Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

De onde ele tira essas coisas?

21 de novembro de 2009 1


Volta e meia, o Nicolas me surpreende com uma frases que eu não sei de onde tira. Nessa semana fez uma dobradinha. Da primeira, até sei a origem.

Chegando em casa, no elevador, ele largou:

- Ufa! Acho que vou tomar um banho na “japuzzi”.

Acho que a frase foi só de efeito, porque geralmente eu levo um tempo para convencê-lo a entrar no banho. Mas a tal “japuzzi” ele ouviu – ou ouve, repetidamente – no filme Por Água Abaixo, que ele adora.

Postei o vídeo para você assitir também. Uma dica: se achar muito longo, o trecho da “japuzzi” fica mais para o final.

Depois de lhe dar um banho na “japuzzi”, decidi trabalhar um pouco no computador. Como ele ficou na sala, de tempos em tempos eu falava algo com ele, para saber o que estava fazendo (é o meu termômetro, quando não responde, é porque está aprontando, claro). Depois de responder algumas vezes, acho que ele cansou da minha insistência e mandou o recado de lá:

- Silêncio! Estou criando.

Juro que nunca disse isso para ele. Até porque eu não teria tanta desenvoltura.

Postado por Márcia Feijó

Comentários (1)

  • Rafaela Giordano diz: 25 de novembro de 2009

    Isso se chama evolução da espécie. ;)

Envie seu Comentário