Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora
Thumbnail

Deborah Secco e seus tabus

“Ainda não é fácil ficar nua na frente de uma...

Thumbnail

"Fiquei com medo de ter que parar de tocar", diz Yamandu Costa

Um dos maiores violonistas do Brasil está há cerca de...

Thumbnail

Um amor na legalidade

A atriz Cléo Pires aceitou ser a jornalista Cecília, a...

Thumbnail

Giro da Kika

A apresentadora Kika Martinez acaba de encarar 36 horas de...

"Fiquei com medo de ter que parar de tocar", diz Yamandu Costa

17 de setembro de 2014 0

Yamandu Costa (Crédito: Claudio Gadotti/ Divulgação)

Um dos maiores violonistas do Brasil está há cerca de um mês sem subir no palco. E não é por falta de uma agenda de shows recheada: o problema é outro. Yamandu Costa, baita músico natural de Passo Fundo, fraturou o osso escafoide do punho da mão direta em uma queda em casa e precisou passar por uma cirurgia – que foi realizada em 12 de agosto no Rio de Janeiro, cidade onde mora.

O blog bateu um papo com Yamandu por telefone para ver como anda sua recuperação e descobriu que, na verdade, o cara não tinha machucado o pulso no último mês: a lesão ocorreu em junho. Então, desde o meio do ano, o violonista ficou tocando por aí com a mão machucada, contribuindo para o agravamento da lesão. Ele não sabia da gravidade da situação e, aliás, nem os médicos. Na primeira consulta, não foi constatada nenhuma fratura. Por isso, o instrumentista seguiu se apresentando – e foi até para a Austrália.

– Continuei fazendo shows, mas sempre com uma dorzinha. Me disseram que era muscular – relembra Yamandu.

No fim de julho, ele consultou outro médico e, mais uma vez, os exames não mostraram nada de errado. Até indicaram fisioterapia para melhorar uma suposta tendinite, mas a dor só piorava. Sem perspectiva de melhora, Yamandu decidiu procurar um ortopedista especialista em mãos. Depois dessa jornada, a fratura finalmente foi constatada pelos médicos. A certeza da gravidade da situação veio em 11 de agosto e, no dia seguinte, a cirurgia foi realizada.

– Não precisaria nem ter feito a cirurgia. Tinha que ter só imobilizado a mão na época. Mas, como continuei tocando, comecei a perfurar o osso – diz.

A conversa por telefone na última semana foi logo depois do músico voltar do médico – e parece que a recuperação está dentro do esperado. O medo de ficar com alguma sequela ou de, talvez, não voltar a tocar, já passou.

– Quando comecei a sentir que tinha alguma coisa errada, o que fiquei com medo era de ter que parar de tocar. Mas a volta vai ser total. Não vou perder nada, nenhum movimento – comemora.

A mão está parcialmente imobilizada e, mesmo com o movimento do polegar afetado, o instrumentista já arrisca algumas composições ao violão. Depois de tirar o gesso, ele deve iniciar um período de fisioterapia. Nesse momento de “molho” em casa, o artista aproveitou para curtir a família – ele é casado e tem dois filhos.

– Ficamos alguns dias na França nesse período e foi maravilhoso. Fiquei completamente à disposição dos meus filhos – destaca.

Depois do papo, ficou bem claro que os fãs não têm com o que se preocupar. Parte dos shows foi reagendada (eram perto de 50 apresentações pelo Brasil e Exterior), e o cara deve voltar com tudo no início de novembro – inclusive, ele vem para Porto Alegre no show do projeto Unimúsica, da UFRGS, que foi remarcado para 17 de dezembro, lembra?

– Acho que vou voltar a tocar com ainda mais vontade. Imagina, faço isso desde os meus cinco anos.

Toca ficha, Yamandu!

(Crédito: Claudio Gadotti/ Divulgação)

Giro da Kika

17 de setembro de 2014 1

Kika Martinez (Crédito: Vira Comunicação/ Divulgação)

A apresentadora Kika Martinez acaba de encarar 36 horas de voo até o leste do continente asiático, onde gravou mais uma das suas aventuras para o Giro do Domingão – quadro do programa Domingão do Faustão. Em suas perambulações, a bela gaúcha já visitou países como Espanha, Suíça, Estados Unidos e Tailândia – onde conheceu a Vila das Cobras, lugar no qual as peçonhentas são tratadas como bichos de estimação e vivem dentro das casas.

Kika Martinez (Crédito: Vira Comunicação/ Divulgação)

– Viajar para a Ásia sempre tem um sabor especial. É o lugar onde me sinto de fato em outra realidade – explica a repórter.

Kika Martinez (Crédito: Vira Comunicação/ Divulgação)

Kika estreou na televisão na MTV, em 2007 – e, além de comandar o Giro do Domingão, é a responsável por fazer perguntas ao público e dar sua opinião sobre os assuntos do programa do apresentador Fausto Silva.

(Crédito: Vira Comunicação/ Divulgação)

Animal em Canoas

17 de setembro de 2014 0

 Animal (Crédito: Jorge Bispo/ GNT-Divulgação)

A Fazenda Guajuviras e a Praia de Paquetá poderão ser cenários da segunda temporada da série Animal – prevista para ser rodada em junho de 2015. Essas e outras locações de Canoas foram visitadas na semana passada por Paulo Nascimento, diretor e roteirista do programa do canal a cabo GNT, e pelo ator e produtor Leonardo Machado.

A visita contou com a presença do secretário de Desenvolvimento Econômico local – o governo municipal demonstrou interesse em apoiar a produção, que divulgaria a cidade nacionalmente. Além de Canoas, a segunda temporada do seriado estrelado por Edson Celulari teria gravações em Porto Alegre, em Caçapava do Sul e na Patagônia argentina.

(Crédito: Jorge Bispo/ GNT-Divulgação)

Deborah Secco e seus tabus

17 de setembro de 2014 0

Deborah Secco (Crédito: Christian Gaul/Revista Tpm)

“Ainda não é fácil ficar nua na frente de uma equipe. Me faz respirar e pensar: ‘Você não está aqui. Essa não é você’. Comecei a aprender que as personagens me libertariam de limitações e me possibilitaram viver coisas que eu não me permitiria viver antes delas, e com isso quebrar tabus.”

Deborah Secco

Deborah Secco (Crédito: Christian Gaul/Revista Tpm)

A declaração da atriz, de 34 anos, foi na edição especial deste mês da revista Tpm, cujo tema é Vagina. A bela revela ainda que deu seu primeiro beijo na boca em cena e se insinuou nua para as câmeras – e para o Brasil – antes de perder a virgindade: “Comecei a fazer análise com 18 anos. Comecei quando fiz uma novela, Suave Veneno. Foi meu primeiro papel sexy. Eu não tinha a bagagem sexual que a personagem exigia”.

Então tá.

(Crédito: Christian Gaul/Revista Tpm)

Povo que vive do rio

17 de setembro de 2014 0

 Arquipélago (Crédito: Cristiano Sant'anna/ Divulgação)

As belas imagens aí são de Arquipélago, livro que o fotógrafo gaúcho Cristiano Sant’anna vai lançar nesta quarta-feira (17), às 19h, no Centro Cultural CEEE Erico Verissimo, em Porto Alegre. O evento também marca a abertura de uma exposição com 60 fotos em preto e branco, registradas nas comunidades de pescadores localizadas no conjunto de 16 ilhas formado pelo Delta do Rio Jacuí.

Arquipélago (Crédito: Cristiano Sant'anna/ Divulgação)

O projeto começou em janeiro de 2013, quando Sant’Anna inicia uma pesquisa fotográfica no bairro de Porto Alegre denominado Arquipélago. Ao longo de 18 meses, o fotógrafo conviveu com moradores da região – e conheceu seus hábitos, rotinas e a maneira como se relacionam com o rio e a natureza.

Arquipélago (Crédito: Cristiano Sant'anna/ Divulgação)

– A geografia entrecortada desses canais define a cultura e a relação do homem com o meio. O livro e a exposição são um conjunto de contos sobre os pescadores, os cavaleiros, as enchentes sazonais, a relação entre pais e filhos. São uma parte da história desse povo que vive de frente para o rio – explica Sant’Anna.

(Crédito: Cristiano Sant’anna/ Divulgação)

Hotel Farrapos na rede

16 de setembro de 2014 0

Hotel Farrapos

No clima da Semana Farroupilha, a Cartunaria Desenhos liberou no Youtube o curta Hotel Farrapos. A produção tem como pano de fundo a Revolução Farroupilha, não na guerra, mas na banalidade da maneira local em que nomeamos uma avenida, um parque e um tipo de lanche com o termo.

Hotel Farrapos

Na história, Elias é um cara que chega na cidade para receber um pagamento e voltar para o interior no mesmo dia, mas, por uma série de contratempos, acaba passando o feriadão de 20 de setembro hospedado no fictício Hotel Farrapos. Por ser uma animação, o curta ganhou um ar cômico, com personagens estilizados e lugares reais recriados graficamente.

Hotel Farrapos

A direção fica por conta de Lisandro Santos, enquanto a direção de arte é assinada pelo ilustrador Gabriel Renner. O sotaque característico do personagem é emprestado pelo amigo punk Frank Jorge, músico emblemático do rock gaúcho.

Tri, né?

Dá uma olhada aí:

 

Vamos brincar de roda?

16 de setembro de 2014 0

Marcelo Delacroix

O Centro Histórico-Cultural Santa Casa (Independência, 75), em Porto Alegre, recebe nesta quarta (17) um show bem bacana. Como se Fora Brincadeira de Roda é o nome do espetáculo comandado por Marcelo Delacroix que vai rolar a partir das 20h no local.

Inspirado nas regras de uma brincadeira de roda infantil, Marcelo Delacroix reúne alguns amigos no palco para um jogo. Uma “criança” é escolhida pra entrar na roda. Ela pula, dança, brinca e convida outro amigo pra entrar na roda também. Depois que os dois pulam, dançam e brincam juntos, o primeiro sai, o segundo fica, e é a sua vez de brincar e convidar um novo amigo. Seguindo essa dinâmica, o show se desenrola num espiral. Marcelo dá as boas vindas a todos e permanece no palco como mestre de cerimônias, anunciando os convidados, cantando com eles e promovendo encontros inusitados. Cada convidado canta uma música com o convidado anterior, uma música com o Marcelo, e outra com o convidado seguinte.

E só tem gente talentosa entre os “amigos” de Delacroix: Dany López, Demétrio Xavier, Leandro Maia, Simone Rasslan, Beto Chedid, Quiça se Fosse, Claudio Levitan, Arthur de Faria e Vanessa Longoni.

No repertório, estarão músicas dos discos Marcelo Delacroix (2000), Depois do Raio (2006) e Canciones Cruzadas (2013), renovadas pelas participações de cada convidado. Além disso, o artista aproveita pra apresentar algumas inéditas que estarão num próximo disco.

Os ingressos custam R$ 50 (na hora).

(Crédito: Lia Zanini/ Divulgação)

 

Tudo tanto Tulipa

16 de setembro de 2014 1

Tulipa Ruiz  (Crédito: Rodrigo Schmidt/ Divulgação)

A dica desta terça (16) dentro da programação do Porto Alegre Em Cena é conferir o show de Tulipa Ruiz no Teatro do Bourbon Country. Em turnê com Tudo Tanto, seu segundo disco autoral, a cantora e compositora.

Nome em ascensão da nova geração da MPB, a afinada intérprete vem sendo reconhecida pela crítica nacional e estrangeira, tendo recebido prêmios legais como o de Melhor Disco pela Associação Paulista de Críticos de Arte (APCA). Tulipa vem acompanhada de uma banda formada por Gustavo Ruiz (guitarra), Luiz Chagas (guitarra), Márcio Arantes (baixo) e Caio Lopes (bateria).

(Crédito: Rodrigo Schmidt/ Divulgação)

Encantadora de serpentes

16 de setembro de 2014 2

Vitória Chaves Barcellos (Crédito: Fernando Rezende/ Divulgação)

A modelo e amazona Vitória Chaves Barcellos criou um blog em que escreve sobre assuntos variados, como moda, cultura, gastronomia e equitação. A gaúcha é quem produz seus ensaios fotográficos no Blog das Chaves – e a coisa está dando tão certo que ela já está fazendo produção de moda para alguns estúdios.

Vitória Chaves Barcellos (Crédito: Fernando Rezende/ Divulgação)

Na nova série de fotos recém-publicadas no www.blogdaschaves.com, clicadas por Fernando Rezende, Vitória contracena com Edina, uma cobra píton albina de quase três metros e 20 quilos. A bela corajosa disse que se sentiu tri à vontade com o baita ofídio:

Vitória Chaves Barcellos (Crédito: Fernando Rezende/ Divulgação)

– Uma vez acostumada a viver em meio às pessoas, por que teria medo de um animal?

Vitória Chaves Barcellos (Crédito: Fernando Rezende/ Divulgação)

Confira aí as fotos da linda Vitória enroscada com a serpente. O que achou?

(Crédito: Fernando Rezende/ Divulgação)

 

Homofobia nazista

16 de setembro de 2014 1

Os Homens do Triângulo Rosa

Um dos acontecimentos mais nefastos da história da humanidade é o tema do espetáculo Os Homens do Triângulo Rosa, que estreia no próximo dia 10, no Theatro São Pedro. Dirigida por Margarida Peixoto, a peça produzida pela Cia Teatro ao Quadrado mergulha na temática do nazismo e da perseguição aos homossexuais – que, assim como judeus, comunistas e deficientes físicos, entre outras minorias, foram perseguidos pelo regime de Adolf Hitler.

O nome do espetáculo – Prêmio Myriam Muniz de Teatro 2013 – refere-se ao sistema estabelecido nos campos de concentração nazistas, onde cada prisioneiro recebia um símbolo em seu uniforme, costurado na altura do coração, cuja cor indicava o motivo de sua prisão. O triângulo rosa era a cor dos homossexuais – considerados indivíduos de baixa categoria por não serem vistos como reprodutores da espécie e, assim, não cooperarem para a perenidade da raça ariana.

A peça encena o amor impossível entre dois prisioneiros de um campo de concentração – vividos pelos atores Marcelo Ádams e Frederico Vasques (foto).

(Crédito: Luciane Pires Ferreira/ Divulgação)

 

Cem anos de um mestre

15 de setembro de 2014 3

Um Centenário de Amor e Paixão: Retratos de Lupicínio Rodrigues (Crédito: Assembleia Legislativa/ Divulgação)

(Crédito: Assembleia Legislativa/ Divulgação)

Nesta terça-feira (16), um dos maiores sambistas do Brasil completaria cem anos. O porto-alegrense Lupicínio Rodrigues (1914-1974) compôs músicas que fizeram sucesso por todo o país (quem aí nunca ouviu Vingança, Felicidade, Cadeira Vazia, Esses Moços, Se Acaso Você Chegasse, Castigo, e por aí vai…).

As músicas desse baita artista foram gravadas por diferentes nomes, como Caetano Veloso, Elis Regina, Elza Soares, Arrigo Barnabé e Arnaldo Antunes.

Para facilitar a vida de quem quer curtir a obra do cara, o blog reuniu vários eventos que vão rolar em homenagem ao Lupi. Tem de tudo: teatro, música, sarau, passeio, entre outros.

É só escolher e tocar ficha. Foi?

PARA OUVIR

Hique Gomez (Crédito: Felipe Carneiro/ Agência RBS)

(Crédito: Felipe Carneiro/ Agência RBS)

> Nesta quarta (17), às 19h, vai rolar o sarau Lupicínio Rodrigues: do Regional ao Urbano, no Teatro Dante Barone (Pça. Mal. Deodoro, 101). O espetáculo reúne Hique Gomez, Carlitos Magallanes, Dunia Elias, Jair Kobe, Ernesto Fagundes e Nelson Coelho de Castro. É de graça.

Mônica Tomasi e Nelson Coelho de Castro (Crédito: Joana Carolina/ Divulgação)

(Crédito: Joana Carolina/ Divulgação)

> Mônica Tomasi e Nelson Coelho de Castro prestam tributo ao artista com o show Pérola no Veludo – Especialmente Lupi, no dia 25 de setembro, às 20h, no Teatro Bruno Kiefer da CCMQ (Andradas, 736). Acompanhados de Matheus Kléber (acordeom) e Giovanni Berti (percussão), a dupla irá tocar canções como Esses Moços, Cadeira Vazia, Nervos de Aço e Que Baixo. É só chegar, não tem cobrança de ingresso.

Adriana Calcanhotto (Crédito:Sony Music/ Divulgação)

(Crédito:Sony Music/ Divulgação)

> Adriana Calcanhotto fará um show em homenagem a Lupi no dia 4 de dezembro, integrando a programação especial de 80 anos da UFRGS. A distribuição de senhas para o espetáculo começa no dia 1º do mesmo mês, no mezanino do Salão de Atos (Paulo Gama, 110), local do show. O ingresso pode ser retirado com a doação de um quilo de alimento não perecível.

PARA VER

> Está em cartaz na Sala J.B. Scalco do Solar dos Câmara (Praça Marechal Deodoro, 101) a mostra Um Centenário de Amor e Paixão: Retratos de Lupicínio Rodrigues. Podem ser conferidas fotografias do artista. É até dia 30.

 

Lupi, o Poeta da Dor de Cotovelo (Crédito: Acervo Lupicínio Rodrigues Filho/ Divulgação)

(Crédito: Acervo Lupicínio Rodrigues Filho/ Divulgação)

> Na Casa de Cultura Mario Quintana (Andradas, 736), será aberta nesta terça (16) a exposição Lupi, o Poeta da Dor de Cotovelo. A mostra reúne fotografias, letras de músicas e reproduções de colunas do artista no jornal Última Hora. A visitação pode ser feita todos os dias.

> Na terça (16), às 19h, vai rolar a sessão Lupi em Imagens na Biblioteca Pública Municipal Josué Guimarães do Centro Municipal de Cultura (Erico Verissimo, 307). Em destaque, estarão fotografias, capas de discos, reportagens e outros itens raros – parte do material também constará no Almanaque do Lupi, escrito por Marcello Campos, com lançamento previsto na Feira do Livro. Para comentar, estarão presentes o próprio Campos e também o fotógrafo Ricardo Chaves. A promoção é da Coordenação do Livro de Literatura da Secretaria da Cultura de Porto Alegre.

Vingança, O Musical (Crédito: João Caldas/ Divulgação)

(Crédito: João Caldas/ Divulgação)

> Integrando a programação do 21º Porto Alegre Em Cena, Vingança, O Musical terá apresentações nesta terça (16) e quarta (17), no Theatro São Pedro (Marechal Deodoro, s/nº), às 21h. A obra de Lupicínio Rodrigues é o ponto de partida para o espetáculo, que se passa nos anos 1950 e tem como pano de fundo a vida boêmia de um cabaré no sul do país. Os ingressos custam R$ 40.

Lupi, o Musical – Uma Vida em Estado de Paixão (Crédito: Daniel Scherer/ Divulgação)

(Crédito: Daniel Scherer/ Divulgação)

> Lupi, o Musical – Uma Vida em Estado de Paixão terá sessões na quinta (18) e na sexta (19), às 20h30min, no Teatro da Amrigs (Ipiranga, 5.311). O espetáculo é uma homenagem ao artista e um elogio à paixão, além de revelar um Lupicínio em situações conhecidas e também inéditas. Entre as 21 músicas do repertório, estão Felicidade e Nervos de Aço. A direção é de Artur José Pinto. Os ingressos custam R$ 60, e estão à venda na Amrigs e na Bob Store Moinhos.

PARA PASSEAR POR AÍ

- Olha só que bacana: a Carris está organizando um passeio turístico e cultural gratuito, realizado em ônibus, visitando locais em Porto Alegre que foram importantes na vida de Lupicínio Rodrigues. O percurso de duas horas passará por lugares como a Ilhota, o Campus Central da UFRGS, o Mercado Público e a antiga Rua Cabo da Rocha – localizada no bairro Azenha, região dos velhos bordéis da Capital. O projeto tem ainda duas edições, com saída no Largo Zumbi dos Palmares (Epatur). No final da linha, terá roda de samba na Travessa dos Venezianos, na Cidade Baixa – um dos berços do Carnaval porto-alegrense –, enquanto o Quilombo do Areal da Baronesa venderá artesanato, comidas e bebidas no local. Será em dois sábados: 20 e 27 de setembro. Inscrições pelos telefones (51) 3289-2168 ou (51) 3289-2164.

 

Bauhaus no Goethe

15 de setembro de 2014 1

bauhaus.foto.filme (Crédito: Bauhaus-Archiv Berlin/ Divulgação)

Bem bacana a exposição que será aberta nesta segunda-feira (15), às 19h, no Goethe-Institut Porto Alegre (24 de Outubro, 112). bauhaus.foto.filme reúne fotografias e filmes produzidos por professores da Bauhaus, escola de design alemã fundada por Walter Gropius, em 1919.

Idealizada por Alfons Hug, diretor do Instituto Goethe no Rio de Janeiro, a mostra traz trabalhos que integram os acervos do Arquivo Bauhaus/Museu de Design em Berlim e da Fundação Bauhaus Dessau. Na abertura, vai rolar a palestra gratuita Bauhaus: Moderna Arquitetura, ministrada pela professora Raquel Lima e promovida pelo Instituto Goethe Porto Alegre em parceria com a Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da PUCRS.

(Crédito: Bauhaus-Archiv Berlin/ Divulgação)

Costa do Marfim na rede

15 de setembro de 2014 0

Cachorro Grande - (Crédito: Cisco Vasquez/ Divulgação)

Três anos depois do lançamento de seu último álbum, Baixo Augusta, a Cachorro Grande está de volta. Situada no coração do continente africano, a Costa do Marfim dá nome ao novo álbum do grupo – lançado nesta segunda (15) no site oficial da banda, iTunes e principais serviços de streaming.

Com a experiência de quem acumula 15 anos de estrada e sete álbuns de estúdio, o grupo porto-alegrense formado por Beto Bruno (vocal), Marcelo Gross (guitarra), Rodolfo Krieger (baixo), Pedro Pelotas (teclados) e Gabriel Azambuja (bateria) mostra uma mistura da revolucionária psicodelia sessentista aliada aos encantos do som inglês importado de Manchester, e que tomou o mundo de assalto nos anos 1990.

Entra no site dos caras e confere o material: www.cachorrogrande.com.br.

(Crédito: Cisco Vasquez/ Divulgação)

Para casar

15 de setembro de 2014 0

Adriana Birolli (Crédito: Marcelo Corrêa / TV Globo)

A linda Adriana Birolli posou para as lentes do fotógrafo Marcelo Corrêa em um ensaio para o portal Gshow.

Depois de interpretar a poderosa Maria Marta (Lilia Cabral) na fase inicial de Império, a atriz e seus penetrantes olhos azuis voltam ao folhetim das nove da TV Globo como a personagem Amanda. Aliás, ela geralmente dá vida a mulheres de alta classe nas novelas – fato que não a incomoda:

– Fiquei com a cara da riqueza e agradeço muito às equipes de figurino e caracterização por isso – brincou a atriz em entrevista ao Gshow.

Adriana Birolli (Crédito: Marcelo Corrêa / TV Globo)

Adriana ainda falou sobre seu lado família: deseja um casamento dos sonhos e faz planos para ter quatro filhos.

Menina para casar, né?

(Crédito: Marcelo Corrêa / TV Globo)

 

Diálogo musical afinadíssimo

15 de setembro de 2014 0

 Guinga e Edu Martins (Crédito: Nilton Santolin e Careimi Assmann)

Baita dica de show: no dia 3 de outubro, o projeto Conexões vai reunir no palco do Teatro CIEE os grandes músicos Guinga e Edu Martins. Os diálogos musicais entre o cantor e violonista e o contrabaixista contarão ainda com a participação de Marquinhos Fê (bateria) e Luiz Mauro Filho (piano). O concerto é uma homenagem da dupla de solistas aos mestres Villa-Lobos e Tom Jobim.

Um dos maiores nomes da MPB contemporânea, aclamado no Exterior, o carioca Guinga foi violonista de artistas da estirpe de Clara Nunes, Beth Carvalho, Alaíde Costa, João Nogueira e Cartola. Como compositor, foi gravado por Elis Regina, Michel Legrand, Chico Buarque, Sérgio Mendes, Ivan Lins e Leila Pinheiro.

Paulistano radicado em Porto Alegre, o músico, compositor, arranjador e produtor Edu Martins atuou ao longo das últimas décadas ao lado de nomes como César Camargo Mariano, Milton Nascimento e Marina Lima, além dos jazzistas norte-americanos Dave Liebman e George Benson.

A ambientação cênica da apresentação contará com a projeção de fotografias de Nilton Santolin, que capturam elementos de paisagens gaúchas e cariocas.

(Crédito: Nilton Santolin e Careimi Assmann)

Chora, Monalisa

14 de setembro de 2014 1

Ganhamos de Vareio. Revisitando a Revolução Farroupilha

A partir da próxima terça-feira (16), uma exposição vai brincar na Usina do Gasômetro com a folclórica megalomania gaúcha. A mostra Ganhamos de Vareio. Revisitando a Revolução Farroupilha inclui até um retrato pintado ao estilo de Leonardo da Vinci, provando que Anita Garibaldi > Monalisa.

A ideia é revisitar a história do Estado de maneira bem humorada, na semana em que se celebra a Revolução Farroupilha. O evento inclui ainda uma quadro em homenagem ao sanduíche mais saboros do planeta (o popular farroupilha), a Cabine Minuano (que é para o vivente sentir o vento gelado aqui do Sul) e até um “hinokê” – para quem quiser soltar o gogó e cantar o valoroso Hino Rio-Grandense.

A expo tem entrada franca e fica aberta até o próximo dia 21.

(Crédito: Divulgação)

Feito pra durar

13 de setembro de 2014 0

Marcelo Jeneci  (Crédito: Daryan Dornelles/ Divulgação)

Depois do baita sucesso do seu primeiro disco, o ótimo Feito pra Acabar (2010), Marcelo Jeneci volta a Porto Alegre com seu novo trabalho. O cantor, compositor e multi-instrumentista paulista apresenta-se no próximo dia 27, no Opinião.

Marcelo Jeneci  (Crédito: Daryan Dornelles/ Divulgação)

Produzido por Kassin e coproduzido por Adriano Cintra (ex-Cansei de Ser Sexy), o álbum De Graça conta com a participação especial do mestre Eumir Deoadato nos arranjos de orquestra. No repertório do show, todas as 13 músicas do novo CD, como Um de Nós (da trilha sonora da novela Em Família), De Graça, O Melhor da Vida e Nada a Ver – além de Pra Sonhar e Felicidade, hits do primeiro disco de Jeneci.

(Crédito: Daryan Dornelles/ Divulgação)

Confira a programação dos 10 anos da Cerveja Coruja

12 de setembro de 2014 0


A Cerveja Coruja completa 10 anos de história nesta sexta-feira (12/9). Para celebrar a data, a cervejaria vai lançar um combo de surpresas em três dias de festa. Cerca de 120 convidados vão conhecer as novidades em primeira mão na noite de hoje, no Solar Coruja, espaço cultural instalado em um casarão histórico do início do século XX. A programação continua no sábado, com um festa dentro da fábrica em Forquilhinha, no Sul de Santa Catarina, e encerra no domingo com um festival de cerveja aberto ao público, também no QG da Coruja. As mudanças que serão apresentadas vão do frasco ao sabor: mais três cervejas especiais, site repaginado, ajuste na identidade visual da marca e novo modelo exclusivo de garrafa.

Os convidados da primeira noite terão o privilégio de degustar as novas receitas, que em breve chegam ao mercado nacional. Os empresários Rafael Rodrigues, Micael Eckert e Abrahão Paes Filho estão preparando um noite especial, com retrospectiva e exposição dos rótulos.

Wander Wilder

No sábado (13/9), a festa será entre os tanques de cerveja. Dois ônibus sairão de Porto Alegre e um de Florianópolis para o almoço típico alemão, com direito a dez tipos de Coruja e pocket show de Wander Wildner. Os convidados poderão ver de perto o processo de produção, desde a mistura dos ingredientes ao envase.

Três chefs assinam o menu de domingo, a partir do meio-dia, no Solar da Coruja, em Porto Alegre. O almoço aberto ao público terá um cardápio especial, com finger food destinados aos bravos bebedores. Serão dez tipos de Coruja e outras cervejas convidadas. A rádio web Putzgrila comandará o som com uma transmissão ao vivo da festa.

Para dar novos ares à marca, a empresa também apostou em ajustes no logotipo, novos rótulos e em garrafas exclusivas. O novo logotipo herda elementos da marca atual, especialmente seu DNA provocativo e sensorial, mas traz novos traços ao conjunto, que evocam também o lado contemporâneo. O olho da coruja ganha destaque, o redesenho do malte traduz a força dos ingredientes e a tipografia original rústica é trabalhada para dar espaço às texturas dos rótulos.

O arquiteto e artista plástico Guilherme Werle, que desenhou o rótulo da primeira Viva em conjunto com Micael e Rafael, traz novamente um estilo próprio para as três novas cervejas, numa fusão de elementos “caoticamente ordenados”.

Viva
Agende-se

Festa na fábrica: Visita à fábrica com degustação, almoço alemão e pocket show de Wander Wildner

Quando: Sábado (13/9), das 12h as 18h

Onde: Av. 25 de Julho, 1303 — Vila Lourdes, Forquilhinha/SC

Quanto: R$ 90 para visita + R$ 60 para transporte

Porto Alegre: ônibus sai em frente ao Solar, às 9h30 e retorna às 18h.

Ingressos à venda no Solar Coruja e na Toca da Coruja.

 

Festivalito de Cervejas: Dez tipos de Coruja + cervejarias parceiras

Três chefs convidados e som com a rádio web Putzgrila

Quando: Domingo (14/9), das 12h as 20h

Quanto: Entrada R$ 15

Onde: Solar da Coruja, Rua Riachuelo, 525, Porto Alegre

Contatos: Ana Paula ou Emanuel (51) 3095-0525
Crédito: Divulgação

O lado "B" de Bebeto Alves

12 de setembro de 2014 0


Pode parecer estranho. Mas, em tempos de Porto Alegre em Cena, há quem mergulhe no universo teatral bem longe dos palcos. É o caso do cantor e compositor Bebeto Alves. Um dos expoentes do música gaúcha vai explorar seu talento multimídia na Lomba do Pinheiro, na periferia de Porto Alegre. Ele será fotógrafo, professor e ator em um projeto que reúne outros doze artistas de várias áreas, como circo, cinema e dança.

O grupo fixou endereço no bairro da zona norte da capital e está em busca de talentos. Vinte cinco moradores locais vão participar de uma oficina gratuita e montar um espetáculo de rua que será apresentado lá mesmo no fim de novembro. O projeto é promovido pelo Coletivo Das Flor e recebeu o prêmio Pró-Cultura RS – Fundo de Apoio à Cultura.


O Bebeto vai estar em cena e já clicou várias fotos da trupe. Se você mora na Lomba e quiser participar, as inscrições vão até hoje (12/9). Outras informações pelo site: www.dasflor.com.br

Crédito: Bebeto Alves

Rainha das piscinas

12 de setembro de 2014 1

Rebeca Gusmão  (Crédito: Marcos Serra Lima/Paparazzo)

Benzadeus! A ex-nadadora Rebeca Gusmão – que fazia o estilo mulher-porradona – está com novo visual. Ela fez um ensaio para o Paparazzo com curvas bem femininas (dá uma olhada nas fotos aí).

Nos bastidores, Rebeca abriu o jogo e falou sobre tudo, principalmente sobre as polêmicas envolvendo seu nome e sua recente transformação no visual. Ela destacou o momento difícil de sua carreira, seu novo visual com a colocação de próteses de silicone, mudanças no corpo e cabelo e sua maneira de reaproveitar a energia que utilizava nas piscinas.

Rebeca Gusmão  (Crédito: Marcos Serra Lima/Paparazzo)

Ficou bem bonita a moça, né?

(Crédito: Marcos Serra Lima/Paparazzo)