Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.

Memórias herméticas

03 de maio de 2014 0

Gravura (Crédito da foto: Divulgação)
Livro é ilustrado por 27 desenhos (Crédito da foto: Divulgação)

Em 1992, aos 19 anos, Leo Felipe fundou o Bar Garagem Hermética – e a cena alternativa porto-alegrense nunca mais foi a mesma. Espelunca que se tornaria reduto da contracultura na cidade e saudoso palco de shows antológicos de artistas como Júpiter Maçã, Graforréia Xilarmônica, Ultramen e Space Rave, o Garagem virou livro pelas mãos de seu criador.

Em A Fantástica Fábrica, o jornalista e mestre em teoria, história e crítica de artes visuais conta a história da casa noturna considerada “o melhor bar que muita gente já viu” – segundo o escritor Daniel Galera, autor do prefácio da obra. O lançamento fará parte da programação da 7ª FestiPoa Literária e vai rolar em outro endereço emblemático do underground da Capital: o Bar Ocidente, no próximo dia 20, das 18h às 21h.

O volume é ilustrado por 27 desenhos bacanas como os dois reproduzidos aqui. Quem assina as ilustrações é o artista Diego Medina, ex-frequentador do bar que captou com seu traço memoráveis momentos herméticos – como a loooooooonga fila formada para entrar no Garagem na sua derradeira noite.

Gravura (Crédito da foto: Divulgação)

Envie seu Comentário