Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Posts na categoria "Zen Budismo"

Tecnologia ao serviço da religião e da educação

26 de outubro de 2015 0

Hoje pela manhã fizemos uma vídeo-conferência com os alunos de Ensino Médio do Instituto Estadual de Educação Salgado Filho, de São Francisco de Assis – cidade que fica 460 quilómetros de Porto Alegre. Leva 5 horas e 30 minutos ir até lá. Graças a tecnologia conversamos mais de uma hora com 200 alunos. O Dr. Ahmad Ali, representando o Islamismo, O Monge Zen Budista Ryushin e o Rabino Guershon Kwasniewski representando o Judaísmo. Falamos dos fundamentos de cada uma das nossas religiões e crenças.

São Francisco de AssisSão Francisco de Assis1

GDIRPOA no Hanamatsuri e Festival da Paz 2014

01 de junho de 2014 0

HANAMATSURI E FESTIVAL DA PAZ.

Cerimônia Inter-religiosa de Abertura

Cerimônia Inter-religiosa de Abertura – Hanamatsuri e Festival da Paz 2014

Em 24 e 25 de maio de 2014 o Grupo de Diálogo Interreligioso de Porto Alegre foi convidado pela Monja Isshin,  representante do Zen Budismo, a participar de belíssimo Hanamatsuri e Festival da Paz, que se realizou na Usina do Gasômetro.

Lemos nos prospectos gentilmente oferecidos, que, “de acordo com a tradição Budista, uma chuva de pétalas e néctar caiu quando o Buda Shakyamuni nasceu, no dia 08 de abril de 566 A.C. Para comemorar a data, os japoneses criaram o Hanamatsuri, Festival das Flores. A festa em Porto Alegre, agora na sua 2ª edição, torna-se um Festival da Paz, para celebrar os valores da não discriminação, não violência, inclusão social e cuidados com o meio ambiente e os animais.”

No sábado pela manhã o dia se fazia cinzento até o início do evento; o sol se mostrou quando as autoridades subiram ao palanque revestido de flores: lá estavam o Cônsul do Japão Takeshi Goto, o Vice Prefeito Sebastião Melo representando a Prefeitura Municipal, Monja Isshin  e Alfa Buono, representando o Grupo de Diálogo Interreligioso.

Após as saudações iniciais, a procissão formada por crianças vestidas com quimono (Ochigosan) e outras com roupas tradicionais de gaúchos, mostrando a inclusão dos povos às tradições da terra, levaram o Hanamido, altar adornado com a imagem do Pequeno Buda.

Terminada a procissão, as Ochigosan e as autoridades realizaram o ritual do Kanbutsu-e, banho de chá adocicado no Buda, simbolizando o néctar que teria caído do céu abençoando o seu nascimento.

Encontro de Diálogo Inter-religioso no Hanamatsuri e Festival da Paz 2014

Encontro de Diálogo Inter-religioso no Hanamatsuri e Festival da Paz 2014

O evento contou, nos dois dias, com inúmeras palestras e oficinas, do que o Grupo de Diálogo Interreligioso de Porto Alegre também participou, assim como outros credos ali representados no domingo à tarde.

As dependências do Gasômetro estiveram repletas de pessoas que mostravam no sorriso contagiante a satisfação de comemorar a Paz, a união de crenças pelo desejo de construção de novo mundo, num renascimento de esperança na pessoa humana, na compaixão, na caridade.

O evento que a Sanga Águas de Compaixão (Jisui Zendô) e uma comissão de voluntários, sob a orientação da Monja Isshin, proporcionou a nossa cidade,  foi um belo momento de muita leveza espiritual, fraternidade e respeito entre os povos do que todos nos  podemos orgulhar, parabenizando os promotores com alegria, neste Porto Alegre que considera esta uma festividade que se deve realizar a cada ano. Nossa cidade aplaude o Festival das Flores e a Cultura da Paz.

- Cristina Canovas de Moura. Federação Espírita do Rio Grande do Sul

Mensagem para o Vesakh / Hanamatsuri do Pontifício Conselho para o Diálogo Inter-religioso

01 de maio de 2014 0

Trecho da MENSAGEM AOS BUDISTAS PARA O VESAKH / HANAMATSURI 2014
do PONTIFÍCIO CONSELHO PARA O DIÁLOGO INTER-RELIGIOSO (Vaticano)

[...] Prezados amigos, para construir um mundo fraterno, é de importância vital que unamos as nossas forças para educar as pessoas, de modo especial os jovens, a fim de que procurem a fraternidade, vivam na fraternidade e tenham a coragem de construir a fraternidade. Oremos para que a celebração de Vesakh seja uma ocasião para voltar a descobrir e promover novamente a fraternidade, de maneira particular nas nossas sociedades divididas.
Permiti que vos manifeste mais uma vez as nossas mais cordiais felicitações e que deseje a todos vós uma Feliz festa de Vesakh!
- Cardeal Jean-Louis Tauran, Presidente

Para ler a mensagem completa, visite o site do Vaticano – La Santa Sede

Vídeo: Um Ano de Francisco - Percepções

28 de março de 2014 1

Um Ano de Francisco – Percepçõe: Uma série de entrevistas sobre o primeiro ano do Papa Francisco como líder da Igreja Católica, gravadas em março 2013 pela Rede Vida de televisão.
1. Zen Budismo
2. Islamismo
3. Judaismo
4. Umbanda e Cultos Afro-brasileiros

110 Anos de Soto Zen Budismo na América do Sul

14 de agosto de 2013 0

O 110º Aniversário e Eventos Comemorativos do Soto Zen Budismo na América do Sul e Havaí.
(traduzido do site oficial do Soto Zen Japonês)

Este ano marca o 110º aniversário do Budismo Soto Zen na América do Sul e Havaí. (A missão Soto Zen do Templo Shoboji, Havaí, também celebrará o centésimo aniversário de sua fundação).

Em 1903, o Reverendo Taian Ueno chegou ao Peru e os Reverendos Kawahara Senei e Kan Ryoun foram ao Havaí. Juntos eles plantaram as sementes do Soto Zen. Estas sementes cresceram e se enraizaram em ambos os lugares, e se tornaram esplêndidas e enormes árvores no decorrer de 110 anos. As folhas e os ramos destas árvores gentilmente cobrem os membros do templo e amigos, oferecendo um lugar onde eles podem viver em paz.

Para honrar os Kaikyoshi (agora Kokusaifukyoshi) que passarram por muitas dificuldades em disseminar o Soto Zen em ambos locais, e para reconhecer as realizações dos membros dos templos que ajudaram a preservá-los e protegê-los, eventos comemorativos, incluindo o serviço do 110º aniversário, serão executados de acordo com a seguinte agenda:

O 110º Aniversário e Eventos Comemorativos do Soto Zen Budismo na América do Sul

Data: Sábado, 24 de Agosto de 2013, 16:00 h.
Local: Centro Cultural Peruano Japonês, Lima, República do Peru
Cerimônia de apresentação de um sino em honra à amizade Japão-Peru
Serviço memorial para falecidos imigrantes japoneses e nipo-peruanos
Cerimônia comemorativa do 110º aniversário de atividades de ensino do Sotoshu.
Banquete comemorativo

Data: Domingo, 25 de Agosto de 2013, 11:00 h.
Local: Jionji, Cañete, República do Peru
Visitação e recitação nos cemitérios Casablanca e S. Vicente
Serviço memorial para o fundador de Jionji e antigos monges residentes
Serviço de Urabon Sejiki
Almoço

. Ler reportagem El templo zen más antiguo de Sudamérica está en Cañete (em espanhol)
. Assistir ao vídeo sobre o Grande Sino (Bonsho) – La Campana de la Amistad PERU – JAPON doado pela escola Zen SOTOSHU Japonês à Asociación Peruano Japonesa para o Aniversário dos 110 Anos do Zen na América do Sul.

Nascimento de Buda

08 de abril de 2013 1

A tradição budista nos conta que, voltando à casa dos pais para o nascimento de seu filho, a mãe de Buda parou para descansar no Jardim de Lumbini (no Nepal de hoje), um parque cheio de flores lindas a desabrochar e correntes de águas cristalinas, numa floresta tranquila e bonita. Quando estendeu a mão para colher um ramo florido de uma árvore “ashoka”, nasceu o Sidharta Gautama, o futuro Buda.

Logo em seguida o bebê teria dado sete passos em cada uma das quatro direções cardinais. Flores brotaram do chão no local de cada passo, e um doce néctar caiu do céu banhando-o. Com a mão direita apontando o céu e a mão esquerda apontando para a terra ( o “mudra” de conceder coragem e caridade), ele teria dito : “O céu, a terra e eu somos todos uma só pessoa.” Que simbolismo maravilhoso!

Por volta do ano 600, os japoneses uniram às festividades budistas já existentes – o Banho do Buda-nenê (Kambutsu-e, que lembra o doce néctar que teria caído do céu) e a cerimônia do Nascimento do Buda (Gotan-e) – com mais uma festividade – o popular Festival das Flores (Hanamatsuri). Esta tradição da união destas três festividades é mantida até hoje no Japão e compartilhada em vários países do mundo onde existem colônias de imigrantes japonesas ou grupos religiosas de tradições japonesas.

Em São Paulo, por exemplo, todos os anos desde 1966 durante uma semana de abril, é montada uma “casinha” coberta de flores com uma imagem do Buda-nenê. Isto acontece na Praça da Liberdade, para que as pessoas possam fazer suas preces e também banhar o Buda-nenê com um chá adocicado, simbolizando o néctar celestial. No último dia, um sábado, é feita uma procissão que percorre as ruas do bairro da Liberdade, levando o pequeno Buda carregado por um elefante branco.

Crianças, vestidas com trajes típicos, lideram a procissão, que conta com monges de várias tradições budistas japonesas, e também autoridades e o público em geral.

Esta tradição já foi adotada também nas cidades de Curitiba e Florianópolis, fazendo parte do calendário oficial local.

Em Porto Alegre, por iniciativa do Jisui Zendô – Sanga Águas da Compaixão, foi realizado o primeiro festival de Hanamatsuri nos dias 21 e 22 de abril do ano 2012 (https://sites.google.com/site/hanamatsuripoa/ ). Esperamos que o festival possa tornar-se um evento bienal oficial.

Este ano, foi realizada como uma celebração “interna” no Jisui Zendô com as cerimônias de Celebração do Nascimento de Buda e a do Banho do Buda-nenê (Gotan-e e Kambutsu-e).

As escolas budistas de outros países unificaram estes três eventos (nascimento, Iluminação e morte) numa única celebração chamada Vesak, cuja data, baseada no calendário lunar, geralmente acontece em abril ou maio.

No Brasil, a Lei Federal No. 12.623 de 9 de maio de 2012 determinou o segundo domingo de maio como o Dia do Aniversário do Buda Shakyamuni , com possibilidade do uso de espaço público para comemorações em todo território nacional.

Foto: altar no Jisui Zendô
Texto adaptado de um material publicado no site do Jisui Zendô – Sanga Águas da Compaixão