Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Tempo no fim de semana

19 de abril de 2014 0

HOJE

O sábado amanheceu com sol entre nuvens em todo o estado, apenas no extremo oeste é que temos no momento um céu mais encoberto. Na serra tivemos temperaturas amenas agora pela manhã, entre 10 e 12°C.

mapserv (22)

 

O tempo segue assim durante grande parte do dia, o sol aparece entre nuvens e as temperaturas ficam entre 26 e 28°C nas cidades do centro ao litoral, nas demais áreas devido maior nebulosidade ficam entre 23 e 25°C.

Lembro que a frente fria que passou pelo estado ontem ainda influencia no tempo, e pode ocorrer pancadas de chuva isolada, principalmente em cidades próximas ao estado gaúcho.

 

DOMINGO DE PÁSCOA

O dia começa com chance de chuva em todo o estado, mas ainda no decorrer da manhã o sol aparece entre nuvens no oeste e meio oeste.  Nas áreas entre o centro do estado e o litoral, teremos mais nuvens devido umidade que avança do mar e chuva no período da manhã principalmente no litoral sul, mas o sol aparece durante a tarde e consequentemente as temperaturas ficam em elevação, chegando a casa dos 28°C em grande parte do estado.

Só lembro que essa chuva é mal distribuída e isolada,  numa cidade pode chover forte na cidade vizinha só registrarmos variação de nuvens.
SEGUNDA-FEIRA
Tende a ser o melhor dia do feriado para quem quer aproveitar ao ar livre. O dia será de sol com poucas nuvens e temperaturas agradáveis.  A penas no fim do dia que poderemos ter uma chuva fraca e isolada nas áreas próximas ao litoral.
Postado por:
Bianca Souza- Técnica em Meteorologia
Bookmark and Share

Deriva Continental

17 de abril de 2014 0

Lendo sobre meteorologia na internet me deparei com uma matéria da Super Interessante que fala que o profissional que mais juntou provas que os continentes eram unidos foi um meteorologista. Isto mesmo, não foi um geólogo como seria normal pensar.

O alemão Alfred Wegener não foi o primeiro a levantar a hipótese que, por exemplo, a costa da América do Sul se encaixa perfeitamente no oeste da África, mas foi o que mais juntou evidências que sustentassem esta hipótese/teoria.

 

deriva-continental-bonito-ms-1

UM METEOROLOGISTA?

Exatamente por ser um meteorologista que Alfred usou uma das áreas da meteorologia, não tão conhecida, chamada de Paleoclimatologia.

Esta área estuda características do clima passada de um lugar para o outro com base em fósseis. O meteorologista percebeu similaridade entre regiões que hoje têm ambientes bastante diversos, mas que ficam próximas se você juntar todos os continentes.

A teoria foi pela primeira vez exposta em 1912 sendo que em 1915 Wegener lançou o livro “A origem dos continentes e oceanos”. O interessante é que o meteorologista acreditava que no máximo em 10 anos não existiriam mais dúvidas em relação ao assunto. No entanto, a teoria não foi muito bem aceita pelos geólogos que só concordaram formalmente com a deriva continental em 1950, 20 anos depois da morte de Alfred Wegener!

 

Bookmark and Share

Instabilidade sobre o estado

17 de abril de 2014 0

Nesta véspera de feriadão temos duas condições meteorológicas comandando o tempo no estado. Para quem está no litoral e áreas próximas temos o ar frio sobre o mar fazendo o vento soprar do oceano para a costa. Para quem está do oeste ao centro o avanço de nuvens da Argentina pela ação de ventos em altitude deverá trazer mudanças no tempo ao longo da quinta-feira. A imagem abaixo já mostra nuvens avançando para SC:

imagem

 

Desta forma teremos na faixa do litoral ao centro muitas nuvens que tanto provocam chuva quanto irão permitir aberturas de sol ao longo do dia. Na faixa do centro ao oeste o sol predominar agora de manhã com aumento de nuvens ao longo da quinta quando há previsão de chuva, mas mal distribuída. Durante à tarde devermos ter máximas entre 25 e 27ºC boa parte das cidades ficando Meio-oeste, Planalto Norte e Serra com 20 a 22ºC.

SEXTA-FEIRA SANTA

A nebulosidade deverá novamente predominar em todas as cidades, mas permitindo aberturas de sol. Ao longo do dia estas nuvens ganham força trazendo chuva, especialmente da tarde para a noite em todas as cidades. Importante destacar que próximo do RS a chance de chuva a qualquer hora é maior. Isoladamente poderá ser forte. Chamo atenção que as temperaturas ficam parecidas com as de hoje, mas com maior aquecimento entre grande Florianópolis, Vale do Itajaí e Norte.

SÁBADO DE ALELUIA

As nuvens irão continuar entre RS e SC onde o tempo não muda muito seguindo com céu encoberto, pouco sol e chuva em forma de pancadas. Chance de chuva forte, mas principalmente próximo do estado gaúcho. É importante destacar que teremos mais chuva próximo do RS do que próximo do PR.  Como teremos mais nuvens que na sexta, a temperatura não sobe tanto ficando entre 23 e 25ºC boa parte das cidades. Faz um pouco de frio na serra!

DOMINGO DE PÁSCOA

O sol aparece bem mais em todas as cidades, mas ainda há chance de chuva só que passageira e em poucas áreas. As temperaturas ficam mais amenas até com um pouco de frio na serra ao amanhecer.

SEGUNDA-FEIRA DE FERIADO

O sol aparece em todas as cidades, mas com a umidade avançando mar há chance de chuva do litoral ao centro que terá períodos de melhoria.

Importante destacar que a previsão dos dois últimos dias do feriadão precisam ser melhore acompanhada porque poderão ter mudanças já que estamos falando de 72, 96 horas pra frente. 

Bookmark and Share

Fenômenos Naturais Surpreendentes

16 de abril de 2014 4

Existem inúmeros fenômenos naturais que estão relacionados diretamente e/ou indiretamente a meteorologia.

Separamos alguns desses fenômenos para vocês:

–> NUVENS LENTICULARES

As nuvens, que parecem formações de OVNIs, são fenômenos raros e rendem fotos incríveis. Normalmente o ar se move muito mais na horizontal do que na vertical.  Mas em alguns casos, como naqueles em que o vento provém de uma montanha ou colina, oscilações verticais relativamente fortes surgem quando o ar se estabiliza.  O resultado pode ser uma nuvem lenticular com uma forte aparência de camadas.  Não é uma nuvem comum de se ver, mas no Brasil já tivemos vários registros.

Nuvens lenticulares54-e1328875504803

 

–> TEMPESTADE DE AREIA

As tempestades de areia são belas de serem vistas, mas muito devastadoras para quem é atingido.  Elas fazem os viajantes dos desertos se perderem ou até mesmo serem soterrados pela areia. As tempestades ocorrem quando ventos muito fortes levantam as partículas de areia e as leva embora. A cada ano, quarenta milhões de toneladas de pó são carregados do Saara até a bacia Amazônica. A retirada do solo superior pode destruir a agricultura ou depositar minerais necessários. Mas as tempestades de areia são com certeza uma das imagens mais incríveis do poder da natureza.

3 (1)

 

 

–>  PENITENTES

Tem entre 10 a 400 centímetros de altura e são encontrados em regiões de acúmulo de neve ou gelo, geralmente em montanhas de altitude.  A formação de penitentes no entanto é um tanto complicada e precisa condições especiais de latitude, altitude, temperatura, luz, vento, umidade e manto de neve.

Penitentes_2522010_73977

 

–> NUVENS MAMMATUS

Esse tipo de nuvem normalmente é compostas de gelo e pode se estender por centenas de quilômetros. Surgem a partir do choque entre o ar frio e as camadas mais leves e quentes de ar abaixo dele. Com aparência assustadora, as Mammatus são indicadoras de tempestades e outros eventos meteorológicos mais severos. É comum no Brasil a formação desse tipo de nuvem.

 

nuvens_superinteressante_mammatus3

 

 

–> ARCO-ÍRIS BRANCO

Estes arcos íris se formam na névoa, em vez de chuva como no caso de um arco-íris normal com 7 cores.  Nesse caso a condensação reflete pouca luz, e, como resultado, o arco-íris é composto de cores muito fracas – como o branco – em vez das cores vibrantes de um arco-íris tradicional.

Arco íris branco

 

 

–> RELÂMPAGOS DE CATATUMBO

Na foz do rio Catatumbo, na Venezuela, uma massa única de nuvens de tempestade se forma, criando o espetáculo raro conhecido como Relâmpagos de Catatumbo. A tempestade ocorre até 160 noites por ano, 10 horas por dia e 280 vezes por hora.

Relâmpagos de Catatumbo (1)

 

 

–> TROMBA DE ÁGUA

são vórtices que ocorrem ao longo de um corpo de água, como mar e lagos. Trombas de água não aspiram a água do curso sobre o qual estão posicionadas. A água vista na nuvem funil, (nuvem que dá origem a esse fenômeno),são gotas de água formadas pela condensação.  É comum registros desse evento no Brasil.

070709_f_019

 

 

–> NUVEM SHELF CLOUD

Esse tipo de nuvem se  formam  quando o ar mais quente eleva-se acima de uma camada de ar mais frio. Durante este processo, o ar aquecido condensa rapidamente, gerando o aspecto característico da nuvem.

O movimento acelerado dessa nuvem, normalmente produz ventos fortes e danosos. A formação da shelf cloud acontece antes de uma tempestade.  A foto abaixo é da formação de uma nuvem desse tipo em Florianópolis.

shef_cloud

 

Bookmark and Share

O ar frio se afasta

16 de abril de 2014 2

Quando o ar frio e seco avançou lá no último domingo tivemos além das baixas temperaturas uma menor quantidade de nuvens permitindo o predomínio do sol. O fato de termos chuva em parte de SC, especialmente no litoral, mostra que o ar frio já está sobre o mar fazendo com que a umidade avance através dos ventos de leste/nordeste.

A imagem do amanhecer mostra um pouco as nuvens predominando do litoral até o centro do estado, mas principalmente sobre o mar:

imagem

 

Devido esta nova condição meteorológica teremos uma quarta-feira de nuvens, aberturas de sol e chuva isolada do litoral ao centro ficando as demais regiões sem grandes influência desta umidade e por consequência com sol e nuvens.

As temperaturas que não baixaram tanto na última noite, o que também mostra o afastamento do ar frio e seco, ficam entre 22 e 24ºC boa parte das cidades no turno da tarde subindo um pouco mais no oeste onde o sol predomina boa parte do dia.

QUINTA-FEIRA AINDA COM UMIDADE DO MAR

Amanhã ainda teremos muitas nuvens, períodos de aberturas de sol e chuva do litoral ao centro com destaque para  a próxima madrugada que tem chance maior de chuva. Esta condição ainda devido a umidade do mar. Nas cidades do extremo oeste até o centro, a quinta-feira tem sol e nuvens, mas com a nebulosidade  avançando da Argentina com previsão de chuva mais no final do dia. Temperaturas parecidas com as de hoje.

TENDÊNCIA DO FERIADÃO DE PÁSCOA

Podemos separar em períodos de dois dias este feriadão, ou seja, a sexta-feira Santa e o sábado de Aleluia deverão ser dias de muitas nuvens, algumas aberturas de sol e chuva em forma de pancada, especialmente na noite de sexta para a manhã de sábado.

Já no domingo de Páscoa e no feriado de segunda-feira a tendência é que o sol apareça mais em todas as cidades, mas ainda com variação de nuvens sem descarta chuva, só que fraca e em poucas áreas. As temperaturas ficam mais amenas devido a aproximação de um ar frio que irá predominar mais entre Uruguai e o RS.

Vamos acompanhar!!

Bookmark and Share

A noite ainda foi fria

15 de abril de 2014 2

A terça-feira começa com temperaturas baixas novamente em boa parte do estado, mas no termômetro elas não baixaram tanto quanto ontem na maior parte das regiões. Como o ar frio está indo para o mar, o litoral e áreas próximas tiveram em algumas cidades temperaturas um pouco menores que ontem.

Uma das menores temperaturas são:

Bom Jardim da Serra e São Joaquim 4ºC

Urupema 8ºC

São Bonifácio 9ºC

Santa Cecília 10ºC

Chapecó 11ºC

Urussanga 11ºC

Jose Boiteux 12ºC

A terça-feira terá novamente uma grande amplitude térmica entre o amanhecer e a tarde como ontem ocorreu. Para terem ideia a menor temperatura de ontem foi em Urupema com -2ºC onde à tarde tivemos 18ºC, ou seja, a temperatura subiu 20ºC, amplitude térmica.  Depois do frio do amanhecer a tarde de hoje terá 23 a 25ºC ficando serra, planalto norte e oeste com 19 a 21ºC.

A imagem do amanhecer mostra que a nebulosidade já aumentou em parte do estado nas últimas horas. Esta condição ajudou a trazer menor queda de temperatura:

imagem

 

Apesar disso, a previsão é de uma terça de sol e nuvens em todas as cidades até naquelas onde o dia começa nublado. No norte, ocorrem chuviscos isolados.

 

O FRIO PERDE FORÇA

Nas próximas noites da semana não há mais previsão de diminuição das temperaturas. Durante à tarde elas até ficam agradáveis com certo aquecimento, mas sem grande elevação em boa parte das cidades.

TEMPO NOS PRÓXIMOS DIAS

A quarta tem sol, mas com variação de nuvens em todas as cidades. Pouquíssimas regiões poderão ter uma chuva leve e bem passageira devido a umidade vinda do mar. Na quinta, o sol novamente aparece entre nuvens, mas com esta nebulosidade trazendo algumas pancadas de chuva com distribuição irregular, ou seja, boa parte das cidades só aumento de nuvens. Esta mudança ocorre devido a umidade do mar e do avanço de nuvens carregadas do norte da Argentina.

TENDÊNCIA PARA O FERIADÃO DE PÁSCOA

Para vocês já irem se preparando passo uma ideia do que poderemos ter nestes dias. Importante acompanhar esta previsão ao longo da semana. A tendência é que os dois primeiros dias do feriadão tenham muitas nuvens, algumas aberturas de sol e chuva passageira. Já nos dois últimos dias, o sol deverá aparecer bem mais com chance de chuva, mas muito passageira e em poucas áreas. Vamos acompanhar!!

 ALERTA PARA O MAR

Chamo atenção que as ondas altas seguem nesta terça-feira. Não se aconselha navegação, sobretudo de pequeno e médio porte. Amanhã a situação volta a normalidade.

 

Bookmark and Share

Eclipse Lunar Total

14 de abril de 2014 0

Um dos fenômenos astronômicos mais bonitos e esperados para este ano é o eclipse total da Lua, que ocorre na próxima madrugada.

Ressalto que é um fenômeno astronômico e não meteorológico, mas por gerar expectativa em muitas pessoas trazemos as informações do tempo para esta noite.

De maneira geral, teremos boas condições para os catarinenses que querem assistir esse espetáculo, já que durante a madrugada teremos tempo seco com poucas nuvens.

 

eclipse_lunar

 

 

Abaixo separamos  algumas informações sobre esse fenômeno:

 

A lua vai entrar na região da sombra feita pela Terra, desaparecendo completamente do céu. O evento poderá ser observado em todo o Brasil, exceto a parte final do espetáculo, quando a Lua reaparecer, pois já terá amanhecido.

Durante o fenômeno, que pode durar até quatro horas e ser observado a olho nu, a lua cheia passa pela sombra da Terra, que bloqueia a luz solar que ilumina o satélite. A Lua poderá ficar com uma coloração avermelhada (na área da penumbra) ou mais escura e cinza (quando a Lua entra na umbra da Terra).

Curiosidades

–>  A coloração avermelhada acontece por conta da refração e dispersão da luz do Sol na atmosfera terrestre, que desvia apenas alguns comprimentos de onda. É o mesmo fenômeno que acontece durante o nascer e o pôr do sol;

–> Os eclipses solares costumam durar apenas cerca de 7 minutos, enquanto que o eclipse lunar pode durar até pouco mais de 3 horas, mas a fase total dura cerca de 1h.

–> O próximo eclipse lunar que poderá ser visto do Brasil será em 27 de setembro de 2015, e o outro em 27 de julho de 2018.

 

Bookmark and Share

Por que o pôr do sol é alaranjado?

14 de abril de 2014 0

Pra entendermos melhor vale lembrar que o  céu é azul devido ao fenômeno óptico chamado dispersão, e que a luz solar é branca.  O branco resulta da soma das sete cores do arco-íris (o violeta, o azul, o anil, o verde, o amarelo, o laranja e o vermelho).

Quando os raios solares atravessam a atmosfera terrestre, uma parte destes raios luminosos se dispersa (se espalha em diversas direções) nas partículas que se encontram na atmosfera (Nitrogênio, Oxigênio, Dióxido de Carbono entre outros).

Quando o Sol está alto, as cores formadas por ondas de maior amplitude contornam essas partículas, mas as menores de menor amplitude (o violeta, o azul e o anil) não conseguem atravessar as partículas na atmosfera e acabam se espalhando. Com isso, tingem o céu de azul e o Sol fica amarelo, que é a soma das cores restantes: o verde, o amarelo, o laranja e o vermelho.

À medida que o Sol vai se pondo, seus raios luminosos têm que atravessar um pedaço maior da atmosfera, colidindo com mais obstáculos. Afinal, no crepúsculo, até as ondas longas, laranja e vermelho, acabam trombando e se desviando,  avermelhando gradativamente o horizonte (embora o resto do céu continue azul).

A vermelha é a última onda de luz que consegue cruzar a atmosfera e nos atingir, por isso o astro-rei fica vermelho no pôr-do-sol. Por fim, o céu fica preto com a ausência de luz: não chega mais nenhuma cor e nem se vê mais nenhum espalhamento, pois o Sol está abaixo do horizonte.

Curiosidade: Uma atmosfera mais poluída de partículas (poeiras, fumaças, etc) pode contribuir para um pôr do sol mais alaranjado/avermelhado, já que isso aumentará a dispersão dos raios vermelhos.

 

Abaixo segue algumas fotos que recebemos:

foto 1

 

Foto: Fred Sussekind/ Cacupé- Fpolis

 

ribeirão

 

Foto: Gabriela Ebel/ Ribeirão da Ilha-Fpolis

garopaba12

 

Foto: Guilherme Teixeira do Nascimento/ Garopaba

 

Publicado por:

Bianca Souza- Técnica em Meteorologia

Bookmark and Share

Atenção para navegação

14 de abril de 2014 0

A imagem abaixo mostra a presença de um ciclone extratropical atuando sobre o alto mar na altura da Argentina. Pela intensidade do sistema temos influência na costa de SC fazendo com que afastado da costa tenhamos ondas de 3 a 4 metros não se aconselhando navegação.

imagem1

 

Na costa, temos forte ondulação sul que traz ondas de 1 a 2 metros nas séries maiores.!

A partir de quarta já teremos condições normais para navegação com o afastamento do sistema para o alto mar!

Bookmark and Share

Geada em Urupema

14 de abril de 2014 0

A amiga Marília Oliveira lá de Urupema mandou fotos da geada, do gelo que hoje cedo acumulou na cidade que teve -2,1ºC.

 

DSC02907 DSC02864 DSC02880 DSC02897 DSC02900

Bookmark and Share