Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Posts do dia 24 novembro 2012

Marlon quer ficar no Criciúma em 2013: "Já tivemos uma primeira conversa"

24 de novembro de 2012 2

Marlon chegou no início da  Série B e gerou desconfiança por parte da torcida por não ser conhecido, mas bastou alguns jogos para os tricolores do sul mudarem de opinião. Rápido e perigoso nas jogadas de linha de fundo, Marlon conquistou a torcida e terminou a Série B com status de jogador importante.

Após o empate em 1 a 1 com o Avaí, na última rodada da Série B, na Ressacada, o lateral-esquerdo revelou que o Tigre já começou a negociar com o empresário dele para a renovação de contrato. O interesse do atleta é continuar no Heriberto Hülse.

— Já tivemos uma primeira conversa, mas ainda não deu certo — contou Marlon.

A próxima semana deve ser decisiva para o Criciúma, a renovação de contrato do técnico Paulo Comelli deve ser a primeira a ter uma definição e depois a dos principais jogadores do elenco. Na última sexta-feira, o Criciúma anunciou que o volante Itaqui e o meia Matheus não fazem mais parte dos planos do Tigre, assim como Douglas Leite, Giovanni Augusto, Raul, Rodrigo Possebon, Dalton e Rodrigo Tiuí.

— Eu comentei com o meu empresário que a prioridade é ficar no Criciúma — finalizou.

Zé Carlos comemora acesso e provoca torcida do Avaí: "Vão ter que chorar mais um ano na segunda divisão"

24 de novembro de 2012 14

Foto: Flávio Neves

Fora de campo Zé Carlos é uma pessoa calma, e em certos momentos tímida, mas quando está em campo defendendo a camisa do Criciúma, o artilheiro da Série B, com 27 gols, se transforma. Não foi diferente no empate contra o Avaí, em 1 a 1, na Ressacada. O Tigre não conseguiu o título, porém jogou para buscar o resultado. Irritado com um gandula, no intervalo Zé Gol reclamou com o árbitro Célio Amorim e esbravejou. No fim da partida, a torcida do Avaí começou a xingar o atacante e Zé não perdoou:

- Vão ter que chorar mais um ano na segunda divisão. Tem que berrar  para os jogadores deles terem mais raça, porque vão jogar mais um ano na Série B – provocou o artilheiro.

Depois, mais calmo, Zé Carlos festejou o acesso do Tigre e revelou estar cansado. O ano foi puxado e agora ele só pensa nas férias. O atacante evitou falar do futuro, pois apesar de ter contrato com o clube, propostas vão aparecer para o artilheiro da segunda divisão.

- Eu acho que tenho que fazer meu trabalho, quero descansar, sair fora um pouco, comemorar a artilharia, o acesso, um momento que tanto espero. Depois eu falo sobre meu futuro – explicou Zé.

Apesar de fazer mistério sobre o futuro, Zé Gol não escondeu que gosta da cidade e que para ele é um momento único jogar pelo Tigre.

- Desde o início esse grupo lutou. O grupo focou nesse objetivo, estamos de parabéns e a cidade também. Eu fico contente de estar jogando num clube maravilhoso desse, fazendo história – finalizou.