. Podemos ser lideres morais nas nossas comunidades, nos clubes, nos grupos ou nas cidades onde vivemos. Que nossos lideres recém eleitos também exercem esta liderança moral. 

Postado por payam Neda

Um silêncio que conduz a Deus

30 de outubro de 2008 0

Espaço de Oração/Conferência de Lambeth 2008/Reverendo Francisco de Assis da Silva

Fomos acostumados a orar falando, falando, falando… É como se necessitássemos convencer Deus de alguma coisa. No entanto se queremos aprender a orar com o coração, o Silêncio é importante. Não tanto o silêncio externo, mas o silêncio interno. Nosso tempo de oração deve ser um tempo dedicado para esperar e olhar para nosso Deus. Um tempo para permitir que o Transcendente entre profundamente em nosso pensar e agir. Não é um tempo vazio, mas um tempo de sentir a Deus e se deixar tomar por Ele, abrir-se completamente a Ele. Quando você orar experimente não dizer muito e esperar silenciosamente “ouvir” a voz de Deus.

Hoje, quinta-feira, pela Tradição Celta, expressamos nossa crença no cuidado de Deus pelo mundo. Lembramos o trabalho da igreja. E somos convidados a orar por nossas igrejas, nossas comunidades, conscientes de que Deus atua nelas e através delas.

Orações:

 Deus Todo-poderoso,

dá-nos sabedoria para perceber-te,

inteligência e compreensão de Ti,

diligência para seguir-te,

paciência para esperar em Ti,

abre nossos olhos para reconhecer-te,

e nossos corações para meditar a teu respeito.

 

(Silêncio)

 

Senhor, sê conosco e guia-nos,

 dentro de nós para nos fortalecer,

fora de nós para nos proteger,

acima de nós para fazer-nos melhores,

abaixo de nós sustentando nossos passos,

a nossa frente para nos conduzir,

a nossas costas para nos guardar,

sempre próximo a nós,

este dia e para sempre. Amém.

 

Texto adaptado do Livro “O RITMO DA VIDA” de David Adam (vigário de Holy Island / Ilha de Lindisfarne, no norte da Inglaterra)

Postado por Revda. Marinez Rosa dos Santos Bassotto

ORAÇÃO DE AJUDA

29 de outubro de 2008 3

Nesta quinta feira, dia 30 de outubro, às 19h30min participarei na “Noite de Orações” no Centro Bahá’í de Porto Alegre ( Rua Gen.Salvador Pinheiro, 319 – Vila Jardim). 

 Neste evento ofereceremos orações para remoção de dificuldades, cura dos enfermos, família, para os já falecidos e para nossa cidade.

Convido todos os leitores para participar neste evento e receber orações  sinceras para  suas necessidades.

O evento é aberto e não tem custo nenhum.

Oração de Ajuda

  Ó tu que estás te volvendo a Deus! Fecha teus olhos a tudo o mais, e abre-os para o reino do Todo-Glorioso. A Ele, exclusivamente, pede o que quer que desejes; Dele, exclusivamente, busca o que quer que busques. Com um olhar realiza Ele cem mil esperanças, num relance cura cem mil doenças incuráveis, com um vislumbre aplica um bálsamo em toda ferida, com um aceno livra os corações dos grilhões do sofrimento. Assim Ele procede, e que recurso temos nós? Ele cumpre a Sua Vontade, Ele ordena o que Lhe apraz. Assim, te é melhor curvares a cabeça em submissão, e colocar tua confiança no Senhor Todo Misericordioso.

 

www.Bahai.org.br

 


 

Postado por PAYAM NEDA

Um portal para Deus

29 de outubro de 2008 0

Lamparina com a Chama de Pentecostes/Paulo Antonio Bassotto

A oração serve para colocar no coração e na mente aquilo que cremos, ela fortalece a nossa fé e adoração. Mas, acima de tudo é um portal às realidades eternas e ajuda-nos a tomar consciência da presença de nosso Deus. Sua função é abrir nossos sentidos e vidas para todas as ações de Deus.

Hoje (quarta-feira) celebramos o poder do Espírito Santo. Damos graças pelos dons do espírito – acima de tudo pelo Dom do Espírito, que nosso Deus partilha conosco. Nos alegramos no Senhor Doador da Vida e damos graças pelo dom da vida e pelas habilidades que Ele distribui a todos.

 

Meditação e Oração:

Vem, Santo Espírito, vem,

Vem e preenche-nos.

Vem, Senhor da Vida, vem,

Vem e preenche-nos.

Vem, sopro do Céu, vem,

Vem e preenche-nos.

Vem, chama do amor, vem,

Vem e preenche-nos.

Vem, doador de todos os dons, vem,

Vem e preenche-nos.

 

(Silêncio)

 

A força de Deus nos guie.

O poder de Deus nos preserve.

 A sabedoria de Deus nos instrua.

O Espírito de Deus seja conosco,

Este dia e para sempre. Amém

Postado por Marinez Rosa dos Santos Bassotto

SEXO FORTE?

28 de outubro de 2008 2

   

Mais de um século atrás e pela primeira vez na historia das religiões, Baháúlláh, profeta fundador da Fé Bahá’i, proclamou a igualdade entre os homens e mulheres e convocou os bahá’ís do mundo para promoverem esta causa. “A humanidade assemelha-se a um pássaro, uma asa é o homem e a outra, a mulher. O pássaro não pode alçar vôo sem o equilíbrio dessas duas asas”. Todos que desejam a melhora do mundo devem dedicar seus esforços à promoção deste equilíbrio.

A participação das mulheres nos assuntos da sociedade é um passo importante na resolução dos desafios atuais do mundo como as guerras, discriminação racial e religiosa, e as crises econômicas. As mulheres resolvem os problemas difíceis através  de dialogo e compreensão em vez de agressão e guerra.   O futuro do mundo depende do equilíbrio entre feminino e masculino. Somente a unidade e o espírito de cooperação, em vez de dominância e força, podem solucionar as tribulações e as calamidades de hoje.

            As Mulheres são as construtoras da nossa civilização; são as primeiras educadoras. A  educação espiritual e moral tão desprezada nas escolas é o caminho certo para atingir esta igualdade de direitos entre homem e a mulher; é  a única forma de educação para exaltar a dignidade humana e oferecer valores como honestidade, cortesia, generosidade, respeito e paz. Através destes valores construiremos uma sociedade saudável baseada nas famílias que criam cidadãos dedicados ao serviço das suas comunidades.  As mulheres são as promotoras deste futuro.

 

www.bahai.org.br

           

Postado por Payam Neda

Oração da Tradição Celta

28 de outubro de 2008 0

Altar Mor da Catedral Anglicana da Santíssima Trindade/Paulo Anonio Bassotto

A liturgia sempre foi de suma importância para a Igreja Anglicana, assim, dizemos que a Igreja Anglicana é uma Igreja essencialmente litúrgica. Para a Igreja Celta, que deu origem ao anglicanismo, o ritmo da vida é ordenado pelas marés, pelas estações do ano, pelos sinais naturais da Criação de Deus. Tendo como base o ritmo vital, as Igrejas Anglicanas, desde o princípio convidavam os fiéis para as orações diárias nas Capelas e nos Mosteiros espalhados por toda a Inglaterra, estas orações diárias eram feitas cedo da manhã e novamente à tardinha, e que estes momentos eram abertos a quem deles quisesse participar. Os ofícios diário tencionavam ir ao encontro das necessidades do povo motivando-o a orações espontâneas e a recitação de salmos; orações que pudessem ser ditas pelas pessoas em casa, bem como pelos monges na igreja. A grande maioria das pessoas não sabia ler, e os livros não eram acessíveis a todos, então, com o tempo foram surgindo formulas de oração para a semana e também uma serie de “pequenos ofícios” de fácil memorização que ajudavam as pessoas a se alegrarem constantemente na presença do Deus vivo. Eram atos de adoração fáceis de serem usados, orações propositadamente breves de forma que pudessem ser apreendidas pelo coração, pela simples recitação regular. Estas orações são guardadas como uma herança preciosa até os dias de hoje e queremos partilhá-las com você. Aconselhamos que sempre que possível você ore em voz alta, porque desta forma estará usando sua voz, seus olhos, boca e ouvidos, bem como a vibração que afeta não apenas os seus ouvidos mas o seu coração e mente para entrar em harmonia com Deus. Quando nós recitamos o Ofício com o coração poderemos repeti-lo em cada momento vago do dia até sentirmos as verdadeiras vibrações ecoando em nossas vidas – ou melhor, até que Ele verdadeiramente vibre em nossa vida. A palavra escrita se tornará um portão para a Palavra viva entrar em nosso meio Estaremos disponibilizando orações e meditações com um tema específico para cada dia, demonstrando que cada dia possui um convite para olharmos na direção de uma das eternas realidades de Deus. O tema para hoje é Encarnação, então hoje somos convidados a render gratidão por nós mesmos e por nossa salvação através de nosso Senhor Jesus Cristo que veio habitar entre nós. A dar graças pela encarnação, porque podemos encontrar Cristo em nosso próximo. E a nos alegrar porque a Palavra se fez carne e habitou entre nós.

Oração da Tradição Celta:

Pai, que tens revelado teu amor

através da vinda do Nosso Senhor Jesus Cristo ao mundo.

Ajuda-nos a acolhê-Lo com alegria,

e criar um espaço para Ele em nossas vidas e lares.

Que vejamos Cristo nos outros,

sejamos Cristo para os outros,

para que habitemos Nele, e Ele em nós; Amém.

 

Texto adaptado do Livro “O RITMO DA VIDA” de David Adam (vigário de Holy Island / Ilha de Lindisfarne, no norte da Inglaterra)

Postado por Marinez Rosa dos Santos Bassotto

Descoberto plano para matar Obama

27 de outubro de 2008 0

Não sou republicano, não sou democrata, não sou americano, não moro nos Estados Unidos, mas este tipo de manchete que peguei da Zero Hora.com me mobiliza.

O ser humano foi criado com livre arbítrio, ele pode escolher entre o bem ou o mal.

O ódio sem limite contra o nosso próximo pelo fato de ser diferente é intolerável em pleno século XXI.

O perigo que enfrentamos numa situação de ódio é que sabemos onde começa, mas não sabemos onde termina.

Temos inúmeros exemplos de ódio na história da humanidade, começando pelo Caim – conforme descreve o Gênesis – e terminando nas guerras mundiais.

O ódio deixa as pessoas cegas, esse sentimento leva o homem a fazer barbaridades.

Assim como muitos estimulam o ódio, convido todos a estimular o amor.

Amor e respeito pelo diferente, amor e respeito pelo semelhante.

Amor e respeito nos levarão para a paz.

Uma sociedade que vive em paz não odeia.

 

 

Postado por Prof. Guershon Kwasniewski

ORAÇÃO BAHÁ`Í PARA PROVAÇÕES E DIFICULDADES

27 de outubro de 2008 3

 

   

Se as dificuldades estiverem muito presentes em sua vida, faça a oração que está abaixo e peça a Ele que lhe dê as coisas necessárias à vida para que você possa entregar-se a Ele, somente, pois Deus é quem provê a toda humanidade. As dificuldades que surgem a todo momento em nossas vidas ,devem ser encaradas como favores de Deus, aos quais devemos dar graças a Ele, pois nada é por acaso; são enviadas para que possamos nos aperfeiçoar e crescer.

Ó Deus, meu Deus! Tu me vês, Tu me conheces; és meu Amparo e Refúgio. A ninguém tenho buscado, nem desejo buscar, salvo a Ti; caminho algum tenho trilhado, nem desejo trilhar, a não ser o caminho do Teu amor.

      Na noite tenebrosa do desespero, meus olhos volvem-se cheios de esperança e expectativa para o amanhecer de Teu infinito favor e, na hora do alvorecer, minha’alma esmorecida é refrescada e fortalecida com a lembrança de Tua beleza e Tua perfeição. Quem for ajudado pela graça da Tua misericórdia, embora seja apenas uma gota, se tornará o ilimitado oceano, e o mais simples átomo que for amparado pela emanação de Tua benevolência, cintilará como estrela radiante.
        Abriga sob tua proteção, ó Tu, Espírito de Pureza, Tu que és o Mais Generoso Provedor, este Teu vassalo e servo extasiado. Ajuda-o, neste mundo da existência, a permanecer constante e firme em Teu amor e permite que esta ave de asas partidas atinja um refúgio e abrigo em Teu Ninho Divino, na Árvore Celestial.

 

www.bahai.org.br

Postado por PAYAM

Em dia de eleições uma prece por nosso país

26 de outubro de 2008 0

No Sidur – livro de rezas que utilizamos os judeus – encontramos uma prece pelo Brasil, que acho apropriada compartilhar com todos, especialmente neste dia de eleições.

Gostaria esclarecer que dedicamos esta prece só para aquelas autoridades que utilizam o poder “de forma correta e justa”.

Deus nosso e Deus de nossos pais, pedimos Tuas bênções para o nosso país, nosso governo, nosso presidente, seus conselheiros e para todos aqueles que usam a autoridade de forma correta e justa.

Ensine a eles pontos importantes da Tua Torá, para que eles administrem o país de forma justa, para que paz, segurança, felicidade, prosperidade, justiça e liberdade sejam a regra e não a exceção em nosso meio.

Que esta terra, sob Tua providência, seja uma boa influência em todo o planeta, unindo pessoas em paz e liberdade, ajudando a estabelecer a visão do Teu profeta: “Una nação não se levantará contra outra, e não existirá mais a guerra”. E digamos Amém.

Postado por Prof. Guershon Kwasniewski

Construindo a paz

25 de outubro de 2008 0
           CONSTRUINDO A PAZ.
Quando vemos a violência acontecer, parece que tudo se torna mais difícil. E quase desacreditamos do ser humano.
Entretanto, ao olharmos jovens reunidos pelo interesse de construir a paz, como vimos dia 15 de outubro de 2008 no Colégio La Salle das Dores, pensamos mais detidamente em nossas apressadas conclusões. Eram jovens que levavam bandeiras de seus colégios com respeito e carinho, que se apresentaram com entusiasmo e dedicação, que pensam num futuro como algo a ser construído, e que esperam o dia de amanhã almejando a paz.
O fato que há poucos dias enlutou nossa mente pelo rastro de dor que enviou a cada um pelas imagens produzidas no Estado de São Paulo, levou uma multidão de pessoas a acompanhar o cortejo de uma mocinha que recém iniciava a sua caminhada na vida.
E nos perguntamos se isto também não guarda algum significado. E nós o encontramos na comunhão da dor, na companhia do sofrimento, no calado caminhar inconformado com o triste desenrolar de um imediatismo inconseqüente. Era um dar-se conta coletivo de desaprovação com os atos praticados por uma pessoa doente. Ou será que sadiamente alguém cometeria o delito praticado?
Os jovens construtores da paz nos trazem o alento da fé. Ter fé é acreditar no dia de amanhã. E este dia de amanhã será de mais luz e paz, se assim o quisermos e se também nós construirmos a paz em nossos lares, em nossas escolas, em nossas sociedades, mas principalmente em nossos corações.  
 

Postado por CristinaCanovasdeMoura

ORAÇAO DE CURA

24 de outubro de 2008 2

 

Segundo os ensinamentos da Fé Bahá’í, em caso de doenças, devemos consultar médicos competentes e seguir suas orientações.

Também devemos orar e pedir ajuda divina. A seguinte oração de Bahá`u`lláh pode ser feita em caso de doenças: 

IMPORTANTE: Sempre orar com reverência e sinceridade num ambiente tranqüilo

Teu nome é minha cura, ó meu Deus, e a lembrança de Ti, meu remédio. Aproximar-me de Ti, é minha esperança, e meu amor por Ti, meu companheiro. Tua misericórdia por mim é minha cura e meu socorro, tanto neste mundo como no vindouro. Tu, em verdade, és o Todo Generoso, o Onisciente, a Suprema Sabedoria.

www.bahai.org.br

 

Postado por PAYAM Neda

Origem do Anglicanismo

24 de outubro de 2008 2

Quando as pessoas perguntam pela origem da Igreja Anglicana, logo querem saber quem foi o seu fundador. A resposta (geralmente encontrada nos livros de história) de que foi Henrique VIII não corresponde à verdade, pelo simples fato de que o controvertido rei não podia fundar algo que já existia. A resposta correta é Jesus Cristo. Todas as igrejas históricas tiveram sua origem nele e se espalharam pelo mundo afora, adquirindo no curso da história características e feições próprias. Assim aconteceu com a Igreja Anglicana que atravessou os séculos sem perder as suas características que remontam aos tempos dos apóstolos. As raízes da Igreja Anglicana estão na primitiva igreja cristã que chegou às Ilhas Britânicas por volta do final do segundo e início do terceiro séculos da era cristã, e ali se desenvolveu de maneira local e independente (a chamada Igreja Celta). No começo do século V, os romanos abandonaram a Grã-Bretanha, permitindo a invasão dos anglos-saxões, que destruíram praticamente todas as igrejas existentes, reduzindo consideravelmente a prática da fé cristã durante quase 150 anos. O cristianismo inglês viveu nesta época um período de duras perseguições e foi obrigado a se refugiar nas regiões montanhosas do País de Gales. No final do século VI, o Papa Gregório I, o Grande, preocupado com a conversão dos anglo-saxões, enviou para as Ilhas Britânicas um grupo de 40 monges, chefiados por Santo Agostinho de Cantuária, essa comitiva chegou ao Reino de Kent – localizado no atual Sul da Inglaterra. Ao chegar lá, ele foi recebido por cristãos celtas. Em 603 d. C., Santo Agostinho chamou representantes da Igreja Celta numa tentativa de convencê-los a se submeter às práticas e disciplinas romanas, mas eles se recusaram. Santo Agostinho morreu em 605, mas a questão das diferenças entre a Igreja Britânica e a Igreja Romana continuou sendo motivo de controvérsias. Finalmente em 664, em Whitby, na Nortúmbria, a questão foi resolvida em Concílio, por votação, e, por meio do decreto do rei Oswy, assim, as igrejas Celta e Romana foram reunidas em uma só Igreja sob a tutela Papal. A obra missionária iniciada por Santo Agostinho foi consolidada por Teodoro de Tarso, monge grego que foi enviado pelo Papa em 669 para tornar-se o sucessor de Agostinho como o segundo Arcebispo de Cantuária. Ele foi enviado para remover as características peculiares do cristianismo céltico e convocar o primeiro Sínodo nacional da Igreja na Inglaterra: O Concílio de Hertford (673). Durante toda a Idade Média a Igreja Inglesa estava submetida à Igreja Romana. A Inglaterra, como os demais países da Europa, fazia parte e dava sustento ao sistema papal vigente, contudo devido à distância que a separava de Roma, desenvolveu-se desde muito cedo uma Igreja com características estatais e nacionalistas. A Igreja na Inglaterra sempre reclamou a sua independência histórica, e mesmo que durante 850 anos ela tenha sido nominalmente romana, a sua relação com o papado sempre foi conflituosa. Henrique VIII no século XVI apenas separou a igreja autônoma que lá existia da tutela de Roma.

Texto adaptado dos artigos “Apontamentos de História da IEAB”, do Rev. Oswaldo Kickhofel e “Reforma Anglicana”, de Gecionny Pinto, e do site da Comunhão Anglicana.

 www.ieab.org.br

Postado por Revda. Marinez Rosa dos Santos Bassotto

EDUCAÇÃO, A CURA CONTRA O RACISMO

23 de outubro de 2008 3

 

A questão racial volta a ser discutida por causa da eleição nos Estados Unidos. O preconceito racial não é exclusivamente americano. Atinge a todos os povos e culturas. É lamentável testemunhar esse racismo e ódio em pleno  século XXI.

 

Bahá’u’lláh disse que as várias raças da humanidade proporcionam à totalidade uma harmonia composta de beleza de cor. Que todos se associem nesse grande jardim humano, assim como as flores crescem e se harmonizam lado a lado, sem discórdia ou dissensão.

 

Queridos leitores, Deus não diferencia brancos e pretos. Deus não discrimina entre pessoas por causa de cor ou raça. Ele ama todos; sejam brancos pretos ou amarelos. Todos foram criados à imagem de Deus e com qualidades divinas.  Deus não fez essas divisões; essas divisões tiveram sua origem no próprio homem e são contra o plano e o propósito de Deus; são falsas e imaginárias. 

 

Amigos, devemos lutar contra qualquer sentimento de ódio com um sentimento mais forte de amor. Vamos começar agora. Educação é a chave para o desenvolvimento humano. Ensine seus filhos sobre igualdade racial. As crianças não devem aprender a tolerar diferenças, mas sim gostar das diferenças; celebrá-las;  realmente amá-las como expressões únicas da nossa humanidade comum. Esse deve ser nosso enfoque. Tome cuidado com suas palavras, ações e atitudes. Assim, tu já estás ajudando eliminar o racismo.

 

Payam Neda

www.bahai.org.br

 

Postado por Payam Neda

ORAÇÃO PARA FELICIDADE

22 de outubro de 2008 5

   

O ser humano se alimenta diariamente para manter seu corpo saudável. É uma lei física da existência.

Da mesma forma, um dos mandamentos de Deus é que devemos orar todos os dias. Como nosso corpo, nossa alma precisa de constante nutrição. A oração provê a nutrição para o nosso crescimento espiritual. Por meio da oração, Deus abençoa e auxilia nossas vidas. Oração é a “conversação com Deus”.

Escritos sagrados Bahá’ís contêm milhares de orações e palavras de sabedoria, e pretendo oferecer regularmente estas palavras  para os queridos leitores do Blog das Religiões.

Esta linda oração é muito especial e sempre me traz  alegria e afasta minha tristeza. Espero comentários de vocês.

 IMPORTANTE: sempre orar com reverência e sinceridade num ambiente tranqüilo. 

Oração para Felicidade:

 Ó Deus, refresca e alegra meu espírito. Purifica meu coração. Ilumina meus poderes. Em Tuas mãos confio todos os meus interesses. És meu Guia e meu Refúgio. Não mais se apossarão de mim a tristeza e a ansiedade, e sim, o contentamento e a alegria. Ó Deus, jamais me entregarei à aflição, nem permitirei que os desgostos me atormentem ou as coisas desagradáveis da vida me inquietem. 
        Ó Deus, és mais meu Amigo do que eu o sou de mim mesmo.
Dedico-me a Ti, ó Senhor.

         Escritos sagrados Bahá’ís

www.bahai.org.br

 

Postado por PAYAM NEDA