Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Posts com a tag "Esportes"

Tigre corre contra o tempo para evitar afastamento de Comelli

01 de novembro de 2012 1

O Criciúma corre nesta quinta-feira contra o relógio. Não por conta de problemas na equipe, que se prepara para a partida contra o Joinville no sábado, mas em virtude do efeito suspensivo sobre a decisão judicial de afastar o técnico Paulo Comelli por quatro jogos.

Por conta do feriado do Dia de Finados nesta sexta-feira, o último dia útil para o clube recorrer desta decisão é esta quinta-feira, 01. Segundo o assessor do clube, Fernando Ribeiro, o Tigre deve tentar até os últimos instantes dessa quinta para ter a decisão adiada:

— Temos até o fim do dia de hoje para resolver isto. Caso não seja possível, Sílvio Criciúma deve comandar a equipe — disse o assessor do clube.

Mesmo se afastado, Fernando garante que Comelli se fará presente: o técnico deve ficar o tempo todo auxiliando Sílvio através de um celular.

Lucca fará cirurgia e fica pelo menos seis meses afastado

19 de outubro de 2012 33

O Criciúma ficará sem o atacante Lucca para o restante da temporada e o possível acesso à Série A. A lesão do joelho esquerdo do atleta foi confirmada ao DC por Valdecir Rampinelli, diretor de futebol do Tigre, que estava em Curitiba com o atleta.

Segundo Rampinelli, o jogador vai fazer uma cirurgia no ligamento cruzado do joelho esquerdo e por conta disto deve ficar pelo menos seis meses longe dos gramados.

O Criciúma deve detalhar a informação ainda na tarde desta sexta-feira.

Para Comelli, tudo deu errado na partida contra o América-MG

09 de setembro de 2012 13

É difícil achar explicações que possam fazer sentido após uma derrota por 4 a 0. Na coletiva após a amarga derrota para o América-MG, o treinador do Criciúma Paulo Comelli tentou enumerar motivos que contribuíram para o péssimo resultado do time em casa, diante de sua torcida. Para o treinador, tudo poderia ser resumido em uma única frase. As transcrições são da entrevista para a Rádio Difusora 910AM.

- Foi um dia em que tudo deu errado – disse Comelli após a partida.

Na visão do treinador, a equipe mineira soube construir o resultado em cima dos erros do Criciúma.

- Como tomamos dois gols no primeiro tempo, demos condição para o adversário jogar no nosso erro, posicionado atrás pensando no contra-ataque. É uma equipe experiente, capacitada, que tirou proveito dos gols no início e soube fazer o resultado.

Apesar dos elogios ao adversário, Comelli acredita que o Criciúma deixou muito a desejar em campo.

- A equipe hoje teve um rendimento muito abaixo do que em todos os outros jogos que comandei até hoje. O time também sentiu o desgaste, por causa das viagens. Nós pegamos uma equipe experiente, madura, que jogou muito bem posicionada e mereceu a vitória. É uma situação que, se você parar para pensar, depois de 11 jogos dentro de casa, hoje foi um dia em que deu tudo errado. Os gols que nós tomamos, da maneira como tomamos. Foi uma tarde infeliz para nós em todos os aspectos

Entre as lamentações do treinador, sobrou até para o árbitro da partida, Jean Pierre Gonçalves Lima. Segundo Comelli, o árbitro deixou de aplicar cartões em faltas duras cometidas por jogadores da Ponte.

- No primeiro tempo eles bateram como quiseram e o árbitro não tomou atitude nenhuma, depois o Lucca  e o Elias fizeram faltas mais simples e tomaram cartão amarelo. A expulsão do Lucca, por simulação, também foi exagerada.  Não vou justificar a derrota, mas acho que no primeiro tempo cabia ao árbitro dar cartões amarelos que ele não deu.

Criciúma joga mal, faz gol contra bizarro e é goleado pelo América-MG

08 de setembro de 2012 28

A tarde de sábado não foi como o torcedor do Criciúma esperava. Com direito a um gol contra bizarro do goleiro Michel Alves, o Tigre foi goleado em casa por 4 a 0 pelo América-MG e deixou o campo cabisbaixo após uma tarde para se esquecer. Sem o artilheiro Zé Carlos, que com uma lesão na coxa direita desfalcará o time por 3 semanas, o Tigre esteve apático durante os 90 minutos e viu o atacante Alessandro brilhar com 3 gols no Heriberto Hülse, completando o massacre.

O Criciúma, segundo colocado, terá pouco tempo para esquecer a amarga goleada. Já na terça-feira o time visita o Goiás no Serra Dourada e terá a chance de se reabilitar na série B. Já o América-MG, que chegou a 40 pontos e ocupa provisoriamente a 6ª posição, terá pela frente o São Caetano no estádio Independência, em Belo Horizonte.

Tigre sente falta de Zé Carlos e leva baile na primeira etapa

O Criciúma entrou em campo sem o seu principal jogador. Com uma lesão na coxa esquerda, o  artilheiro Zé Carlos foi cortado da partida e deve desfalcar o time por três semanas. Em seu lugar, Paulo Comelli escalou o rodado Rodrigo Tiuí.

Apoiado pela torcida, que lotou o Heriberto Hülse, o Tigre começou com maior posse de bola, mas cometendo muitos erros de passe. Aproveitando o nervosismo do time da casa, o América-MG criou a primeira grande chance e só não abriu o placar aos 10 minutos porque Boiadeiro perdeu um gol feito. Após cruzamento da direita, o zagueiro recebeu livre na pequena área e bateu de primeira, mas a bola subiu e passou  por cima. Dez minutos mais tarde foi a vez de Fábio Junior chegar na área do time catarinense e tentar encobrir o goleiro Michel Alves, que apenas olhou a bola sair.
Melhor na partida, o América apostava em lançamentos longos para surpreender o time da casa. E foi assim que os visitantes abriram o placar. Aos 25 minutos, Alessandro apareceu livre nas costas dos zagueiros e não desperdiçou. Com um chute forte e cruzado, ele venceu Michel Alves, que chegou a tocar na bola mas não conseguiu evitar que ela morresse no fundo das redes.

O Criciúma até tentou reagir em seguida com Lucca batendo falta, mas a bola raspou a trave. O camisa 11, melhor do Tigre na primeira etapa, também tentou colocar de fora da área em duas oportunidades, mas errou a pontaria por pouco.  O jovem atacante buscou jogo, se movimentou e criou oportunidades, mas sentiu com a ausência do centroavante Zé Carlos e, principalmente, com a falta de iniciativa dos companheiros em campo Se pelo lado do Criciúma Lucca era quem mais causava perigo, o América-MG também tinha o seu atacante inspirado. E para a infelicidade dos catarinenses, Alessandro esbanjou eficiência: na segunda chance que teve, ele tratou de ampliar a vantagem para o América-MG. Após escanteio da direita, o centroavante subiu sozinho no meio da área e testou com força para fazer 2 a 0 e levar os mineiros para o intervalo com uma boa vantagem.

Gol contra bizarro abre caminho para goleada do América-MG

A apresentação do Criciúma na primeira etapa irritou o torcedor e o treinador Paulo Comelli. Para o segundo tempo, o técnico Paulo Comelli promoveu a entrada de Gilmar no lugar do estreante Rodrigo Tiuí, que deixou a desejar. Antes dos 15 minutos, mais duas mudança: Ezequiel e Giovanni  Augusto deram lugar aos atacante Lins e Válber. O que Comelli não esperava era que o goleiro Michel Alves entregasse o ouro antes mesmo que as alterações pudessem surtir efeito.

A situação, que já era ruim, ficou ainda pior graças a um lance bizarro protagonizado pelo goleiro do Tigre. Após conclusão de Fábio Júnior, Michel fez a defesa e tentava fazer a reposição rápida, quando se embananou e deixou a bola escapar de suas mãos. Lentamente, a bola rolou para trás e atravessou a linha. Quando Michel tentou se recuperar, já era tarde: os mineiros, pegos de surpresa, já comemoravam o gol contra que deixava o time com 3 a 0 no placar.
Com três gols de desvantagem, o Criciúma foi para o ataque desesperadamente e deixou o campo aberto para o adversário contra-atacar. Aos 25 minutos, a desorganização da defesa proporcionou a consagração de Alessandro. O atacante recebeu, olhou a posição do goleiro antes de tocar com a canhota e marcar o seu terceiro gol na partida.

Pouco antes, Lucca ainda havia sido expulso após receber o segundo cartão amarelo por uma simulação de falta. O atleta será mais um desfalque que o técnico Paulo Comelli terá para a próxima partida.

FICHA TÉCNICA

CRICIÚMA (0)

Michel Alves, Ezequiel( Lins), Matheus Ferraz, Nirley, Willian Simões, Elias, Diego Oliveira, Kléber, Giovanni Augusto (Válber), Lucca, Rodrigo Tiuí (Gilmar)
Técnico: Paulo Comelli

AMÉRICA-MG (4)

Neneca, Boiadeiro, Gabriel, Everton, Luiz, Pará, Agenor (Thiaguinho), Dudu (Marquinhos Paraná), Leandro Ferreira, Geovanni (Adeílson), Alessandro, Fábio Júnior
Técnico: Mauro Fernandes

Arbitragem: Jean Pierre Gonçalves Lima, auxiliado por Alexandre Kleiniche e Rafael da Silva Alves.
Início: 16h
Local: Estádio Heriberto Hülse, em Criciúma
Gols: Alessandro, aos 25 e 39/1T e aos 25/2T; Michel Alves (contra), aos 14/2T
Cartões Amarelos: Elias e Lucca (CRI) Agenor, Tiaguinho e Pará (AME)
Cartões Vermelhos: Lucca (2 amarelos)

Tiago Pereira

Tigre pode recuperar a ponta contra o Vitória

04 de setembro de 2012 9

O Criciúma faz nesta terça-feira, em Salvador (BA), um jogo diferenciado contra um adversário que tem o acompanhado bem de perto desde 2004. Uma vitória sobre o líder Vitória significa a retomada do primeiro lugar no Campeonato Brasileiro da Série B e um passo a mais rumo a tão sonhada Série A.

A relação de proximidade do tricolor catarinense com o rubro-negro baiano começou em 2004, quando ambos foram rebaixados da Série A para a Série B e, na temporada seguinte, repetiram a queda e foram juntos para a Série C. Em 2006 se recuperaram e foram de mãos dadas de volta a Série B: o Tigre como campeão e o Vitória como vice.

A partir daí os caminhos se distanciaram um pouco. O Vitória voltou a Série A em 2007 enquanto o Tigre se perdeu até freqüentar a Série C. Agora, os dois voltam a se cruzar e novamente com boas campanhas. No primeiro turno deu Tigre por 2 a 1, com dois gols do atacante Zé Carlos.

OPINIÃO

Moysés Suzart
Repórter do jornal A Tarde, de Salvador

Pontos positivos do Vitória:

*A invencibilidade no estádio Barradão é um fator decisivo para o Vitória, que na atual temporada perdeu apenas um jogo em casa.
*A sequência de bons resultados também é um fator que favorece a equipe baiana

Pontos preocupantes do Vitória:

*O Criciúma sempre foi um visitante que deu trabalho ao Vitória nos últimos anos.
*A simples presença do atacante Zé Carlos, o artilheiro da Série B, é motivo de grande preocupação para o Vitória

Marcelo Becker
Repórter do Diário Catarinense

Pontos positivos do Tigre:

*O Criciúma sempre freqüentou o G-4 desde o início da Série B e boa parte da boa campanha se deve às vitórias fora de casa.
*O perfil “guerreiro” do time em jogos difíceis e a “estrela” do atacante Zé Carlos também podem fazer a diferença.

Pontos preocupantes do Tigre:

*A defesa continua sendo o setor mais vulnerável, principalmente nas jogadas de bolas aéreas.
*O Vitória desponta como o principal adversário nesta Série B. Já no início da competição a crônica esportiva de Criciúma previa o time de Carpegiani como favorito ao acesso.

FICHA TÉCNICA

VITÓRIA
Deola; Nino Paraíba, Victor Ramos, Gabriel Paulista, Gílson; Uelliton, Michel, Pedro Ken, Willie; Élton, William
Técnico: Paulo César Carpegiani

CRICIÚMA
Michel Alves; Ezequiel, Nirley, Matheus, Marlon; Diego Oliveira, Elias, Giovanni Augusto,
Kléber; Lucca, Zé Carlos
Técnico: Paulo Comelli

Arbitragem: Wilton Pereira Sampaio, auxiliado por Fabrício Vilarinho da Silva e Eduardo de Souza Couto.
Início: 19h30min
Local: Estádio Manoel Barradas, em Salvador (BA)