Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Obesidade infantil

21 de dezembro de 2010 0

A obesidade infantil deixou de ser um problema estético e se tornou um caso de saúde pública. Segundo dados da Organização Mundial da Saúde, 155 milhões de crianças no mundo estão acima do peso e destas entre 35 e 45 milhões são obesas. Esses números assustam ainda mais quando se considera que, quando adultos, cerca de 60% continuam com o problema.

            Muitas pessoas relacionam a obesidade infantil somente com o excesso de comida ingerida, o que nem sempre é verdade. De acordo com a nutricionista Alessandra Guerra, vários fatores contribuem para obesidade. Propensão genética, falta de atividade física, número de horas na frente da televisão ou computador, questões psicológicas e estilo de vida da família. Quando falamos em alimentação é preciso chamar atenção dos pais. A correria do dia a dia faz com que muitos pais tenham em casa comidas mais práticas. Mas, é importante lembrar que nem sempre praticidade é sinônimo de boa escolha.

A prevenção da obesidade infantil deve ser iniciada na gestação e lactação já que, nessas fases, a criança está sendo exposta aos hábitos alimentares da mãe. A alimentação nos primeiros anos de vida também é determinante. Incluir alimentos adequados e rotinas alimentares, principalmente nos dois primeiros anos de vida, contribui para uma vida mais saudável e afasta doenças crônicas, como obesidade, diabetes e hipertensão.

XXX

            Pensando nestes problemas, a nutricionista Alessandra Guerra está preparando um curso voltado para os pais preocupados com o excesso de peso dos filhos. Alessandra ainda destaca que de nada adianta ensinar os pequenos a comer frutas e verduras, se os pais não têm o hábito de consumi-las com freqüência ou não tem estes alimentos em casa. Além desse curso, a nutricionista está programando um treinamento para secretárias do lar sobre preparação de alimentos saudáveis, e já está na quarta edição do curso de introdução da alimentação do bebê, voltado para mães, pais, babás e avós.


Mais informações: 

www.alessandraguerra.com.br

Envie seu Comentário