Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Para os esquecidos

30 de novembro de 2009 0

A tensão da vida moderna tem levado pais, mães ou responsáveis a esquecer bebês e crianças pequenas no banco de trás do carro. Em muitas cidades brasileiras, registram-se muitos casos em que os pequenos se queimam gravemente por ficar horas expostos ao calor e até morrem por sufocamento _ algo que nenhuma consciência absolve.Um dos mais casos recentes ocorreu na Vila Prudente, em São Paulo, quando uma mulher deixou um bebê de seis meses trancado no carro por cinco horas, esquecendo-se de que deveria levá-la ao médico antes de ir trabalhar.

Para evitar dramas como esse, o professor de matemática Elder Ramires decidiu inventar o Baby Alarm , que pode ser instalado em qualquer cadeira tipo bebê conforto. Trata-se de um sistema de alarme que avisa aos `esquecidos` sobre a presença de crianças no banco de trás do carro. Ele é acionado por sensores estrategicamente posicionados na cadeira e no veículo. Toda vez que o bebê estiver sentado na cadeirinha, serão acionados o sensor de peso, em seguida, o sensor magnético do cinto de segurança da cadeira e o sensor acoplado na porta do motorista que, estando aberta, acionará o alarme. “Ninguém está livre de esquecer uma criança dentro do carro – basta sair da rotina ou estar preocupado em demasia”, opina Ramires, de 28 anos.

Morador de Santa Barbara D`Oeste (SP), onde fez curso de Eletroeletrônica no Senai, Ramires explica as vantagens de seu invento. “O Baby Alarm pode ser adaptado em qualquer veículo ou cadeira, uma vez que o sistema de alarme da porta é independente do circuito instalado na cadeira”, observa o inventor, que acrescenta outro fator importante: o baixo custo: “Calculo que custe apenas R$ 20, menos de 10% do valor médio da cadeira”.

Com patente requerida no território nacional, Ramires procura um parceiro que fabrique o Baby Alarm Plus, mas está aberto a propostas de sociedade ou compra da patente. Empresários interessados em investir no produto ou até montadoras, que podem utilizá-lo como item opcional ou de série em seus veículos, devem entrar em contato com a Associação Nacional dos Inventores pelo telefone (11) 3873-3211.

Postado por Romí

Envie seu Comentário