Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Nova massa de ar

16 de setembro de 2014 0

Depois da passagem das nuvens de ontem que provocaram chuva isolada temos hoje a influência de uma nova massa de ar seco e frio que trouxe a diminuição das nuvens em boa parte das cidades como a imagem do amanhecer já mostra:

S11235231_201407101400

Observando bem a imagem percebemos que entre Serra e Oeste o dia começa com muitas nuvens e até nevoeiros que vão se dissipar permitindo a presença do sol ao longo do dia. Nas outras regiões, o dia é de sol e poucas nuvens durante toda a terça.

Tivemos uma diminuição de temperatura no amanhecer ficando boa parte das ciades do Oeste, Meio Oeste e Planalto Norte com 7 a 11ºC sendo que na Serra tivemos até 4,5ºC em Urupema. Como o sol aparece as temperaturas da tarde ficam mais agradáveis como o mapa mostra:

imagemPercebam que já temos uma característica de primavera no comportamento das temperaturas. Importante destacar que dia e hora para o começo de uma estação, no caso da primavera 2104 será no próximo dia 22, é uma questão astronômica e não meteorológica que não tem data definida para as condições da estação começarem a ocorrer.

 

QUARTA COM AUMENTO DE NUVENS

Amanhã o sol ainda deverá aparecer entre a nebulosidade em todas as cidades, mas as nuvens vão aumentar ao longo do dia deixando o Litoral, Vale do Itajaí e parte do Norte e da Serra com céu até encoberto em momentos da quarta devido a umidade vinda do mar. As temperaturas seguem parecidas com as de hoje, ou seja, a próxima noite/amanhecer volta ter um pouco de frio com destaque para a Serra onde há pequena chance de geada nas regiões de baixadas.

QUINTA COM INSTABILIDADE

As nuvens vão seguir por aqui e até vão ganhar força ao longo do dia trazendo chuva para todas as regiões, sobretudo entre tarde/noite já que o turno da manhã será mais favorável a chuva no extremo-oeste, sobretudo cidades próximas do RS.

Teremos a diminuição da pressão do ar ao longo do dia que ajudará a trazer nuvens carregadas com previsão de chuva forte e alguns temporais no final do dia e muito no Oeste.

A questão é que a madrugada/manhã de sexta ainda deverá ter chuva que segue com chance de ser forte acompanhada de temporais pelo Estado!

Bookmark and Share

O tempo mudou

15 de setembro de 2014 0

Depois de um fim de semana com sol e temperaturas de primavera/verão, a semana começa sob a influência de uma frente fria, sistema de chuva e não de frio, que já trouxe aumento de nuvens em todas as cidades como a imagem dessa segunda-feira mostra:

S11235231_201407101400

 

Assim teremos um dia com muitas nuvens, poucos períodos de melhoria e chuva a qualquer hora com destaque para essa manhã. Isoladamente poderemos ter chuva forte e/ou temporais. As temperaturas não sobem tanto ficando entre 21 e 23ºC boa parte das cidades, mas diminuindo ao longo do dia no Oeste e Serra onde a tarde será mais fria que a manhã.

TERÇA-FEIRA COM NOVA MUDANÇA

Rapidamente a frente fria se afasta permitindo a entrada de uma nova massa de ar frio e seco que garante o sol para todas as cidades. Chamo atenção que Oeste e Serra terão predomínio de nuvens de manhã deixando o sol mais para à tarde. As temperaturas baixam para o amanhecer do dia, mas com destaque para a Serra onde nos pontos altos poderemos ter algo entre 3 e 5ºC. Durante à tarde temperaturas se aproximando dos 20ºC boa parte das cidades.

QUARTA-FEIRA

O sol ainda aparece em todas as cidades com nevoeiros isolados ao amanhecer. No decorrer do dia a nebulosidade aumenta a partir do Oeste. As temperaturas voltam a diminuir ao amanhecer com destaque para o frio da Serra. Ao longo do dia, agradável.

CHANCE DE CHUVA FORTE NA SEMANA

Destaco que a quinta-feira requer atenção pelo aumento de nuvens e chuva que deveremos ter ao longo do dia, sobretudo tarde/noite. Teremos a diminuição da pressão do ar a partir dos Países vizinhos que dará origem a nuvens carregadas. Chance de chuva forte com temporais, especialmente do Oeste ao Centro!!!

A sexta ainda poderá ter chuva forte, mas especialmente de manhã já que a tendência é das nuvens se afastarem de SC ao longo da tarde/noite deste dia.

Bookmark and Share

Temperatura em elevação

13 de setembro de 2014 0

O fim de semana será marcado pelo comportamento das temperaturas já que estarão elevadas durante as tardes em todas as cidades. A presença de um ar quente e seco sobre SC já está fazendo com que as nuvens avancem mais para o RS do que para nós como a imagem abaixo mostra:

 

S11235231_201407101400

Pela imagem percebemos que parte da Serra, Vale do Itajaí e Norte estão com maior nebulosidade, mas principalmente nevoeiros que vão se dissipar aos poucos permitindo que o sol que já está presente em boa parte do Estado também esteja presente nessas áreas ao longo do dia.

As temperaturas sobem chegando a casa dos 26 a 28ºC à tarde em boa parte das cidades sendo que pontualmente podem passar disso no Sul se aproximando dos 30 a 32ºC. Nas cidades frias de SC a tarde terá 22 a 24ºC.

DOMINGO QUENTE

Pouquíssimas mudanças para amanhã já que a mesma massa de ar irá permanecer no Estado. Sol e nuvens em todas as cidades com temperatura em elevação ao longo do dia trazendo praticamente o mesmo aquecimento de hoje. Na noite em direção a segunda teremos aumento de nuvens entre Oeste, Serra e Sul com chance pequena de chuva passageira na Serra.

MUDANÇAS NO INÍCIO DA SEMANA

O avanço de uma frente fria, sistema de chuva e não de frio, que se forma nesse fim de semana entre Uruguai e RS irá trazer uma segunda-feira para SC de muitas nuvens e chuva que de manhã ocorre mais no Oeste, Serra e Sul. Isoladamente poderemos ter temporais!!!

Destaco que a passagem é rápida e já na terça o sol volta com temperaturas mais amenas. No entanto, chamo atenção para a próxima quinta-feira que é um dia com chance de chuva muito forte entre Oeste e o Centro do Estado. Vamos acompanhar!!!!

 

 

Bookmark and Share

Variação de nuvens

12 de setembro de 2014 2

A semana vai terminar com o sol aparecendo pelo Estado, mas acompanhado de muitas nuvens em todas as regiões devido a ventos em altitude que trazem umidade da Argentina e de ventos de nordeste que trazem umidade do mar. A imagem do amanhecer mostra que as instabilidades mais fortes voltaram a predominar no RS pela ação desses ventos em altitude:

S11235231_201407101400

Sexta-feira de muitas nuvens e aberturas de sol que aparece mais no Oeste, mas com chance de chuva passageira e mal distribuída, ou seja, muitas áreas apenas com variação de nuvens. Temperaturas da tarde variando entre 19 e 22ºC sendo que no Extremo Oeste elas sobe mais ficando entre 24 e 26ºC.

FIM DE SEMANA

O sábado tem o sol aparecendo entre nuvens em todas as cidades. No entanto, o vento nordeste traz umidade do mar fazendo com que boa parte do Litoral, Vale do Itajaí e Norte tenham períodos de muitas nuvens, sobretudo de manhã. As temperaturas sobem um pouco mais com maior aquecimento no Oeste e Sul onde variam entre 27 e 29ºC ficando boa parte de SC com 24 a 26ºC e Serra e Planalto Norte com 21 a 23ºC.

Já o domingo tem novamente a presença do sol em todas as cidades sendo que ele aparece bem mais que no sábado em boa parte das cidades. As temperaturas seguem mais elevadas à tarde mais ou menos como no sábado sendo que pontualmente sobem um pouco mais.

 SEGUNDA QUINZENA

Se nada mudar deveremos ter maiores volumes de chuva durante esse período de setembro. Condição que vale para todas as regiões!!

Bookmark and Share

Resumo Inverno de 2014

11 de setembro de 2014 0

Faltando poucos dias para o fim oficial do inverno, no dia 22 de setembro, e sem previsão de frio intenso para os próximos dias nós resolvemos antecipar e fizemos um resumo do Inverno de 2014 comentando um pouco de cada mês separadamente.

Bom, não tivemos um inverno tão rigoroso como o de 2013. Isso porque registramos apenas um episódio de neve e o frio que ocorreu mesmo que forte durou poucos dias.

luiz_vasconcelos

(Foto feita por Luiz Rafael Vasconcelos, no único episódio de neve neste ano na serra catarinense)

Mesmo assim, tivemos temperaturas baixas nas cidades mais frias do estado, até mesmo temperaturas batendo recordes. A cidade de Urupema registrou -8.3°C em Agosto, sendo a menor temperatura do ano no Brasil e também considerada a 10ª menor temperatura registrada em Santa Catarina desde o início das medições lá em 1922.

1907407_930671303626604_3027939766760741021_n

 

De uma maneira geral podemos dizer que:

- tivemos um inverno dentro da característica da época do ano a mais quente com baixa freqüência de massas de ar frio de origem polar que derrubassem muito as temperaturas a ponto de fazer a população entender a estação como fria;

- o mês de Junho com as suas temperaturas da manhã e o mês de agosto com as suas temperaturas da tarde acima da média deram o entendimento de um inverno mais quente;

- sim, tivemos frio neste ano. A diferença é que tivemos poucos dias de frio consecutivos, e com os veranicos mais freqüentes principalmente em Agosto.

- a região Sul do Estado teve realmente um inverno mais quente que o normal já que nos três meses (Junho, Julho e Agosto) tanto a temperatura da manhã quanto a temperatura da tarde ficaram acima do padrão da estação na região.

 

Ressaltamos novamente que apesar disso, não podemos falar que não houve frio nesse inverno. Isso porque as poucas massas de ar frio que chegaram trouxeram temperaturas típicas da estação até fazendo desse inverno de 2014 a estação que teve a 10º menor temperatura registrada no Estado desde o início das observações do tempo em SC que é de 1922.

Separamos comentários de cada mês deste inverno por post. Ou seja, vamos ter um post falando sobre Junho, outro post falando sobre Julho, e um terceiro post falando sobre o mês de Julho.  Por fim, vamos fazer um quarto post para falar sobre os volumes de chuva destes três últimos meses.

Leandro Puchalki – Meteorologista

Bianca Souza – Técnica em Meteorologia

Bookmark and Share

Análise Chuva (Jun/Jul/Ago)

11 de setembro de 2014 0

O inverno foi extremamente chuvoso no início e bem seco do meio para o final. O mês de junho ficou marcado pelos dois fortes episódios de chuva que trouxeram enchentes para Oeste e Norte de SC. Naquele mês tivemos  regiões com 200 a 300 mm a mais de chuva que o normal como o mapa abaixo mostra:

analise chuva

(Mapa de acordo com dados de estação meteorológicas oficiais)

 

Lembramos em imagens alguns momentos das fortes chuvas de Junho deste ano:

A região do Oeste foi bem afetada pelos altos volumes de chuva:

0001 0002 10404355_900443613316040_6652449753916973520_n 10462755_900612293299172_1408369162907219550_n

 

 

Abaixo segue uma tabela onde podemos observar a média de temperatura máxima e mínima, assim como a menor e maior temperatura registrada em algumas cidades neste inverno.

Tabela com dados das cidades de: Florianópolis, São Joaquim, Lages, Campos Novos,  Chapecó e Indaial.

 

tab1

 

 

tab2

 

tab3

 

 

Leandro Puchalski – Meteorologista

Bianca Souza – Técnica em Meteorologia

Bookmark and Share

Análise Junho-2014

11 de setembro de 2014 0

O mês de Junho teve as temperaturas mínimas, que normalmente ocorrem ao amanhecer, em média de 1 a 3°C acima do normal para esse período. Já em relação as temperaturas máximas, que normalmente ocorrem à tarde,  ficaram dentro do normal, com exceção do Sul  que teve a média das temperaturas máximas de 1 a 2°C acima da média.

E o que isso significa? Bom, podemos dizer que a maior nebulosidade neste mês influenciou diretamente nas temperaturas. Como tivemos vários dias com chuva e consequentemente ausência do sol, enchentes desse mês, as temperaturas não subiram muito durante as tardes fazendo com que a média das temperaturas nesse turno não fosse tão alta.

Já as mínimas acabaram não sendo muito baixas justamente porque a umidade elevada na atmosfera dificultou a perda de calor da superfície pela grande quantidade de noites com muitas nuvens. Mesmo assim em Junho a cidade de São Joaquim registrou temperatura de -3,6°C e Urupema -7,6°C.

Abaixo mapa de anomalia das mínimas de Junho, ou seja, diferença entre o que realmente ocorreu nesse mês e o normal ao longo dos anos:

anomalia_junho

(Mapa de acordo com dados de estação meteorológicas oficiais)

Lembramos em imagens alguns eventos meteorológicos do mês de Junho deste ano:

Geada na serra catarinense

0004 0003

O frio foi intenso que chegou a congelar a água sobre está moto:

00005

O mês de Junho foi marcado por dois episódios de chuvas intensas. No fim do mês cidades do Oeste catarinense foram severamente castigados pelas chuvas:

0001 0002

 

Leandro Puchalki – Meteorologista

Bianca Souza – Técnica em Meteorologia

Bookmark and Share

Análise Julho-2014

11 de setembro de 2014 0

As temperaturas ficaram praticamente dentro do normal para o mês. Exceto uma parte do extremo oeste catarinense e as regiões bem próximas ao litoral onde a média de temperatura mínima ficou em torno de 1 a 2°C acima do normal.

Abaixo mapa de anomalia das mínimas de Julho, ou seja, diferença entre o que realmente ocorreu nesse mês e o normal ao longo dos anos.

 

anomalia julho

(Mapa de acordo com dados de estação meteorológicas oficiais)

Lembramos em imagens alguns eventos meteorológicos do mês de Julho deste ano:

Único episódio de neve em SC neste ano foi no mês de Julho:

luiz_vasconcelos

(Foto  Luiz Rafael Vasconcelos)

 

Geada em diversas cidades do estado

10568987_919411568085911_1866256596473254116_n 1623629_919411571419244_4440750239111306812_n

Temperaturas baixas também marcaram o mês de Julho

sdsdsdsd

 

Leandro Puchalski – Meteorologista

Bianca Souza – Técnica em Meteorologia

 

Bookmark and Share

Análise Agosto-2014

11 de setembro de 2014 0

Temperatura mínima dentro do normal do mês em todas as regiões. Exceto oeste e sul onde ficaram 2 a 3°C acima, menos frio. Em relação as temperatura máxima tivemos a média acima do normal em praticamente todas as regiões. Com destaque para as áreas do meio oeste, serra e sul, onde a média de temperatura máxima ficou de 2 a 3°C acima.

 

A cidade de Criciúma, por exemplo, registrou temperaturas na casa dos 34°C. Apesar disso, massa de ar frio também passou por SC trazendo até a menor temperatura do ano em todo o Brasil registrada na cidade de Urupema com -8,3°C no dia 14.

Abaixo mapa de anomalia das mínimas de Agosto, ou seja, diferença entre o que realmente ocorreu nesse mês e o normal ao longo dos anos

anomalia agosto

(Mapa de acordo com dados de estação meteorológicas oficiais)

 

Lembramos em imagens alguns eventos meteorológicos do mês de Agosto deste ano:

Em São Joaquim o frio foi tão forte que as árvores ficaram congeladas: (Foto: São Joaquim Online)

10569056_930385046988563_8826799376067745834_n

A geada também foi registrada em diversas cidades, assim como em Urubici: (Foto: Alan)

10532508_925223434171391_6257727003987494709_n

 

Também tivemos alguns temporais que causaram chuva de granizo em algumas cidades, como em Pomerode: (Foto: Stefan/Pomerode)

10583909_929460147081053_2433800598857046458_n

 

 

Os temporais também fizeram do céu um espetáculo: (Foto:  Acácio Cordioli de Florianópolis)

10526106_922641151096286_1385430488216661609_n

 

O fenômeno Cincelo também foi registrado neste mês na serra catarinense, e deixaram as arvores branquinhas: (Foto: São Joaquim Online)

10603747_929844457042622_1384638257583955604_n

 

 

Leandro Puchalski – Meteorologista

Bianca Souza – Técnica em Meteorologia

Bookmark and Share

Troca da massa de ar

11 de setembro de 2014 0

Depois do calor de ontem, as maiores temperaturas estão no post abaixo, a quinta-feira volta ter temperaturas mais amenas que apenas passam um pouco dos 20ºC boa parte das cidades como o mapa abaixo mostra:

imagem

Além da temperatura no termômetro ser menor temos  vento sul/sudeste com intensidade que faz a gente sentir bastante a diferença de temperatura entre ontem e hoje.

A imagem de satélite abaixo também mostra que as nuvens carregadas que estavam muito no RS já se aproximaram mais do nosso Estado:

S11235231_201407101400

Essa condição traz um dia de muitas nuvens que permitem aberturas de sol, mas com chance de chuva isolada ao longo do dia em todas as áreas. Porém, é uma chuva muito mal distribuída, ou seja, muitas cidades ficarão apenas com aumento de nuvens. Muito isoladamente temporais.

POUCAS MUDANÇAS PARA SEXTA-FEIRA

A ideia é praticamente a mesma para amanhã, ou seja, muitas nuvens com aberturas de sol e chance apenas de chuva passageira e mal distribuída. Chamo atenção que a chance de chuva diminui ainda mais já que boa parte das nuvens carregadas ficarão sobre o RS. Boa parte de SC tem apenas variação de nuvens. As temperaturas também não mudam muito em relação a hoje.

SÁBADO COM SOL

Ele estará presente em todas as cidades com maior presença de nuvens ao longo do dia na faixa do Centro ao Litoral. As temperaturas voltam a subir ao longo da tarde se aproximando dos 27 a 29ºC boa parte das regiões, especialmente do Oeste ao Centro de SC.

Bookmark and Share