Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

SHABAT SHALOM DAS NAÇÕES

08 de junho de 2014 0

Procurando saber, buscamos no dicionário, obtendo como respostas: ” Shabat é a fonte para o termo em português Sábado, e para a palavra que denomina esse dia da semana em muitas outras línguas. Uma tradução mais literal seria “cessação”, com a implicação de ‘parar o trabalho’. Portanto, Shabat é o dia de cessação do trabalho, enquanto que descanso é implícito, mas não é uma denotação da palavra em si. O Shabat é iniciado ao pôr do sol de cada sexta-feira. Deus abençoou o 7º dia – o Shabat – quando repousou, depois de ter completado sua obra de criação.Shalom (em hebraico שָׁלוֹם) significa paz entre duas entidades (geralmente duas nações) ou a paz interior de um indivíduo. A palavra shalom representa um desejo de saúde, harmonia e paz para aquele ou aqueles a quem é dirigido o cumprimento. Em diversas passagens bíblicas é encontrada a palavra shalom com o significado de paz e desejo de bem estar entre as pessoas ou nações. Por exemplo, ‘Shalom Aleichem’, uma saudação frequentemente utilizada por Jesus e que significa ‘A paz esteja convosco’. ‘Shalom Aleichem’ é também o nome de um cântico entoado em celebrações do Shabbat. ”

Para muitos esta busca de significado não tem sentido. Entretanto, ontem, sexta feira, dia 06 de junho de 2014, estivemos presente e participamos de belíssimo evento na Sinagoga SIBRA, onde o representante israelita no DIRPOA, Rabino Guershon propiciou a todos o sentido das palavras na prática, dando testemunho de Oração pela Paz entre os Povos, no dia importante de preces que se iniciava. Por iniciativa de Rabino Guershon, acolhida com entusiasmo pela comunidade israelita e apoiada pela Direção da SIBRA, ontem se reuniram, na sede da SIBRA, cônsules e representantes de diversos países (Espanha, Itália, Egito, Alemanha, Grécia, Portugal, Uruguai entre outros), para celebrar o Shabat Shalom, juntamente com os participantes do Diálogo Interreligioso de Porto Alegre, o Prefeito Municipal e o Representante do Governo Estadual através da Brigada Militar.

Os ares se encheram de belíssimos cantos, em vozes extraordinariamente abençoadas, em ritmos que contagiavam a todos, pela pureza dos sons, dos cânticos e do envolvimento que todos sentiram e mostravam.

A paz celebrada nada tinha de tristeza, de momento sério e fúnebre: eram hinos de amor, cheios de esperança e de realizações, motivadores de vida e de luz, numa construção individual e coletiva para a paz, de cada um e entre todos. A construção da paz começa em cada um; quando sincera e pura, consegue envolver a todos, como vimos e sentimos nos momentos em que estivemos reunidos. E este sentimento devemos levar aos dias que se seguirão, onde nossa querida Porto Alegre vai receber tantas pessoas, e a todos acolherá com carinho e atenção.

Destes momentos de paz, aprendemos ainda mais o significado do diálogo, do respeito mútuo entre as pessoas, entre as religiões e entre as nações; saímos revigorados, com esperança no dia de amanhã, agradecendo a Rabino Guershon pela iniciativa e desejando a todos: Shabbat Shalom! Shalom Aleichem!

- Cristina Canovas de Moura- representante da Federação Espírita do Rio Grande do Sul.

Envie seu Comentário