Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Posts na categoria "Brechó do Roger"

Coco Chanel em T-shirts

18 de abril de 2013 0


Quem gosta de moda vai vibrar com as novas camisetas da marca Oma Tees. A grife resolveu homenagear um dos mais importantes ícones fashion de todos os tempos: Coco Chanel. A ideia é da estilista Claudia Saad, que trabalha sempre focada no mundo das artes e cultura. Ela comenta:

- As camisetas precisam falar com as pessoas que usam e com as que vão vê-las.

Quer sair por aí com uma camiseta da mademoiselle?? A coleção especial pode ser encontrada na loja Gutz, em Porto Alegre.

A festa de Reinaldo

02 de abril de 2013 0


O renomado estilista Reinaldo Lourenço está com novidade: a expansão da linha moda festa. O paulista conhecido por inovar nas peças do dia-a-dia, agora está investindo com tudo nos modelos para a noite. Em entrevista à Harper’s Bazaar de abril, ele revelou um de seus segredos:

- É preciso valorizar sem ultrapassar a fronteira do bom gosto. Vestir bem o busto e ser sexy sem cair no vulgar é fundamental.

As modelos da foto são todas clientes fiéis do cara. A modelo Carol Ribeiro já conhece bem o jeitinho do estilista:

- O Reinaldo é muito detalhista e não libera o vestido até que ele esteja impecável.

O clique é do conceituado fotógrafo Bob Wolfenson e a beleza de Duda Molinos.

Mais que guardanapo

27 de março de 2013 3


O poeta carioca Eu Me Chamo Antônio, que ficou conhecido por escrever poesias em guardanapos, está sendo homenageado pela Pulselibre, coletivo de livre expressão artística de Porto Alegre. O grupo lançou uma coleção em parceria com o poeta, que reproduz suas citações em camisetas bacanas.


Faça chuva, faça sol: faça amor, Se ainda temos sonhos, ainda temos chances, A realidade te faz sonhar, o sonho te faz viver são algumas das estampas da Amor Libre, nome escolhido para a coleção.

A diretora-sócia do grupo, Mayah Cruz, resume a aliança:

— É com imensa alegria que anunciamos o começo dessa sonhada parceria, que surgiu no Rio de Janeiro, entre uma cerveja e muitos guardanapos. Ele é um artista sincero e simples, que tem tudo a ver com a Pulse.

Givenchy exclusivo para Rihanna

19 de março de 2013 0

Tem assinatura do italiano Riccardo Tisci, da Givenchy, o figurino da turnê Diamonds, da Rihanna. E está supersensual!! Quer saber os detalhes??


A cantora entra no palco usando uma capa preta de crepe de seda com babados até o chão e bordados em 3D, que esconde o resto do figurino.


Para completar, uma bota preta  de cano alto até a coxa, com detalhes em laços.

Ainda na abertura, Riri usa uma parca preta masculina em tamanho grande estampada e bordada à mão, que faz referência à coleção outono-inverno 2013 Givenchy por Riccardo Tisci.

Por baixo, a artista veste um top de napa preta e branca com estrelas bordadas e fivelas, ambas em dourado, e um minishort de seda. A ideia é vincular as  várias alças do top à escravidão sexual.

Já a estampa e as linhas angulares do short simbolizam o poder feminino, assim como o bordado das esferas douradas com cristais Swarovski brancos e pretos e tachinhas douradas.


Quer mais? O look é finalizado por um colar dourado de dente de tubarão, com uma placa militar que traz gravada no verso o apelido da cantora: Riri.


E ainda tem os óculos de sol com elementos de metal dourado e brincos cravejados de cristal branco. Nada mal!

Brechó do dia: gostosas passadas

25 de junho de 2011 5

Quem nunca dedicou boa parte dos seus domingos  para ver se escapava um peitinho da Luiza Ambiel enquanto ela atacava de zagueira da Banheira do Gugu? Atire a primeira pedra quem não passou uma tarde esperando o quadro da Tiazinha, enquanto tomava um Nescau depois da aula. Essas e outras gostosas estiveram presentes no nosso cotidiano durante as décadas de 80 e 90, mas por onde elas andam agora?


Tiazinha
Pioneira na arte de aparecer na TV usando apenas calcinha e sutiã, Tiazinha arrebatou corações do macharedo quando ganhou um quadro no finado programa H, apresentado por Luciano Huck  nos anos 90. A mascarada rebolava enquanto fazia depilação nos rapazes sortudos. De acordo com a Abril, sua Playboy foi recorde, com 1.223.000 exemplares vendidos. Por vontade própria, abandonou o personagem depois de tentar emplacar (sem sucesso) o seriado Aventuras de Tiazinha. Afastou-se da imprensa, entrou para um grupo de pesquisa teatral na USP, mudou a maneira de se vestir, e este ano (2011) vai estrear um monólogo, escrito por ela mesma,  além de um longa. Casada com o tenista Flávio Saretta, o último empreendimento que se tem notícia de Suzana Alves é a compra de um estúdio de Pilates.

Feiticeira
Mais uma da safra de gostosas lançadas pelo Luciano Huck no Programa H, Joana Prado estourou com o personagem Feiticeira, exibindo um corpão trabalhado pela malhação pesada, usando apenas biquininhos ínfimos e um véu para cobrir o rosto. Outra que abandonou o personagem e tentou (só tentou) alavancar a carreira, primeiro participando da segunda edição do programa Casa dos Artistas  e depois como repórter de  programas para donas de casa .
Hoje em dia, Joana se converteu, é evangélica praticante, mãe de três filhos com o lutador Vitor Belford, e nem de longe lembra a dançarina descolada. Atual apresentadora do  WTN Absoluta – um programa voltado para gestantes- a loirosa foi às lágrimas em um programa do Ceará, demonstrando arrependimento por ter posado nua três vezes. Joaninha, a gente prefere o seu passado, ok?!

Luiza Ambiel
Uba-umba-umba-ê. A prova da banheira foi a competição trash mais famosa do Programa do Gugu, onde “celebridades” buscavam sabonetes em uma banheira. A representante do time feminino, trajando apenas biquini, tentava impedir o cara de pegar os sabonetes.
Luiza Ambiel foi a defensora de sabonetes durante vários anos. O quadro foi extinto pela censura imposta pela justiça.
Depois disso, Luiza ainda participou da terceira edição da Casa dos Artistas, do SBT, e hoje dedica-se ao teatro e,  bem de vez em quando, aparece como musa em escolas de samba. Em uma entrevista para o Terra, Luiza Ambiel disse que pretende se tornar jornalista para desvincular sua imagem de garota da banheira. Para isso está fazendo curso de inglês e quer cobrir a Copa do Mundo e as Olimpíadas que acontecerão no Brasil. Não quer mais nada, né, Lulu?

Luciana Vendramini
A loirinha causou um sururu quando posou para a Playboy pela primeira vez, em 1987, quando ainda era menor de idade. A edição foi um sucesso, o que não se repetiu na carreira da atriz. Ela fez algumas participações em novelas e seriados da Globo, atuou em alguns filmes e se afastou da mídia por ser portadora de Transtorno Obsessivo Compulsivo (TOC). Em 2003 fez seu segundo ensaio para a edição de aniversário da revista Playboy. Hoje em dia, bem diferente, ela pode ser vista na novela do SBT  Amor e Revolução, em que vive uma advogada lésbica.

Regininha Poltergeist
Ícone pornô dos anos 90, começou a carreira interpretando uma santa que tinha o poder de curar as pessoas através do sexo, no espetáculo Santa Clara Poltergeist, de Fausto Fawcett. Depois de acrescentar inúmeros ensaios sensuais e alguns filmes pornôs no currículo, o início da carreira falou mais alto e regininha liberou a santa que existia dentro dela. Convertida à igreja evangélica Bola de Neve (mesma do Rodolfo ex-Raimundos e Marinara Costa) há mais de dois anos, a mudança foi da água para o vinho (ou ao contrário).
“Não saio sem top por debaixo do vestido porque sinto a presença do Espírito Santo e parece que estou nua”, revela a Regininha, atual vendedora de uma popular loja de eletrodomésticos no Rio de Janeiro.

Doris Giesse
Um dos símbolos sexys dos anos 80, a bonitona habitou o coração de nove entre dez rapazes brasileiros nessa época.
Doris apresentou diversos programas na Rede Globo, entre eles o Fantástico e o Casseta e Planeta, além de, já nos anos 90, apresentar seu próprio show – o Doris para Maiores.
Depois de ficar menos de um ano no SBT (entre 94 e 95), Doris virou mãe de gêmeos em 1997 e logo em seguida foi para a Record, onde em 1998 apresentou o Fala Brasil. Com a chegada dos anos 2000, Doris sumiu do mapa – e só veio a aparecer na mídia depois de sofrer um acidente em 2007, caindo da janela de seu prédio ao tentar salvar um gato. Na mesma época, ela admitiu abertamente sofrer de depressão e admitiu que tentou suicídio.
Atualmente escreve textos e poemas em diversos blogs e estuda uma volta em um programa de tv para internautas.

Magda Cotrofe
Famosa nos anos 80 pela semelhança com Luiza Brunet, a modelo foi a primeira mulher a sair por três anos seguidos na capa da revista Playboy: em maio de 1985, dezembro de 1986 e outubro de 1987.
Nos anos 90, Magda se afastou do meio artístico e atualmente mantém um blog e cuida da sua linha de joias.