Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Boataria sobre Amy Winehouse: O que é verdade ou mito?

02 de agosto de 2011 1

Antes mesmo de o corpo de Amy Winehouse ser sepultado, a indústria dos boatos – abastecida pelos tablóides britânicos – sobre ela já estava em ação. As especulações vão desde o disco sucessor de Back To Black, que ela teria deixado pronto, passa pela adoção de uma criança que já a chamava de “mãe”, um pedido de casamento feito (e aceito) semanas antes da sua morte. Leia abaixo cinco fatos não confirmados sobre Amy Winehouse:

_Horas depois da confirmação da morte da cantora, um traficante londrino afirmou ao tablóide Daily Mail que teria ajudado Amy a comprar 1,2 mil libras (cerca de R$ 3 mil) de crack e heroína na noite anterior a tragédia.
Tony Azzopardi (foto acima), interrogado novamente nesta segunda-feira (1/8) diz que encontrou Amy às 23h30 do dia 22, e a pedido dela, teria providenciado 15 gramas de crack e 15 gramas de cocaína.

_A versão da família colide diretamente com o que foi apresentado pelo traficante. Segundo os familiares, Amy morreu porque largou a bebida. De acordo com o tablóide britânico The Sun, uma fonte ligada aos Winehouse disse que a cantora ignorou a recomendação de seu médico para que largasse a bebida gradativamente. A abstinência abrupta teria causado efeitos nocivos no corpo frágil da cantora


_De acordo com The Sun, Amy noivou com o diretor Reg Traviss (acima na foto) algumas semanas antes de ser encontrada morta em sua casa, no dia 23 de julho. O casal estava junto há cerca de dois anos e planejava o casamento para 2012.
“Amy queria se livrar de seus demônios. Ela estava pensando em seu futuro e Reg fazia parte dele. O pedido de casamento só aumentou a vontade dela de largar as drogas”, disse uma fonte próxima à família da cantora ao jornal.
Apesar do suposto relacionamento longo com Traviss, a imprensa britânica especula que Amy teve uma recaída nas drogas porque o ex-marido Blake Fielder-Civil recusou uma visita dela na cadeia.

_Amy estava prestes a adotar uma criança que conheceu durante as férias prolongadas na ilha de Santa Lucia, no Caribe. Segundo o The Sunday Mirror, Dannika Augustine, de 10 anos, e Amy se conheceram em 2009 por meio da avó da garota, Marjorie Lambert, 57, atendente de um bar próximo ao hotel em que a cantora estava hospedada. Em entrevista, a avó comentou que Amy já estava encaminhando a papelada com seus advogados e que ela queria muito ser mãe.
Ao tablóide, a garota afirmou: “Amy já era a minha mãe. Eu a chamaria de mãe e ela me chamaria de filha. Ela tomou conta de mim e nos divertimos muito juntas. Eu a amava e ela também me amava”.

_O compositor Stefan Skarbek revelou em entrevista à revista Rolling Stone que compôs mais de 25 músicas em parceria com Amy, e deste total, cinco demos estão prontas. Segundo Skarbek, a Universal, gravadora da cantora, teve acesso às cinco canções. No entanto, não houve conversas ainda entre as partes sobre um provável lançamento das músicas.

Comentários (1)

  • Mateus diz: 3 de agosto de 2011

    Imagina a Amy mãe? BEUDEUS.

Envie seu Comentário