Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Da afetividade ao erotismo

16 de abril de 2014 0

Claudia Barbisan (Crédito da foto: Divulgação)
Obra de CLáudia Barbisan (Crédito da foto: Divulgação)

A exposição Obscenidades para donas de casa, de Amélia Brandelli e Cláudia Barbisan, será aberta ao público no dia 26 de abril, sábado, às 18h, no Atelier Subterrânea. O trabalho busca colocar as produções das duas artistas gaúchas em um diálogo bem-humorada entre obras que lidam com diversos aspectos do universo feminino – da afetividade à obscenidade, do corpo ao erotismo. No mesmo dia, às 17h, Amélia e Cláudia participam de um bate-papo mediado pela curadora da exposição, Lilian Maus.

Amélia Brandelli (Crédito da foto: Divulgação)
Obra de Amélia Brandelli (Crédito da foto: Divulgação)

Falando nisso…

A exposição integra o projeto Atelier como espaço de conversa, que também conta com o livro de entrevistas A Palavra está com elas – realizado com diversas mulheres envolvidas no campo da arte contemporânea, como Glória Ferreira, Cristiana Tejo e Vera Chaves Barcellos. O lançamento da publicação bilíngue acontece no Subterrânea, no dia 15 de maio, com performance da artista Fabiana Faleiros, instalação de Olga Robayo e mesa-redonda com Francisca Caporali e Samantha Moreira. Uma oficina de curadoria ministrada por Beatriz Lemos, nos dias 8 e 9 de maio, também compõe o cronograma de atividades do projeto.

Envie seu Comentário