Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

A vida...

30 de outubro de 2008 0

Às vezes, ficamos tão envolvidos com nosso cotidiano, olhando para o próprio umbigo, que nem nos damos conta dos problemas que outras pessoas enfrentam. Ao conversar com amigas que separaram-se de seus parceiros recentemente, por exemplo, percebi o quanto é importante valorizar a harmonia da família e deixar de lado coisinhas menores, que só trazem desgaste e nada acrescentam.

O papo serviu também como um alerta. É importante desviar o olhar para o outro e entender o quão dramática é a questão da separação, tanto para quem está vivenciando-a, quanto para as crianças que estão envolvidas. Neste momento, entram em cena picuinhas, rancores e mesquinharias. O amor que chega ao fim transforma-se, na maioria das vezes, em ressentimento. Como já presenciei esta situação algumas vezes, pude constatar que só o tempo é capaz de apaziguar os ânimos e aplacar rancores. C`est la vie!

Postado por Romí – Fpolis

Envie seu Comentário