Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts na categoria "sua história"

VIDA NOVA!!!

01 de junho de 2016 2

Novidades no ar… O Blog de Peso voltou com tudo!!! Bem, vamos começar pelo início… Vou me apresentar, pois sou nova por aqui. Sou a Martha Rosinha (é sobrenome, tá?), 43 anos, mãe do Pedro Felipe, ligada no 220V, e já há algum tempo mudando muitas coisas na minha vida. Por isso, a Flavinha me convidou para dividir com vocês um pouco das minhas loucuras. Depois que fiz 40, vi que o tempo estava passando e que as coisas não estavam andando bem como eu tinha planejado. E bate tipo um desespero… que o tempo está correndo, e a vida é curta, e mais um monte de nóias (já aconteceu alguma vez com vocês?), e eu, que tenho sempre 1000 ideias na cabeça, comecei a bolar algumas mudanças. Primeiro larguei uma carreira de 20 anos no Direito, dando aula na Faculdade, e abri a minha marca de roupas, a Dulcet. De louca foi a coisa mais branda que me chamaram (o resto é impublicável!!!). Precisei de muita coragem (e algumas noites sem dormir). Trabalho muito mais, ganho muito menos, mas estou muito mais feliz! Bem, aí veio outra mudança e que quero contar pra vocês. Meu super filhote participou de uma seleção de vídeos em uma promoção de dia das mães, e fui escolhida para participar de um Desafio de 60 dias de programa de emagrecimento e tratamentos estéticos gratuitos (só por isso já adorei – tudo de bom né?)! Mas tinha que fazer a dieta (e não sabia se estava preparada para parar de comer)!!!!! Socorro…. Ocorre que há muito tempo venho fazendo de conta que não percebi que engordei um montão (para quem não sabe, já fui BEM magra)! Desculpas para justificar a gente acha fácil, não é? E aos poucos vira uma bola de neve… Inventa motivo/problema para comer… come… engorda… aí acaba comendo mais para compensar (sei lá o que!)… come mais… “chuta o balde”… E assim estou com 15 quilos a mais que o meu normal! Ruim né? Já estava mais do que na hora de reagir e mudar! O desafio foi o “motivador” que faltava… Bem, comecei semana passada e hoje estou no dia 6 (cheia de coisas para contar para vocês)! Coisas legais e momentos difíceis, como aquela hora que dá vontade de comer a casa toda (kkkkk). É sobre tudo isso que vamos conversar aqui. Comentem, curtam, me contem sobre vocês também! Quero saber tudo!!! Vou mostrando o dia a dia e as minhas mudanças por aqui, no meu face e  instagram @60diasparamudança, OK? Beijos e até amanhã!!!

424905_295330277199034_2020943075_n

Manter a forma não é só uma questão de estética. Circunferência abdominal está ligada às doenças cardiovasculares

27 de novembro de 2013 4

Emagrecer em muitos casos não é simplesmente um problema estético ou uma “neura” é questão de saúde, de vida.

Hoje quando abri meu face, me deparei com o depoimento de um colega de trabalho. Ele estava falando sobre saúde. Os problemas causados pela “barriguinha” e o que ele vai fazer para mudar e viver mais.


Eu entendo bem esse momento.  Já passei por isso. Já vi meus exames todos errados e ouvi do médico: “Você tem que emagrecer para diminuir as dores nas costas e para não infartar”.

Eu me olhava no espelho e não via uma pessoa obesa. Fui fazer avaliação e eu estava entrando na obesidade sim. Realmente era grave a situação. Não sei pq a gente não vê as coisas como elas são. Pq demora para cair a ficha.

Se vc ouve as pessoas falando que vc está comendo muito, está muito gordo,  não adianta ficar de cara e comer mais de “raiva”. Tem que dar um basta. A real é que a gente não está feliz gordo. Existem dificuldades sim. É ruim para achar roupa, auto-estima fica lá em baixo, a gente vive cansado e se arrastando, é ruim até para dormir. A boa notícia é que dá para mudar.

1. Procure um médico e faça todos os exames;

2. Não adianta só fazer os exames. Tem que levar para o médico ver!!! Tem que encarar o problema;

3. Abra a cabeça e escute o que o médico vai dizer. Se você estiver com alguma alguma alteração é hora de mudar.

Eu sei que não é fácil. É muito complicado, mas NÃO É IMPOSSÍVEL. Gente eu sou chocólatra, bipolar, mega ansiosa e já estou com quase 40 anos. Helooooow, eu mudei! Virei achave e sou testemunha que dá para mudar (essa fotos foram tiradas em 24/09/2012 e 21/12/2012), claro que agora eu tô grávida e mudou tudo, mas vou voltar ao peso de antes… CERTOOOO!!


Manter a forma realmente não é uma questão somente estética. Estudos comprovam que a circunferência abdominal aumentada está ligada ao surgimento de doenças cardiovasculares. Quem tem medidas excessivas na região abdominal tem mais chances de sofrer um infarto agudo do miocárdio. Além disso, aumentam os riscos de doenças como Diabetes  e Hipertensão Arterial.

Então vamos encarar o problema de frente e mudar. Procure um médico, uma nutricionista e vá praticar uma atividade física. Esses são os primeiros passos para a mudança.



 

Dieta Coletiva, consulta coletiva. Emagrecer entre amigos é mais fácil.

13 de dezembro de 2012 6

Escrever em um blog, nada mais é do que dividir uma experiência. É contar para o mundo o que você está fazendo. O que dá certo ou errado para vc. Quais as suas dificuldades, medos e dúvidas. Quando se trata de emagrecimento, o blog é muito mais do que isso. O blog serve como um terapeuta. Quem lê, muitas vezes está vivendo as mesmas questões. É uma forma de terapia em grupo. Quando os leitores comentam e dividem suas experiências é possível viajar em uma estrada de mão dupla. É muito mais gostoso e mais proveitoso para ambos os lados.

Ontem eu conheci a Anelise. Além da dieta, temos mais algumas coisas em comum. Somos mães, malhamos na mesma academia, estamos fazendo um treino acompanhadas de um personal e vamos na mesma nutricionista e somos blogueiras! A Anelise divide com o mundo suas vitórias e dificuldades no blog A Vida na Balança.

Eu nunca havia cruzado com ela na academia (até pq ela funciona das 6h às 23h, é muita opção de horário). Fiquei sabendo que ela era leitora do blog pela Fernanda, nutricionista. Lembrei que ela havia contado um pouco da vida dela aqui no blog. Acabamos marcando a consulta em um mesmo horário. O resultado? Uma grande troca de experiências e um papo muito legal. Uma terapia em grupo!!