Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Posts com a tag "Rampinelli"

Após susto com agressões da torcida, Rampinelli diz que Tigre fica no G-4 até a última rodada

07 de novembro de 2012 20

Agressões no Heriberto Hülse. Foto: Flávio Neves

Com o resultado negativo contra o São Caetano na noite da última terça-feira, o diretor de futebol do Tigre, Waldecir Rampinelli, soube lidar tranquilamente. Já com as agressões e pedradas por parte de alguns torcedores do Criciúma, Rampinelli ficou assutado. Após a partida, o dirigente pediu calma ao torcedor. Pediu também desculpas,  no intuito de acalmar os torcedores mais nervosos:

— Eles precisam ter um pouco de calma. Os atletas não podem ser agredidos, não é momento de agressão. É um momento de união, mas faz parte do jogo. Claro, ninguém queria perder. Depois do jogo do Joinville estávamos concentrados no jogo contra o São Caetano para revetrer o nosso resultado. Pedimos que os torcedores não agridam ninguém, nem quebrem nada. Não precisamos passar por essa situação delicada deste jeito. Se for preciso pedir desculpas, então eu estou fazendo isso oficialmente, peço desculpas ao torcedor.

O diretor do Criciúma disse ainda que não é preciso agressão e que o Tigre ficará no G-4 até a última rodada:

— Peço que o torcedor tenha paciência e não agrida aos atletas, que isso não vai levar a nada. Esse time está no G-4 desde aprimeira rodada e vamos ficar no G-4 até a última rodada.
Confira a galeria de fotos da manifestação da torcida no Heriberto Hulse

Dirigente do Criciúma diz que empate foi bom "devido às circunstâncias"

21 de outubro de 2012 5

Após a partida contra o Paraná em Curitiba, Valdecir Rampinelli falou à imprensa. O diretor de futebol do Tigre deixou claro que não ficou tão feliz com o empate em 1 a 1 com o Paraná:

— Jogando fora de casa, pelas ciscunstâncias, sim. Mas era um jogo para matar. O Criciúma foi um time que criou. O importante é que continuamos na liderança. Nós sabíamos que o Atlético-PR  ia crescer. Agora precisamos enfrentar o  Barueri em casa com o apoio do torcedor e tentar ganhar mais três pontos. Acho que a definição vai ser contra o Guarani, fora de casa. São três pontos contra o Barueri, e esta é uma partida que não vai ser fácil. Depois vai ser em Campinas contra o Guarani. As equipes intermediarias nao devem fazer mais frente, por perderem a motivação. As equipes de baixo devem incomodar, porque querem sair do Z-4 — disse Rampinelli.

O dirigente falou também sobre os próximos desafios e a busca pelo título da B:

— Nós vamos ter dois jogos importantíssimos dentro de casa, para quem quer o título. O mais importante agora é buscar o acesso. Nós temos uma meta próxima, mas ela demora. Nós precisamos buscar mais um titulo em nível de Brasil — falou Valdecir.

O dirigente do Tigre pediu também o apoio da torcida contra o Barueri, na próxima terça-feira no Heriberto Hülse:

— Eu percebi desde o inicio que o time estava encaixado, direitinho. Eu saio daqui um pouco chateado porque não conseguimos três pontos. Mas o empate nos deixa líder sozinhos. O torcedor precisa nos ajudar em casa contra o Barueri.

Rampinelli finalizou dizendo que não será preciso sorte para o Criciúma:
— Todo mundo fala de sorte mas é preciso competência. É preciso ter prazer em fazer as coisas. A sorte nao é tão inimiga quando voce quer fazer as coisas.

Lucca fará cirurgia e fica pelo menos seis meses afastado

19 de outubro de 2012 33

O Criciúma ficará sem o atacante Lucca para o restante da temporada e o possível acesso à Série A. A lesão do joelho esquerdo do atleta foi confirmada ao DC por Valdecir Rampinelli, diretor de futebol do Tigre, que estava em Curitiba com o atleta.

Segundo Rampinelli, o jogador vai fazer uma cirurgia no ligamento cruzado do joelho esquerdo e por conta disto deve ficar pelo menos seis meses longe dos gramados.

O Criciúma deve detalhar a informação ainda na tarde desta sexta-feira.